Jovens que cursaram todo o ensino médio em escola da rede estadual de Pernambuco e que forem aprovados em alguma universidade pública poderão se candidatar a receber bolsas mensais no valor de R$ 950. O benefício será pago pelo governo estadual e valerá durante o primeiro ano de graduação do futuro universitário.

O Programa de Acesso ao Ensino Superior foi lançado na tarde desta segunda-feira pelo governador Paulo Câmara, na quadra da Escola de Referência em Ensino Médio Ginásio Pernambucano, em Santo Amaro, área central do Recife.

A seleção vai observar as notas dos candidatos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) ou no Sistema Seriado de Avaliação (SSA), da Universidade de Pernambuco (UPE). O objetivo é estimular a participação dos egressos das escolas estaduais. A Secretaria de Educação de Pernambuco calcula que 50% dos jovens que concluem o ensino médio na rede estadual não fazem o Enem ou o SSA.

O cronograma com o período de inscrição e as datas de divulgação dos resultados só sairá após a divulgação da lista dos aprovados no Sisu, que deve ocorrer no final de janeiro ou começo de fevereiro de 2018. Serão contemplados mil estudantes.

Pode participar o jovem que atender os seguintes requisitos:

– Cursou todo o ensino médio em escola exclusivamente da rede estadual de Pernambuco;
– Conclui o ensino médio há no máximo cinco anos, contando a partir do ano em que vai concorrer à bolsa
– Tem renda familiar de até dois salários mínimos;
– Foi aprovado numa universidade pública (não necessariamente em Pernambuco);
– Resida a no mínimo 50 quilômetros de distância da universidade que vai estudar.

Bolsas

R$ 950 no primeiro ano da graduação;
R$ 400 no segundo ano da graduação.

Como será a seleção

* Vão ser observadas as notas do candidato no Enem ou no Sistema Seriado de Avaliação (SSA), da Universidade de Pernambuco (UPE).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *