Monthly Archives: fevereiro 2019

Roadshow MPLabs Serra Talhada - 20/02/2019

A caravana que faz a demonstração e a entrega de duas soluções tecnológicas desenvolvidas dentro do 1º Ciclo de Inovação Aberta do Ministério Público de Pernambuco (Mplay) esteve em Serra Talhada, sede da 14º Circunscrição Ministerial, com objetivo de apresentar e capacitar as ferramentas tecnológicas Revisio e Voxia, criadas em parceria com o ecossistema de empresas e startups do Porto Digital. O Road Show, nome dado à caravana, demonstra com treinamento prático como as plataformas facilitarão e agilizarão o trabalho nas Promotorias de Justiça.

Mais uma vez, o promotor de Justiça e presidente do Comitê Estratégico de Tecnologia da Informação e do MPLabs, Antonio Rolemberg, fez a abertura por videoconferência e explicou a importância da inovação tecnológica aberta ter sido adotada pelo MPPE e como tem que ser aproveitada ao máximo “É preciso utilizar as ferramentas de forma intensiva”, pontuou Rolemberg. “Com o uso, a inteligência artificial dos produtos irá aprender e se sofisticar com o passar do tempo. Elas serão customizadas de acordo com as correções dos usuários e as atualizações que virão periodicamente”, revelou ele.

Durante as explanações, os membros e servidores relataram suas atividades do dia a dia e lhes foi dito que as plataformas irão auxiliá-los a vencer dificuldades corriqueiras. “O MPPE começa a repensar os seus desafios diários, que parecem mínimos, mas se vencidos, agilizam o trabalho”, afirmou o gerente de Sistemas da Coordenação Ministerial de Tecnologia da Informação (CMTI), Lúcio Santos. Do Núcleo de Imprensa do MPPE.

O Revisio auxiliará na releitura dos processos judiciais, investigando toda a história do caso, entendendo e identificando os principais pontos de um processo, gerando uma linha do tempo sobre o andamento do mesmo. Ele facilita a revisão de textos sem perder tempo com novas leituras integrais. Útil para promotores que assumem as funções de algum colega em férias, licença ou outro tipo de afastamento e precisam se inteirar de algum processo.

Já o Voxia trará rapidez em acessar informações definidas em audiências gravadas em vídeo, coletando e transcrevendo um conteúdo específico determinado pelo usuário. Com o Voxia não será mais necessário assistir a várias audiências por horas seguidas, procurando alguma declaração ou depoimento. Ideal para apontar sentidos e contextos de frases ditas em depoimentos. No futuro, há a promessa de que o produto fará análise de sentimento, que é captar se quem falou certa frase estava nervoso, amedrontado, mentindo, etc.

Ambos são recursos de inteligência artificial, que pescam informações relevantes para que membros e servidores economizem tempo e sejam mais eficazes. Foram projetados para entender textos e selecionar solicitações pré-definida. Para que a inteligência artificial evolua, os ajustes dos produtos são fundamentais. Tanto pelos usuários quanto pelas empresas desenvolvedoras.

As transcrições do Voxia, por exemplo, tendem a ter erros de palavras por causa de ruídos comuns nos áudios. Com as correções dos usuários, o programa irá aprendendo a identificar termos. Daí a importância da cautela nas edições feitas nos textos para que a plataforma não seja treinada de forma errada. Para que a transcrição seja o mais fiel possível ao que foi dito, a gravação das vozes precisa ser de boa qualidade.

Nesta quinta-feira (21), o Road Show faz a demonstração, capacitação e treino prático do Revisio e do Voxio com servidores e membros da 4ª circunscrição, em Arcoverde. Na sexta-feira (22), é a vez da 5ª circunscrição, no município de Garanhuns.

http://blogdofinfa.com.br/wp-content/uploads/2015/12/DSC01632.jpg

As altas temperaturas registradas em Caruaru e Gravatá, na região Agreste, e em Arcoverde e Serra Talhada, no Sertão, levaram a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) a alterar o horário de realização dos serviços de leitura e entrega da conta de água nessas cidades, a partir de hoje (21). Os leituristas que antes iniciavam as atividades seguindo o horário comercial, às 8h, agora passarão a realizar os trabalhos mais cedo, a partir das 7h, em Caruaru e Gravatá e, às 6h, nas cidades de Arcoverde e Serra Talhada.

Por este motivo, a Compesa está avisando os clientes dessas mudanças para que não estranhem a presença de leituristas trabalhando antes do horário de costume. Para se ter uma ideia, agora na estação mais quente do ano, a temperatura nessas cidades chega a 38 e 40 graus, provocando jornadas de calor intenso, principalmente, para quem trabalha nas ruas.

O horário diferenciado para prestação do serviço de leitura e entrega de conta foi solicitado a Compesa pela empresa terceirizada, tendo em vista ao período da jornada de trabalho dos leituristas na rua. “Embora os leituristas utilizem uniforme, botas, chapéu e protetor solar, em média, eles fazem de 250 a 300 leituras, por dia, e se deslocam para os imóveis a pé. Isso significa um tempo grande de exposição ao sol”, explica a gerente de Faturamento da Compesa, Selma Souza, informando que ainda não há uma previsão para término desse horário especial. Ao todo, nessas quatro cidades a Compesa possuiu cerca de 185 mil clientes.

General Heleno reforça ABIN em Pernambuco, Ceará e Amazonas, informa a Coluna Radar da Veja. A cleptocracia está sem controle em Pernambuco. Tá bom de reforçar a PF também que já faz um excelente trabalho prendendo os corruptos que o TRF 5 solta antes de delatarem os cabeças das Orcrim.

General Heleno já declarou que o Nordeste era o centro da roubalheira no Brasil e causou reação dos senadores nordestinos investigados por crimes contra o Erário. Se o Nordeste todo é o centro da corrupção, não podemos afirmar, mas Pernambuco, onde os delatores da Lava Jato revelaram que Aldo Guedes e Iran Padilha exigiam 4% de propina sobre todos os empreendimentos e obras que se instalassem no Estado, de acordo com o Blog da Noélia Brito, para repassar aos seus chefes Eduardo Campos e Fernando Bezerra Coelho, certamente está no topo da lista, ao lado do Rio de Janeiro (Delações da Odebrecht: depoimento detalha pagamento de propina em obras de Suape)

Reforçando ABIN, PF e CGU finalmente veremos a bandidalha impune de Pernambuco começar a pagar pelos seus crimes contra o Erário. Ninguém honesto suporta mais a corruptocracia pernambucana.

Governador Paulo Câmara estava acompanhado por oito deputados estaduais, o secretário Sileno Guedes e outros sete secretários executivos

O governador Paulo Câmara (PSB) acompanhou a abertura oficial do circuito de atividades pedagógicas, culturais e esportivas, nesta quinta-feira (21), no Recife. O socialista participou da Caravana da Educação, que, em 2018, movimentou cerca de 16 mil estudantes, pretende contemplar todas as regiões do Estado.

“São 16 reuniões de pactuação e diversas outras atividades, contemplando as gerências regionais de todo o Estado. É um momento de agradecer o esforço de todos que fazem a educação, mas também de pedir a continuidade desse trabalho, desse esforço, dessa dedicação para que a gente continue a atingir as metas. Enquanto a educação de Pernambuco estiver avançando, a gente vai melhorando o futuro de muitos jovens. E é isso que a gente quer continuar a fazer”, disse Paulo Câmara, que estava acompanhado da vice-governadora Luciana Santos (PCdoB).

A Pactuação de Metas, que reúne a comitiva da SEE e gestores escolares de todas as 16 Gerências Regionais de Educação (GREs), é realizado em parceria com a Secretaria de Planejamento e Gestão do Estado, visando o aprimoramento de metas para o avanço permanente dos índices e resultados da educação, além do compartilhamento experiências exitosas. Hoje, o encontro aconteceu na Escola Técnica Estadual (ETE) Miguel Batista, no bairro de Apipucos, com a presença dos 75 gestores das escolas jurisdicionadas à GRE Recife Norte.

“A gente está feliz por iniciar aqui em Recife a caravana, que depois vai percorrer todo o Estado. Um momento importante da nossa rede, um trabalho que a gente faz com todas as escolas de Pernambuco, envolvendo não só os diretores e professores, mas também os alunos e toda a comunidade”, ressaltou o secretário e Educação e Esportes, Fred Amâncio.

Acompanharam o governador nas visitas os deputados estaduais Paulo Dutra, Clovis Paiva, Antônio Fernando, Doriel Barros, João Paulo, Antônio Moraes, Wanderson Florêncio e Sivaldo Albino; o secretário de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude Sileno Guedes; os secretários executivos de Educação Ana Selva, Maria Medeiros, Severino Andrade, Ednaldo Moura e João Charamba; o secretário executivo de Esportes Diego Pérez; e o secretário executivo da Casa Civil José Maurício.

https://www.tce.pe.gov.br/internet/images/02.21_Segunda_Camara_.jpg

A Segunda Câmara do TCE emitiu parecer prévio nesta quinta-feira (21) recomendando à Câmara Municipal de Ouricuri a rejeição das contas de governo de 2016 do ex-prefeito Antônio Cézar de Araújo Rodrigues (conhecido como Cézar de Preto). Cópia do voto do conselheiro relator, Carlos Porto, será encaminhada ao Ministério Público de Contas para as providências legais cabíveis.

De acordo com o voto, uma série de irregularidades ensejou o parecer pela rejeição das contas, entre elas a extrapolação do limite da despesa total com pessoal, a aplicação de apenas 20,20% da receita corrente líquida na manutenção e desenvolvimento do ensino (o mínimo é 25%), a ausência de contribuições patronais devidas ao Regime Próprio de Previdência no montante de R$ 4.319.802,14, o não recolhimento das contribuições descontadas dos servidores no valor de R$ 323.167,92, o descumprimento do artigo 42 da Lei de Responsabilidade Fiscal que obriga o gestor a deixar saldo em caixa para cumprir obrigações assumidas em final de mandato e nível de transparência considerado insuficiente.

AUDITORIA

Também foi julgada irregular uma Auditoria Especial realizada na mesma prefeitura com o objetivo de verificar a regularidade do recolhimento das contribuições previdenciárias ao Regime Próprio de Previdência Social referente aos exercícios de 2013 a 2016. Só em 2016 a prefeitura deixou de recolher as contribuições patronais no valor de R$ 4.319.802, e no montante de R$ 323.167,92 referente às contribuições descontadas dos servidores.

O objeto da auditoria foi julgado irregular pela Segunda Câmara com aplicação de multa no valor de R$ 10 mil ao ex-prefeito Antônio Cezar Araújo Rodrigues.

https://static.tuasaude.com/img/posts/2014/06/b6f7661d62e16bc7feedc50797ff4586-640_427.jpeg

Parte do sertão pernambucano está em surto epidêmico de dengue. Apesar de os casos da doença e da chikungunya terem diminuído em relação ao ano passado, em todo o estado, quando consideradas as estatísticas da área mais seca, a situação é diferente. Somente na região da sétima gerência regional de Saúde (Geres), que engloba sete municípios, dentre eles Salgueiro, foram notificados 480 casos suspeitos de dengue em 2019. O número significa um aumento de 53 vezes ou 5,200% em relação ao mesmo período de 2018. Em relação à chikungunya, o aumento foi de 800% de um ano para o outro.

A cidade de Salgueiro está em surto epidêmico, enquanto outras três – Angelim, Custódia e Verdejante – estão em situação de alerta para as arboviroses. De acordo com o Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE), o salto nas notificações pode ter relação com o padrão das epidemias em anos anteriores, que não chegaram com força ao Sertão. Por isso, nessa região há mais pessoas suscetíveis à infecção. “O Sertão, tanto no período de 2012 quanto no de 2015 e 2016, as epidemias anteriores, foi uma localidade que registrou um menor número de casos. No Agreste e na Região Metropolitana do Recife (RMR), teoricamente há mais pessoas imunizadas”, explica a gerente do Programa de Controle das Arboviroses da SES, Claudenice Pontes.

Na região de Salgueiro, para se ter uma ideia, a quantidade de casos de dengue registrados em 2018 foi nove até a semana epidemiológica sete, ou seja, até o dia 16 de fevereiro. “A situação epidêmica ocorre quando os números estão acima do limite máximo que se esperava para aquela localidade. A de alerta, como está a cidade de Custódia, é quando a quantidade de casos está na média, mas próximos desse limite. Desde a semana epidemiológica, final de janeiro, que identificamos esse aumento de casos e essa fuga do padrão”, acrescentou Claudenice Pontes. Também chama atenção o aumento nas notificações de dengue na 10ª Geres, com sede em Afogados da Ingazeira e que compreende mais 11 municípios (foram 10 notificações de dengue em 2018 e 36 em 2019, um aumento de 260%).

Segundo a gerente, foram realizadas buscas ativas na região para potencializar a identificação de casos suspeitos. Além disso, foi ativado o Comitê de Mobilização Social para toda a região do Sertão, realizadas reuniões para intensificar o controle vetorial, enviados pulverizadores para bloqueio e o carro fumacê para as áreas de maior risco. Também foi disponibilizado transporte para que as coletas sejam enviadas com maior velocidade para análise laboratorial e confirmação dos quadros no Recife.

A ação mais recente aconteceu ontem, com a capacitação de 300 profissionais para identificação de sinais de alarme das arboviroses e manejo clínico dos pacientes suspeitos. A atual situação epidemiológica do Estado foi apresentada aos profissionais de todas as regionais de saúde, via web conferência. A ideia é que os capacitados se transformem em multiplicadores das informações nos respectivos serviços. Os dados da situação do Sertão foram apresentados aos profissionais, sobretudo para que seja feita a identificação rápida dos casos, evitando assim o agravamento e um possível óbito.

“Fizemos um alerta para a questão da faixa etária e formas de identificar os sinais em uma criança. Os últimos surtos epidêmicos ocorreram em faixa etária adulta, essa é uma faixa que teoricamente está imunizada. As crianças, sobretudo aquelas que nasceram pós-período epidêmico de 2012, são faixas mais suscetíveis a infecções por arboviroses”, lembrou Claudenice Pontes. “Os pais ou responsáveis precisam ficar atentos para mudança no comportamento das crianças, que podem ficar molinhas, apresentar quadro febril, vômito, diarreia. Nessas situações, é preciso relembrar de manter a hidratação, indispensável para evitar o agravamento, e seguir imediatamente para um serviço de saúde”, avisa a infectologista pediátrica do Hospital Universitário Oswaldo Cruz (HUOC) Regina Coeli.

O último surto epidêmico em Pernambuco ocorreu entre 2015 e 2016, quando houve a entrada em circulação local de novos dois vírus, zika e chikungunya, e o boom de casos que culminou com a síndrome congênita do zika. De acordo com Claudenice Pontes, o Estado estuda a realização de uma nova capacitação com os profissionais direcionada para a macrorregional do Sertão.

Em parceria com a Liga Cultural dos Bois e Similares (Licbois), a Secretaria de Turismo e Eventos de Arcoverde realizou no início da noite dessa quarta-feira, 20, uma etapa seletiva entre troças de Bois e Ursos registradas no Edital 2019 do Carnaval Folia dos Bois.

Os grupos disputaram participação nos desfiles do Grupo II (Acesso) da Folia dos Bois e no Grupo Único da Folia dos Ursos. A competição começou às 18h na Praça Winston Siqueira e foi assistida por várias pessoas.

O Carnaval de Arcoverde contará com desfiles oficiais no boiódromo da Praça da Bandeira no dia 3 de março, a partir das 16h, envolvendo as troças do Grupo II da Folia dos Bois e do Grupo Único da Folia dos Ursos. No dia 5, ocorre os desfiles do Grupo I (Especial) da Folia dos Bois.

projeto de Lei é de autoria da vereadora Aline Mariano (PP)

Do Blog da Folha

O projeto de Lei que obriga empresas que comercializam pneu a manterem postos de coleta para o recebimento de descarte do produto terá que esperar mais uma semana para ser votada no plenário da Câmara Municipal do Recife. De autoria da vereadora Aline Mariano (PP), a medida já havia sido aprovada em primeira discussão e passaria pela segunda votação na tarde desta quarta-feira (20).

“Não vou retirar o projeto. Apenas pedir o adiamento e o apoio dos colegas. O PL já foi aprovado pelas Comissões de Meio Ambiente, Finanças e por esta casa, em primeira discussão, além de ter recebido a sinalização da importância que tem para a cidade”, argumentou Aline Mariano.

A vereadora pediu o adiamento a pedido da presidência da Comissão de Legislação e Justiça, que pretende se aprofundar mais na matéria, apesar do PL ter tramitado no tempo regimental da Comissão e não ter sido dado o parecer. Hoje, durante a discussão em plenário, parlamentares manifestaram apoio pela aprovação.

Segundo o texto, os pneus devolvidos nos postos deverão ser recolhidos periodicamente pelos distribuidores, independentemente do serviço público de limpeza urbana e de manejo dos resíduos sólidos, para sua destinação final. Aline destacou a questão social, de saúde pública e o impacto que o produto causa ao meio ambiente. Disposta a comprar a brica, convocou ativistas para encampar a luta pela aprovação da matéria na próxima semana.

Na justificativa que defende o projeto, Aline ressalta a necessidade do descarte correto dos pneus usados. “Quando o descarte é feito de forma errada, os pneus se tornam um problema para o meio ambiente. Eles demoram, em média, 600 anos para se decomporem na natureza e podem, inclusive, se tornar criadouros do mosquito Aedes aegypti”. Pelo menos 450 mil toneladas de pneus são descartadas por ano no Brasil, o que equivale a cerca de 90 milhões de unidades utilizadas, de acordo com a vereadora.

Do Ronda JC

Apesar de, mês a mês, a Secretaria de Defesa Social (SDS) anunciar que os registros de roubos e furtos em Pernambuco estão em queda, uma antiga modalidade de crime continua em crescimento e desafia a polícia. Estatísticas revelam que o número de sequestros relâmpago aumentaram 41,3%. Foram 171 ocorrências no ano passado contra 122 em 2017.

O levantamento foi obtido por meio da Lei de Acesso à Informação (LAI). Os números mostram que houve aumento dos casos em municípios da Região Metropolitana do Recife e também no Sertão.

A capital pernambucana, por exemplo, teve o mesmo aumento registrado em nível estadual: 41%. Foram 17 ocorrências em 2018. No ano anterior, a polícia contabilizou 12.

Um dos casos de sequestro relâmpago ocorreu em novembro do ano passado, no Centro do Recife. Uma tabeliã e o motorista dela foram surpreendidos por criminosos após saírem de um cartório.  Os assaltantes exigiram R$ 50 mil para liberar as vítimas. Como a quantia não foi entregue, a tabeliã e o motorista tiveram os pertences roubados e permaneceram sob ameaças por quase uma hora.

Em Jaboatão dos Guararapes, o número de casos dobrou de um ano para o outro. Saltou de quatro para oito ocorrências. Em Igarassu, quatro pessoas foram vítimas da violência em 2018. No ano anterior foi registrado apenas um caso.

Já no Sertão de Pernambuco, pelo menos dois municípios chamam a atenção. Em Petrolina, 13 sequestros relâmpagos foram contabilizados pela polícia no ano passado. Já em 2017 foram quatro ocorrências. Um aumento de 225%. No município de Afrânio, três vítimas em 2018. Nenhum caso foi registrado em 2017.

Em Caruaru, no Agreste do Estado, houve queda nos números, mas o resultado ainda é preocupante. Quinze ocorrências em 2018 contra 16 no ano anterior.

Por Naldinho Rodrigues*

Hoje vamos lembrar de Altemar Dutra de Oliveira, o Trovado Altemar Dutra, que nasceu em 6 de outubro de 1940 na cidade de Aymoré, estado das Minas Gerais e faleceu em 1983, aos 43 anos quando apresentava um show para a comunidade latino-americana, no clube noturno El Continente, em Nova Iorque, de derrame cerebral.

Foi casado com a cantora Marta Mendonça de 1965 a 1983, tendo dois filhos, Deusa Dutra e Altemar Dutra Jr. este também seguiu carreira de cantor, como o pai.

Altemar Dutra gravou seu primeiro disco (Saudade que vem e Somente uma vez), compacto simples de vinil, e em 1963 foi levado por Jair Amorim para o programa ‘Boleros da Noite’, na Rádio Nacional, e no mesmo ano foi contratado pela gravadora Odeon. Logo atingiu os primeiros lugares nas paradas de sucesso com a música: Tudo de Mim.

Em 1964 gravou num só disco, os grandes sucessos: ‘Que queres tu de mim, Sentimental demais, O trovador e Somos iguais’. Destacou-se também na América Latina, fazendo apresentações em vários países. Gravando um disco (LP) com o título ‘El bolero se canta así’, com suas versões em espanhol, chegou a vender mais de 500 mil cópias, tornou-se um dos mais populares cantores estrangeiros nos Estados Unidos.

Boa parte de suas canções que atingiram o sucesso, são de autorias de Jair Amorim e Evaldo Gouveia.

Altemar Dutra, O Trovador das Américas, o Rei do Bolero, lançou mais de 20 de discos e tocou o coração de muitos românticos.

Altemar ficou imortalizado na música popular. Esteve por várias vezes aqui em Afogados da Ingazeira, fazendo shows e visitando o seu eterno parceiro de farras, José Eurico Sazone, conhecido por Zé Preguiça, primeiro proprietário da Pousada Brotas.

Altemar Dutra antes de morrer, falou a seguinte frase: a música que eu gostaria de ser lembrado daqui a 40,50,60 anos? ‘B r i g a s’.

*Naldinho Rodrigues (foto), é locutor de Rádio. Hoje comanda o Programa Tocando o Passado, na Rádio Afogados FM – sempre aos domingos das 5 às 7 da manhã.

https://scontent.fjpa6-1.fna.fbcdn.net/v/t1.15752-9/49184636_2172609496388678_8000130845186719744_n.png?_nc_cat=103&_nc_ht=scontent.fjpa6-1.fna&oh=89f85eac16e423f3fd741c5f7ad8f998&oe=5CC73DBA

Como resquício da polêmica que envolveu a eleição da Câmara de Tavares, no Sertão paraibano, que saiu do ambiente legislativo para a justiça comum, os vereadores de oposição não compareceram ontem (20) a Sessão Solene que marcou a abertura dos trabalhos legislativos.

Já que a oposição hoje é maioria, a Sessão aconteceu com participação de somente quatro parlamentares. Os faltosos foram Pablo Dantas, Luiz da Telpa, Graça do Silvestre, Socorrinha e Lenira Almeida.

O presidente Edson Cordeiro assegura que todos os vereadores foram informados sobre a Sessão. O regimento interno não garante punição aos faltosos. A primeira Sessão Ordinária deste ano está marcada para acontecer na próxima terça-feira (26), às 10h. A foto é ilustrativa. Com informações do comunicador Anchieta Santos para o Blog PE Noticias.

https://ogimg.infoglobo.com.br/in/23466907-517-1bc/FT1500A/690/81166926_BVPernambuco.jpg

O Globo

Tem papangu, caboclo de lança e calunga, visse? Quem decide conhecer o carnaval de Pernambuco volta para casa com o vocabulário ampliado. Mas não somente de palavras que definem personagens e fantasias da festa. A diversidade cultural do estado vai muito além dos figurinos de reis e rainhas do maracatu rural. Está na música ouvida a cada esquina, com orquestras exaltando o frevo e outros ritmos. Na engenhosidade de artesãos que criam figuras como os bonecos de Olinda. Na animação de um povo que sabe fazer festa.

A folia que se tornou símbolo do Brasil encontra nas ruelas históricas do Recife Antigo e de Olinda uma de suas mais originais formas de expressão. Mas não se limita a estes dois pontos obrigatórios dos turistas. Do sincretismo religioso e da cultura diversa dos africanos escravos nasceu o maracatu, que tem sua maior expressão na cidade de Nazaré da Mata, que é considerada um berço do gênero.

Da influência rural, nasceram as máscaras dos papangus, os homens que saem disfarçados durante o carnaval para, diz a lenda, “comer angu” pelo agreste pernambucano. A tradição acontece principalmente no município de Bezerros.

Para quem não é folião de carteirinha, conhecer o estado na época festiva pode ser um programa difícil. Além de encarar preços nas alturas, terá que conviver com ruas lotadas de foliões. Muitos atrativos turísticos e comerciais também podem estar fechados.

A boa notícia é que o clima festivo e as manifestações culturais de Pernambuco são atemporais. Carnaval à parte, é possível conhecer sua riqueza de ritmos e tradições durante todo o ano. O visitante ainda pode esticar a visita e conhecer outros paraísos, como Porto de Galinhas, com suas piscinas naturais, que fica a apenas uma hora da capital. Outro bom mergulho perto de Recife é no encontro do mar com o Rio Maracaípe, no município de Ipojuca, a cerca de uma hora e 15 minutos de carro. Na capital, os museus Paço do Frevo e Cais do Sertão ficam pertinho do Marco Zero, que é parte do centro histórico. Olinda, logo ao lado, é destino certo. Por lá, a parada na esquina Quatro Cantos, onde terminam as principais ruas, é ponto ideal para apreciar a cidade, que faz jus ao nome. Que linda.

Qual o maior bloco de carnaval do Brasil, o Cordão da Bola Preta, do Rio, ou o Galo da Madrugada, de Recife? O “Guinness” não tem dúvidas e dá a vitória à atração recifense. Para os mais de dois milhões de foliões que costumam seguir o cortejo pernambucano, o importante mesmo é ter fôlego e seguir a famosa orquestra pelas ruas e pontes da capital no sábado de carnaval.

Para quem prefere programas (um pouco) menos disputados, há muita diversão pelo Recife Antigo nesta época do ano, como sair no Bloco da Saudade ou assistir aos muitos shows programados para os dias de folia. A programação é intensa.

Fora da festança, dá para conhecer a cultura carnavalesca sem grandes sobressaltos em locais como o espaço cultural Paço do Frevo, que fica na simpática Praça do Arsenal, no centro histórico. O objetivo do museu é promover a dança e a música típicas para além do carnaval. São três andares com exposições interativas, que contam a história dessa manifestação, que surge da fusão de marcha, maxixe, dobrado e polca. Também há espaço para mostrar a influência da capoeira nos passos de dança do frevo.

Visitar a parte histórica da cidade, aliás, é obrigatório em qualquer época. Vale começar pelo Marco Zero, de onde é possível observar o Parque das Esculturas, com 90 obras de Francisco Brennand (pode-se conhecer o local mais de perto, em passeios de catamarã que saem diariamente do Cais de Santa Rita). No Marco Zero fica também o belo Cais do Sertão, museu que conta, através de exposições interativas, a vida no sertão pernambucano. No acervo, há um vasto material sobre a cultura sertaneja e ícones nacionais como Luiz Gonzaga e Ariano Suassuna.

Saindo do Marco Zero, a caminhada pelas ruas históricas do centro leva à primeira sinagoga do Brasil e a casas coloniais que abrigam pontos turísticos importantes, como o Centro de Artesanato e o Museu Afro Brasil. Direta ou indiretamente, todos esses lugares remetem à diversidade de uma cidade que valoriza sua tradição, seus festejos, sua gente.  

Se o Galo da Madrugada é o símbolo de Recife, o Homem da Meia-Noite é o seu equivalente na vizinha Olinda. O bloco liderado pelo boneco de mesmo nome tem 88 anos de tradição e abre oficialmente o carnaval de Olinda, à meia-noite de sábado para domingo. A devoção dos foliões pela figura é impressionante, e as ruas são tomadas por milhares de pessoas, que se emocionam com a saída do boneco de olhos azuis e dente de ouro. Até romeiros passam pela sede do bloco para reverenciá-lo. Visitar o local, onde estão expostos roupas, adereços e imagens antigas, e conhecer a história do tradicional bloco é dever do turista que passa pela cidade. Continue reading

A Legião da Boa Vontade (LBV) celebrou o Dia do Esportista, comemorado em 19 de fevereiro, em uma forma muito especial. Nesta terça-feira, dia 19, a Instituição recebeu em sua Unidade nos Coelhos as jogadoras de basquete feminino do RD Sports da Uninassau, para uma roda de conversa com os meninos e meninas atendidos pelo programa Criança: Futuro no Presente!.  As atletas compartilharam um pouco sobre sua carreira, suas experiências, seus projetos e suas conquistas no esporte.

As crianças receberam as esportistas para esse momento de socialização, reflexão e diversão, no qual elas explicaram com é a formação do time, sobre o trabalho em equipe, contaram histórias do dia a dia delas, e a garotada interagiu com dezenas de perguntas sobre toda a trajetória delas no esporte e a importância para a vida de cada uma.

“Contar um pouco da minha história para essas crianças foi muito bom, é ajudar a despertar nelas o sonho em conquistar seus objetivos, não importa o seu tamanho, o que importa é o tamanho do seu sonho! Muito obrigada, pelo carinho da LBV” ressaltou a jogadora Meiry Julianne, 15 anos.

Um grande time foi formado na quadra poliesportiva da Instituição. As atletas da Uninassau, proporcionaram um jogo de basquete com as crianças e adolescentes que amaram a atividade.

A menina Lívia Antônia, 9 anos, disse que gosta de participar das atividades esportivas desenvolvidas pela Instituição. “Adoro jogar vôlei, basquete e queimado. A visita das jogadoras da Uninassau, nos mostrou que as mulheres estão ganhando espaços no esporte, senti-me representada”, conclui a garota.

Ao final do encontro de troca de experiências, a garotada da Legião da Boa Vontade entregou um lindo quadro confeccionado por elas para as atletas, em homenagem ao Dia do Esportista.

Esporte é vida não violência

Em suas inúmeras iniciativas socioeducacionais, a LBV incentiva a prática de atividades esportivas e reconhece o esporte como importante aliado da educação. Dessa forma, nas quadras poliesportivas ou em áreas livres de suas Unidades de atendimento, a Instituição não desenvolve apenas as habilidades individuais, que obedecem a critérios que visam aprimorar a coordenação motora e cognitiva do grupo, mas desperta potencialidades e talentos, além de incentivar o respeito, disciplina e o trabalho em grupo.

Voos começam a funcionar a partir do dia 2 de maio / Foto: Arnaldo Carvalho/JC Imagem

Pernambuco vai ganhar mais dois voos ligando o Recife ao Sertão. A partir do dia 2 de maio, a Azul irá oferecer a rota que liga a capital pernambucana até a cidade de Paulo Afonso, na Bahia. O trajeto pode beneficiar o turismo de Petrolândia, cidade que tem como atrativos o Lago Luiz Gonzaga.

A nova rota será iniciada no dia 2 de maio e deverá ser operada as segundas e sextas, saindo do Recife às 13h10 e aterrissando em Paulo Afonso às 14h30. Da cidade baiana, o voo decolará ás 15h, chegando ao Recife às 16h15. Os bilhetes para os voos estão disponíveis a partir desta quarta-feira (20) em todos os canais oficiais de venda da companhia aérea.

“A região de Petrolândia, cidade que herdou o nome da visita feita por Pedro II à região, tem um potencial enorme para o turismo. É um destino que, sem dúvida, vai crescer muito com este voo da Azul. Temos uma oportunidade de abrir uma nova fronteira turística no Estado, despertar a atenção para as praias à beira do lago, para a história das cidades alagadas, que marca a vida de tantos pernambucanos. Esse é um primeiro grande passo para atrairmos a atenção do trade e de investidores para o Sertão, que é um dos principais focos do Governo do Estado atualmente”, destaca o secretário de Turismo e Lazer, Rodrigo Novaes.

Petrolândia tem como um dos principais locais de visitação a Igreja do Sagrado Coração de Jesus, submersa no Velho Chico. O local é muito usado em ensaios fotográficos e atrai mergulhadores. Outros pontos de destaque na região é a Ilha de Rarrá e a Praia do Sobrado, convidativas a um belo banho de rio no São Francisco. “A Ilha de Rarrá não perde para nenhum destino já consagrado. Carece apenas de atenção, promoção e incentivo à iniciativa privada para que vire um grande polo de turismo do Estado. Apostamos nisso como uma forma de aquecer a nossa economia e gerar empregos”, finaliza Rodrigo Novaes.

O Plenário do Conselho Nacional de Justiça ratificou liminar do corregedor nacional de Justiça, ministro Humberto Martins, para suspender o pagamento de precatório devido pelo município de Porto Velho, no valor de R$ 118 milhões. A decisão foi tomada na sessão da última terça-feira (19), e divulgada nesta quarta-feira (20), pelo CNJ.

No caso, o promotor de Justiça titular da Defesa Administrativa e Patrimônio Público de Porto Velho formulou pedido de providências contra o Tribunal de Justiça de Rondônia, com o objetivo de anular uma audiência realizada no dia 13 de setembro de 2018 e suspender os efeitos do acordo nela pactuado referente ao pagamento do precatório.

Segundo o Ministério Público estadual, a instituição manifestou expressamente interesse no acompanhamento do trâmite do precatório ‘devido aos fatos antecedentes ocorridos que indicaram erros de cálculo de atualização, com repercussão no aumento artificial do valor devido pelo município de Porto Velho.

O Ministério Público destacou, ainda, que na audiência de conciliação para fins de acordo direto, ‘não foi observado o valor atual do precatório, mas sim um valor anterior que estava supervalorizado em muitos milhões de reais, causando grave prejuízo à municipalidade’.

Ao deferir a liminar, o ministro Humberto Martins considerou a provável existência de nulidade na audiência de conciliação para fins de acordo direto, e na fase administrativa do pagamento, ante a ausência de intimação do Ministério Público que havia manifestado interesse no feito.

O corregedor do CNJ considerou ‘o risco de grave e iminente dano ao erário municipal’. Com informações do Jornal O Estado de S.Paulo.