https://4.bp.blogspot.com/-HN20t27TbPw/WQO1lkKcfPI/AAAAAAAAJ8Y/XZCAv49B91ouhYCb-zi-i8Yx6BLNOBS7wCLcB/s1600/pma.jpg

A saída da esposa do deputado estadual Eduíno Brito (PP), Patrícia Brito, do comando da Secretaria de Assistência Social de Arcoverde tem rendido comentários e movimentos que visam o pleito de 2018. Enquanto políticos derrotados no último pleito procuram prováveis nomes do governo em busca de lhe garantir apoio em troca de benesses do passado, a prefeita do município, Madalena Britto (PSB), usa o site institucional da Prefeitura para falar sobre o tema e reafirmar compromisso político.

No texto disponível no portal oficial da Prefeitura de Arcoverde, a atual prefeita diz: “Enquanto estávamos em audiência, ontem (26), o deputado me ligou, conversamos tranquilamente e reafirmamos nossa aliança. Sigo apoiando Eduíno Brito, independente do ocorrido”. Um assunto que deveria ser tratado como nota da política/prefeita à opinião pública e aliados, foi levada para a esfera administrativa da prefeita/política.

Na nota ela diz que a então secretária entregou o cargo na quarta-feira passada e “alegou questões pessoais“ para a saída. Na realidade, desde que assumiu Patrícia tentou implantar seu estilo de gestão e formar sua equipe para trabalhar, mas acabou tendo seus projetos vetados.

Por outro lado, dentro do próprio grupo da prefeita, que apesar de reafirmar o “apoio” ao deputado Eduíno Britto, várias peças já se mexem para fortalecer o nome do secretário de Governo, Carlos Fernando Brito (Cal), filho da prefeita, como o candidato a deputado estadual do grupo. O próprio já estaria percorrendo o município se colocando a disposição para ser candidato.

Histórico

Em 2014, apesar de reafirmar várias vezes em rádios, encontros políticos e eventos que não abriria mão de apoiar a candidatura do senador Armando Monteiro (PTB) ao governo do Estado, ao lado dos deputados Zeca e Júlio Cavalcanti, ambos do PTB, a prefeita mudou de opinião 15 dias depois de tecer vários elogios e confirmar seu apoio ao senador trabalhista durante evento da Câmara de Vereadores de Custódia. Rompeu e votou no atual governador, Paulo Câmara, de quem é aliada de primeira hora. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *