https://i1.wp.com/nilljunior.com.br/wp-content/uploads/2019/01/images-35.jpeg?resize=300%2C225

Eleito com pouco mais de 52 mil votos pelo PHS, menor votação entre os federais, o deputado federal Fernando Rodolfo passou pelo Pajeú ontem para agradecer a votação recebida. Detalhe: Fernando Rodolfo foi eleito sem contar com o apoio de nenhum prefeito ou vereador do estado de Pernambuco.

Chama à atenção a votação do parlamentar em alguns municípios do Pajeú: Carnaíba zero; Solidão, 1 voto; Calumbi, 2; Santa Terezinha, 3; Tabira, 3; Santa Cruz da Baixa Verde, 4; Triunfo, 4; Tuparetama, 4; Iguaracy, 6; Itapetim, 6; Ingazeira, 6; Flores, 7; São José do Egito, 9; Afogados da Ingazeira, 13; Brejinho, 40 e Serra Talhada, 76.

Falando a Anchieta Santos na Rádio Cidade FM, Rodolfo afirmou ter com Caruaru, onde foi votado por quase 29 mil pessoas o mesmo compromisso que terá com Solidão onde recebeu um voto solitário. Inclusive esteve na cidade onde se reuniu com o prefeito Djalma Alves (PSB) e prometeu apresentar emendas em favor da cidade.

A mesma promessa foi feita para a população de Tabira, onde disse que procuraria o prefeito Sebastião Dias para conversar.

Jornalista com passagem pelo Rádio e a TV, Fernando Rodolfo adiantou sua ida para o PR pela questão da cláusula de barreira.

Acusou o governador Paulo Câmara de ter lhe perseguido quando estava na TV e reforçou que o gestor pernambucano cometeu estelionato eleitoral ao deixar de cumprir 70% das promessas feitas para o primeiro mandato e aumentado estas promessas para se reeleger.

Reconheceu o valor do seu candidato Armando Monteiro, mas disse que durante a campanha cometeu erros que levaram à derrota.

Sobre o PR, declarou não saber como ficará a situação de Sebastião Oliveira na sigla, uma vez que o partido agora está na oposição ao governo do estado. Com reprodução do Blog de Nill Junior.