ARNALDO CARVALHO/JC IMAGEM

Comerciantes descumpriram a ordem estadual e venderam seus produtos no entorno do Parque 18 de Maio, em Caruaru, Agreste de Pernambuco, na manhã desta segunda-feira (29). Carros com porta-malas abertos comercializavam mercadorias, apesar das barreiras da Polícia Militar e dos bloqueios do Detran.

A Feira da Sulanca está com funcionamento suspenso desde 16 de março, em decorrência da chegada de casos do novo coronavírus em Pernambuco. Desde a última sexta-feira (26), Caruaru e Bezerros estão com circulação permitida apenas para realizar ou buscar serviços essenciais. Medida tem validade até o dia 5 de junho.

Segundo boletim divulgado nesse domingo (28), Caruaru conta com 1.972 casos confirmados e 128 óbitos pela covid-19. Foram realizados 5.773 testes, dos quais 2.211 foram através do teste molecular e 3.562 do teste rápido.

Feiras suspensas desde março

A última Feira da Sulanca antes do fechamento dos serviços não essenciais em Pernambuco ocorreu no dia 16 de março. No dia 18 daquele mês, as prefeituras de Caruaru, Toritama e Santa Cruz, em conjunto com o Governo do Estado, decidiram suspender as feiras da região. Na época, não havia casos confirmados do novo coronavírus em nenhuma das três cidades.

No fim de abril, a prefeitura lançou a plataforma Delivery Sulanca Caruaru, para que os sulanqueiros pudessem se comunicar com os clientes e negociar as mercadorias por telefone ou pela internet. A entrega segue sendo realizada às segundas-feiras no estacionamento do Polo Caruaru.

O setor de confecções é o principal da região e o período junino é considerado um dos mais importantes para a economia local. Ao mesmo tempo, ambientes com grande aglomeração de pessoas são propícios para a disseminação do novo coronavírus.

Comércio

Durante dez dias, de 26 de junho a 5 de julho, o comércio ficará fechado em Caruaru e Bezerros, a fim de diminuir a circulação de pessoas. Poderão funcionar apenas as atividades industrial, de construção civil (com metade da capacidade) e de restaurantes, lanchonetes, bares e similares, desde que sirvam apenas como ponto de coleta e/ou entrega.

O Delivery Sulanca de Caruaru não será afetado pelo Governo do Estado e continua funcionando no estacionamento do Polo Caruaru sempre nas segundas-feiras das 5h às 17h. A população pode colaborar denunciando casos de descumprimento, por meio do telefone 190, do Centro Integrado de Operações de Defesa Social (Ciods).