http://www.charlesaraujo.com.br/site/wp-content/uploads/2018/02/PE-630-quebrada-S-Filomena-8-850x491.jpeg

Viajar entre as cidades Santa Filomena e Dormentes, divisa das regiões Araripe e São Francisco, no Sertão pernambucano, você tem a única opção caótica de pegar a PE-630, 40 km de estrada de chão, embora a pavimentação dessa rodovia tenha sido a primeira promessa de campanha do então candidato a governador, Paulo Câmara (PSB), em seu primeiro comício no distrito Socorro/Santa Filomena, dia 06 de julho de 2014.

Hoje como se vê, o discurso não passou de promessas, e as promessas voltam a se repetir tendo em vista o aproximar das eleições. A foto acima é da PE-625 que liga a saída de Santa Filomena à cidade de Dormentes em período de chuvas,.

No dia 09 de agosto, na ocasião da Assembleia Geral da 6ª Audiência Popular e Pública, integrantes do Movimento Todos pela Pavimentação da PE-630, determinaram que iriam recorrer ao Ministério Público Estadual e Federal pela falta de respeito do governador Paulo Câmara para com a região e expor a insatisfação do povo dos sertões do Araripe e São Francisco, questionando a política do governador através de manifestações, o que resultou numa Nota de Repúdio à época, endereçada ao mesmo.

Nota de Repúdio

“Repudiamos a presença do governador Paulo Câmara, na região do Araripe, no dia de hoje, 23/08/2018, sem resposta das inúmeras reivindicações do Conselho Popular de Petrolina e Movimento Todos pela PE-630, para pavimentação asfáltica da PE-630, enquanto não for cumprida a promessa de pavimentação da PE-630 Recomendamos a reprovação do governador, pelos sertanejos”. Com informações do Blog de Notícias CA.