http://imagens.ebc.com.br/UJ2LyUjpdzVPKr-mOVc2Ss0PLNo=/754x0/smart/http://agenciabrasil.ebc.com.br/sites/default/files/thumbnails/image/mcmgo_abr_241020181691_1.jpg?itok=PXHH-Vh4

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), Dias Toffoli , indicou nesta sexta-feira (11) o ex-ministro da Defesa, Raul Jungmann e o ex-governador do Espírito Santo, Paulo Hartung, como integrantes do conselho consultivo do CNJ.

A missão dos indicados é auxiliar o órgão em pesquisas para o aperfeiçoamento da Justiça e na elaboração de políticas judiciárias. Os indicados não recebem remuneração.

Em dezembro, Hartung, ainda governador, condecorou Dias Toffoli com a mais alta comenda do estado.