Por Naldinho Rodrigues*

A partir desta quinta-feira, vamos procurar trazer aos leitores do Blog PE Notícias um resgate dos nossos artistas do passado, os vivos e também os que já se foram. Procurando com isso trazer para aqueles que não tiveram a oportunidade de assistir, ouvir e admirar o que de mais belo tem na cultura popular da nossa música brasileira, esperamos contar com a sua audiência. Hoje começamos a falar de um astro da música brasileira:

Antônio Nelson Gonçalves, conhecido nacionalmente, e até fora do Brasil por Nelson Gonçalves, que nasceu no dia 21 de junho de 1919, em Santana do Livramento, Rio Grande do Sul, tendo falecido aos 78 anos, no dia 10 de abril de 1998.

Nelson foi casado com Lourdinha Bittencourt pelo período de 1952 a 1959 e deixou cinco filhos: Ricardo da Silva Ramos Gonçalves, Nelson Antônio Gonçalves, Lilian Gonçalves, Maria das Graças da Silva Ramos e Marlene Gonçalves.

Nelson Gonçalves vendeu 81 milhões de discos, perdendo em vendagens apenas para Roberto Carlos, que vendeu mais de 120 milhões de cópias. Muitos sucessos gravados, a exemplo de Meu Vício é Você, Revolta, Deusa do Asfalto, Juca Mulato, Fica Comigo esta Noite, Um beijo de Mulher, e o maior de todos os sucessos, A Volta do Boêmio.

Era chamado de Rei do Rádio por causa do sucesso alcançado e, quando falava era gago, mas quando cantava não demonstrava ser. Nelson tinha um temperamento muito forte, era valente, daqueles que não levava desaforo pra casa, chegando até a usar drogas, bebidas alcoólicas, etc. Numa declaração feita por ele mesmo, quando admitiu o uso de drogas.

Uma curiosidade sobre Nelson Gonçalves, seus pais portugueses, mudaram do Rio Grande do Sul para São Paulo, e foram morar no famoso bairro do Brás, foi quando seu pai, fingindo ser cego, o levava para as feiras, o pai tocava violino, enquanto Nelson, ainda menino, cantava e dali saiu para fama.

*Naldinho Rodrigues, é locutor de rádio. Comanda o Programa ‘Tocando o Passado’ aos domingos, das 05 às 07 horas, na Rádio Afogados FM.

Obs. A foto do autor da coluna está um pouco escura. Na próxima semana a foto será outra mais visível.