Os cuidados com nossos dispositivos eletrônicos

Por Hugo Vitorino*

Hoje quero falar para vocês sobre alguns cuidados que devemos ter com nossos dispositivos eletrônicos, cuidados no uso e no manuseio desses equipamentos.

É muito comum vermos pessoas se queixando por seus aparelhos durarem pouco, normalmente se diz: “meu celular só durou 1 ano, e fulano tem um celular igual que durou muito mais tempo”, e essas queixas se repetem com notebooks, tablets, impressoras e computadores. Acredito que o grande segredo para a duração de um bem tão caro como os eletrônicos, esteja no cuidado que temos com eles. Falando em computadores, alguns cuidados básicos que todos podem ter são:

– Não desligar o computador ou notebook direto no botão, sempre clicar em desligar antes, pois assim o sistema encerrará de forma correta tudo o que está funcionando;

– Evitar comer e beber ao usar o aparelho, além do risco de você ter um grave prejuízo se derramar bebida e comida no aparelho, os restos de comida ficam no teclado e podem até aparecer formigas ou outros insetos dentro do teclado que vão prejudicar o funcionamento, podendo até inutilizar o teclado ou o notebook;

– Evitar dobrar demais o cabo de força do notebook, e guarde-o sempre em uma bolsa apropriada. Se você dobra demais o cabo, provocando muitas torções ou se você deixa o mesmo totalmente solto, enrolado de qualquer jeito, o cabo pode romper e não funcionar mais, além disso, guarde seu notebook sempre em uma bolsa apropriada, seja em casa ou para viajar, pois protege contra a poeira e contra um dano grave em caso de queda.

– Cuidados com a energia. No caso de computadores desktops (computadores de mesa) e impressoras, é sempre recomendável utilizar um estabilizador de voltagem, pois o estabilizador protege o equipamento contra variações elétricas, e tenha também um bom sistema de aterramento elétrico na sua casa. Muito cuidado com o uso de adaptadores, tomadas e fiações antigas. Caso tenha dúvida sobre qual estabilizador escolher, procure um técnico em informática ou um técnico em eletrônica para que seja feito o cálculo de quanta potência seu estabilizador precisa ter de acordo com os equipamentos que serão ligados nele.

Para celulares e tablets temos alguns cuidados que a maioria das pessoas conhece, mas mesmo assim ainda evita, por exemplo, o uso da película protetora e de uma capa. É muito recomendado que se use capa e película protetora para proteger os dispositivos móveis contra quedas e contra sujeira. É recomendado também que não se use carregadores de um aparelho em outro, pois as correntes elétricas podem variar de um aparelho para outro e seu aparelho pode ser danificado. E aqui deixo uma dica importantíssima para o uso de celulares e tablets: NUNCA USE O APARELHO LIGADO A TOMADA, NUNCA! Por mais que pareça inofensivo, enquanto o aparelho está na tomada ele está recebendo corrente elétrica e você pode levar um choque gravíssimo ao utilizá-lo ligado a tomada.

A última dica se aplica a todos os aparelhos que citamos anteriormente: não use mais aplicativos ou programas do que precisa. É comum ver pessoas enchendo o celular ou o computador de programas e mais programas, muitas vezes sem conhecer a fonte, o desenvolvedor desses programas, e isso pode provocar travamentos, lentidão e perca de dados. Se você tem filhos que brincam muito com celular ou tablet, compre um aparelho mais simples para esse fim, deixe um aparelho só para o uso deles com jogos e vídeos, pois não é preciso um aparelho muito avançado para a diversão das crianças e isso evita que eles instalem ou desinstalem programas ou apaguem seus dados. Para aumentar a segurança dos pequenos, existem aplicativos e programas que impedem que eles façam alterações indevidas nos aparelhos e que acessem material inadequado. Cuidem dos seus aparelhos, eles são caros e hoje em dia são ferramentas essenciais para quase todos nós.

*Hugo Vitorino é Técnico em Tecnologia da Informação do IFPE, aluno do Curso de Administração de Empresas da UFRPE, usuário de Linux.