Monthly Archives: março 2020

O município de Sertânia iniciou nesta segunda-feira (30), o trabalho de desinfecção de espaços com grande circulação de pessoas. A medida sanitária foi adotada como forma de prevenção da Covid-19. Até o momento o município não tem casos confirmados da doença.

Neste primeiro dia de desinfecção, a ação chegou à Praça de Eventos Olavo Siqueira, Praça Raul Guimarães, Centro de Saúde da Mulher e da Criança e rodoviária. Para esse trabalho de limpeza está sendo usado cloro diluído a 30%. A ideia é conter o avanço do novo coronavírus. A iniciativa vai alcançar todo o município, inclusive, distritos e povoados.

A Vigilância em Saúde de Sertânia também começará o serviço de barreira sanitária, que será feito nos principais acessos da cidade. A equipe irá orientar os viajantes, sobre a Covid-19, e principalmente, colher informações daqueles que irão ficar no município.

Essas pessoas, se não apresentarem sintomas de gripe ou resfriado, devem ficar em casa, isolados, por 7 dias. No caso de manifestação de sintomas, o isolamento precisa ser de, no mínimo, 14 dias. A barreira sanitária tem início nesta terça-feira (31).

Em primeira mão

O prefeito José Patriota se reuniu com o ex-prefeito e pré-candidato Totonho Valadares no final da tarde desta segunda-feira (30), para debater o futuro da Frente Popular de Afogados da Ingazeira e os passos seguintes numa avaliação de como se dará a composição das chapas que terão seus candidatos a uma vaga na Câmara de Vereadores.

No encontro, que antes fora divulgado através da imprensa local, se deu numa chácara nos arredores de Afogados da Ingazeira e contou apenas com duas pessoas que presenciaram toda a conversa que durou pouco mais de quatro horas.

O Blog PE Notícias teve com exclusividade um encontro com um dos que participaram da reunião e que antes da ‘nossa conversa’ foi logo adiantado que o que sair (da reunião) em outro meio de imprensa será mera especulação.

José Patriota e Totonho Valadares conversaram sobre a Frente Popular desde a sua criação até os dias de hoje, e a contribuição que foi dado pelos dois juntamente com vários companheiros do passado, e que essa Frente não foi esfacelada como muitas opiniões que foram pregadas por pessoas que desconhecem esse passado. Mas é claro que em quatro horas não conversaram somente amenidades, existiu conversas em torno de candidatura a prefeito, mas que um consenso entre ambos, essa conversa foi postergada.

‘Houve essa primeira conversa e outras virão’, disse a fonte ao PE Notícias. Ficou acertado que os dois se encontrarão, mas até o dia 3 de abril os partidos terão que preparar os candidatos que disputarão na proporcional e tendo formado chapas competitivas, o assunto de candidaturas da majoritária voltará à tona, só que dessa vez, para definir o que (ou quem), será melhor para conduzir os destinos de Afogados da Ingazeira. Pelo que se entendeu, é de que em um novo encontro sairá à definição de quem será oficialmente o candidato da Frente Popular a sentar na cadeira em substituição ao atual gestor. Pelo olhar clínico do blog, tudo anda para não haver ruptura. É só esperar.

Antônio Augusto Brandão de Aras, indicado para o cargo de procurador-geral da República, durante sabatina na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado

Em manifestação encaminhada nesta segunda-feira (30), o procurador-geral da República, Augusto Aras, pede para que o Supremo Tribunal Federal (STF) derrube decretos de estados e municípios que restringem o transporte e circulação, durante o enfrentamento à pandemia de coronavírus.

No documento, o PGR argumenta que a “imposição unilateral de medidas tendencialmente voltadas ao fechamento de fronteiras, por meio da restrição ao transporte coletivo de passageiros e de cargas, bem como da restrição de ingresso de pessoas” de outros estados ultrapassa os limites que os estados e municípios têm para legislar sobre trânsito, transporte e normas gerais de proteção da saúde.

Para Aras, a restrição ao transporte coletivo interestadual e intermunicipal de passageiros prejudica o acesso a serviços básicos de saúde e impede que profissionais de saúde que moram afastados dos centros possam chegar ao trabalho.

Além disso, o PGR defende que a restrição ao ingresso de veículos de cargas pode gerar prejuízos ao direito social à alimentação e “privar populações estaduais e munícipes de ter acesso a alimentos e insumos básicos”.

A manifestação de Aras foi dada em uma ação apresentada pela Confederação Nacional do Transporte, segundo a qual, estados e municípios invadiram a competência da União para legislar sobre as regras de transporte.

A discussão sobre a competência dos estados e municípios para determinar restrições de locomoção está a pleno vapor. Na última terça-feira, o ministro Marco Aurélio Mello liberou governadores e prefeitos para restringir a locomoção em estados e municípios.  O ministro entendeu que eles podem baixar medidas de validade temporária sobre isolamento, quarentena e restrição de locomoção.

O Núcleo de Apoio e Monitoramento Psicosociojurídico à Pessoa Idosa do município de Serra Talhada (NAMPPI), se reuniu com a Coordenação de Saúde da Pessoa Idosa para fortalecer as intervenções integrativas das políticas do Sistema Único da Assistência Social e o Sistema Único de Saúde e planejar novas estratégias de atuação.

O Núcleo foi criado pelas secretarias municipais de Desenvolvimento Social e Cidadania e de Saúde com o objetivo de realizar monitoramento e prestar apoio social, psicológico e jurídico à pessoa idosa, no período de enfrentamento a pandemia do Coronavírus (COVID-19).

O NAMPPI conta com uma equipe multidisciplinar: Lúcia Melo (assistente social), Ivanilda Mourato (assistente social), Mailde Melo (psicóloga), Luana Kelly (psicóloga do Centro de Reabilitação Municipal) e Fernanda Carvalho (advogada). Para a coordenadora de Saúde da Pessoa Idosa, Ákila Monique Monteiro, essa junção possibilita que os idosos estejam assistidos de forma integral. “O Centro de Referência do Idoso e a Coordenação de Saúde da Pessoa Idosa percebem a importância de disponibilizar orientação psicossocial e jurídica e também orientação em relação a sua saúde para os idosos, que são o público mais vulnerável à pandemia e se encontram isolados”, comenta.

Em tempos de quarentena, isolamento e distanciamento social, a tecnologia também está sendo uma importante aliada para que os serviços essenciais possam continuar. As ações são feitas por meio de atendimento individual via telefone, além disso, foi criado um grupo no WhatsApp para que os usuários possam interagir através de vídeos e áudios. Uma alternativa para preencher o tempo ocioso e ainda compartilhar informações importantes como o período de campanha nacional de vacinação contra gripe – Vírus Influenza e datas de liberação das parcelas do 13º salário. Continue lendo

BRUNO CAMPOS/JC IMAGEM

Tudo dentro do previsto. Como era temido, os rodoviários começaram a ser demitidos pelas empresas de ônibus que operam o transporte por ônibus da Região Metropolitana do Recife (STPP/RMR) devido à vertiginosa queda de demanda de passageiros provocada pela pandemia do coronavírus. Duzentos profissionais foram demitidos entre a segunda-feira (30) e esta terça-feira (31) da empresa Transcol, que opera na Zona Norte da capital. A expectativa é de que pelo menos 60% do quadro de profissionais do sistema percam os empregos ainda este mês. E, dessa vez, motoristas e cobradores querem que o governo de Pernambuco intervenha.

A categoria está desesperada e implora ao Estado – gestor do sistema de transporte por ônibus – que se envolva no processo. Que não assuma, mais uma vez e como tem feito ao longo dos anos, uma postura de isenção diante das demissões. Que não alegue, novamente, tratar-se de uma relação privada, entre patrões e empregados. São motoristas, cobradores, fiscais e mecânicos afastados das funções porque as empresas de ônibus alegam não ter como manter o quadro com uma queda de demanda entre 74% e 75%, e tendo que manter parte da frota de coletivos nas ruas por ser um serviço essencial.

“Temos tentado trazer o governo do Estado para o processo desde que soubemos da situação. Sabemos que o setor empresarial lamenta as perdas há 30 anos e que há um pouco de exagero nas ações. Que podem estar tirando proveito da pandemia para demitir o trabalhador e reduzir o quadro. Eles já vêm fazendo isso com a dupla função e a retirada dos cobradores. Mas de fato sabemos que há uma crise e que algo precisa ser feito. Mas dessa vez queremos que o Estado participe, nos ajude a encontrar uma solução que não prejudique apenas o trabalhador. Que faça o empresário enxergar isso. Os rodoviários não podem pagar por isso”, defende o presidente do Sindicato dos Rodoviários de Pernambuco, Aldo Lima. Continue lendo

Prefeita de Arcoverde Madalena Britto.

A prefeita de Arcoverde Madalena Britto, emitiu um comunicado para esclarecer o que está sendo feito na cidade que além de vivenciar calamidade pública pela pandemia do Covid-19, também sofre com as fortes chuvas dos últimos dias que alagou diversas ruas e deixa prejuízo material a centenas de pessoas. Outras dezenas de famílias se encontram desabrigadas,  pois a água invadiu as casas e devastou tudo.

Em esclarecimento aos boatos que circulam em mensagens de WhatsApp sobre o rompimento da Barragem Riacho do Pau, a Compesa esclarece que a informação não procede. O reservatório, localizado no município de Arcoverde, está sangrando, ou seja, atingiu a sua capacidade máxima de acumulação, que é de 16,8 milhões de metros cúbicos de água.

Confira o comunicado da prefeita

“Amigas e amigos,

Estamos vivendo um momento de grandes desafios em nosso município. Além de uma Pandemia de Coronavírus de caráter mundial os problemas locais se multiplicaram!

A natureza impõe os maiores contrastes administrativos em uma cidade como a nossa e nos coloca em estado de calamidade pública. Ao mesmo tempo em que pedimos as pessoas fiquem em casa, se protejam do Coronavírus, às chuvas forçam as nossas equipes a irem para as ruas.

Enquanto os órgãos de saúde dizem use equipamento de proteção, esses EPI’s entram em extinção no mercado e as famílias, vítimas das chuvas, não podem esperar. Aumentamos as máquinas e caminhões, mas a terra encharcada atola algumas e outras têm que sair de onde estão, para desatolar e seguir em grupo.

É assim que estamos vivendo esses dias de intensos desafios. Olhamos para as cidades vizinhas e vemos que muitas estão em situações ainda piores impostas pela força da natureza. Somos servidores públicos e seguiremos nossa missão de servir as pessoas com todos os recursos físicos e emocionais que temos no momento. Continue lendo

Interior do Palácio do Planalto Foto: Reprodução

Por Naomi Matsui/Época

O governo estima que gastará R$ 435 mil para renovar sua coleção de persianas e cortinas para seis prédios da Presidência.

O objetivo do edital, publicado na sexta-feira, é adquirir persianas verticais e horizontais, cortinas e bandôs para os Palácios do Planalto, da Alvorada e do Jaburu, além da Granja do Torto e outros dois prédios.

O governo argumenta a compra dizendo que as persianas e cortinas contribuem “no controle de incidência dos raios solares nos ambientes internos, além de proporcionar conforto e segurança aos ocupantes das salas das unidades”.

À coluna, a Presidência afirmou que “considera importante à aquisição de persianas e afins, haja visto a necessidade de substituir materiais similares deteriorados naturalmente pelo uso” ao longo de várias décadas. Também disse que a medida proporciona maior eficiência ao consumo de energia elétrica.

Primeiro dia da Campanha de Vacinação contra a Gripe aconteceu na segunda-feira (23) — Foto: Andrea Rego Barros/Prefeitura do Recife

A Campanha de Vacinação contra a gripe foi temporariamente suspensa no Recife a partir desta terça-feira (31). Segundo a Prefeitura do município, faltaram doses da vacina. Esta é a segunda suspensão do serviço desde o início da campanha.

A primeira fase da ação é destinada aos idosos e profissionais de saúde, indo até o dia 15 de abril. Por meio de nota, a prefeitura informou que 70% deste público foram imunizados nos primeiros dias de campanha.

A administração informou, ainda, que o serviço foi temporariamente interrompido “por causa de uma alta procura em pouco tempo”. Na noite da quarta (25), o município suspendeu a vacinação pelo mesmo motivo, retomando o serviço de imunização na sexta (27).

A Secretaria de Saúde do Recife, nesta terça-feira (31), aguardava a reposição das doses, que é feita pelo Ministério de Saúde. “A expectativa é receber novas doses até o final de semana para retomar a campanha”, informou em nota.

Além da imunização de idosos e profissionais de saúde, que constitui a primeira fase, a campanha de vacinação tem outras duas etapas. A partir do dia 16 de abril, a imunização fica voltada para professores de escolas públicas e privadas, pessoas com doenças crônicas não transmissíveis e profissionais das forças de segurança e salvamento.

A terceira e última fase ocorre entre os dias 9 e 23 de maio. Nesse período, devem ser vacinadas crianças de 6 meses aos 5 anos, gestantes, puérperas, adolescentes e jovens dos 12 aos 21 anos em cumprimento de medida socioeducativa, funcionários do sistema prisional, população privada de liberdade, pessoas com deficiência e adultos dos 55 aos 59 anos.

A decisão faz parte das medidas para conter a disseminação do coronavírus no país

Pernambuco tem 13 casos recuperados do novo coronavírus. O dado foi divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco (SES-PE) em um boletim. De acordo com a Secretaria, há quatro novos casos da doença no estado, o que totaliza 77 confirmações.

Mais dois pacientes apresentaram cura clínica, somando 13 casos recuperados. Ocorreu também mais um óbito pela doença. Trata-se de um homem de 62 anos que deu entrada no Hospital dos Servidores do Estado (HSE) na última quarta-feira (25) depois de ser encaminhado por uma unidade de saúde do município de Goiana. Com quadro de infecção no trato respiratório, o homem morreu no domingo (29). Até o momento, em Pernambuco, são seis mortes pelo Covid-19.

Os casos confirmados são do Recife (52), Jaboatão dos Guararapes (6), Olinda (5), Petrolina (2), Camaragibe (1), Fernando de Noronha (1), São Lourenço da Mata (1), Palmares (1), Belo Jardim (1), Caruaru (1), Goiana (1), além de outros Estados (2) e outros países (3).

Dos casos confirmados, 19 pacientes estão internados, sendo 12 em UTI/UCI e sete em leitos de isolamento. Outros 39 estão em isolados em casa e 13 já se recuperaram da doença. Entre as pessoas mortas há cinco homens e uma mulher, todos acima dos 60 anos.

Em razão da pandemia do novo coronavírus, a Justiça tem autorizado alguns presos a cumprirem suas penas em regime domiciliar. As decisões beneficiam idosos e pessoas que apresentam comorbidades, e tem a intenção de evitar que o vírus se dissemine dentro do sistema prisional. Dentre as figuras mais conhecidas estão o ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha, o publicitário Marcos Valério e o médium João de Deus.

Na segunda-feira (30), a juíza Rosângela Rodrigues dos Santos, da Comarca de Abadiânia, concedeu prisão domiciliar a João de Deus, de 78 anos, condenado a mais de 60 anos por crimes sexuais. Em sua decisão, a magistrada destacou que “embora esteja sendo acusado por fatos de extrema gravidade, o requerente é idoso, acometido por doenças graves, por isso inserido no denominado grupo de risco para infecção pelo coronavírus, principalmente diante das más condições da cela (paredes mofadas, insalubridade) propícia à disseminação da Covid-19”.

A decisão impôs algumas restrições ao médium, como a entrega do passaporte ao Judiciário, o uso obrigatório de tornozeleira eletrônica, proibição de frequentar a casa Dom Inácio de Loyola, em Abadiânia, onde realizava sessões espirituais, e de manter contato com vítimas e testemunhas dos crimes sexuais.

Também na segunda, a Justiça dos Estados Unidos encerrou a pena de quatro anos que o ex-presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) José Maria Marin cumpria em uma prisão federal em Allenwood. Aos 87 anos, a defesa de Marin citou a idade avançada e o histórico médico do cartola para embasar o seu pedido. O ex-dirigente da CBF foi preso na Suíça em 2015, e condenado, em 2018, a quatro anos de prisão por lavagem de dinheiro, organização criminosa e fraude bancária. Ele também foi banido pela Fifa do futebol em 2019.

Entre as figuras políticas beneficiadas pelas decisões judiciais estão o ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha e o publicitário Marcos Valério. Cunha teve sua prisão preventiva convertida em prisão domiciliar pela juíza federal Gabriela Hardt, da 13ª Vara Federal de Curitiba. O ex-parlamentar terá que usar tornozeleira eletrônica. Aos 61 anos, o político se enquadra no grupo de risco e foi internado em um hospital no Rio de Janeiro, onde se recupera de uma cirurgia de urgência.

Hospital Mestre Vitalino

O Governo de Pernambuco está tentando ampliar a capacidade do Hospital Mestre Vitalino, em Caruaru, para fazer dele a referência no atendimento aos casos de Covid-19 na segunda macrorregião do Estado. Até esta segunda-feira (30), tinham sido abertos 20 novos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 22 de internação para serem usados no combate ao novo coronavírus.

“Não estão todos ocupados no momento, pois não temos esse contingente de casos ainda na região”, disse o secretário de Saúde de Pernambuco, André Longo, sinalizando que a intenção é abrir na unidade mais 10 leitos de UTI e outros 30 de enfermaria.

“O hospital vai deslocar áreas que hoje estão ociosas devido à suspensão de algumas atividades e cirurgias eletivas. Com essas medidas diminuímos a entrada de gente nos hospitais e aumentamos o esforço”, explicou ele, adiantando que há condição de o hospital ter pelo menos 80 leitos destinados à Covid-19, além de uma estrutura anexa que está sendo encaminhada e poderá ter mais 150 leitos de enfermaria.

Em entrevista coletiva nesta segunda-feira, o gestor estadual aproveitou para pedir o apoio das prefeituras municipais no processo de abertura de novos leitos em unidades hospitalares. Continue lendo

REPRODUÇÃO/TV BRASIL

A crise do coronavírus acabou por revelar, por seu protagonismo, a nova liderança política nacional do ministro Luiz Henrique Mandetta (Saúde), cujo nome já supera outros bolsonaristas, como o ministro Sérgio Moro (Justiça), na citação de candidaturas presidenciais preferidas. Pesquisas encaminhadas ao Planalto mostram que o prestígio de Mandetta sobe em flecha, bem ao contrário do presidente Jair Bolsonaro, desgastado pelas afirmações que desdenham da pandemia que assombra o mundo. Opositores de Bolsonaro sonham com briga, mas não há crise na relação de Bolsonaro. Mandetta apenas está adorando tudo isso.

Melhor nas pesquisas

Pesquisa Datafolha, divulgada no dia 23 deste mês, mostra que 55% dos brasileiros aprovam Mandetta, contra 35% conferidos a Bolsonaro. Esses números só pioraram, daí a nova rotina de coletivas, inaugurada ontem. Mandetta terá de dividir com o governo os louros da sua atuação. Aliados de Mandetta no Mato Grosso do Sul já falam em candidatura a presidente. Mas, para o ministro, a prioridade é combater o coronavírus.

O procurador-geral de Justiça do Ministério Público de Pernambuco (MPPE), Francisco Dirceu Barros, recomendou aos gestores municipais que promovam a estruturação da rede municipal de saúde e a adoção de providências urgentes para leitos de retaguarda, em função da pandemia do novo coronavírus.

A recomendação foi emitida, segundo o MPPE, diante da situação de calamidade pública no estado com a chegada da pandemia, da estimativa de que 20% dos casos graves demandarão acesso à rede hospitalar e de que 5% dos infectados precisarão acessar leitos de tratamento intensivo.

“A taxa de ocupação dos leitos de UTI no SUS já é da ordem de 95% para atenção aos pacientes críticos, o que torna imprescindível a ampliação emergencial de leitos novos de UTI para atender essa extraordinária demanda. Além disso, muitas pessoas deverão ser atendidas em unidades municipais de saúde, em razão da menor gravidade dos casos, o que necessitará de estruturas assistenciais menos complexas, mas não menos eficientes, diante da conjuntura pandêmica vivenciada”, destacou Francisco Dirceu.

Para isso, foi recomendado aos prefeitos municipais que, além das ações já realizadas para atendimento aos possíveis casos de Covid-19, elaborem planos de contingência municipais em consonância com os planos nacional e estadual, e adotem providências direcionadas à execução dos respectivos planos através das suas secretarias municipais de Saúde e de Assistência Social, voltadas para o cenário epidemiológico atual. Continue lendo

A Petrobras anunciou a terceira redução no preço do Gás Liquefeito de Petróleo (GLP) nos últimos 10 dias, de 10% nas refinarias a partir da terça-feira (31). Com mais essa queda, o preço do produto, que afeta as famílias de baixa renda, acumula corte de 21% nos preços neste ano.

Antes dessas reduções, o preço praticado pela estatal estava 45% acima da paridade com a cotação internacional.

O preço nas refinarias passa a ser de R$ 21,85 para o botijão de 13 quilos (gás de cozinha).

A redução atinge tanto o GLP residencial como industrial.

Segundo a Petrobras, a empresa está reforçando o abastecimento de GLP no mercado através de compras adicionais já efetuadas dentro do seu programa de importação, depois que a crise provocada pelo coronavírus fez muitas famílias estocarem o combustível, levando à escassez pontual em alguns centros urbanos, segundo informou mais cedo o Ministério de Minas e Energia (MME).

Ao todo, a Petrobras fez a importação de três carregamentos, que chegam no porto de Santos nos dias 30 de março, 6 e 10 de abril.

Cada navio tem capacidade adicional de 20 milhões de quilos de GLP, equivalente a 1,6 milhão de botijões de 13 kg.

A companhia disse ainda que não há necessidade de estocar o produto, e pediu para que as distribuidoras repassem a queda de preços para o consumidor. “Não há qualquer necessidade de estocar GLP neste momento, pois não haverá falta de produto para abastecer a população”, afirmou a estatal.

Por Franklin Portugal*

Quem é acostumado a pegar sempre a BR-232 em Pernambuco, no trajeto Recife ao interior, já chegando à cidade de Gravatá, entra-se portanto, pelo túnel que há antes da Polícia Rodoviária Federal.  Podemos dizer que estamos agora numa espécie daquele túnel. Só que o túnel de verdade, da comparação, tem um tamanho definido, e dentro de alguns segundos o viajante sai dele. Mas, falo aqui do esporte como um todo.

Imagine-se num túnel destes, mas sem tamanho definido, e com uma escuridão danada pela frente. Assim é o calendário esportivo em 2020, por causa da pandemia do novo coronavírus. Tudo o que vem ocorrendo arrancou totalmente a luz sobre várias competições, e lançou o breu diante dos olhos de quem é apaixonado por esportes.

O que dizer de como vai ficar os campeonatos Pernambucano? Copa do Brasil? Brasileiro nas suas várias divisões? Os gestores do futebol podem falar em meses, datas, planejamento de continuidade. Mas na verdade, quem vai saber o que há de suceder?

Deixo esse parágrafo em especial para um dos maiores acontecimentos do mundo: as Olimpíadas. Pois é, quem diria, apesar da disposição de segurar o otimismo, de ver a tal luz no fim do túnel, a decisão foi mesmo mexer neste evento planetário, e adiar os Jogos de Tóquio para 2021.

O esporte é assim: em toda modalidade, há a disputa, há adversário pra fazer sentido ter vencedor e medalhistas. Neste caso, o maior adversário do homem é invisível à vista natural, e é um vírus que nos tirou o direito de muitas, mas de muitas coisas, inclusive de vibrar pelos nossos times, que sempre lutam por títulos.

Mas, há uma coisa em que se pensar: com perseverança, paciência, sabendo lutar com as ferramentas certas, apontadas pela ciência, podemos e vamos sair de tudo isso com uma bela de uma medalha de ouro… A da Vida!

*Franklin Portugal é repórter da TV Asa Branca – Afiliada Globo em Caruaru – e colabora semanalmente com crônicas esportivas para o Blog PE Notícias.