Pedro Araújo

As informações que informam as verdades dos fatos, sem ferir ou denegrir pessoas ou imagens. Como também, nunca procurando agradar aos maus feitores.

A partir desta quinta-feira (13), amantes da gastronomia no interior pernambucano vão poder pedir online as delícias do Festival Gastronômico Delivery PE – Sabores do Agreste ao Sertão. Até 14 de setembro, bares, restaurantes, cafeterias e lanchonetes oferecerão em plataformas de e-commerce produtos criados para o evento, com preços até R$ 29,90.

 As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelo site do Sebrae Pernambuco.

Em Garanhuns, 21 negócios de alimentos e bebidas também participam da ação, junto a 11 de Caruaru e 5 de Araripina. Em Petrolina, os comensais poderão fazer pedidos de 38 estabelecimentos em uma área especial do app Pede.Aí.

A iniciativa é uma realização das unidades do Sebrae Pernambuco com patrocínio do Pede.Aí, apoio da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel – PE), Fidelizza e parceria da PATH Marketing Gastronômico.

“Nosso objetivo é promover a gastronomia do nosso estado e aquecer as vendas dos estabelecimentos que, devido à pandemia, precisaram suspender atendimento presencial e estão operando com retiradas e delivery”, diz a analista do Sebrae, Kátia Souza.

Em home office há cinco meses, os servidores públicos federais começam a organizar pontos que devem entrar na pauta de discussão com o governo federal a respeito do tema. Uma das intenções é que o Ministério da Economia crie um benefício de ajuda de custo para quem está trabalhando de casa — algo negado pela equipe de Paulo Guedes.

Por causa da pandemia de Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, o funcionalismo foi afastado das repartições em 12 de março. Desde então, a maioria dos empregados do governo está em atividades remotas.

Após o anúncio de que o teletrabalho continuará mesmo após a pandemia — a efetivação da modalidade será permitida a partir de setembro e tem uma série de regras –, os servidores pontuaram que é preciso algum tipo de contrapartida financeira.

A principal reivindicação é relativa ao custeio de internet, eletricidade e equipamentos. A iniciativa consta em uma nova técnica da assessoria jurídica da Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Federal (Condsef) e da Federação Nacional dos Trabalhadores do Serviço Publico Federal (Fenadsef).

O servidor que aderir ao teletrabalho — em regime parcial ou integral — terá que assinar e cumprir um plano de trabalho. As novas regras entram em vigor no dia 1º de setembro.

As despesas com internet, energia elétrica, telefone e outras semelhantes são de responsabilidade do participante que optar pela modalidade de teletrabalho. Não haverá horas extras ou de banco de horas. Continue lendo

O Governo de Pernambuco confirmou nesta quarta-feira (12) que estará disponibilizando o aplicativo Conecta Aí, e irá beneficiar mais de 500 mil alunos da rede estadual de ensino.

Ainda hoje, Pernambuco oferecerá acesso grátis à internet para 30 mil professores e cinco mil alunos carentes da Universidade Federal de Pernambuco (UPE).

Com a internet, os alunos poderão acessar o material do EDUCA/PE, AVA e do Google ClassRoom, que são utilizados pelo governo para transmitir aulas virtuais. As aulas presenciais em Pernambuco estão inativas desde março deste ano

Foto Ilustrativa

Diversas mães de recém-nascidos do município de Sertânia denunciam que ao procurarem os postos de saúde para vacinarem seus bebês não estão conseguindo por falta das vacinas.

“Estou com meu bebê para vacinar, fui ao posto de saúde do Alto do Rio Branco e em outros postos e fui avisada que não tinha a vacina e que só deverá chegar daqui a 30 dias, e culparam, como sempre fazem, a pandemia. Estou preocupada, pois minha criança já era para ter sido vacinada, será possível que além de nascer fora de minha cidade, meu filho ainda vai ter que ser vacinado fora daqui também?”, relata uma das mães de um bebê de 2 meses.

A revolta da mãe traduz saber que há tempos não é possível ter filhos em Sertânia, até para fazer um parto normal, mulheres estão sendo transferidas, para ter um filho em outras cidades, porque em Sertânia, o hospital não faz um parto, denuncia o Blog Tribuna do Moxotó.

O blog também informa que infelizmente não conseguiu contato com alguém da Prefeitura de Sertânia, e nem da Secretaria de Saúde para informar sobre a referida denúncia sobre a falta de vacinas, no entanto o blog diz que deixa o espaço aberto para as devidas explicações sobre o fato denunciado acima. Com a palavra o gestor municipal.

Em nota publicada nesta terça-feira a Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) informa ter conhecimento de que circula nas redes sociais uma informação sobre a mudança na política do Período Letivo Excepcional (PLE). O discurso, inclusive, afirma que haverá ônus de cancelamento de disciplina durante o período. Entretanto, de acordo com a instituição, essa informação é falsa.

“Reiteramos que a Política do PLE não mudou e que o nosso compromisso com os dispositivos da resolução Nº 85/2020 – CEPE/UFRPE e do Regulamento Geral do PLE está mantido. Esses documentos foram construídos em um processo aberto e democrático de forma coletiva e socializados com toda comunidade acadêmica. Por meio desses documentos, a UFRPE assegura que serão adotadas todas as medidas cabíveis para evitar prejuízos aos discentes e garantir a qualidade em sua formação acadêmico-profissional”, informa UFRPE, em nota.

Diante dessas informações, a Universidade ainda ressaltou o cancelamento do PLE poderá ser feito sem prejuízo. “Cumpre-nos chamar a atenção de toda a comunidade da UFRPE para o Artigo 21 da Resolução 085/2020 – CEPE, que dispõe sobre a regulamentação para o PLE: Durante o Período Letivo Excepcional (PLE), o discente poderá realizar o cancelamento sem ônus das unidades curriculares em data prevista no calendário acadêmico”. Continue lendo

O poeta itapetinense Zé Adalberto, foi contaminado pela Covid-19 e precisou ser internado na cidade de Arcoverde na madrugada da última sexta-feira (07), devido a um agravamento no seu estado de saúde.

Zé Adalberto que precisou ser internado na UTI do Hospital Regional Ruy de Barros Correia, e a noticia dessa terça-feira (11), é que o poeta saiu da Unidade de Terapia Intensiva e está em observação.

De acordo com a equipe médica e da evolução do paciente, caso não tenha qualquer recaída, em breve receberá alta hospitalar. Em sua Rede Social , a esposa Mazé Ferreira escreveu: “informamos que o quadro de saúde dele tem evoluído bem e, a cada vez que nos comunicamos, percebemos a voz mais viva e também ficamos cientes do seu avanço. Obrigada pela amizade de cada um, pela atenção, orações e cuidado conosco!”.

Muitos poetas se solidarizam com Zé Adalberto e fazem homenagens através das redes sociais.

As informações foram repassadas ao Blog PE Notícias pelo comunicador Anchieta Santos, das rádios Pajeú FM, e Cidade FM, de Tabira.

PF e Interpol caçam 12 por tráfico internacional de drogas em seis estados e três países

A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta quarta-feira (12), a segunda fase da Operação Olossá, com o objetivo de prender 12 suspeitos e cumprir 10 mandados de busca e apreensão no combate a uma organização criminosa especializada no tráfico internacional de entorpecentes pelo modal aéreo, especialmente para Europa e Ásia. Os alvos da operação estão nos estados da Bahia (Salvador, Lauro de Freitas e Conceição do Coité), Sergipe, Maranhão, Pará, São Paulo e Santa Catarina. E três mandados de prisão estão sendo cumpridos no exterior; dois na Espanha e um na Tailândia.

A principal forma de atuação era a utilização de “mulas”, brasileiros que transportavam o entorpecente escondido em suas bagagens.

A investigação teve início em maio de 2019, a partir do aprofundamento de informações recebidas pelo serviço de Disque Denúncia da Secretária de Segurança Pública da Bahia. Naquela ocasião, identificou-se que o proprietário de uma barraca de praia em Lauro de Freitas usava o estabelecimento para aliciar as “mulas”, sendo ele o principal integrante da organização criminosa nessa função. Era ele, também, quem providenciava as passagens, documentos e dinheiro para o custeio da viagem.

Durante a investigação, dez pessoas foram presas em flagrante, quando tentavam embarcar para o exterior com cocaína escondida em suas bagagens em aeroportos da Bahia, de São Paulo, de Pernambuco, do Ceará e do Paraná. Além delas, outras três pessoas foram presas quando efetuavam a entrega de malas já preparadas, com a droga escondida, para as “mulas”.

Em 10 de março, foi deflagrada a primeira fase da operação, sendo cumpridos quatro mandados de busca e cinco mandados de prisão nas cidades de Salvador e Ipiaú, na Bahia, e Ananindeua, no Pará. Continue lendo

Foto: Pedro França/Agência Senado

O procurador-geral da República, Augusto Aras, ajuizou no Supremo Tribunal Federal (STF) a ação direta de inconstitucionalidade 6502 contra dispositivo da Constituição de Pernambuco que atribui foro por prerrogativa de função ao defensor público geral e ao chefe da Polícia Civil de Pernambuco.

Augusto Aras argumenta que a Constituição estabelece o foro especial para presidente e o vice-presidente da República, deputados federais e senadores, ministros do STF, dos tribunais superiores e do Tribunal de Contas da União (TCU), procurador-geral da República, ministros de Estado, advogado-geral da União, comandantes da Marinha, do Exército e da Aeronáutica, chefes de missão diplomática de caráter permanente, governadores, magistrados, conselheiros dos Tribunais de Contas, membros do Ministério Público e prefeitos.

Essas autoridades são a referência para que as constituições estaduais indiquem os seus equivalentes, segundo Aras.

Segundo o procurador-geral, os estados não podem inovar nessa área, pois a União tem a competência exclusiva para legislar sobre Direito Processual.

A seu ver, as constituições estaduais, ao prever o foro por prerrogativa de função a ocupantes de cargos que não constam da Constituição Federal, violam o princípio da isonomia, pois atribuem tratamento desigual, pois todos os servidores públicos, quando não qualificados como agentes políticos, são processados e julgados no primeiro grau de jurisdição.

O ministro Celso de Mello será o relator.

https://imagens1.ne10.uol.com.br/blogsne10/jamildo/uploads//2020/08/WhatsApp-Image-2020-08-11-at-17.04.38.jpg

Márcia Conrado, que é pré-candidata a prefeita de Serra Talhada, volta a debater mais um tema importante para o futuro do município na live desta quarta-feira (12), a partir das 20h, dentro da Plataforma ‘Serra Talhada Conectada com o Futuro’.

O tema da semana será “Assistência Social e Cidadania – Dialogando com o Futuro”, com a participação do vice-prefeito Márcio Oliveira, da coordenadora do Centro de Referência Especializado da Assistência Social (CREAS), Marluce Ferreira, e da ex-secretária Nacional de Assistência Social, Iêda Castro.

Serviço

Live: “Assistência Social e Cidadania – Dialogando com o Futuro”

Data: Quarta-feira, 12 de agosto de 2020

Horário: 20h

Canais: Instagram (@marciaconradolorena) e YouTube (Márcia Conrado)

Plataforma: http://www.serratalhadaconectadacomofuturo.com/

O procedimento cirúrgico ao qual se submeteu o ex-prefeito Totonho Valadares, no Hospital Memorial São José, no Recife, na manhã desta quarta-feira (12), terminou e foi considerado perfeito pelo médico cardiologista Ricardo Brendel e pela filha de Totonho, Cintia Valadares, que esteve presente no momento da intervenção.

Em conversa agora a pouco com o Blog PE Notícias, Cintia disse que a princípio o procedimento seria implantar um (01) stent na artéria da angioplastia. Mas foram implantados três (03) stents porque a artéria estava bastante obstruída.

A cirurgia durou pouco mais de uma hora e Totonho foi encaminhado para UTI Coronariana e ficará em observação até o final da manhã desta quinta-feira (13), e a tarde irá para um apartamento do próprio hospital onde ficará até às 18h, que é a previsão para receber alta. Segundo Cintia, o procedimento foi normal e feito através do braço do paciente. A filha de Totonho disse também que devido está tudo agendado, Valadares estava muito tranquilo e com isso tranquiliza os parente e amigos. “Agora é pedir a Deus que chegue logo o momento para levarmos ele pra casa”, finalizou.

Paraíba masculina, mulher macho, sim senhor- Parte III

Por Danizete Siqueira de Lima

Nossas duas últimas matérias, datadas de 31/07 e 07/08, saíram em defesa dos “paraíbas”, que foram tratados de forma deselegante e pejorativa pelo presidente Jair Bolsonaro, quando se referiu ao Nordeste em função do seu desafeto político com os governadores da Bahia e do Maranhão, que não apoiaram a sua candidatura.

De uma forma generalizada, o presidente nos tratou como se fôssemos um povo inferior em relação ao resto do País e nós não o somos. Temos nossas identidades próprias, nossos costumes, riquezas, belezas naturais para dar e vender, um povo trabalhador, honesto, culto e digno de respeito. Exceções existem, embora não seja um privilégio nosso. O Brasil em sua totalidade é um celeiro de problemas independente de região.

Na nossa 1ª crônica falamos especificamente sobre o nosso estado. Em seguida fomos até a Bahia e hoje falaremos sobre a “Terra dos Marechais”, como é conhecido o estado de Alagoas, outro vizinho “paraíba” que também nos enche de orgulho.

Comecemos pela capital, Maceió, a qual ocupa uma área de 509,5 km², com uma população de 932.078 habitantes, conforme senso de 2010 e fica a 2013 km de Brasília, a sede do poder central. Batizada pelos turistas de “O Caribe Brasileiro”, quem vai a Maceió se encanta com seu riquíssimo litoral de praias famosas como Ponta Verde, Pajuçara, Praia do Guga, etc. Nas rotas turísticas não poderão faltar à praia do Francês (praia e surfe), a praia de Ipioca com suas piscinas naturais, além das belíssimas Barra de São Miguel e Japaratinga. Quem quer dar uma esticadinha a mais vai até Maragogi, na divisa com o litoral pernambucano, ali em São José da Coroa Grande.

Ligeiramente maior que o Haiti, o estado de Alagoas ocupa a 8ª posição no Nordeste, com uma área de 27.779.343 km². Conforme dados do IBGE, a composição do seu PIB é a seguinte: agropecuária 6,8%, indústria 24,5% e serviços 68,7%. O estado é o 5º maior produtor nacional de cana de açúcar, contando ainda com os cultivos de arroz, feijão, mandioca, milho, banana, abacaxi, coco-da-baía, laranja, algodão e fumo. Na produção artesanal existe um grande destaque para as rendas, bordados e renascenças que fazem a alegria do turista de todo o mundo. Quem vai a Maceió não deixa de conhecer a “Feira de Pajuçara”, onde são expostos os trabalhos manuais em barro, palha, cipós e madeira, feitos por artesãos e artistas da terra em suas diversas atividades.

Mas, só isso? Não, temos mais. Além de ser o berço de Mário Jorge Lobo Zagallo, o filho de Atalaia, tetracampeão brasileiro que fez bonito em quatro copas do mundo, uma como jogador e três como técnico, a cidade de Dois Riachos nos presenteou com a número 1 do futebol feminino, Marta Vieira da Silva, eleita pela FIFA, por 5 vezes, como a melhor do mundo.

Também eram de Alagoas os dois primeiros presidentes da República. O segundo foi o Marechal Floriano Peixoto, nascido em 1839, no povoado de Ipioca; o outro qualquer um de nós que tenha estudado pelo menos até a 8ª série, deve saber: O Proclamador da República e 1º presidente foi Marechal Deodoro da Fonseca, alagoano que deu nome a sua cidade (Alagoas da Lagoa do Sul). Na casa onde ele nasceu funciona um museu com móveis, objetos e fotos, que retratam toda a sua história.

Dignos de registros temos muitos outros personagens, mas, para não nos tornarmos prolixos, veremos os mais conhecidos pela nossa história. Zumbi dos Palmares – Criado por um padre, em Porto Calvo, aprendeu a ler e escrever. Líder nato, Zumbi constituiu o maior núcleo de resistência escravagista do Brasil, no chamado Quilombo dos Palmares, que tinha na época 30 mil integrantes. A sede era na Serra da Barriga, em União dos Palmares, a 86 km de Maceió. Graciliano Ramos – Escritor, político, nasceu em Quebrangulo em 1892, mas foi na cidade de Palmeira dos Índios, que ganhou projeção como prefeito, tanto é que lá existe um museu com o seu nome, contendo um importante acervo de suas obras e de sua vida. Aurélio Buarque de Holanda – Nasceu em Passo de Camaragibe. Tinha uma inteligência privilegiada, apaixonado pelas palavras. Depois de muitos anos de pesquisas, em 1975, publicou o dicionário que leva seu nome. Ficou conhecido internacionalmente como “Mestre”. Fez muitos pronunciamentos sobre assuntos literários e linguísticos, em vários países do mundo. Nelson da Rabeca – Nasceu na cidade de Marechal Deodoro, e passou sua vida humilde trabalhando no corte da cana de açúcar. Já velho, dedicou-se à música. Com um pedaço de madeira de jaqueira, fabricou uma autêntica rabeca, semelhante ao violino, sendo bem rústico. Hoje é reconhecido nacionalmente.

Sendo assim meus queridos leitores, temos motivos de sobra para esse orgulho dos “paraíbas” que somos. O Nordeste é belo, forte e não se curva. Foi aqui que tudo começou e ninguém conseguirá ser digno de liderar o País se não respeitar nossa cultura e nossa gente. Nos chamem de Paraíba, de Piauí, de Sergipe, de Pernambuco ou como queiram. Essas palavras não irão nos diminuir de forma alguma.

(*) Por motivo de saúde o articulista sugeriu ao Blog que veiculasse sua crônica escrita a um ano atrás.

O Blog PE Notícias publica mais uma vez em primeira mão, uma cirurgia que o ex-prefeito Totonho Valadares fará nesta quarta-feira (12). Cirurgia que estava programada desde a última semana, pela equipe médica que o atendeu quando do procedimento do cateterismo que Valadares se submeteu, decidiu que Totonho precisaria fazer uma angioplastia, que é colocar um stent para desobstrução de uma veia, e que não necessitasse fazer uma cirurgia de revascularização do miocárdio no futuro.

O procedimento de angioplastia e implante de stent dura cerca de uma hora e tende a ser realizado como um procedimento ambulatorial, embora em alguns casos os pacientes sejam internados no hospital durante uma noite após o procedimento. No caso de Valadares, a cirurgia esta marcada para as 7h da manhã, no Hospital Memorial São José, mas que na noite desta terça-feira (11), ele passou no seu apartamento, na capital pernambucana.

O cardiologista Ricardo Brendel, que  há 21 anos fez o mesmo procedimento no ex-prefeito será o médico encarregado da intervenção cirúrgica. Em conversa com o Blog PE Notícias Totonho Valadares disse que estava tranquilo, já tinha ligado para vários amigos na tarde e noite de ontem para comunicar da cirurgia. O Blog deseja plenos restabelecimentos ao ex-prefeito.   

Blog Sertão Central

Com o nome do ex-prefeito Marcones Libório na disputa eleitoral deste ano para o cargo de prefeito de Salgueiro, no Sertão de Pernambuco, surgiu interesse de outros políticos e empresários para ser seu vice, coisa que não acontecia quando tudo indicava que o candidato seria Marcelo Sá.

Embora o vereador George Arraes tenha negado em algumas reportagens do blog Sertão Central, quando foi apurado que o partido Cidadania estaria se aliando ao PSB, o vereador agora quer disputar de toda as formas o cargo de vice de Dr. Marcones. A ambição do grupo recém-formado, pelo poder de ser vice, já gerou discórdia entre o empresário Edilton Carvalho e vereador George Arraes, pois os dois tem interesse de ser o vice do ex-prefeito.

O blog entrou em contato com o vereador George Arraes, esse relatou que formou um grupo forte e que não pretende abrir mão para o empresário ser o vice-prefeito. George ainda relatou que entrou em contato com Dr. Edilton, para chegarem a um consenso, porém o empresário também tem o mesmo desejo e alegou que tem a preferência da maioria do PSB, como também nas pesquisas internas.

Desde quando rompeu com o prefeito Clebel Cordeiro ainda em 2017, Edilton Carvalho declarou apoio ao grupo de oposição. Embora ele tenha apoio e simpatia da maioria, o vereador George Arraes é o presidente do partido e “dono da caneta”, desta forma formará a chapa com Marcones Libório.

Mesmo com apoio do Palácio do Campo das Princesas, o presidente municipal do PSB, Marcelo Sá, abriu mão de sua candidatura. De acordo com o Sertão Central, Marcelo é um homem honesto, digno e de um caráter exemplar, coisa que poucos políticos tem. O mesmo disse para reportagem do blog que nunca teve ambição de ser prefeito nem quando era mais jovem, e que seu objetivo na política sempre foi ajudar Salgueiro a se desenvolver.

A Pesquisa Industrial Mensal (PIM-IBGE) referente ao mês de junho indica alta na produção do setor em Pernambuco pelo segundo mês seguido, na comparação com maio, sinal de recuperação do setor do período mais crítico da pandemia. No entanto, na comparação com junho do ano passado e no acumulado de 2020, os índices são negativos.

Na comparação mensal, a pesquisa não abre informações setoriais, mas a partir dos outros recortes observa-se o crescimento da produção de têxteis (28,1%) com relação a junho de 2019. E é da indústria de alimentos os melhores resultados e o maior peso, de 30%, no total da atividade no estado. Na comparação com o mesmo mês do ano passado, a atividade teve alta de 13,4%, ficando como o maior crescimento acumulado do ano do Brasil, de 19,6%. O desempenho foi quase o dobro do segundo colocado, Minas Gerais (11,2%), e cerca de cinco vezes maior que o nacional, de 3,7%.

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico do estado destacou que o polo avícola do Agreste e a instalação de unidades fabris do setor alimentício, como a Masterboi, influenciam no resultado, assim como outros empreendimentos recentemente instalados como a WLC Indústria e Comércio de Alimentos e a Viva Alimentos, 

De acordo com o economista da Federação das Indústrias de Pernambuco (Fiepe), Cézar Andrade, o aumento é natural após os péssimos números de março e abril. “É um ensaio para a recuperação”, afirmou. Andrade diz ainda que a alta de junho com relação ao mesmo mês de 2019 chamou atenção. “Apesar de 2019 não ter sido um bom ano, não houve nenhum fator relevante para esse resultado”, pontuou.

QUEDA

Na outra ponta da tabela, o setor de fabricação de outros equipamentos de transporte, exceto veículos automotores ainda sofre impacto do fechamento do Estaleiro Atlântico Sul. Nos últimos 12 meses: -80,9%.

Anúncio foi feito pelo secretário de Saúde do Recife, Jailson Correia (à esquerda) — Foto: Reprodução/YouTube

A partir da quarta-feira (12), o Hospital Provisório Recife 2 (HPR-2), maior unidade de saúde criada na capital para suprir a demanda por leitos hospitalares na pandemia, vai deixar de receber pacientes. De acordo com o secretário de Saúde da cidade, Jailson Correia, a medida faz parte da desativação gradual da unidade. Em julho, 90 leitos de enfermaria foram retirados do local devido à baixa demanda.

O Hospital Provisório Recife 2, que fica no bairro dos Coelhos, no Centro, chegou a ter 350 leitos, sendo 250 de enfermaria e 100 de UTI. Depois da desativação de 90 enfermarias, sobraram 260 vagas ativas, sendo 100 de Terapia Intensiva e 160 enfermarias.

“A partir desta semana, se inicia a desativação dos leitos desse hospital, portanto a partir de hoje já não receberá pacientes novos. Os internados continuam recebendo cuidados integralmente”, afirmou Jailson Correia.

Nesta terça-feira (11), havia 39 pacientes internados nas 100 UTIs ativas do HPR-2 e outras 47 pessoas nas 60 enfermarias em funcionamento. Este é o quinto hospital de campanha municipal a ser fechado pela prefeitura, dos sete criados para conter a demanda da pandemia.

Em julho, houve a desativação de 300 enfermarias e, com a desativação do HPR-2, o número deverá chegar a 460 leitos desativados.

De acordo com a Prefeitura, há, atualmente, 724 leitos em funcionamento na rede municipal, sendo 342 de UTI e 382 de enfermaria. O número deverá ficar em 564 (242 UTIs e 322 enfermarias). Continue lendo