Pedro Araújo

As informações que traduzem as verdades dos fatos, sem ferir ou denegrir pessoas ou imagens. Como também, nunca procurando agradar aos maus feitores.

Marcello Casal JrAgência Brasil

Um estudo realizado pela Blu365, empresa de recuperação de crédito de pessoas físicas, apontou um aumento nos acordos e quitação de dívidas entre os que receberam o auxílio emergencial do governo, que começou a ser pago em abril, com valor de R$ 600, e que foi estendido até o fim do ano, com as quatro últimas parcelas de R$ 300.

O levantamento, feito com mais de 15 milhões clientes no Brasil, mostra que o número de negociação e pagamento de dívidas foi 10% maior no grupo de pessoas que receberam o auxílio emergencial em comparação às que não receberam. A dívida média de quem recebeu a ajuda é de R$ 476, enquanto a dívida média daqueles que não receberam é de R$ 510 (7.5% maior).

Em Pernambuco, no entanto, houve uma redução no interesse em limpar o nome por parte das pessoas que receberam o dinheiro extra do auxílio. Segundo o estudo, essa diminuição foi de 2,1% no estado, ou seja, as pessoas que receberam auxílio realizaram em termos comparativos 2,1% menos acordos que aquelas que não receberam.

MOTIVOS

João Henrique Netto, líder de ciência de dados da Blu365 e responsável pelo levantamento, revelou que a empresa renegocia cerca de 150 mil dívidas por mês e, a taxa de quem busca renegociação é 10% maior entre os que contam com o auxílio emergencial. “Para cada 100 endividados sem auxilio emergencial, existem 110 com o auxílio que buscaram pagar a dívida”, exemplificou João Henrique. Mas em Pernambuco houve uma inversão.

“Geralmente quem recebe a ajuda do governo são as pessoas mais fragilizadas, e vimos que boa parte delas aproveitaram muito para ficar em dia com suas contas. Em Pernambuco foi o inverso. Quem recebeu o auxílio provavelmente utilizou para pagar contas do dia a dia ou gastar com outras coisas”, diz o especialista. Continue lendo

A Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac) emitiu um alerta de umidade baixa para o Sertão Pernambucano. De acordo com a Agência, uma massa de ar seco irá abaixar a umidade relativa do ar até o próximo dia 26. Por conta disso, os valores devem chegar a 20%, no período da tarde.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), alguns problemas de saúde podem ocorrer por conta do ar seco, como: complicações alérgicas e respiratórias devido ao ressecamento de mucosas; sangramento pelo nariz; ressecamento da pele; irritação dos olhos; eletricidade estática nas pessoas e em equipamentos eletrônicos.

Quando a umidade relativa do ar atinge níveis entre 12 e 20%, se classifica como estado de alerta. Nesse caso, a população deve evitar exercícios físicos e trabalhos ao ar livre entre 10 e 16 horas usar soro fisiológico para olhos e narinas.

Nythalmar Filho

A Polícia Federal está em endereços ligados ao advogado Nythalmar Filho, que atua na Lava-jato fluminense. Ele é suspeito de utilizar o nome do juiz Marcelo Bretas e de procuradores para oferecer facilidades a alvos da operação. 

No inquérito, que corre em sigilo, os investigadores anexaram informações que mostram as vezes que Nythalmar foi a presídios do Rio para visitar presos que já possuem advogados com o objetivo de tê-los como clientes. 

A investigação começou após advogados o representarem na OAB/RJ justamente por causa desta prática. Inclusive, diversos deles prestaram depoimento na PF na semana passada. 

Também é alvo da investigação a relação dele com um de seus clientes, Fernando Cavendish. Nythalmar mora em um apartamento do ex-dono da Delta, em Ipanema, e utiliza algumas de suas salas comerciais no Centro do Rio, como escritório.

Além da OAB/RJ, a força tarefa da Lava-jato no Rio também pediu que o advogado Nythalmar Filho fosse investigado.

Os procuradores se sentiram vítimas das promessas indevidas por parte do advogado.

Nesta quinta-feira (22), os donos de bares, espetinhos e barraqueiros receberam orientações do setor de saúde do município de Santa Terezinha, no Sertão do Pajeú, quanto ao funcionamento de seus estabelecimentos. A reunião foi no auditório da escola José Paulino de Siqueira e foi comandada pelo secretário da pasta José Júnior.

De acordo com alguns donos desses estabelecimentos ao blog do Pereira, foram feitas várias recomendação, como a proibição de paredões de som, pois se sabe que isso acaba em aglomerações nos locais. Distanciamento de pelo menos um metro e meio de cada mesa. O dono do estabelecimento deve evitar atender no balcão e ir até onde está o cliente, além de uso pertinente de máscara facial e álcool em gel por todos, dentre outras medidas que os proprietários e donos desses estabelecimentos devem tomar.

Santa Terezinha está atualmente na bandeira vermelha com progressão de casos do novo coronavírus depois da retomada gradual das atividades, onde se abriu as fronteiras da cidade e o fluxo de movimentação cresceu, assim também os casos de Covid-19.

O bom funcionamento desses estabelecimentos deverá ser acompanhado pelo Ministério Público, Polícia Militar e Vigilância Sanitária que podem tomar decisões acertadas para evitar a propagação da doença, que cresce exponencialmente entre a classe jovem Terezinhenses.

Outra grande preocupação são os movimentos políticos que claramente estão tendo aglomerações, onde se ver em imagens divulgadas nas redes sociais, pessoas sem máscaras, abraçando-se, dando às mãos, e que é importante esclarecer, os casos confirmados de Covid-19 em Santa Terezinha acelerou depois no início da campanha eleitoral.

(*) Foto Ilustrativa

Bombeiros controlam fogo em táxi no Recife  — Foto: Marlon Costa/Pernambuco Press

O governo de Pernambuco prorrogou, nesta sexta-feira (23), o prazo para pagamento da Taxa de Prevenção e Extinção de Incêndio (TPEI), do Corpo de Bombeiros, no exercício 2020. A taxa pode ser paga até 30 de outubro e a nova data é válida para 28 municípios.

A medida é válida para o pagamento da parcela única e da primeira parcela da taxa. Anteriormente, o prazo para pagar a TPEI se encerrava em 25 de setembro.

De acordo com o decreto assinado pelo governador Paulo Câmara (PSB), a prorrogação é motivada pela situação da pandemia da Covid-19 e também pela greve dos Correios, que apesar de ter sido finalizada no dia 22 de setembro, “ensejou o atraso na entrega dos documentos de arrecadação”, segundo o poder Executivo.

A TPEI, conhecida como Taxa de Bombeiros, é calculada com base na área de construção e do valor venal de imóveis residenciais e comerciais. É possível solicitar a segunda via do documento através do site do Corpo de Bombeiros.

Confira os municípios que tiveram alteração do prazo para pagar a taxa:

  • Recife
  • Jaboatão dos Guararapes
  • Olinda
  • Paulista
  • Abreu e Lima
  • Itamaracá
  • Cabo de Santo Agostinho
  • Camaragibe
  • Igarassu
  • São Lourenço da Mata
  • Vitória de Santo Antão
  • Bezerros
  • Palmares
  • Caruaru
  • Belo Jardim
  • Garanhuns
  • Petrolina
  • Serra Talhada
  • Ouricuri
  • Arcoverde
  • Santa Cruz do Capibaribe
  • Gravatá
  • Afogados da Ingazeira
  • Goiana
  • Ipojuca
  • Salgueiro
  • Araripina
  • Petrolândia

O setor de radiodifusão vai passar por uma série de mudanças em sua regulamentação. A principal delas é o novo Regulamento sobre Canalização e Uso de Radiofrequências, aprovado pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e que entra em vigor no dia 3 de novembro.

O documento visa simplificar o ambiente regulatório de radiodifusão no país, destina faixas de radiofrequência e deve viabilizar os pedidos de migração das emissoras que operam em AM para FM. Segundo o Ministério das Comunicações, atualmente, 390 solicitações deste tipo estão na fila.

Maximiliano Martinhão, secretário de Radiodifusão do Ministério das Comunicações, destaca a simplificação que o processo trouxe para o setor. “Antes da resolução, para analisar a regulamentação técnica era necessário consultar 35 resoluções, com essa nova resolução, essa informação está consolidada em um único documento da Anatel”.

Faixa Estendida

A nova regulação no setor deve ampliar o FM, que hoje tem canais entre 87.7 MHz (Mega-hertz) e 107.9 MHz. A ideia é que o dial FM seja estendido e passe a permitir novas estações de rádio entre as faixas 76.1 MHz e 87.5 MHz. A ampliação é fundamental para atender as emissoras que estão vindo do AM.

A migração do AM para o FM ocorre, principalmente, pelo abandono dos ouvintes ao AM, motivado pela presença de interferências e ruídos, especialmente nas áreas urbanas, o que acaba tornando a sintonização dessas estações de rádio uma grande dor de cabeça. Continue lendo

Candidato à reeleição o prefeito de Salgueiro, Clebel Cordeiro, realizou no início da noite desta quinta-feira, dia (22), verdadeiro Showmício com atrações musicais e celebridades locais e regionais transmitida por meio de live em suas redes sociais, contrariando normas do processo eleitoral, Termo de Ajustamento de Conduta firmado com o Ministério Público do Estado de Pernambuco e determinação judicial, que proibiu o evento.

De acordo com a ordem emanada do Juiz da 75º Zona Eleitoral, o candidato deveria se abster de usar o espaço do comitê ou qualquer outro com o intuito de realizar festas, bem como apresentar atrações e entretenimento, sob pena de multa de R$ 50.000,00, sem prejuízo da paralisação do evento pela autoridade policial.

O evento, segundo o Blog Sertão Central, foi transmitido por meio de Live nas redes sociais do candidato, com expressões do tipo: “E hoje quem vai comandar as lives de Clebel é o homem que não foi barrado por decisão judicial”, em verdadeiro desprezo à decisão proferia pelo Juiz da Comarca, Dr. José Gonçalves de Alencar.

O Tribunal Superior Eleitoral proibiu, no dia 28 de agosto, a promoção de comícios virtuais, apelidados de livemícios. A Corte se reuniu em sessão extraordinária daquela manhã e firmou o entendimento de que a participação de candidatos em lives que tenham a presença de artistas durante a pandemia não é permitida.

A postura do candidato aparenta verdadeiro ato de desespero, daqueles de quem está indo para o tudo ou nada, atropelando todo o regramento eleitoral, fechando os olhos para os órgão de fiscalização, segurança e, deliberadamente, descumprindo ordem judicial. Clebel Cordeiro age como um homem que está acima da lei.

BRENDA ALCÂNTARA/JC IMAGEM

JC Online

Após três dias de greve, completados nesta sexta-feira (23), professores da rede estadual realizam assembleia para discutir, entre outras pautas, o fim da paralisação. A reunião virtual está marcada para 9h. Segundo a Secretaria de Educação de Pernambuco, a adesão ao movimento ontem foi de 10%, percentual um pouco menor que no primeiro dia, 11%. O Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Pernambuco (Sintepe) não tinha esse índice até o início da noite de ontem. Só poderia informar depois de um encontro entre diretores, coordenadores de núcleos, representantes setoriais e delegados municipais, previsto para começar às 19h.

“Somente após conferir o levantamento de toda a nossa base teremos o tamanho da adesão. Mas não acredito nesse índice de 10% apresentado pela secretaria. É um patamar muito baixo considerando todas as nossas greves anteriores”, afirmou o presidente do Sintepe, Fernando Melo, antes dessa reunião. Anteontem à noite o sindicato foi notificado sobre determinação da Justiça para o encerramento da greve e retomada das aulas presenciais também na quarta-feira, sob pena de multa diária de R$ 100 mil, em caso de descumprimento.

Os docentes são contrários à retomada das aulas presenciais por acreditarem que não há segurança sanitária devido à pandemia de covid-19. A proposta que a direção do Sintepe vai apresentar hoje à categoria, durante a assembleia, vai depender do resultado dessa reunião de ontem. “Com o detalhamento da participação dos professores à greve em todas as regiões do Estado e avaliação da nossa assessoria jurídica podemos propor, nesta sexta-feira, o fim da paralisação ou a continuação dela. Tudo pode mudar, pois a decisão final cabe à aprovação da maioria dos participantes na assembleia”, observou Fernando Melo.

Segundo ele, representantes sindicais não puderam entrar em algumas escolas da rede nos últimos dois dias, por determinação da Secretaria Estadual de Educação, o que dificultou o trabalho da entidade para mensurar a adesão à greve. “Enviamos um ofício para o secretário de Educação, Fred Amancio, comunicando isso e pedindo justificativas para o procedimento”, afirmou Fernando. A Secretaria de Educação diz que a informação de que dirigentes sindicais foram impedidos de entrar nos colégios não procede.

Sobre a frequência dos alunos ontem, o governo informou que 43% dos estudantes dos 3º anos do ensino médio foram para as escolas. Na próxima terça voltarão os do 2º ano e no dia 3 os do 1º ano.

Por Ademar Rafael Ferreira (Papa)

Ade maleu lapa-el – Comente a “Cadeia cliente x fornecedor”? Qual o real papel dos administradores na gestão dos conflitos e interesses das partes?

Papa – Julgo ser importante destacar que este passou a fazer parte do cardápio diário das empresas quanto os assuntos relacionados com “Qualidade Total” passaram a ser entendidos como procedimentos capazes de reduzir custos e manter os produtos com níveis de eficácia acima das expectativas dos usuários e consumidores.

Necessário se faz entender que a “Cadeia cliente x fornecedor” não ocorre apenas nos relacionamentos da organização com quem fornece a ela os insumos e quem consome seus produtos e serviços. Limitando-se, nesta percepção a parte externa da empresa.

Muitos estudiosos do assunto destacam que os olhares precisam ser direcionados para o ambiente interno de tais organizações uma que neste universo existem várias “Cadeias cliente x fornecedor”. Vamos pensar nas atividades de uma rede de supermercados: O depósito é fornecedor das mercadorias a serem expostas e vendidas no ambiente das lojas, seu cliente. O balcão da padaria é cliente da panificadora que fornece os produtos. Muitos outros exemplos poderiam ser extraídos de uma indústria e de empresas de serviços.

Para que esta engrenagem não sofra interrupções são importantes determinadas variáveis. Confiança mútua, precisa ser mito bem cuidada, sem ela os elos da corrente podem romper e esbarrar o processo; integração operacional carece ser vigiada de perto para evitar excessos no fornecimento ou falta na entrega, sintonia fina permanente; integração estratégia fator que determina à importância de cada um dos atores e clareza no papel de cada ator, excluídas as questões de finanças, é onde existem mais conflitos de interesses. Aqui vamos buscar o exemplo numa unidade de saúde. Caso o médico julgue que seu papel é mais importante do que o papel dos profissionais que fornecem os exames laboratoriais e de imagens pode criar impasses que, se não controlados com tempestividade, geram interrupções prejudiciais à qualidade e confiança dos serviços prestados.

É comum vermos dentro das empresas a guerra entre o setor de produção e de vendas; entre o setor de compras e financeiro. Tais fogueiras de vaidades podem queimar os reais objetivos das organizações que são gerar riquezas e se perpetuar no mercado. Colocar a importância do todo acima da importância das partes é a missão dos administradores, só darão conta da missão se aplicarem a visão holística nos processos. Privilegiar determinados atores ou um dos grupos é o caminho menos indicado.

Afogados e Guarany se enfrentaram no estádio Vianão, nesta quinta-feira

O Afogados FC empatou pela primeira vez no Campeonato Brasileiro da Série D. Em duelo contra o Guarany/CE, no estádio Vianão, o time afogadense saiu na frente com gol de Guilherme, aos 19 minutos do primeiro tempo. Três minutos depois, no entanto, Esquerdinha deixou tudo igual e depois virou a partida aos 28. Na volta do intervalo, logo aos seis minutos, Candinho empatou novamente. Ambas as equipes ainda tiveram oportunidades de sair com a vitória, mas o duelo terminou em 2×2.

Com o resultado, a Coruja chegou a dez pontos e manteve a terceira posição no grupo 3 da Série D. Já o Guarany/CE caiu uma posição na rodada, apesar do ponto conquistado. A equipe tem oito unidades em oito partidas disputadas e ocupa o 7º lugar.

Na próxima rodada, o Afogados visita o Atlético/PB, no domingo, às 16h. Já os cearenses recebem o líder América/RN, na terça-feira, às 15h.

Restando menos de um mês para as eleições municipais, que serão realizadas em 15 de novembro, tem sido cada vez mais comum perceber os candidatos ativos nas redes sociais. Ferramentas essenciais no cotidiano das pessoas, em época de pandemia, para a política, elas se tornaram indispensáveis, pois facilitam o contato dos candidatos com os eleitores e tornam a comunicação mais direta. 

O advogado eleitoralista, Plínio Pimentel, explica que as redes sociais são a “menina dos olhos” das eleições. “É a mídia mais barata que se tem, você conversa sem grandes custos com o seu eleitor, fala diretamente com eles. Você expõe suas ideias e consegue difundi-las pelos próprios eleitores fazendo essa rede de comunicação”, ressaltou o advogado.

É o que também observa o jornalista e professor de Jornalismo Luis Boaventura. “Imagine que em um comício (em épocas sem pandemia) o candidato reunia 300, 500 pessoas com um gasto de divulgação e estruturas muito alto. Imagine que com o celular, da sala de casa, ele consegue fazer uma live e impactar 2 mil, 5 mil pessoas, isso sem custo com impulsionamento a depender da quantidade de seguidores dele. Quem souber usar bem as redes sociais, nessas eleições, sairá na frente, principalmente pelo isolamento social”, pontua Boaventura. Continue lendo

As Gerências Regionais de Saúde (Geres) de Ouricuri e Afogados da Ingazeira avançam, a partir da próxima segunda-feira, para a etapa 10 do plano de flexibilização das atividades econômicas em Pernambuco. As demais regiões, que já se encontravam na mesma etapa, não vão avançar. A etapa 11, considerada o “novo normal” dentro do plano, estava prevista para começar a valer na próxima segunda-feira na Região Metropolitana do Recife, Zonas da Mata Norte e Sul e Geres de Caruaru, mas foi adiada. A perspectiva é que ela passe a valer a partir do dia 3 de novembro.

Na etapa 10, os eventos corporativos, sociais e culturais podem ser realizados para até 300 pessoas ou com 50% da capacidade do estabelecimento. Os cinemas e teatros também terão a capacidade ampliada de 30% para 50%. Além disso, parques de diversões, parques temáticos e similares estão liberados para funcionar com 50% da capacidade de público neste primeiro momento. 

“Desde 1º de junho temos conseguido fazer a implantação gradual das atividades econômicas, com o protocolo geral e alguns casos específicos. Temos conseguido avançar sem retroceder sempre com os cuidados necessários para preservar vidas e evitar a proliferação da contaminação em Pernambuco. Agora todo o estado vai chegar na etapa 10”, explicou Bruno Schwambach, secretário de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco.

A etapa 11, que inicialmente estava prevista para entrar em vigor na próxima segunda-feira, deve passar a valer a partir de 3 de novembro em algumas regiões do estado. “Podemos nos preparar para entrar na etapa 11, que está no nível 1 da matriz de risco da pandemia no estado, é o que chamamos do novo normal. Nesta fase, todas as atividades econômicas poderão voltar seguindo protocolos específicos para evitar uma segunda onda do coronavírus em Pernambuco. Nesse novo normal, vamos continuar dialogando com os setores”, concluiu Schwambach. 

A previsão do tempo para esta sexta-feira (23) no Grande Recife e nas Zonas da Mata será de céu nublado a parcialmente nublado, com chuva fraca, de forma isolada, no período da manhã e também à noite. A previsão é da Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac).

O sol só deve aparecer no Sertão de São Francisco, que terá céu parcialmente nublado a claro ao longo do dia, com temperatura máxima de 40° C.

Já o Agreste tem chuva fraca no período da madrugada e à noite.

Confira a previsão completa:

Região Metropolitana

Nublado a parcialmente nublado com chuva rápida de forma isolada nas primeiras horas da manhã e à noite com intensidade fraca.
Temperatura (ºC): Estável
Máxima: 34° Mínima: 22°

Mata Norte

Nublado a parcialmente nublado com chuva rápida de forma isolada nas primeiras horas da manhã e à noite com intensidade fraca.
Temperatura (ºC): Estável
Máxima: 33° Mínima: 21°

Mata Sul

Nublado a parcialmente nublado com chuva rápida de forma isolada nas primeiras horas da manhã e à noite com intensidade fraca.
Temperatura (ºC): Estável
Máxima: 33° Mínima: 21°

Agreste

Parcialmente nublado com chuva rápida de forma isolada madrugada e à noite com intensidade fraca.
Temperatura (ºC): Estável
Máxima: 34° Mínima: 17°

Sertão de Pernambuco

Claro a parcialmente nublado com pancadas de chuva de forma isolada madrugada e à noite com intensidade fraca.
Temperatura (ºC): Estável
Máxima: 39° Mínima: 18°

Sertão de São Francisco

Parcialmente nublado a claro sem chuva em toda a região ao longo do dia.
Temperatura (ºC): Estável
Máxima: 40° Mínima: 21°

Poder360

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, usou sua conta no Twitter para fazer duro ataque ao general Luiz Eduardo Ramos, titular da Secretaria de Governo da Presidência da República, a quem chamou de “#mariafofoca”.

“@MinLuizRamos [Luiz Eduardo Ramos] não estiquei a corda com ninguém. Tenho enorme respeito e apreço pela instituição militar. Atuo da forma que entendo correto. Chega dessa postura de #mariafofoca”, escreveu Salles no seu perfil pessoal no Twitter.

Esse é um dos confrontos mais fortes e abertos entre dois ministros de Bolsonaro desde o início do governo.

A irritação de Salles se deu por causa de uma nota (para assinantes) publicada pela jornalista Bela Megale, no jornal O Globo, com o título “Salles estica a corda com ala militar do governo e testa blindagem com Bolsonaro”.

O texto da reportagem não cita Ramos. Diz apenas que o titular do Meio Ambiente “decidiu testar a blindagem dada por Bolsonaro e partiu pra cima do próprio governo” ao ter decidido que, por falta de fundos, seria necessário desmobilizar brigadistas que trabalham no combate a focos de incêndio.

Salles entendeu que a fonte da informação teria sido o general, que tem assento dentro do Palácio do Planalto e foi colega de Jair Bolsonaro na Academia das Agulhas Negras.

Salles ficou furioso e tem segurança de que a fonte da informação teria sido Ramos. O ministro telefonou no fim da 5ª feira para o general e a conversa entre os 2 foi dura e com muitas acusações.

Até a publicação desta reportagem, Ramos não havia respondido ao post de Salles nem à acusação de que seria fofoqueiro. Jair Bolsonaro tampouco havia se manifestado até 0h05 desta sexta-feira. Nesse horário, o post de Salles tinha 5.000 curtidas, mais de 700 comentários e 1.000 retuítes. Entre os comentários, a maioria aplaudia a atitude do ministro de Meio Ambiente, sendo que alguns chamavam o titular a Secretaria de Governo de comunista.

O presidente Jair Bolsonaro lamentou, durante live realizada na noite desta quinta-feira (22), a morte do senador Arolde de Oliveira (PSD-RJ). Sem citar a covid-19, causa da morte do parlamentar, o chefe do Executivo lembrou a idade de Arolde. “Ele tava, se não me engano, com 83 anos de idade, e a tendência de todo mundo é chegar lá. Reze muito, cuide do seu corpo, que você vai chegar lá um dia. Por enquanto, não existe fonte da juventude. Então, meus sentimentos, que Deus conforte a família”, afirmou, depois de lembrar que os dois trabalharam juntos quando deputados, e que o presidente o apoiou na campanha para o Senado. 

Arolde de Oliveira morreu nesta quarta-feira (22) em decorrência de complicações da covid-19. O parlamentar, de 83 anos, estava internado por causa do vírus no Hospital Samaritano, na Zona Sul do Rio de Janeiro, desde 11 de setembro. 

O senador era apoiador de Bolsonaro e, assim como o presidente, defensor da hidroxicloroquina e contrário ao isolamento social.