Fachada de agência do Banco do Brasil

O Banco do Brasil vai cumprir a determinação do TCU, que ontem (27), proibiu que a instituição anuncie em sites e blogs suspeitos de publicar ou compartilhar fake news. Numa nota oficial que foi divulgada, prestou todos os esclarecimentos que o tribunal julgou necessários.

A nota trás quanto já gastou o BB em propaganda desde janeiro de 2019 (quando a atual administração assumiu) no site “Jornal da Cidade Online”, acusado de publicar e compartilhar fake news: R$ 2.856 reais, (dois mil, oitocentos cinquenta e seis reais).

Pela decisão do ministro do TCU Bruno Dantas, estão suspensos “todos os contratos de publicidade do Banco do Brasil com veículos dessa natureza” até que  a CGU estabeleça um certificado com normas a serem seguidas.