As chuvas que provocaram estragos em várias localidades de Arcoverde nesta quarta-feira (13) não foi das maiores. A precipitação pluviométrica na Capital do Sertão, medida pelo Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), foi de 17 milímetros. Em toda a regional de Arcoverde, composta por 12 municípios, as chuvas totalizaram 317.4 milímetros somente ontem (13).

Em Arcoverde, apesar da chuva não ter sido volumosa, de acordo com o Folha das Cidades, os fortes ventos contribuíram para o surgimento de problemas, com a queda de árvores, carros atingidos por galhos de Algaroba e falta de energia por várias horas devido a danos causados à rede elétrica.

O município que registrou o maior índice de precipitação foi Manari, com 98 mm, seguido da Pedra com 58 milímetros e Tupanatinga com 33.9 mm. Na sequência vem Inajá (31 mm), Pesqueira (27 mm), Poção (20.5 mm) e depois Arcoverde.

O único município que não registrou nenhuma precipitação foi Alagoinha. O que menos chuva teve nesta quarta-feira foi Sertânia com 5.5 milímetros. Choveu ainda em Buíque (10.5 mm), Venturosa (10 mm) e Ibimirim (06 mm).

A previsão meteorológica na região para esta quinta-feira (14) é de tempo parcialmente nublado com pancadas de chuva de forma isolada no período da tarde e noite com intensidade fraca a moderada. A temperatura mínima de 18º e a máxima de 35º.