Os candidatos Fernando Haddad e Jair Bolsonaro

Caso acredite em estatísticas, Jair Bolsonaro já pode se considerar eleito. Com uma exceção, desde a redemocratização todo candidato que esteve à frente na primeira pesquisa do Datafolha para o segundo turno foi eleito.

Só em 2014 a regra foi quebrada: há quatro anos, Aécio Neves saiu na frente de Dilma Rousseff. O tucano tinha 46% das intenções de votos e a petista, 44%. Tecnicamente, estavam empatados levando em consideração a margem de erro.

Na pesquisa Datafolha divulgada agora a pouco, Bolsonaro tem 58% e Haddad, 42%.