Monthly Archives: dezembro 2017

Foto: Eugênia Wagner/JC Imagem

O ex-deputado estadual Fernando Antônio Gomes Pugliesi, mais conhecido como Fernando Lupa (PSDB), faleceu na madrugada desta sexta-feira (1º), aos 48 anos. Segundo informações do ex-presidente do PSDB Antônio Moraes, o político pernambucano viajou até São Paulo fazer uma cirurgia para retirar um tumor no pâncreas. Após a cirurgia, houve complicações o que levou a internação de Lupa. No entanto, ele não resistiu.

O corpo do ex-deputado chega ainda nesta sexta e será encaminhado para Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) onde ocorrerá, a partir das 23h, o velório. Já o sepultamento está marcado para ocorrer neste sábado (02), às 14h, no Cemitério de Santo Amaro, área central do Recife.

Fernando Lupa foi candidato do PDT à Prefeitura de Lagoa dos Gatos, no interior do estado. Também ocupou cargos no poder Executivo, sendo oficial de gabinete do ex-governador Miguel Arraes, assessor parlamentar do na época deputado estadual Eduardo Campos, entre 1991 e 1995, e diretor de coordenação política da secretaria de governo de Pernambuco no período de 1995 a 1998. Depois de deixar o PSB, filiou-se ao PSDB. Lupa também foi deputado estadual pelo PSDB. Nascido no Recife, Lupa é irmão do desembargador do trabalho Eduardo Pugliesi.

Ascom 

Profissionais da Secretaria de Assistência Social de Afogados da Ingazeira estão participando das atividades do II Fórum  das Equipes Interprofissionais da Infância e  Juventude, no Recife.

O evento, que teve início nesta quinta-feira (30) e encerra hoje (1º), está ocorrendo no Fórum Rodolfo Aureliano. O Fórum é uma realização da Coordenadoria da Infância e Juventude do Tribunal de Justiça de Pernambuco. 

Dentre os diversos temas abordados, estão “crianças acolhidas e as famílias substitutas” e programas de apadrinhamento de crianças e adolescentes em Pernambuco. “Esse é um evento bastante importante, pois permite a qualificação de nossa equipe de acolhimento e da casa de passagem, com palestrantes altamente gabaritados,” destacou a secretária de Assistência Social de Afogados da Ingazeira, Joana Darc.  

Participam do Fórum, representantes do Tribunal de Justiça, Frente Parlamentar da primeira infância/ALEPE, Ministério Público, Varas da Infância e da Adolescência, Comissão Estadual Judiciária de Adoção, UFPE e Defensoria Pública.

PT e PSDB, quando chefiaram o governo federal, defenderam a mesma coisa que o governo do PMDB, de Michel Temer: a reforma da Previdência. Em 1998, gestão FHC, o governo perdeu por um voto a reforma que fixava idade mínima para a aposentadoria, mas aprovou tempo mínimo de contribuição. Já o governo do PT realizou duas reformas: a primeira em 2003 e a segunda em 2005, concedendo ainda mais benefícios para servidores e multiplicando o rombo em 20 vezes. A informação é do colunista Cláudio Humberto.

Em 2003, o rombo na previdência era de R$ 9,6 bilhões, batendo recordes históricos. O rombo previsto em 2017 é de R$180 bilhões.

Apesar da oposição, a reforma da Previdência do governo Lula, em 2003, teve apoio de 7 de 10 senadores do ex-PFL (atual DEM).

Votaram pela reforma da previdência do PT 18 de 22 senadores do PMDB, 6 de 11 senadores do PSDB, além de todos do PPS.

Três milhões de lares brasileiros têm acesso clandestino à TV por assinatura, gerando perdas anuais de R$ 6 bilhões em receitas ao setor. É o que revelam os dados apresentados pela Associação Brasileira de Televisão por Assinatura (ABTA) durante o seminário ‘Ilegal, e daí?’, uma realização do jornal O Globo, em parceria com Extra, "Valor" e "Época", nesta quinta-feira, no Rio.

Segundo Antonio Salles Neto (foto), consultor da entidade, 50% dos usuários de internet acessam sites de conteúdo ilegal. Entre as plataformas mais acessadas estão as que disponibilizam filmes e séries de forma pirata. O refinamento da qualidade do audiovisual ofertado de forma ilegal é uma das razões para, segundo especialistas no tema presentes no fórum, a pirataria estar vencendo essa batalha.

– A Justiça é pesada, lenta e propicia impunidade. A defesa da propriedade imaterial requer inovação urgente de entendimento jurídico, diz Neto.

Isis Moret Valaziane, advogada do escritório Kasznar Leonardos, especialista em direito autoral, ressalta que o boom das séries estrangeiras contribui para fomentar o acesso a conteúdo ilegal:

– As empresas não estão conseguindo acompanhar a velocidade da demanda do consumidor por esse tipo de conteúdo, que virou um meio de interação social. As pessoas têm a sensação de que não podem esperar para tal episódio chegar ao país via transmissão legal, porque vão ficar sem assunto com os amigos. Então, buscam esse conteúdo em sites de streaming piratas.

Mozart Tenório, assessor da Ancine, ressaltou, no entanto, que pesquisas mostram que não necessariamente as pessoas que acessam conteúdo ilegal, pagariam por esses serviços se não tivessem o pirata. O seminário teve patrocínio de Enel, Light, Souza Cruz e Sindicom.

O deputado federal Orlando Silva (PCdoB-SP), procurando o que fazer do mandato, quer impedir descontos no salário do trabalhador que faltar para levar animais de estimação ao veterinário no caso de emergências veterinárias.

Em sua proposta de Projeto de Lei, o parlamentar afirma que a Constituição “reconhece que os animais são dotados de sensibilidade, impondo à sociedade e ao Estado o dever de respeitar a vida, a liberdade corporal e a integridade física” dos animais.

E, por isso, segundo ele, nada mais natural que adequar a legislação trabalhista para permitir que “o responsável possa ter a falta justificada, por parte dos empregadores, para o acompanhamento de animais de estimação em emergências veterinárias”.

As malas e caixas de dinheiro vivo encontrados em um apartamento vinculado ao ex-ministro Geddel Vieira Lima (Foto: Divulgação Polícia Federal)

Uma simples certidão burocrática da Polícia Federal (abaixo) acrescenta mais um mistério ao caso dos R$ 51 milhões apreendidos no bunker em Salvador ligado ao ex-ministro Geddel Vieira Lima. No documento, a PF em Brasília registra ter recebido sete malas de dinheiro, enquanto o auto de apreensão lavrado pela PF na Bahia, ao realizar a operação no apartamento em Salvador, em setembro, registrava nove malas.

A certidão não explica onde foram parar as outras duas. Também não informa se houve sumiço de dinheiro. “Certifico que, quando do recebimento do material encaminhado pela SR/PF/BA, referente à Operação Tesouro Perdido, através dos memorandos nº 3530/2017, 3531/2017 e 3532/2017, foi constatado a presença de somente 7 malas, sendo 6 grandes e 1 pequena, quando no auto de apreensão relaciona 9 malas, sendo 6 grandes e 3 pequenas”, diz a certidão, lavrada pelo escrivão Francisco Antonio Lima de Sousa, lotado na Diretoria de Investigação e Combate ao Crime Organizado, a Dicor, em Brasília.

http://s2.glbimg.com/dTQLZnkhXyHSTWdmFYj4yiGPy7M=/560x560/e.glbimg.com/og/ed/f/original/2017/11/28/whatsapp_image_2017-11-28_at_15.44.53.jpeg

As malas foram enviadas para Brasília, pois é na capital federal que tramita o inquérito do caso. 

Ascom

A boa aceitação da marca Pajelat de queijos e leite de cabra está ampliando a distribuição dos produtos. Essa semana foi iniciada a distribuição para a rede Pajeú Autosserviço, com pontos de venda em todo o Estado. Em Recife, supermercados e até a renomada Carmem Gourmet, em Boa Viagem, já estão comercializando produtos da marca.

Outras cidades como Arcoverde, Pesqueira e Caruaru também estão na rota de crescimento da marca. A ampliação do portfólio de produtos é outra novidade. Após o lançamento do leite de cabra, a laticínios Pajelat lançou sua linha de queijos, de Coalho, Minas Frescal e o refinado Chancliche, um tipo de queijo árabe envolvido em zaatar – um preparado de várias ervas.

O avanço da marca tem tido reconhecimento por sua contribuição para o desenvolvimento da cadeia produtiva da região. Tanto que o promotor Lúcio Luiz de Almeida Neto tem participado de eventos ligados à pauta do desenvolvimento econômico do Estado para divulgar o impacto econômico e fortalecimento da cadeia produtiva da caprinocultura de leite.

Recentemente, além da Agrinordeste, em Recife e da III Feira do Empreendedorismo em Afogados da Ingazeira, esteve no Inova Sertão, realizado pelo SEBRAE, sendo destaque na modalidade Práticas Inovadoras.

Falando em SEBRAE, a empresa pretende firmar um Termo de Cooperação Técnica para ampliar estudos e desenvolver mais produtos a partir do leite de cabra. Outro desafio é a certificação federal, para expansão da marca além-estado.