Pedro Araújo

As informações que traduzem as verdades dos fatos, sem ferir ou denegrir pessoas ou imagens. Como também, nunca procurando agradar aos maus feitores.

Petroleiro Carlos Drummond de Andrade ficou de quarentena em Suape — Foto: Transpetro/Divulgação

Um navio petroleiro foi retido no Porto de Suape, no Litoral Sul de Pernambuco, e tripulantes estão cumprindo quarentena por causa de confirmações de casos do novo coronavírus. Onze deles testaram positivo para a Covid-19. A embarcação atracou em 22 de novembro e, desde então, os trabalhadores aguardam autorização da Vigilância Sanitária do Recife para serem levados a um hotel, em segurança.

De acordo com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), testes rápidos para detecção da Covid-19 foram feitos nos tripulantes do navio Carlos Drummond de Andrade e cinco deles tiveram resultado positivo. Depois disso, a agência realizou testes do tipo RT-PCR nos trabalhadores e, até a quinta-feira (26), havia 11 casos confirmados.

A agência informou, ainda, que, no sábado (28), a Transpetro, operadora do navio, autorizou o desembarque de um tripulante que apresentava dor no tórax e na garganta, diarreia e cansaço físico.

O tripulante, já com confirmação da Covid-19, deu entrada então na emergência do Hospital Português, na área central do Recife. “Atualmente, ele se encontra internado naquela unidade, apresentando quadro de saúde estável”, informou uma nota enviada nesta terça-feira (1º).

Também nesta terça, dez dos 21 tripulantes que permaneciam no navio e apresentavam quadro da Covid-19, com leves sintomas, e 11 testaram negativo. “A situação é considerada sob controle pela Vigilância Sanitária”. Afirmou a Anvisa. Continue lendo

A operação “Feira Segura” é fruto de uma parceria entre a Prefeitura de Petrolina e o 5º Batalhão da Polícia Militar (BPM), para ampliar o número de policiais nas feiras livres do bairros João de Deus, Areia Branca, São Gonçalo e Ouro Preto. O trabalho será intensificado das 7h às 13h.

De acordo com o diretor de feiras de Petrolina, Tony César, nesse período, devido às compras para as celebrações de Natal e Ano Novo, aumenta o número de pessoas circulando nesses locais.

Nos sábados funcionam as feiras da Areia Branca e Cohab Massangano. Nos domingos os bairros São Gonçalo, Ouro Preto, João de Deus e Areia Branca. Já a feira do José e Maria acontece nas segundas-feiras. Em todas elas o horário de funcionamento é o mesmo: das 5h às 17h.

De acordo com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo, as medidas de higienização também estão sendo reforçadas, como a obrigatoriedade do uso de máscaras, distanciamento mínimo de um metro e uso de álcool em gel.

Los Hermanos choram a perda do seu maior ídolo

Por Danizete Siqueira de Lima

Na última quinta feira, 26/11, em clima de muita comoção, o mundo inteiro parou chorando a morte de Diego Armando Maradona, Dieguito, Dom Diego, ou “A mão de Deus” como era chamado carinhosamente, o maior ídolo argentino de todos os tempos.

Esse apelido de mão de Deus faz alusão ao jogo que entrou para a história, quando os argentinos conquistaram a Copa do Mundo de 1986, em um jogo dramático contra os ingleses, que terminou com o placar de 2 x 1, com dois golaços do astro Maradona, numa partida memorável.

Não é fácil falar sobre Maradona: Para uns; um grande herói, um verdadeiro Deus. Para outros; um péssimo exemplo devido ao seu passado conturbado pelo mundo das drogas. Sem esquecer o seu temperamento agressivo, pois, na maioria das vezes, abusava de sua arrogância. Não admitia réplicas e muito menos críticas por parte da imprensa. Sentia-se um verdadeiro Deus, ao ponto de não reconhecer Pelé como o maior jogador do mundo.

E nós, o que achamos? Deixando de lado a vida particular do craque, não temos como esconder que era um demônio com a bola nos pés; um calo para os marcadores e um grande pânico para os arqueiros que ficaram frente a frente com o gênio. E vejam que estamos falando no País de Riquelme, Simeone, Batistuta, Caniggia, Daniel Passarela, Leonel Messi e tantos outros com passagem marcante pelo futebol local e do mundo.

Se formos falar em Maradona (no Boca Júnior); no Nápoli, onde jogou ao lado do brasileiro Careca (um dos seus maiores admiradores), no estádio La Bombonera, na Seleção Argentina, principalmente na Copa de 1986, quando os argentinos se vingaram dos ingleses, pela Guerra das Malvinas 4 anos antes, numa partida histórica, não iremos parar de escrever e acabaremos cansando os nossos caros leitores.

Sendo assim, abreviaremos a nossa matéria com a frase proferida por Pepe Guardiola que disse: “Não importa o que você fez da sua vida, importa o que você fez em nossas vidas”.

Outros admiradores do gênio, também, prestaram as suas homenagens:

“Que notícia triste. Eu perdi um grande amigo e o mundo perdeu uma lenda. Ainda há muito a ser dito, mas por agora, que Deus dê força para os familiares. Um dia, eu espero que possamos jogar bola juntos no céu”. – Pelé.

“Um dia muito triste para todos os argentinos e para o futebol. Nos deixa, mas não se vai, porque Diego é eterno. Eu fico com todos os momentos lindos vividos com ele e queria aproveitar para enviar meus pêsames para toda sua família”. – Lionel Messi.

“Meus sentimentos à família e a todos que amam este gênio. Meu amigo, meu ídolo, meu número 10, obrigado por cada instante em sua companhia, seja em jogos ou num simples jantar”. – Ronaldinho Gaúcho.

“Estou devastado por essa notícia, era meu irmão de alma. Espero que entendam, não tenho palavras neste momento. Só quero dizer para sua família que eu os acompanho nesta dor”. – Claudio Caniggia.

“Escrevo esta mensagem com um nó na garganta, a dor de saber esta terrível notícia. Aquele que foi meu ídolo e amigo! Os loucos e diferentes às vezes somos incompreendidos, mas guardamos grandes virtudes no coração. Boa viagem ao maior da história”. – Rene Higuita, ex-goleiro colombiano.

“Um dia muito triste. Eu tive muita sorte de dividir os gramados e jogar com ele, e nem tanta sorte por ter jogado contra ele, um dos maiores”. – Glenn Hoddle, meia da seleção inglesa na Copa de 86.

“Olharemos para o céu e continuaremos a ver Diego driblar”. – Jorge Burruchaga, autor do gol do título mundial de 1986.

“De longe, o melhor jogador da minha geração e talvez o maior de todos os tempos. Depois de uma vida abençoada, mas turbulenta, espero que ele agora encontre finalmente algum conforto nas mãos de Deus”. – Gary Lineker, ex-atacante inglês, artilheiro da copa de 1986, enfrentou Maradona nas quartas de final.

Dries Mertens, atacante belga, maior artilheiro do Napoli – “Você foi à primeira coisa que veio à minha mente quando eu assinei com o Napoli. Vestir essa camisa azul vai significar muito mais de agora em diante. Napoli perdeu parte da sua alma hoje. Você foi e sempre será uma inspiração para todos nós. Se meu nome alguma vez foi colocado ao lado do seu, eu peço desculpas. Nunca estarei ao seu nível. O que você fez por ‘nossa’ cidade ficará na história para sempre. Foi uma honra te conhecer. Para sempre meu ídolo”.

E, para fecharmos com chave de ouro, vejamos o que disse o seu companheiro de seleção, campeão mundial pela Argentina, em 1978: “Dieguito, dentro de campo era onde ele era mais feliz. Jogando futebol, era de outro mundo. Fora de campo, era mágico também. Tão divertido. Estando com ele a gente sabia que coisas espetaculares iriam acontecer. Vou sentir muito. – Osvaldo Ardiles.

Depois de tantos comentários feitos por quem entende do assunto e, para não nos alongarmos mais que o devido, só nos resta pedir a Deus que o “mito” descanse na sua Glória.

Passadas as eleições não foi preciso algum candidato da oposição vencer para que a Prefeitura de Arcoverde, mas precisamente uma de suas prestadoras de serviços, começasse a demitir funcionários contratados. Segundo vários funcionários que procuraram o blog Folha das Cidades, entre a segunda e a terça-feira (1º) manifestando que o aviso de exoneração começou a bater à suas portas, principalmente dos contratados da Mega Service Construtora e Terceirização de Serviços. 

De acordo com depoimentos de vários demitidos, durante a campanha eleitoral representantes da empresa, e alguns secretários municipais, prometeram que se o candidato da prefeita fosse eleito, como foi, ninguém perderia o emprego. Pelo visto a promessa começa a não se cumprir, como já era sabido. Vídeos dessas promessas já foram inclusive parar na Justiça Eleitoral em mais um dos tantos processos a que responde a chapa vencedora do pleito. Informações dão conta que alguns demitidos foram bater à porta da loja sede do candidato eleito.

Repete-se o mesmo filme de 2016, quando após a vitória a atual prefeita promoveu mais de 300 demissões entre contratados e comissionados, além de dizer que esquecessem as promessas. Pelo visto esqueceram e começaram a ganhar o prêmio: a demissão. Continue lendo

O sol brilha forte na capital do Xaxado. No Sertão de Pernambuco, em Serra Talhada, o astro rei, que outrora simbolizava tempos difíceis, hoje simboliza também a esperança e a oportunidade de uma nova forma de desenvolvimento.

Os seus mais de 80 mil habitantes e 25 mil visitantes diários são testemunhas do potencial da cidade, que vem se posicionando como polo de referência em saúde, educação, comércio e serviços. E as condições climáticas fortalecem esse potencial ao proporcionar a possibilidade de converter a poderosa incidência solar em energia.

São dois ramos principais que se beneficiam das características climáticas do sertão: a energia eólica e a energia solar. Mas, apesar de o sol ser um recurso abundante, ainda é pouco explorado. Um cenário que dá os primeiros passos em direção à mudança.

A visão do município de Serra Talhada, em longo prazo, é se transformar em referência para energia sustentável, limpa, segura, acessível e resiliente a efeitos das mudanças climáticas que possam ocorrer. E assim, capaz de propiciar maior qualidade de vida para seus habitantes. Continue lendo

BRENDA ALCÂNTARA/JC IMAGEM

Por Igor Maciel

Para fechar um pleito em que os candidatos foram proibidos de promover aglomeração, pela Justiça, porque eram negligentes com a Covid-19, a festa da vitória do PSB, no Recife, após o 2º turno, pode ter sido o ápice.

Dois secretários e um deputado já anunciaram que estão com a doença.

O secretário estadual de Turismo, Rodrigo Novaes, o secretário municipal de Saúde, Jailson Correia e o deputado Sílvio Costa Filho (Republicanos) confirmaram, nesta terça-feira (1º), que foram infectados.

O último, pelo menos, estava presente na festa.

É de se esperar. Acontece que a festa, no hotel, reuniu políticos que passaram os últimos dias circulando por Pernambuco, por conta das eleições, tendo contato com muita gente.

Alguns, fizeram roteiros pelas cidades para confraternizar com os vencedores aliados.

Domingo, todos se aglomeraram no mesmo local, um espaço pequeno de um hotel, para abraçar Campos.

É bom todo mundo que esteve lá começar a fazer testes.

E melhoras aos que contraíram a doença. Que se recuperem o quanto antes e voltem às atividades.

GUGA MATOS / ACERVO JC IMAGEM

JC Online

Os candidatos mais votados a prefeito de 15 cidades apresentaram alguma falha no registro de suas candidaturas na Justiça Eleitoral e por isso estão sub judice, segundo um levantamento que o Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE) concluiu nesta terça-feira (02). Dos 15, os que estão com a situação mais complicada são os seis que tiveram as suas candidaturas indeferidas com recurso pelo TRE-PE e que provavelmente não vão ser diplomados este mês e nem tomar posse em janeiro, caso a situação deles permaneça a mesma na Justiça Eleitoral. Eles são considerados não eleitos pelo site da Justiça Eleitoral. O restante provavelmente vai ser diplomado e tomar posse a não ser que ocorra alguma decisão contrária do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a instância máxima da Justiça Eleitoral. Todos os 15 já tiveram a sua situação julgada pela primeira instância (o juiz eleitoral) e a segunda, o TRE-PE. A diplomação dos prefeitos eleitos vai acontecer entre os dias 16 e 18 deste mês.

Os candidatos que estão com as suas candidaturas indeferidas com recurso não vão ser diplomados, porque o TSE publicou a resolução de nº 23.632, no ano passado, não permitindo a diplomação dos eleitos que apresentarem o registro indeferido pela Justiça eleitoral. “Aumentou o número de prefeitos com problema no registro da candidatura e isso ocorreu por causa dessa resolução”, explica o diretor-geral do TRE-PE, Orson Lemos (foto). Em tese, nos 15 municípios podem ocorrer novas eleições, porque um prefeito que está com a sua candidatura deferida pelo TRE pode passar a ter a candidatura indeferida pelo TSE. E, se isso ocorrer, é possível ter novas eleições. No entanto, o mais provável é o TSE manter o entendimento do TRE.

Os que estão com o registro indeferido com recurso – considerados não eleitos – são os mais votados de Capoeiras (Luiz Claudino de Souza – PL), Ilha de Itamaracá (Paulo Batista Andrade- Republicanos), Palmares (José Bartolomeu de Almeida Melo Júnior – PP), Palmeirina (Severino Eudson Catão Ferreira – MDB), Tuparetama (Domingos Sávio da Costa Torres – PTB) e Pesqueira, Marcos Luidson de Araújo, do Republicanos, conhecido como Cacique Marquinhos. Este grupo provavelmente não vai ser diplomado, porque a decisão do TSE, que poderia mudar a situação deles, teria que sair nos próximos 15 dias, já que a diplomação ocorrerá entre os dias 16 e 18 deste mês. “Nesse caso, quem deve assumir a gestão municipal é o atual presidente da Câmara dos Vereadores em janeiro. Em fevereiro, entram os novos vereadores e o novo presidente da Câmara é quem assume a prefeitura, enquanto aguarda o julgamento (pelo TSE) dos que tiveram o registro indeferido. Resta aos eleitos entrarem com uma medida cautelar no TSE, pedindo efeito suspensivo ao seu recurso para tomar posse, o que é difícil de acontecer, mas é possível”, conta o advogado especialista em direito eleitoral, Bruno Brennnand.

Caso o TSE mantenha o indeferimento da candidatura, “vão ser convocadas eleições suplementares e o presidente da Câmara administra o município, enquanto isso”, segundo Bruno. Continue lendo

Confira a previsão do tempo da Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac) para esta quarta-feira (02), em todo o estado de Pernambuco: Região Metropolitana do Recife, Mata Norte, Mata Sul, Agreste, Sertão e Sertão do São Francisco.

Veja a previsão completa no estado 

Região Metropolitana

Parcialmente nublado com chuva rápida de forma isolada no período da madrugada e primeiras horas da manhã com intensidade fraca.
Temperatura (ºC): Estável
Máxima: 32° Mínima: 22°

Mata Norte 

Parcialmente nublado com chuva rápida de forma isolada no período da madrugada e primeiras horas da manhã com intensidade fraca.
Temperatura (ºC): Estável
Máxima: 32° Mínima: 22°

Mata Sul 

Parcialmente nublado com chuva rápida de forma isolada no período da madrugada e primeiras horas da manhã com intensidade fraca.
Temperatura (ºC): Estável
Máxima: 34° Mínima: 21°

Agreste 

Parcialmente nublado sem chuva em toda a região ao longo do dia.
Temperatura (ºC): Estável
Máxima: 34° Mínima: 17°

Sertão de Pernambuco 

Parcialmente nublado sem chuva em toda a região ao longo do dia.
Temperatura (ºC): Estável
Máxima: 36° Mínima: 18°

Sertão de São Francisco 

Parcialmente nublado sem chuva em toda a região ao longo do dia.
Temperatura (ºC): Estável
Máxima: 36° Mínima: 21°

Média dos salários de juízes é maior do que do presidente Bolsonaro

Em pauta no País, a discussão do fim dos supersalários na cúpula do serviço público enfrenta enorme resistência do lobby dos servidores e avança a passos lentos no Congresso. Em busca de espaço no Orçamento do País para reduzir a dívida, bancar investimentos ou criar o Renda Cidadã, uma das saídas seria cortar os vencimentos acima do teto constitucional. 

Além disso, salários mais próximos entre as carreiras pública e privada também reduziriam as desigualdades, até porque o dinheiro usado para pagar salários do serviço público sai do bolso do trabalhador, pagador de impostos. Não à toa, a situação já foi chamada de, “transferência de renda dos mais pobres para os ricos”. 

É importante lembrar que o País precisa de servidores públicos e eles devem ser qualificados e bem remunerados. Mas isso não afasta a necessidade de se ter uma distribuição mais justa e eficiente dos recursos do Estado, especialmente dada a atual discrepância de valores. 

Apesar dos salários no serviço público brasileiro serem submetidos ao teto constitucional, gratificações, indenizações e auxílios, os chamados “penduricalhos”, ficam fora desse limite, o que faz com que os salários líquidos ultrapassem o teto, mesmo com salário bruto abaixo do teto. Bem diferente do que ocorre com o trabalhador privado, que, salvo raras exceções, não costuma ter o salário líquido acima do bruto, e sim bem abaixo.  Continue lendo

Frasco de potencial vacina contra Covid-19

O secretário nacional de Vigilância em Saúde, Arnaldo Correia de Medeiros, afirmou nesta terça-feira (1º) que a câmara técnica que foi formada para planejar a vacinação contra a Covid-19 no país concluiu uma etapa da preparação dos trabalhos.

“A partir de hoje, o Brasil começa a pensar de forma mais concreta a vacinação contra a Covid-19”, disse Medeiros.

O secretário afirmou que serão grupos prioritários para a vacinação os idosos, as pessoas com comorbidades, os profissionais da saúde, os indígenas e as pessoas privadas de liberdade, adultos e crianças. 

Na primeira fase, a intenção é que entrem profissionais de saúde, os idosos a partir dos 75 anos, os que têm 60 ou mais e vivem em asilos ou instituições psiquiátricas e os indígenas. Na segunda etapa, as pessoas entre 60 e 74 anos.

Na terceira fase, as pessoas com comorbidades que podem agravar a Covid-19, como pessoas com doenças renais crônicas e cardiovasculares. A quarta e última fase inclui professores, forças de segurança e salvamento, funcionários do sistema prisional e a população privada de liberdade. Continue lendo

Por causa do coronavírus, governo autorizou uso de CNH vencida

Está em vigor, desde ontem (1º), a resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) que restabelece os prazos para a regularização das Carteiras Nacionais de Habilitação (CNHs) vencidas.

Segundo a nova resolução, os documentos de habilitação vencidos em 2020 ganharam mais um ano de validade. Com isso, a renovação das CNHs vencidas em 2020 ocorrerá de forma gradual, de acordo com um cronograma estabelecido no documento.

A medida inclui também a Autorização para Conduzir Ciclomotores (ACC) e a Permissão Para Dirigir (PPD), documento provisório utilizado no primeiro ano de habilitação do condutor. Pelo texto, a renovação ocorrerá com base no mês de vencimento do documento.

Ainda de acordo com a resolução, para fins de fiscalização, qualquer documento de habilitação vencido em 2020 deve ser aceito até o último dia do mês correspondente em 2021.

A medida, publicada no último dia 24, revogou uma portaria publicada em março pelo órgão, que suspendeu os prazos para a renovação das CNHs, aplicação de multas, transferência de veículo, registro e licenciamento de veículo novo, entre outros, em razão da pandemia do novo coronavírus.

Cronograma de renovação de CHNs vencidas

Confira se a sua carteira de motorista vence neste ano

O governo do Paraná deve publicar nesta quarta-feira (02) novas normas de enfrentamento ao avanço do novo coronavírus. O estado terá toque de recolher entre 23h e 5h para evitar a circulação do vírus. A Secretaria de Estado da Saúde (SESA) recomenda também a retomada das atividades de trabalho remoto de servidores estaduais. As informações foram dadas pelo secretário de Saúde do Paraná, Beto Preto, em entrevista à RPC, afiliada da Globo no estado e depois confirmadas pela pasta.

Curitiba está com 95% das UTIs ocupadas. Nas últimas semanas, ao menos três hospitais particulares emitiram nota dizendo que não estão mais recebendo pacientes graves porque todas as suas instalações de terapia intensiva estão dedicadas às pessoas com Covid-19.

Dados do Conselho Nacional de Secretários da Saúde (Conass) indicam que o Paraná tinha até a segunda-feira (30), 6.154 óbitos e 280.084 casos confirmados da doença.

Veja nota da Secretaria de Estado da Saúde (SESA)

O Governo do Estado reafirma que continuam válidas todas as orientações divulgadas desde o início da pandemia da Covid-19 para evitar a propagação do novo coronavírus, como o distanciamento físico, o uso de máscara e a higiene pessoal. Continue lendo

Está marcada para a quarta-feira (02) a votação da Medida Provisória 996/20, que cria o programa habitacional Casa Verde e Amarela para financiar a construção e pequenas reformas de residências para famílias com até R$ 7 mil de renda mensal na área urbana e com até R$ 84 mil de renda ao ano na área rural.

O programa substitui o Minha Casa, Minha Vida, criado em 2009 no governo do ex-presidente Lula (PT). As principais diferenças entre os dois programas são o financiamento de melhorias em habitações já construídas e o aumento dos valores totais dos imóveis que poderão ser financiados.

As taxas de juros devem ficar em torno de 5% ao ano, mas para os estados do Norte e do Nordeste podem chegar a 4,5% ou mesmo 4,25%, a depender da faixa de renda familiar. Outra novidade é o financiamento da regularização fundiária urbana.

Vacina de Oxford

Também está na pauta de votação de quarta a MP 994/20, que destina crédito extraordinário de R$ 1,995 bilhão para viabilizar a compra de tecnologia e a produção de vacinas contra o novo coronavírus. O dinheiro se refere a contrato entre a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), vinculada ao Ministério da Saúde, e o laboratório AstraZeneca. A empresa desenvolve uma vacina contra a Covid-19 em parceria com a Universidade de Oxford, no Reino Unido.

A vacina de Oxford está em fase de testes com voluntários no Brasil e em outros países. A intenção é produzir 100 milhões de doses, com previsão de distribuição da vacina por meio do Sistema Único de Saúde (SUS).

Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

Mais de 20% das crianças matriculadas em creches ou em pré-escolas do Brasil estudam em instituições de ensino sem saneamento básico. O pior cenário é o vivenciado por alunos que estão na pré-escola, os quais 28% carecem do serviço. Já nas creches, 21% das crianças não contam com saneamento. Os dados fazem parte de um estudo elaborado pelo Observatório do Marco Legal da Primeira Infância (Observa).

O relatório do Observa também ressalta para as desigualdades sociais fora das salas de aula. Citando uma pesquisa do IBGE do ano passado, o documento aponta que 22% das crianças brasileiras de 0 a 5 anos viviam em situação de extrema pobreza, o que significa que elas moravam em domicílios com renda familiar per capita de até ¼ de salário mínimo. 

Miriam Pragita, coordenadora da Secretaria Executiva da Rede Nacional Primeira Infância (RNPI) e diretora da Comunicação e Direitos (Andi), diz que é dever do Estado oferecer uma boa qualidade de vida aos pequenos. Ela afirma que a raça é um fator de exclusão social de grande peso no país. “Uma criança negra que mora em uma região periférica, com um alto índice de vulnerabilidade social, vivencia uma realidade completamente diferente de uma criança branca que habita em uma área mais privilegiada”, explica. 

Segundo a pesquisa do Observa, o acesso ao saneamento por alunos de pré-escolas e creches em cada uma das regiões brasileiras é desigual. Enquanto na região Sudeste, a falta do serviço atinge 6% das matrículas em pré-escolas e 5% alunos de creches, na região Norte os mesmos índices chegam a 75% e 71%, respectivamente.  Continue lendo

Léo Rodrigues/Agência Brasil

Até junho de 2019, 75% dos municípios, ou 4775 cidades brasileiras, completaram 12 anos sem recursos do Governo Federal para políticas públicas na área cultural. O dado foi encontrado e divulgado pelo Ministério do Turismo, que analisou o momento vivido pelas cidades antes da Lei Aldir Blanc (Lei nº 14.017/2020) de 29 de junho de 2019. 

Com os repasses da União, esse número caiu para 1.392 cidades brasileiras, ou seja, 25%. A Lei previu o repasse de R$ 3 bilhões, sendo metade destinada aos estados e Distrito Federal, e a outra metade aos municípios e Distrito Federal. O repasse da integralidade dos recursos foi concluído na última segunda-feira (26).

Os recursos da Aldir Blanc garantem uma renda emergencial a profissionais do setor, como artistas, contadores de histórias e professores de escolas de arte e capoeira, paga por meio dos governos estaduais e do DF em três parcelas mensais de R$ 600.

Também podem ser utilizados por estados e municípios para pagamento de auxílio mensal para manutenção de espaços artísticos como circos, escolas de música, arte e danças, museus e bibliotecas comunitárias. Esse subsídio tem valor mínimo de R$ 3 mil e máximo de R$ 10 mil.