Em meio pandemia do novo coronavírus, quando autoridades de todo o país buscam alternativas para salvar vidas e manter as contas em dia, já que a recessão econômica é uma preocupação nos próximos meses devido à queda eminente na arrecadação, a aprovação de uma lei tem causado indignação em moradores do município de Flores, localizado no Sertão do Pajeú.

Isso porque, os vereadores aprovaram o reajuste nos salários do prefeito, vice-prefeito, procurador jurídico e secretários municipais, em sessão presencial da Câmara dos Vereadores. A aprovação do reajuste salarial tem gerado manifestações contrárias por parte da população.

A aprovação garante um aumento de R$ 14 mil para R$ 17 mil para o salário do cargo de prefeito e o aumento de R$ 7 mil para R$ 9 mil no cargo de vice. Para os cargos de procurador jurídico e secretários do município, o valor aumentou de R$ 4.500 mil para R$ 7 mil.

Um morador do município, que não quis de identificar, disse que essa não é a melhor hora para votar esse tipo de pauta. “O comércio praticamente parado, há uma situação complicada e é essa a colaboração do Poder Legislativo? Aprovar aumento de salário?”, indagou. Com informações do Blog do Itamar.