Pedro Araújo

As informações que traduzem as verdades dos fatos, sem ferir ou denegrir pessoas ou imagens. Como também, nunca procurando agradar aos maus feitores.

Brasília 60 Anos - Esplanada dos Ministérios

O governo federal já economizou cerca de R$ 1 bilhão com o trabalho remoto de servidores públicos durante a pandemia do novo coronavírus (covid-19). Este valor considera a redução de R$ 859 milhões nos gastos de custeio e a diminuição de R$ 161 milhões nos pagamentos de auxílios para os servidores, entre abril e agosto de 2020. Os dados foram divulgados, nessa sexta-feira (25), em Brasília, pelo Ministério da Economia.

Segundo o ministério, a economia em 5 meses com diárias, passagens e despesas com locomoção chegou a R$ 471.251.670,72. Com serviços de energia elétrica, a redução de gastos foi de R$ 255.547.553,27. A economia com serviços de cópias e reproduções de documentos alcançou R$ 9.732.645,44. E a redução de gastos com serviços de comunicação em geral atingiu R$ 89.565.596,69 e com serviços de água e esgoto, R$ 32.942.306,94.

Auxílios

Ainda em março, o Ministério da Economia informa que orientou os demais órgãos da Administração Pública Federal sobre a autorização para o trabalho remoto com a publicação da Instrução Normativa (IN) nº 28. A norma estabelece regras para a concessão do auxílio-transporte, do adicional noturno e dos adicionais ocupacionais aos servidores e empregados públicos que estejam executando suas atividades remotamente ou que estejam afastados de suas atividades presenciais.

Esta instrução gerou uma economia de R$ 161.452.701,82 aos cofres públicos entre abril e agosto deste ano. Entre os adicionais impactados pela medida estão os de insalubridade, irradiação ionizante, periculosidade, serviço extraordinário e noturno.

Teletrabalho

Para ampliar e normatizar a adoção do teletrabalho, a Secretaria de Gestão e Desempenho de Pessoal da Secretaria Especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital (SGP/SEDGG) publicou, no fim de julho deste ano, a Instrução Normativa nº 65.  Continue lendo

Uso de celular ao volante é prática proibida e associada a acidentes — Foto: Reprodução/EPTV

O número de motoristas flagrados com celulares enquanto dirigiam em estradas federais de Pernambuco mais que dobrou ao comparar os oito primeiros meses de 2020 com o mesmo período do ano anterior. Segundo a Polícia Rodoviária Federal, foram 219 autuações de condutores manuseando celulares entre janeiro e agosto deste ano, contra 97 no mesmo período de 2019.

O alerta foi dado pela PRF nesta sexta-feira (25), quando é celebrado o Dia Nacional do Trânsito, data utilizada para alertar os condutores sobre os perigos relacionados à direção.

“A falta de atenção se destaca como principal causa de acidentes nas rodovias federais de Pernambuco. A gente sabe que isso está associado diretamente ao uso do celular”, declarou Cristiano Mendonça, chefe de comunicação da PRF em Pernambuco.

Segundo a PRF, entre os meses de janeiro e agosto deste ano, 505 acidentes foram causados pela falta de atenção na condução dos veículos em estradas federais do estado. Nesses acidentes, 35 pessoas morreram. No mesmo período de 2019, foram 635 acidentes, com 55 mortos.

Mendonça afirmou que a falta de atenção tem relação com o uso do celular ou distrações dentro do veículo, como uma conversa. Continue lendo

Segundo informações de sites de noticias da cidade de Arcoverde, município do Agreste pernambucano, o presidente da República, Jair Bolsonaro, deve visitar o Estado de Pernambuco na próxima quinta-feira, 1º de outubro. O presidente vai inaugurar o túnel do Ramal do Agreste, que teve as obras finalizadas na ultima quarta-feira (23). O túnel do Ramal do Agreste tem extensão de 2,4 Km, o valor total da obra ficou em torno de quase 20 milhões de reais recursos do Governo Federal.

O Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) concluiu, na quarta-feira (23), mais uma etapa de construção do Ramal do Agreste, em Pernambuco. A escavação do Túnel Ipojuca I, com 2,4 quilômetros de extensão, foi finalizada. Quando completo, o Ramal vai levar água do Projeto de Integração do Rio São Francisco à região de maior escassez hídrica no estado nordestino. Somente em 2020, foram investidos pelo ministério no empreendimento cerca de R$ 313,6 milhões.

“Garantir abastecimento a populações que historicamente enfrentam escassez de água no Nordeste é um compromisso do presidente Jair Bolsonaro. Demos continuidade a esta e outras obras, pois elas garantirão mais saúde às famílias pernambucanas, além de estimular o desenvolvimento econômico e social”, destaca o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho.

A escavação está localizada entre os quilômetros 54 e 56 da obra. Foram utilizados explosivos cuidadosamente controlados em ciclos sucessivos de detonações, que foram condicionados pelas características geológicas das rochas encontradas durante o processo. O túnel custou R$ 19,6 milhões em investimentos federais.

Existe ainda uma possibilidade de Bolsonaro inaugurar a Adutora do Pajeú, em São José do Egito, mas que a agenda precisa ser confirmada pelo Palácio do Planalto.
Continue lendo

Dados parciais da primeira etapa de vacinação contra a febre aftosa em 2020 mostraram cobertura vacinal de 97,81% do rebanho de bovinos e bubalinos de todas as idades. No total, segundo o Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento, entre estados que já enviaram informações foram imunizados 166 milhões de animais.

Até o momento, 18 dos 23 estados que precisam vacinar seus rebanhos entraram no balanço. Isso porque um está em análise e três ainda não enviaram o relatório com os dados finais dessa fase. A segunda etapa de campanha de vacinação contra aftosa começa em 22 estados em novembro.

Novo coronavírus

Em 2019, na campanha de maio, foram vacinados 196 milhões de bovinos e bubalinos, cobrindo 98,08% do total. Por causa da pandemia de covid-19, este ano a primeira etapa de vacinação foi prorrogada em 30 dias para que todos os estados tivessem 60 dias para a imunização.

Segundo o diretor do Departamento de Saúde Animal do ministério, Geraldo Moraes, a pequena redução da cobertura vacinal era esperada como reflexo direto da pandemia, que atrapalhou a logística da vacinação. “Apesar disso, foi uma campanha exitosa, dadas as proporções da emergência em saúde existente no país”, disse. A previsão para esta primeira etapa é de vacinar cerca de 183 milhões de bovinos e bubalinos de todas as idades.

Certificação

Os estados do Paraná, Acre e Rondônia, e regiões do sul do Amazonas e do noroeste de Mato Grosso tiveram a última vacinação contra a doença em 2019 e, no momento, estão cumprindo o prazo para reconhecimento de zona livre de febre aftosa sem vacinação pela Organização Mundial de Saúde Animal.

O Rio Grande do Sul, que teve a última vacinação em março deste ano, também está cumprindo prazo para o reconhecimento internacional de zona livre de febre aftosa sem vacinação. Desde 2007, o estado de Santa Catarina é reconhecido internacionalmente nessa categoria.

O Governo do Estado de Pernambuco abriu o cadastro para as pessoas que vão solicitar a Renda Básica Emergencial da Lei Aldir Blanc, que visa contemplar o setor de cultura no estado. A fim de dar suporte aos que vão fazer esse cadastro na plataforma da Secretaria Estadual de Cultura, a SEJECT em Sertânia vai disponibilizar uma equipe para tirar dúvidas e prestar esclarecimentos.

Essa ação começa na próxima segunda-feira (28) e segue até o dia 02 de outubro, no prédio da SEJECT, antiga Estação Ferroviária.  A Secretaria de Juventude, Esporte, Cultura e Turismo de Sertânia lembra que quem desejar já pode fazer o seu cadastro, através do link: https://linktr.ee/leialdirblancpe.

Segundo o secretário de Cultura de Sertânia, Tácio Henrique, o Inciso I da Lei n° 14.017/2020, ficou deliberado para execução do Governo do Estado. Já os incisos II e III da Lei Aldir Blanc tratam sobre como deve proceder cada município para liberar os recursos ao setor cultural.

Nos próximos dias a SEJECT irá detalhar os planos para execução dessas exigências, que envolve elaboração de editais, prêmios e chamadas públicas voltadas aos espaços culturais e coletivos. A SEJECT ressalta que a implantação da Lei Aldir Blanc será conforme as regulamentações do Governo Federal, Governo do Estado e Governo Municipal.

DAY SANTOS/JC IMAGEM

A onze dias do retorno dos alunos do 3º ano do ensino médio de Pernambuco às aulas presenciais, o Sindicato dos Professores do Recife (SIMPERE) fincou cruzes no Pátio da Basílica de Nossa Senhora do Carmo, na Avenida Dantas Barreto, nesta sexta-feira (25). O ato tem como objetivo alertar a sociedade sobre o perigo de uma nova onda de contaminações pelo coronavírus após a reabertura das escolas. Nessa quinta-feira (24), professores da rede estadual, em assembleia virtual do Sindicato de Trabalhadores em Educação de Pernambuco (Sintepe), decretaram greve por, segundo eles, não haver segurança necessária à reabertura.

Apenas escolas estaduais, entretanto, possuem ensino médio (1º, 2º e 3º ano), únicas classes com data para retorno, até agora. As municipais ofertam aulas apenas até o ensino fundamental II e a Educação de Jovens e Adultos (EJA).

Mesmo assim, por nota, os professores da rede municipal afirmam temer que os protocolos sanitários anunciados não sejam garantidos, pela estrutura das unidades escolares ser, de forma geral, precária. Eles relatam que é “comum faltar produtos de higiene, ventilação nas salas de aula, além de existirem unidades em que falta água”.

“Os secretários da saúde, estadual e municipal, se isentam da responsabilidade de garantir que essas vidas sejam preservadas, colocando sobre as costas desses adolescentes, com capacidades cognitivas ainda em formação, a tarefa de segurar sozinhos a curva de contágio através de medidas de higiene e distanciamento dos colegas de classe”, diz o diretor do Simpere Igor Andrade. Continue lendo

Sérgio Bernardo

Por Lauro Jardim/O Globo

Filho de Eduardo Campos, João Campos viu o valor de seus bens crescerem de R$ 123 mil para R$ 242 mil em dois anos, segundo dados apresentados ao TSE para as eleições 2018 e de 2020.

Há dois anos, João se elegeu deputado federal e agora é candidato do PSB à Prefeitura de Recife.

Apesar de ter incrementado o seu patrimônio em 97%, ainda está longe do que possui sua prima e adversária Marília Arraes, candidata do PT ao mesmo cargo, que declarou R$ 1 milhão em bens.

Pré-candidato a Prefeitura de Ingazeira pela coligação Podemos/MDB, o empresário Luciano Moreira abriu nesta quinta-feira a serie de entrevistas promovida pela Rádio Cidade FM, de Tabira. Moreira garantiu ser conhecido por 90% da população ingazeirense e vai disputar a Prefeitura, ao aceitar o convite de importantes lideranças a partir de Mário Viana Filho.

Ex-aliado do atual adversário Luciano Torres, Luciano Moreira relatou ter votado em Lino Morais por admiração, mas que na eleição passada já estava descontente com Torres. “Nunca fui convidado por ele pra nada, nem mesmo para me filiar ao partido”, disse.

Moreira negou contribuir com o desmatamento ao assegurar ser dono de propriedade de 700 hectares, onde 300 são para manejo da algaroba. E esta madeira ele disse comercializar mesmo.

Provocado a falar sobre o tratamento do lixo, disse que construirá um aterro sanitário na cidade, mas mostrou desconhecer o valor da ação. Luciano deixou claro não saber o percentual de saneamento de Ingazeira, e disse identificar a necessidade de cuidar do esgotamento de Santa Rosa, pelo mau cheiro observado no povoado.

Assegurou que Mário Viana Filho como liderança que é, estará presente na campanha. Disse que Itan Fernandes deixou o bloco de oposição porque fez exigências de excluir Mário Viana do grupo. Informou que o vereador Aécio Bezerra, não foi pra reeleição para coordenar a campanha e jamais pela dificuldade imposta pela chapa proporcional.

O coeficiente eleitoral para um partido fazer um vereador é atingir em Ingazeira entre 350 e 380 votos. A chapa Podemos/MDB tem 7 nomes, sendo 4 no primeiro e 3 no segundo. Confiante, Moreira disse que sua coligação pode fazer até 5 vereadores.

Ele prometeu fazer concurso publico, elogiou Lino Morais por pagar os salários em dia e o bom enfrentamento a pandemia do novo coronavírus. Elogiou o trabalho dos professores, mas não conseguiu citar nenhum programa da educação e muito menos da saúde que são atualmente desenvolvidos. Eleitor de Bolsonaro elogiou o crescimento da popularidade do presidente no Nordeste e criticou o Governo Paulo Câmara.

Na declaração de bens a Justiça eleitoral, Luciano Moreira revelou ser milionário, mesmo assim confirmou durante a entrevista que suas filhas se cadastraram e receberam o Auxílio Emergencial que objetiva fornecer proteção emergencial a quem perdeu renda durante a pandemia do novo coronavírus. “Elas se enquadram no programa. São independentes”, concluiu. Por fim, negou ser inimigo de Luciano Torres, e se mostrou confiante na vitória.

As informações foram repassadas ao Blog PE Noticias pelo comunicador Anchieta Santos, das rádios Pajeú FM, e Cidade FM, de Tabira.

Na avaliação do deputado federal Gonzaga Patriota (PSB),  ex-ministro do Trânsito e um dos responsáveis por apresentar a primeira versão do Código de Trânsito Brasileiro (CTB); o Projeto de Lei (PL) 3.267/2019, do Poder Executivo, que altera o CTB é um retrocesso para sociedade. O projeto foi aprovado na Câmara dos Deputados, na terça-feira (22), e segue para sanção presidencial. Visando diminuir os números de vítimas de acidentes de trânsito e a impunidade, o parlamentar apresentou, nesta quarta-feira (23), o Projeto de Lei (PL) 4696/20, que altera a Lei 9.503/97, do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), para prever a modalidade dolosa para homicídio praticado na direção de veículo automotor.

Como o homicídio de trânsito é culposo, o Código Penal pode ser interpretado favoravelmente ao motorista porque permite a conversão da pena de qualquer tamanho no caso de crime culposo. O Código Penal impõe pena de reclusão de 5 a 8 anos para o homicídio culposo ao volante praticado por motorista embriagado ou sob efeito de drogas e pena de reclusão de 2 a 5 anos no caso de lesão corporal grave ou gravíssima. As penas alternativas podem envolver, por exemplo, o cumprimento de serviços comunitários.

O socialista explica que o CTB sofreu várias alterações nas suas duas décadas de vigência, quase todas destinadas a diminuir os terríveis e impressionantes números das vítimas de acidentes de trânsito com envolvimento de veículos automotores.  

De acordo com Gonzaga Patriota, são cerca de 40 mil mortes por ano, em média. Conforme dados do Datasus, mais de 200 mil pessoas guardam algum tipo de sequela após acidentes com automóveis. “Nenhum país sofre igual. Isso custa caro, mais de R$ 50 bilhões a cada ano. E as vidas perdidas não têm preço”, disse.  Continue lendo

Por Ademar Rafael Ferreira (Papa)

Ade maleu lapa-el – Considerando que todos afirmar ser o Sistema Tributário do Brasil um dos mais complexos do mundo, fale-me como trabalhar com este tema, no curto prazo e numa visão de futuro.

Papa – É comum ouvirmos dos empresários, logo no início de um trabalho de consultoria, a seguinte indagação: “Devo fazer um Planejamento Tributário?” Procuro, em conjunto com o demandante, responder a seguinte pergunta: “Os custos relativos à tributação têm impacto sobre suas atividades em nível que possa comprometer sua competitividade?” Se a resposta for positiva recomendo adotar a prática.

Quando tais dispêndios são absorvidos pelos seus custos sem criar embaraços quanto a capacidade de competir entendo que o assunto – como todo custo -, precisa de atenção. Sem necessidade de um planejamento especifico. Pode ser tratado no Planejamento Financeiro com a riqueza de detalhes compatível com a atividade.

No caso da elaboração do Planejamento Tributário recomendo que o trabalho seja feito com participação de profissionais habilitados, com conhecimento em legislação tributária, finanças e custos operacionais. Uma equipe que julgo ideal seria composta por Advogado Tributarista, um Contabilista, o responsável pelas finanças na organização um funcionário para apoio.

Esta composição deriva da necessidade de atender os objetivos, o trabalho tem média complexidade. O Planejamento Tributário pode ser conceituado como: “Gestão do pagamento de tributos de uma organização quanto à tempestividade e a possibilidade de redução legal”. Na minha opinião o primeiro passo para seu êxito é o correto enquadramento no “Regime Tributário” compatível com as atividades desenvolvidas.

Necessário se faz dizer que entre os objetivos de um Planejamento Tributário não figura a pratica da sonegação. Enumeramos aqui, três principais: a) Evitar a incidência do imposto sobre base indevida, criando mecanismos legais para sua redução; b) Reduzir os valores totais a serem recolhidos, com a correta utilização de incentivos fiscais e compensações; e c) Retardar o pagamento utilizar práticas licitas que permitam diluir as parcelas ou alargar vencimentos, isto é diferente de ficar inadimplente.

Sonegar é crime e sonegação anda no sentido contrário de elisão, o primeiro é condenável e o segundo é correto utilizar. A elisão fiscal é uma pratica utilizada na contabilidade para permitir economia no pagamento de impostos, corresponde a seguir as práticas adequadas, com utilização de metodologia que alcance as permissões da lei ou omissões dela para reduzir o peso dos impostos no orçamento, é fazer o certo.

Foram prorrogadas as inscrições para o concurso Câmara de Custódia, no estado do Pernambuco. O certame, regido pelo edital n° 001/2020, prevê a contratação imediata e formação de cadastro reserva para o seu quadro de servidores e está sendo executado pela Consulpam Consultoria Pública e Privada.

De acordo com informações publicadas no site da banca organizadora, as inscrições poderão ser realizadas até o dia 05 de outubro de 2020. 

Quantidade de vagas

A oferta é de 16 vagas abrangendo vários níveis de escolaridade. Entre as oportunidades abertas e aquelas que podem surgir dentro do período de validade do concurso Câmara de Custódia, 5% de cada função será destinado a pessoas com deficiência.

Confira na tabela quais os cargos disponíveis:

Novo prazo

O novo prazo de inscrição para o concurso Câmara de Custódia segue até o dia 05 de outubro de 2020.

Para isso, o profissional interessado deverá acessar o endereço eletrônico da banca organizadora, no site do Consulpam, e fazer seu cadastro.

Os candidatos que precisarem de atendimento especial no dia da prova devem indicar sua situação no ato da inscrição, sendo necessário anexar cópia do RG e CPF digitalizados e laudo médico, além de informar o tipo de condição que deseja receber.

Após terminar de se inscrever, é necessário pagar uma taxa de acordo com o grau de escolaridade do cargo pretendido:

  • Fundamental: R$ 60,00;
  • Médio: R$ 80,00;
  • Superior: R$ 130,00.

O concurso Câmara de Custódia contará apenas com prova objetiva, que foi remarcada para a data prevista de 25 de outubro de 2020.

A avaliação terá três horas de duração e será composta por 50 questões de múltipla escolha. Todos os candidatos farão prova de Língua Portuguesa, Matemática e Conhecimentos Específicos. Os cargos de níveis médio e superior também responderão acerca de:

  • Direito Administrativo e Constitucional;
  • Noções de Informática.

Todo o conteúdo programático que será cobrado está indicado no Anexo III do edital.

Para o devido controle social e transparência, o Ministério Público de Pernambuco (MPPE), por meio da Promotoria de Justiça local, recomendou ao prefeito Humberto Mendes, do município de Santa Maria da Boa Vista, no Sertão do São Francisco, e à secretária-executiva de Cultura, Jeifa Jericó, que promovam a ampla divulgação das informações sobre ao valor do repasse federal, por força da Lei Aldir Blanc, bem como sobre quais critérios utilizados para cadastramento das entidades ou pessoas físicas habilitadas ao pagamento, bem como a quantia que caberá a cada um.

Conforme a recomendação, firmada pelo promotor de Justiça Igor de Oliveira Pacheco, para o socorro dos profissionais da cultura e da arte, adveio a Lei nº 14.017/2020 (Lei Aldir Blanc), que dispõe sobre ações emergenciais destinadas ao setor cultural a serem adotadas durante o estado de calamidade pública.

O MPPE recomendou ainda aos gestores públicos que prestem contas desse valor e a todo e qualquer procedimento denegatório de concessão do benefício, respeitando o contraditório e sem arredar da devida motivação legal para o não pagamento a qualquer ente ou categoria. Também devem proceder ao cadastro, mediante chamamento público, veiculado por todos os meios possíveis e efetivos de comunicação, nos meios urbanos ou rurais e com prazo, previamente, estabelecido, para inscrição e apresentação dos documentos.

A recomendação foi publicada no Diário Oficial Eletrônico do MPPE desta quinta-feira (24).

A Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária do Estado de Pernambuco (Adagro), órgão vinculado à Secretaria de Desenvolvimento Agrário, alerta todos os pernambucanos quanto ao risco de receberem material vegetal, como sementes, vindas pelos Correios de países como a China, sem terem sido solicitadas e sem a autorização do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

No Brasil já houve relatos em cinco estados quanto ao recebimento de pacotes com sementes sem nenhum tipo de solicitação. Pessoas dos estados de Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Goiás, Mato Grosso do Sul e Paraná já relataram a chegada dessas sementes.

As embalagens recebidas pelos Correios não devem ser abertas, para que sejam preservadas e para que o material não circule no ambiente, pois podem veicular pragas ou doenças de importância econômica que não existem no país.  A entrada de sementes no Brasil só é permitida por países com os quais o Mapa tenha estabelecido os requisitos fitossanitários. É necessário que o material seja certificado pelas autoridades fitossanitárias do país exportador.

O Ministério, antes de autorizar a importação da semente de determinado país, realiza análise de risco para identificar quais pragas podem ser introduzidas por aquelas sementes. A partir disso, ficam estabelecidas medidas fitossanitárias a serem cumpridas no país de origem para minimizar o risco de introdução de novas pragas no Brasil por meio da importação desse material.

Quem receber esse tipo de pacote deve procurar a Adagro ou a Superintendência do Ministério da Agricultura no Estado para que as embalagens sejam enviadas para análise no Laboratório Federal de Defesa Agropecuária em Goiás.

A previsão do tempo para esta sexta-feira (25) indica céu parcialmente nublado, com chuva rápida durante a madrugada e início da manhã, na Região Metropolitana do Recife (RMR) e Zonas da Mata, de acordo com a Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac).

Já o Agreste e o Sertão, mesmo com céu parcialmente nublado, não devem receber chuva ao longo do dia. As temperaturas máximas das regiões atingem 32° C e 35° C, respectivamente.

Confira a previsão completa:

Região Metropolitana

Parcialmente nublado com chuva rápida e isolada na madrugada e primeiras horas da manhã com intensidade fraca.
Temperatura (ºC): Estável
Máxima: 32° Mínima: 22°

Mata Norte

Parcialmente nublado com chuva rápida e isolada na madrugada e primeiras horas da manhã com intensidade fraca.
Temperatura (ºC): Estável
Máxima: 32° Mínima: 21°

Mata Sul

Parcialmente nublado com chuva rápida e isolada na madrugada e primeiras horas da manhã com intensidade fraca. 
Temperatura (ºC): Estável
Máxima: 31° Mínima: 20°

Agreste

Parcialmente nublado sem chuva em toda a região ao longo do dia.
Temperatura (ºC): Estável
Máxima: 32° Mínima: 17°

Sertão de Pernambuco

Parcialmente nublado sem chuva em toda a região ao longo do dia.
Temperatura (ºC): Estável
Máxima: 35° Mínima: 18°

Sertão de São Francisco

Parcialmente nublado sem chuva em toda a região ao longo do dia.
Temperatura (ºC): Estável
Máxima: 35° Mínima: 19°  

Luiz Henrique Mandetta deixou o ministério da Saúde por conflitos com o presidente Bolsonaro Foto: Pablo Jacob / Agência O Globo

O Globo

Quando comandava o combate à Covid-19 no país, Luiz Henrique Mandetta trabalhava com três projeções. A mais pessimista era de 180 mil mortes, e a mais otimista, de 30 mil. Um número tido atingível era de 80 mil mortes.

O ex-ministro diz agora temer que o Brasil, hoje com 139 mil óbitos, concretize o pior cenário. “Até o surgimento da vacina é capaz de chegarmos aos 180 mil”, disse ao jornal O Globo. Mandetta lança o livro de memórias “Um paciente chamado Brasil” (Ed. Objetiva), em que conta bastidores do combate à pandemia e do processo de fritura pelo qual passou no cargo por insistir em pregar distanciamento social contra o vírus e se recusar a liberar a cloroquina sem evidência de eficácia.

Falando por videoconferência de Campo Grande (MS), onde mora, o médico comentou os rumos da luta contra a pandemia.

Como o senhor avalia a situação epidêmica do país e a indefinição na reabertura?

Estamos enfrentando a pandemia sem liderança. Não tem uma voz que dê os critérios técnicos. Como não temos guidelines, há personagens: um manda abrir, outro manda fechar…

Agora, aglomerou? Duas semanas depois você tem aumento de casos. Foi assim no feriadão de São Paulo duas semanas atrás. São Paulo já aumentou o número de casos. Todo mundo desceu para a praia, (houve um) aumento de 40% no fluxo de pessoas para o litoral. Aglomerou? Colhe o preço.

Só é possível voltar às escolas com vacina?

É sempre fácil você fechar. Difícil é ter os critérios para reabrir. Mas você manter as crianças fora da sala de aula aguardando por uma vacina é outro erro. A vacina é uma possibilidade, não é uma realidade. Ela pode acontecer durante o ano de 2021, mas também pode falhar. Continue lendo