Foto: Guga Matos/JC Imagem

A rejeição ao governo Michel Temer (MDB) se manteve estável na pesquisa CNT/MDA divulgada nesta segunda-feira (14). O percentual dos que afirmaram que aprovam a gestão ficou em 9,7%, uma queda em relação aos 10,3% de março, mas dentro da margem de erro, que é de 2,2 pontos percentuais. Apesar disso, caíram também os que desaprovam, que passaram de 82,5% para 83,6%.

Os que consideram o governo péssimo são 51,6% agora e há dois meses eram 53,6. Mas os que responderam que é ótimo passaram de 0,5% para 0,4%.

Temer aparece como um candidato em que 87,8% dos entrevistados não votariam, em que 7,8% poderiam votar e é a única opção de 0,3%. O presidente é desconhecido para 1,6%. Comparando com o ex-presidente Lula (PT), o petista aparece como a única opção de 25,6% dos entrevistados e em quem 46,8% deles não votariam. Jair Bolsonaro (PSL) é o único em que 13,1% votariam e o que 52,8% não votariam de jeito nenhum.

Foram entrevistadas 2.002 pessoas de 137 selecionados por sorteio em 25 estados, entre os dias 9 e 12 de maio. A margem de erro da pesquisa é de 2,2 pontos percentuais e o nível de confiança é de 95%.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *