Com aspecto de sucata, três ambulâncias do Serviço de Móvel de Urgência (Samu) estão abandonadas em uma área nas proximidades do Parque Científico e Cultural do Jiquiá, na Zona Oeste do Recife. Sem os faróis e com muitas avarias, os veículos encontram-se em um matagal.

Por telefone, a Secretaria de Saúde do Recife informou que as ambulâncias têm um tempo de vida útil muito curto e que esses veículos já não estão mais aptos para atender a população. Ainda segundo a pasta, as três unidades foram colocadas no local enquanto o poder público decide o que fazer com elas.

Como não poderiam mais ser usadas no atendimento, à posse dos veículos deixou de ser da Secretaria de Saúde e passou para a Secretaria de Segurança Urbana da capital. Ao todo, o Recife conta com 50 ambulâncias, sendo 22 na ativa e 28 na reserva.

A Secretaria de Segurança Urbana do Recife garantiu que o comandante da guarda patrimonial iria visitar, ainda nesta quinta-feira (18), o local para verificar o estado de conservação dos veículos. Uma das possibilidades de futuro uso é que as ambulâncias façam o transporte de animais resgatados. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *