Pedro Araújo

As informações que informam as verdades dos fatos, sem ferir ou denegrir pessoas ou imagens. Como também, nunca procurando agradar aos maus feitores.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, tentou minimizar a impressão de que o ataque aéreo da noite da quinta-feira (02), que resultou na morte do general Qassim Soleimani, fosse uma declaração de guerra ao Irã.

Eis a íntegra do pronunciamento, divulgado pela Casa Branca.

“Soleimani estava planejando ataques iminentes e sinistros contra diplomatas e militares norte-americanos, mas nós o pegamos no flagra e acabamos com ele”, disse Trump.

Soleimani era o mais alto comandante do setor de inteligência e das forças de segurança iraniana.

O presidente norte-americano tentou arrefecer a tensão, frisando que não quer guerra com os iranianos. “Nós agimos ontem à noite para interromper uma guerra. Não agimos para começar uma”, afirmou. “Não buscamos uma mudança de regime”, concluiu.

Trump aproveitou para destacar que tem profundo respeito pelo povo iraniano, e que eles são “um povo importante, com potencial ilimitado”.

O republicano declarou ainda que: “Sob minha liderança, a política da América é inequívoca: terroristas que prejudicam ou pretendem prejudicar qualquer norte-americano, nós os encontraremos”.

Novo pronunciamento

O presidente dos EUA se manifestou novamente no fim da tarde desta sexta-feira (03) sobre a morte do maior comandante militar do Irã. Ele exaltou o trabalho dos militares norte-americanos na ofensiva ao oriente, citando que “Soleimani acabou sua caminhada sangrenta”.

Por meio da agência MaisNews – especializada na produção e distribuição de conteúdo para emissoras de rádios do Brasil, com sede em Brasília -, o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) emitiu recentemente um alerta sobre a inadequação do uso recreativo de barragens da Transposição do Rio São Francisco. O aviso cita nominalmente a Barragem de Negreiros, localizada na zona rural de Salgueiro, que tem sido bastante usada para banhos nos fins de semana e feriados.

O reservatório está em fase de enchimento, com isso, cresce o risco de formação de fortes correntezas e o aumento rápido do volume de água faz com que a profundidade chegue a quase 70 metros. “Para evitar afogamentos e outros acidentes, muitas vezes fatais, o melhor é não utilizar o reservatório para o lazer, principalmente se estiver fazendo uso de bebida alcoólica”, adverte o ministério.

O órgão federal conclui o alerta reforçando que o objetivo do Projeto de Integração do Rio São Francisco é levar melhorias para a população nordestina, garantindo a oferta de água para consumo humano e produção agrícola. Para isso, o MDR está enchendo a Barragem do Negreiros e na etapa seguinte transportará água ao Estado do Ceará, começando pela região do Cariri.

https://statig0.akamaized.net/bancodeimagens/eh/54/3i/eh543ijpu6myvd8bru7pwspuq.jpg

Quando não esteve reunido com políticos, o presidente Jair Bolsonaro dedicou cerca de 30% da sua agenda pública em 2019 a eventos com militares e religiosos. Já representantes de sindicatos e movimentos sociais estiveram presentes em 4% dos compromissos do primeiro ano de mandato do presidente. O Estadão analisou 516 itens listados na agenda pública de Bolsonaro desde sua posse, em 1º de janeiro. Não foram levados em conta neste levantamento encontros com parlamentares, governadores e prefeitos, nem reuniões com integrantes do governo.

Entre condecorações, formaturas e encontros com integrantes das Forças Armadas, o presidente participou de 106 eventos ligados a militares no decorrer do ano. Além de acompanhar solenidades e se encontrar com autoridades militares, que apoiam Bolsonaro desde os tempos de deputado federal, o presidente também recebeu, em duas oportunidades, em seu gabinete em Brasília, a viúva do coronel Carlos Alberto Brilhante Ustra, chefe do DOI-CODI na ditadura militar, condenado por sequestro e tortura.

Eventos religiosos e encontros com líderes de igrejas somam 46 itens da agenda do primeiro ano de governo. Além dos encontros com lideranças, Bolsonaro participou de eventos e celebrações, como a Convenção Nacional das Assembleias de Deus no Brasil e a 27.ª edição da Marcha para Jesus, tornando-se o primeiro presidente a comparecer ao evento, em São Paulo. A proximidade com evangélicos contribuiu para a eleição de Bolsonaro. Ele pretende utilizar igrejas para coletar assinaturas necessárias para a criação do seu novo partido, o Aliança Pelo Brasil. Continue lendo

Imagem

Nota de Repúdio

A Câmara Municipal de Petrolândia, no Sertão pernambucano, através dos vereadores que abaixo subscrevem, vem a público repudiar o anúncio do atraso do pagamento dos salários dos funcionários da Prefeitura Municipal de Petrolândia, referente a dezembro/2019, previsto para o dia 08 (oito) de janeiro do corrente ano.

O pagamento dos salários é um direito fundamental dos trabalhadores. Não é dado ao gestor, o direito de negá-lo, violando a ordem, já que os salários possuem evidente natureza alimentar. O salário é o meio de sobrevivência do trabalhador e seu atraso provoca transtornos desnecessários e vexatórios. Muitos funcionários estão impossibilitados de honrar seus compromissos financeiros, enquanto outros já calculam os prejuízos com juros, multas e outros encargos referente aos empréstimos consignados, causados pelo atraso no pagamento.

Pensando nisso, a Constituição Federal elevou o salário ao nível de direito fundamental, mantendo-o sob o manto protetor de todas as garantias e direitos fundamentais.

Sabe-se no entanto, que mesmo estando dentro do prazo do 5º dia útil, esperou-se que o referido provento fosse efetuado até o ultimo dia do mês de Dezembro, cujo atraso, poderia devidamente ter sido comunicado com antecedência, aos Servidores, por ocasião do pagamento do 13º Salário, pois assim, possibilitaria uma melhor organização financeira, acarretando menos prejuízo aos servidores, que aguardavam um final de ano digno, com suas contas pagas, e uma ceia decente, para enaltecer a virada de ano.

Desta forma, para uma melhor transparência e organização por parte dessa gestão, sugerimos, seja elaborado um calendário anual de pagamentos aos servidores, podendo assim, flexibilizar o grande impacto que causa um atraso dessa natureza.

É o nosso Repúdio.

Vereadores:

Joilton Pereira da Silva/PTB
José Luiz dos Santos/PTB
Evaldo José do nascimento Araújo/PSD
Lourival Joaquim de Lima/PC do B
Jorge Lino Viana/PSL.

Petrolândia, Janeiro de 2020.

O prefeito Clebel Cordeiro, de Salgueiro, sancionou a Lei de número 2.235/2020 de autoria do Poder Executivo que autoriza a permuta do veículo de propriedade do Município de Salgueiro com o terreno pertencente ao Centro Social Nossa Senhora do Perpétuo Socorro (Projeto Esperança).

A permuta tem como finalidade a posterior doação do terreno, onde será dada prioridade aos moradores existentes na localidade, respeitando os critérios de antiguidade e vulnerabilidade social.

De posse do terreno, a Prefeitura vai fornecer títulos de propriedade às famílias carentes da cidade, dando prioridade aos moradores do Projeto Esperança, respeitando critérios de vulnerabilidade social e antiguidade.

Começou nesta quinta-feira (02) o processo de efetivação das matrículas 2020 nas escolas da rede estadual de ensino de Pernambuco. Para garantir a vaga nessa segunda etapa do processo, é preciso que o estudante, seus pais ou seus responsáveis compareçam à escola com os documentos necessários para efetivar a matrícula. O prazo vai até 16 de janeiro.

Para efetivar a matrícula, é preciso levar os seguintes documentos:

  • Número da inscrição da matrícula 2020
  • Cópia da certidão de nascimento ou casamento
  • Cópia da caderneta de vacinação (para anos iniciais do ensino fundamental)
  • Cópia do comprovante de tipo sanguíneo e fator RH
  • Documento original de transferência da escola de origem
  • Cópia do comprovante de residência com o CEP
  • Cópia do CPF
  • Uma foto 3×4

Caso o aluno ou seus responsáveis não tenham toda a documentação necessária para a efetivação da matrícula, é preciso buscar orientações na escola. De acordo com a Secretaria de Educação e Esportes (SEE), a falta da documentação não impede a efetivação da matrícula, porque é possível entregar os documentos faltantes posteriormente.

Os estudantes inscritos na etapa anterior que não fizerem esse procedimento até o dia 16 de janeiro não ganham preferência sobre a vaga reservada na escola solicitada. Esse procedimento também é necessário para estudantes que saíram da rede municipal e estão sendo transferidos para a rede estadual.

Em 2020, uma janela de inscrição para vagas remanescentes deve ser aberta entre os dias 20 e 28 de janeiro. A efetivação das matrículas deve ocorrer entre os dias 21 e 30 do mesmo mês.

Também nesta quinta (02), tiveram início as matrículas para estudantes novatos da rede municipal de Olinda, que engloba ensinos infantil e fundamental e Educação de Jovens e Adultos. O prazo se encerra no dia 31 de janeiro. Continue lendo

Custando R$ 400,43, a cesta básica abocanha 40,12% do salário mínimo / Foto: divulgação Procon-PE

Levantamento realizado pelo Procon-PE mostra um aumento de quase 8% no preço da cesta básica comprada na Região Metropolitana do Recife. O aumento ocorreu entre os meses de novembro e dezembro, quando a cesta passou de R$ 371,05 para R$ 400,43 – 7,92% mais cara. A pesquisa foi realizada em 21 estabelecimentos de cidades com Recife, Olinda, Paulista, Ipojuca, Camaragibe, e outros.

Quando questionados pelo órgão fiscalizador, os comerciantes afirmaram que o aumento é resultado de um efeito cascata motivado pelo encarecimento do Diesel. O preço do combustível sofreu três reajustes anunciados pela Petrobras entre os dias 19 de novembro e 20 de dezembro, acumulando 5,2% de aumento. Por causa disso os fretes estariam mais caros para o comerciante que repassou a conta para o consumidor.

Ainda segundo o Procon-PE, foram analisados os preços de 27 itens e somente a margarina não sofreu reajuste. Todos os outros tiveram aumento. Custando R$ 400,43, a cesta básica abocanha 40,12% do salário mínimo. Entre novembro e dezembro, os produtos que ficaram mais caros foram: carne de segunda (37,43%); cebola (33,78%) e charque de segunda (33,14%).

Diferença de 358% entre estabelecimentos

Com a cesta básica mais pesada no bolso do consumidor, pesquisar é fundamental para quem quer economizar. Na pesquisa de preços feita pelo Procon-PE o mesmo item chegou a variar 358% entre estabelecimentos, como aconteceu com o pacote com 4 unidades de papel higiênico.

Além da RMR, foram feitas pesquisas isoladas nos municípios de Caruaru, Goiana e Vitória de Santo Antão. O órgão passou por 54 estabelecimentos, entre os dias 16 e 20 de dezembro. O consumidor que queira receber a pesquisa pode solicitar através do e-mail: imprensaproconpe@gmail.com.

Governo divulga calendário de pagamento do Bolsa Família para 2020

O Bolsa Família distribuiu mais R$ 250 bilhões para famílias pobres brasileiras entre 2010 e 2019, com objetivo de garantir renda mínima e proporcionar chances de busca por uma vida melhor, longe da miséria. O total de beneficiários variou ao longo dos anos, mas a recuperação econômica dos últimos três anos acelerou os desligamentos voluntários do programa e fez diminuir o total de famílias beneficiadas, que caiu de 13,8 milhões em 2017 para 13,1 milhões de famílias, em 2019.

O número de famílias beneficiadas diminuiu, mas o valor recebido tem aumentado: foi de R$ 33,6 bilhões em 2019, 10% mais que em 2018.

Criado com a junção de auxílios entre 2001 e 2003, apenas em 2019 o Bolsa Família passou a pagar a 13ª parcela no mês de dezembro.

Estudo do IPEA revela que o Bolsa Família ajudou, mas 64% dos beneficiários do programa continuam vivendo na extrema pobreza. A informação é do Diário do Poder.

Ministério cria projeto para monitorar mudança climática no Brasil

O Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) criou um projeto para organizar o monitoramento das mudanças climáticas e de seus efeitos no território nacional. A plataforma, batizada de ImpactaClima, vai reunir e consolidar informações produzidas sobre o assunto por diferentes instituições de pesquisa.

O objetivo é articular dados de instituições de pesquisa e integrar essas informações, para estabelecer um quadro mais amplo da evolução das mudanças climáticas no país. Até março, dados sobre clima, temperatura, atividades econômicas e características da população poderão ser acessados no portal do MCTIC.

Será possível, por exemplo, visualizar informações por município, estado ou região, como de uma bacia hidrográfica, por exemplo.

Inicialmente, ficarão disponíveis informações sobre o semiárido brasileiro, que compreende nove estados brasileiros: Alagoas, Bahia, Ceará, Minas Gerais, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe. O foco será em dados relacionados à segurança hídrica, energética e alimentar.

Subsídio

O projeto também vai subsidiar gestores públicos e contribuir para a elaboração de políticas públicas que visem mitigar causas e os efeitos indesejados.

Segundo Márcio Rojas, coordenador de clima do ministério, o ImpactaClima permitirá a diferentes tipos de gestores, prefeitos e integrantes do governo federal, empresários e a cidadãos, orientar decisões, com base nos dados consolidados. Continue lendo

Por Ademar Rafael Ferreira (Papa)*

Ade maleu lapa-el – Durante o ano passado nossos diálogos foram sobre ECONOMIA, em 2020 pretendo receber “dicas” sobre ADMINISTRAÇÃO. Para iniciar fale-me dessa importante profissão e quem a regula.

Papa – De fato em 2019 falamos sobre órgãos reguladores, mercados, teorias econômicas, juros, investimentos e outras variáveis. Neste ano vamos direcionar nossas conversas para a ADMINISTRAÇÃO e para o ADMINISTRADOR.

Traçar uma única linha de tempo para a ADMINISTRAÇÃO é uma missão impossível. Vicente Riccio, Doutor em Sociologia, no livro “Administração Geral” ao falar sobre seu nascimento afirma que os sumérios registravam suas atividades por volta de 5.000 A.C., menciona que na construção das pirâmides do Egito o planejamento e a organização se fizeram presentes, que em Veneza no século XIV já havia traços de práticas administrativas e que a primeira tentativa de formalizar uma teoria administrativa foi feita por Taylor em 1911.

Em nosso país a regulamentação da profissão de Administrador ocorreu na metade da década de 60, pela Lei nº 4.769, de 9 de setembro de 1965. Por determinação legal o Conselho Federal de Administração – CFA, em conjunto com os Conselhos Regionais de Administração – CRA, fiscalizam o exercício da profissão e promovem os registros dos profissionais detentores da formação exigida.

Para obter o registro o profissional não necessita realizar provas como as exigidas pela Ordem dos Advogados do Brasil – OAB e pelo CFC – Conselho Federal de Contabilidade.

Contudo, o profissional com registro pode submeter-se a uma prova escrita e obter uma certificação nas seguintes áreas: Administração e Seleção de Pessoal/Recursos Humanos; Administração de Materiais/Logística; Administração Financeira (Finanças); Administração Mercadológica (Marketing) /Administração de Vendas e Administração de Produção. O processo de certificação é gerenciado pela Fundação Getúlio Vargas – FGV.

Por motivos que não nos cabe aqui discutir o exercício da profissão de Administrador em nosso país é o que conta com o maior número de profissionais não habilitados. Esse fenômeno é sustentado pelo “mito” de que para ser um bom administrador não é necessário diploma. Sobre este assunto carrego comigo uma frase de um presidente do Banco do Brasil que ao ser questionado por um gerente não detentor de diploma disse: “Um diploma não torna você melhor de que ninguém torna você melhor do que você sem ele”.

(*) – Transcrições e adaptações extraídas de publicações sobre o tema e dos sites CERTIFICAÇÃO e CFA.

O prefeito Haroldo Tavares, de Verdejante, no Sertão de Pernambuco, sancionou a Lei  que proíbe o corte de fornecimento de energia elétrica e água às unidades consumidoras inadimplentes nos feriados declarados por Lei e finais de semana no município. A proibição de corte do serviços se dá das 16h das sextas-feiras, aos sábados e domingos e feriados, até o próximo dia útil.

A suspensão do fornecimento de água e energia elétrica por falta de pagamento das tarifas respectivas somente poderá ocorrer mediante prévia comunicação por parte da empresa prestadora do serviço ao usuário. A Lei entra em vigor 45 (quarenta e cinco) dias após a data de sua publicação.

A publicação da mencionada lei foi publicada no Diário Oficial dos Municípios do Estado de Pernambuco no dia 30/12/2019.

Os municípios pernambucanos receberam um extra de R$ 262,1 milhões. São os recursos da cessão onerosa do pré-sal depositados pelo governo federal para as prefeituras no último dia de 2019. “Esse dinheiro já entrou na conta, e a maioria dos prefeitos já definiu o uso. Nos municípios, a verba pode ser utilizada somente em previdência ou investimentos”, diz o presidente da Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe), José Patriota (PSB), prefeito de Afogados da Ingazeira.

Entre os municípios pernambucanos, a capital recebeu o maior valor: R$ 28,7 milhões. E o valor menor foi de R$ 480 mil, pagos a 16 prefeituras de cidades pequenas.

Em Pernambuco, 120 das 184 prefeituras apresentam déficit na previdência dos seus servidores, segundo a Amupe. “Esses recursos não vão resolver o déficit da previdência dos municípios. Na prefeitura, vou destinar R$ 500 mil para pagar a previdência, e R$ 700 mil como contrapartidas de obras de infraestrutura”, afirma Patriota. A Prefeitura de Afogados da Ingazeira recebeu R$ 1,2 milhão da cessão onerosa do pré-sal. O município tem um déficit de R$ 500 mil mensais com a previdência dos servidores.

Na Mata Sul de Pernambuco, a cidade de Gameleira recebeu R$ 1,2 milhão. “Tudo vai ser empregado na previdência dos servidores. Primeiro, porque eu posso ser responsabilizada mais tarde por isso. E também porque quero contribuir para que os servidores tenham aposentadoria no futuro”, conta a prefeita de Gameleira, Verônica Souza.

Gameleira tem 989 funcionários, não tem um sistema de previdência próprio e atualmente deve R$ 12,9 milhões ao INSS. Os recursos da cessão onerosa vão contribuir somente pra reduzir esse débito acumulado, em pelo menos, 15 anos. “O débito mensal com o INSS é cerca de R$ 400 mil. Todo mês, entre R$ 220 mil e R$ 270 mil que deveríamos receber do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) ficam retidos para pagar ao INSS”, explica a secretária de Finanças de Gameleira, Ana Carolina Alcântara. O FPM é responsável por 80% da receita da cidade, e os 20% restantes vêm dos repasses do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) feitos pelo governo do Estado. Continue lendo

https://3.bp.blogspot.com/-eHlaj4hrzos/WVUFZOIusBI/AAAAAAAA-FI/IbFOKtQSC0MOvdRTJj9Fv-Ru69ZxZpcPgCKgBGAs/s1600/IMG_20170629_101116946.jpg

Desde o dia 1º, todos os consumidores brasileiros podem aderir à tarifa branca, que permite o pagamento de valores diferentes em função da hora e do dia da semana em que se consome a energia elétrica.            Aprovada em 2016, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) havia estabelecido um cronograma anual para adoção da modalidade, começando em janeiro de 2018 pelas novas ligações de clientes ou unidades consumidoras com média anual de consumo mensal superior a 500 KWh/mês. Em janeiro de 2019, o patamar mínimo foi reduzido para 250 KWh/mês, chegando a agora a todos os consumidores de baixa tensão.

A tarifa branca é uma medida adotada pela Aneel para promover o sinal de preços aos consumidores e reduzir a conta de luz, além de otimizar o uso da rede elétrica.  Nos dias úteis, a nova modalidade tarifária tem três valores: ponta, intermediário e fora de ponta. Esses períodos são estabelecidos pela Aneel e diferentes para cada distribuidora. Sábados, domingos e feriados contam com a tarifa fora de ponta nas 24 horas do dia. Pelas regras, valor da tarifa fora do horário de ponta é mais barato, estimulando  mudanças em hábitos de consumo.

Antes de optar pela tarifa branca, o consumidor deve conhecer bem o seu perfil de consumo. Quanto mais deslocar o consumo para o período fora de ponta, maior será a redução da conta de luz. Porém, a tarifa branca não é recomendada para aqueles consumidores que demandam mais energia nos períodos de ponta e intermediário e não houver possibilidade de deslocar o consumo para o período fora de ponta. Nessas situações, o valor da fatura pode subir.

Caso o consumidor tenha aderido à tarifa branca e não percebeu vantagem, pode solicitar sua volta ao sistema anterior (tarifa convencional). A distribuidora terá 30 dias para atender ao pedido de alteração. Caso queira participar de novo, há um período de carência de 180 dias. Continue lendo

A previsão do tempo da primeira sexta-feira (03) de 2020 é de chuva em grande parte das regiões do Estado de Pernambuco. A única região que não deve receber chuva, segundo a Agência Pernambucana de Águas e Climas (Apac), é o Agreste, onde o céu é nublado a parcialmente nublado, com temperatura máxima de 33° C.

Ainda de acordo com a Apac, no Grande Recife, a previsão é de céu nublado a parcialmente nublado com chuva rápida de forma isolada no período da madrugada e nas primeiras horas da manhã, com intensidade fraca. A temperatura máxima é de 33° C e a mínima é de 23° C.

Ainda segundo informações do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a intensidade dos ventos na região é de fraca a moderada, com umidade máxima de 95%.

Confira a previsão completa:

Região Metropolitana

Nublado a parcialmente nublado com chuva rápida de forma isolada no período da madrugada e nas primeiras horas da manhã com intensidade fraca.
Temperatura (ºC): Estável
Máxima: 33° C Mínima: 23° C

Mata Norte

Parcialmente nublado com chuva rápida de forma isolada no período da madrugada e nas primeiras horas da manhã com intensidade fraca.
Temperatura (ºC): Estável
Máxima: 34° C Mínima: 22° C

Mata Sul

Nublado a parcialmente nublado com chuva rápida de forma isolada no período da madrugada e nas primeiras horas da manhã com intensidade fraca.
Temperatura (ºC): Estável
Máxima: 33° C Mínima: 22° C

Agreste

Nublado a parcialmente nublado sem chuva ao longo do dia.
Temperatura (ºC): Estável
Máxima: 33° C Mínima: 18° C

Sertão de Pernambuco

Nublado com pancadas de chuva em toda a região a partir da tarde do dia, com intensidade fraca a moderada.
Temperatura (ºC): Estável
Máxima: 34° C Mínima: 19° C

Sertão de São Francisco

Nublado com pancadas de chuva em toda a região a partir da tarde do dia, com intensidade fraca a moderada.
Temperatura (ºC): Estável
Máxima: 33° C Mínima: 23° C

Atendimento gratuito foi realizado em 123 serviços de saúde do país.

A Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) divulgou, nesta quinta-feira, que 4.197 casos de câncer da pele foram diagnosticados durante ação realizada em 7 de dezembro do ano passado. Foram observados 2.744 casos de carcinoma basocelular (CBC),  835 de carcinoma espinocelular (CEC) e 420 de melanoma, além de 198 outros tumores malignos. 

A iniciativa, parte da 21ª Campanha Nacional de Prevenção ao Câncer de Pele, abriu a programação da campanha Dezembro Laranja, reuniu médicos e voluntários para atender gratuitamente 22.749 pessoas em 123 serviços de saúde do país. Antes de passarem pela avaliação de um especialista, a população participava de uma breve palestra na qual eram apresentadas informações sobre diagnóstico precoce, prevenção do câncer de pele e identificação de sintomas como sinais e pintas suspeitas.

— É preciso conscientizar as pessoas sobre o câncer de pele a partir da prevenção, do diagnóstico precoce e do tratamento adequado com o dermatologista. A exemplo das edições anteriores, a SBD mobilizou o país inteiro em prol desse movimento de educação em saúde. O câncer de pele é uma das doenças que mais acometem a população mundial, afirma Sérgio Palma, presidente da SBD.

Apesar de ser menos grave, o câncer de pele não melanoma, o mais frequente no Brasil, pode causar deformações.

Segundo dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca), o câncer de pele não melanoma é o mais incidente em homens nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste. Entre as mulheres, é o mais comum em todas as regiões do país.

Quanto ao melanoma, sua letalidade é elevada, entretanto a ocorrência é baixa, considerando todos os órgãos afetados pelo câncer (2.920 casos novos em homens e 3.340 casos novos em mulheres por ano). As maiores taxas estimadas em homens e mulheres são verificadas na região Sul. 

— A exposição excessiva ao sol é a principal causa da doença. Já o melanoma é a forma mais grave. Ocorre mais raramente e pode levar à morte. Ambos têm cura se forem descobertos logo no início, explica Elimar Gomes, Coordenador Nacional da campanha Dezembro Laranja.