http://blogdoaryelaquino.com.br/wp-content/uploads/2019/02/WhatsApp-Image-2018-05-22-at-15.25.19.jpeg

Nas voltas que a política dá muita coisa mudou da última eleição pra cá na cidade Paraibana de Tavares. Envolvido em corrupção o prefeito Ailton Suassuna foi afastado do cargo e o seu vice Luiz Pereira (Poeta), assumiu o posto e vem dando conta do recado, inclusive retomando obras paralisadas por longos meses pelo ex-titular.

Na Câmara, a presidente de então, Maria do Socorro (Socorrinha), tentou continuar no cargo, aliou-se com a oposição, mas não conseguiu e a justiça fez valer eleição anterior que já havia dado a vitória ao vereador agora com minoria, Edson Cordeiro. E por último o empresário Coco de Odálio, que em 2016, disputou à cadeira de prefeito nas eleições, onde obteve 48,06% dos votos válidos, conquistando 4.149 votos e perdendo por 335 votos para o prefeito o Ailton Suassuna, aliou-se ao prefeito em exercício Luiz Pereira (Poeta). O anúncio oficial foi feito na tarde do último sábado (16).

Além de Coco de Odálio, a vereadora Lenira Almeida também passou a integrar o grupo governista que voltou a ter maioria na Câmara. A união no momento deixa muitas dúvidas na cabeça do eleitor. O prefeito em exercício Luiz Pereira, está formando o seu próprio grupo? Coco de Odálio traiu o seu eleitor ao se unir aos governistas? A ex-primeira dama Shelley Suassuna, esposa do prefeito afastado, e Máevia Suassuna, irmã de Ailton estavam na reunião que selou a adesão?

O tempo vai dizer quem ganhou e quem perdeu com esta união. Com informações para o PE Notícias do comunicador Anchieta Santos, das rádios Pajeú FM 104,9 e Cidade FM, de Tabira.