Monthly Archives: abril 2019

Bancada evangélica em culto na Câmara Foto: Eduardo Barretto/Época

A bancada evangélica reprovou a ideia de tributar igrejas e atacou Marcos Cintra, o secretário da Receita Federal que apresentou a proposta hoje, em entrevista à Folha de S.Paulo . Cintra defendeu um novo tributo, que atingiria inclusive as igrejas. Atualmente, as igrejas, evangélicas ou não, são isentas de tributação.

“Se ele repetir isso mais umas três vezes, ele cai. O Cintra é meu companheiro dos tempos de deputado. Vou ligar para ele e falar: ‘Ô, meu irmão, fica quieto aí’”, provocou o deputado Lincoln Portela, do PR de Minas Gerais, que presidia a bancada evangélica até o mês passado.

“As igrejas ensinam a ler, pagar imposto e trabalhar, chegam aonde o governo não chega”, completou.

Vice-líder do governo no Congresso, Marco Feliciano também provocou:

“Com esse tipo de pessoas no governo, quem precisa de oposição?”.  

Análise da empresa de consultoria digital Bites divulgada nesta segunda-feira (29) indica que a entrevista do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva aos veículos Folha de S.Paulo e El País na última sexta-feira (26) teve grande impacto apenas entre seguidores do PT. Esta foi a 1ª vez que Lula conversou com a imprensa desde que foi preso em 7 de abril de 2018.

“A conversa com os jornalistas está longe de ser uma explosão de apoio a Lula e, por enquanto, não ultrapassou as fronteiras daqueles que já seguem as teses do petista”, afirma o relatório.

A análise do Sistema Analítico Bites utiliza informações dos perfis oficiais do ex-presidente Lula no  Facebook, Twitter, Instagram e YouTube. De acordo com o relatório, desde sexta-feira (26) até a manhã de domingo (28), a equipe de assessoria de imprensa de Lula produziu 60 posts que registraram 158 mil interações.

Nesse período, as contas de Lula conseguiram mais 10.825 novos seguidores.  Nas citações abertas no Twitter sobre a entrevista, Lula apareceu em 581 mil posts contra os 298 mil tweets produzidos nas 48 horas seguintes ao posicionamento do STJ (Superior Tribunal de Justiça) que reduziu a pena do ex-presidente.

Nesse mesmo período, o presidente Jair Bolsonaro ganhou 27.945 seguidores, fez 39 posts em seus perfis e obteve 2.741.353 interações no Twitter, Facebook e Instagram. O resultado das interações  de Bolsonaro equivale a 17 vezes o número de interações do ex-presidente.

Compartilhamento: El País rendeu mais

A entrevista rendeu 1.380 artigos que geraram 5,2 milhões de interações nos 300 textos mais compartilhados no Facebook e Twitter. A reportagem do jornal El País respondeu por 13% desse volume e a Folha de S.Paulo ficou com 4%.

Na última semana, entre os 248 mil artigos publicados nos sites nacionais Bolsonaro e Lula, respectivamente, ficaram em 1º e 2º lugar em compartilhamentos.

Congresso Nacional

No Congresso Nacional, o apoio a Lula também ficou restrito a congressistas do PT. Os deputados federais produziram 653 posts sobre o ex-presidente. Destes, 547 foram feitos pela bancada petista. Com isso, os aliados do ex-presidente conseguiram 782 mil interações nessas publicações.

Lula não foi o assunto dominante da Câmara dos Deputados nas últimas 72 horas: juntos, os deputados fizeram 4.816 publicações que registraram 5,1 milhões de interações. O post de maior propagação foi da deputada Joice Hasselmann (PSL-SP) com uma entrevista da atriz Maitê Proença defendendo o pacote anticrime do ministro Sérgio Moro. Ela conseguiu 116 mil interações.

Esse padrão se manteve no Senado. Lula apareceu em 71 dos 746 posts. O PT também dominou as publicações do ex-presidente.

Fenômeno interessante tanto na Câmara e no Senado foi a ausência da defesa de Lula de antigos aliados que estavam com Lula nos seus 2 governos e na administração de Dilma Rousseff.

Hashtags

Nas 10 hashtags mais utilizadas, 4 foram positivas –#lulalivreja, #falalula, #lulainspira e #lulalivre– foram associadas a 224 mil tweets. Nas negativas, as 2 mais difundidas –#lulanacadeia e #moroteprendeubabaca– foram citadas em 140 mil posts.

Pesquisas sobre Lula no Google

Em uma escala que vai de zero a 100, o interesse pelo ex-presidente ficou na média de 34. Nas 48 horas após a decisão do STJ, essa taxa média foi de 29. A entrevista de Lula despertou 1 interesse 17 pontos superior aos eventos da redução da sua pena.

https://s2.glbimg.com/sYQdtVs3E2PB4QTFlaMVcsL84Bs=/0x0:550x350/1600x0/smart/filters:strip_icc()/i.s3.glbimg.com/v1/AUTH_bc8228b6673f488aa253bbcb03c80ec5/internal_photos/bs/2019/e/c/h0mJ2qSBiVDu6B0tSN1g/general-1.jpg

O Ministério da Cidadania nomeou nesta segunda-feira (29), o general Décio dos Santos Brasil como o novo Secretário Especial do Esporte do governo federal. A publicação foi feita no Diário Oficial do mesmo dia, em publicação assinada pelo Presidente Jair Bolsonaro e o Ministro da Cidadania Osmar Terra. Décio substitui outro general, Marco Aurélio Vieira, que ficou no cargo por pouco mais de três meses e foi exonerado.

Nas últimas semanas, a pasta vinha sendo ocupada interinamente por Washington Cerqueira, o “Coração Valente”, ex-jogador de futebol e Secretário Nacional de Esporte e Lazer. Décio dos Santos Brasil deixou o Exército em fevereiro do ano passado, após 42 anos. Ele foi vice-chefe do departamento de cultura e educação e foi chefe do centro de capacitação física.

Décio dos Santos Brasil já vinha acompanhando de perto a Secretaria Especial do Esporte. Ele esteve no Rio de Janeiro no dia 20 de abril, ao lado do presidente da Autoridade de Governança do Legado Olímpico (AGLO), Paulo Márcio Mello. A saída de Marco Aurélio Vieira aconteceu após queda de braço com o Ministro da Cidadania Osmar Terra. Marco Aurélio vinha perdendo espaço e não conseguia nomear para cargos importantes pessoas de sua confiança. Foi ficando esvaziado e na última semana foi exonerado do cargo.

Rumores já indicavam a possível exoneração. No dia 8 de abril, o general Marco Aurélio Vieira esteve reunido com o presidente, Jair Bolsonaro, sem a presença do ministro. Especula-se que as mudanças na pasta façam parte de um movimento do governo para ampliar a base partidária no Congresso e, assim, chegar ao número de votos necessários para a reforma da previdência. General da reserva do Exército desde 2002, Marco Aurélio foi diretor-executivo de operações da Rio 2016, além de ter participado do planejamento e da execução do revezamento da tocha olímpica pelas cinco regiões brasileiras.

Na “primeira linha” de cargos da Secretaria Especial do Esporte ainda está vago o Secretário Nacional de Alto Rendimento. O pastor evangélico João Manoel Santos Souza (MDB-MA) será o escolhido, mas seu nome ainda não foi nomeado no Diário Oficial. Ele tem relações com a família Sarney e não tem histórico no esporte, o que trouxe insatisfação de atletas e ex-atletas nas redes sociais.

Após a expressiva votação obtida por João Campos em 2018 para deputado federal e sua pré-candidatura a prefeito do Recife cada vez mais consolidada, mais um filho do ex-governador Eduardo Campos, falecido em 2014, poderá entrar na política. “Vida fácil pra que te quero?”.

Pedro Campos estaria sendo cotado para compor uma chapa majoritária de uma cidade que João Campos recebeu expressiva votação. A vaga de vice-prefeito de Limoeiro, de acordo com informações de bastidores, pode ser o caminho para o jovem, que seria trabalhado pra disputar uma cadeira na Assembleia Legislativa de Pernambuco em 2022.

O vereador Daniel Valadares (MDB) esteve no gabinete do deputado Waldemar Borges (PSB) levando novas demanda da população de Afogados da Ingazeira, como por exemplo à luta pelo abastecimento de água das comunidades de Poço de Pedra, Escada e Carnaibinha; e ainda resolver demandas pendentes.

O vereador solicitou do deputado novas emendas para o município. Waldemar Borges se prontificou a ajudar Daniel Valadares no mais curto espaço de tempo.

“o encontro foi positivo com o deputado, Wal é um deputado atuante e muito atencioso com nosso povo, espero que o governo Paulo Câmara também tenha essa atenção com nossas demandas” comentou o vereador Daniel Valadares.

Por inoperância de um governo que praticamente abandonou o Sertão do Estado, trafegar pela estrada PE-550, tem gerado muitos transtornos em Santa Maria da Boa Vista, no Sertão do São Francisco. Os buracos, a falta de acostamento e sinalização são alguns dos problemas da rodovia que foi construída há 17 anos e nunca passou por reformas.

São 43 quilômetros da estrada em péssimas condições que liga o povoado de Urimã ao Projeto Fulgêncio, área de produção de frutas da cidade. Há 10 anos a comunidade tem sofrido com os problemas. “Quebra moto, quebra carro e o pessoal não tem vindo pegar mercadoria da gente por conta das estradas, tem que baratear o produto” afirmou o presidente da Associação de Agricultores de Santa Rosa, Fábio Rodrigues de Araújo.

Os buracos ainda facilitam a ação de criminosos, os agricultores relatam que os bandidos ficam na beira da estrada de forma discreta, abordam e levam seus pertences.

A educação de crianças e jovens da região também tem sido afetadas pelas condições da estrada. Cerca de 130 alunos precisam passar pelo projeto diariamente. De acordo com a professora Lucilene de Araújo, os transportes escolares quebram e provoca a ausência de turmas inteiras, atrasando o cronograma de aulas previsto. “Nós preparamos umas aulas para atender uma demanda, e os alunos não vem, devido a estrada que não dá acesso suficiente, os transportes quebram, aulas atrasadas, e dá um transtorno horrível”, relatou Lucilene.

A população pede que o governo do estado faça urgentemente uma reforma na estrada.

Em nota, o Departamento de Estradas de Rodagem (DER) em Pernambuco informou que concluiu o plano de conservação da malha viária estadual e que já está em andamento a licitação para execução dos serviços de manutenção na via. A previsão é que esse processo seja finalizado em até três meses. Ainda segundo o DER, os serviços emergenciais serão inseridos e realizados conforme o cronograma do órgão.

O Fies oferece financiamento para cobrir os custos das mensalidades de instituições privadas de ensino superior

O governo federal abriu nesta segunda-feira (29) período para renegociação de dívidas do Fies (Financiamento Estudantil). O prazo vai até 29 de junho.  Mais de 500 mil contratos estão inadimplentes há pelo menos três meses. No total, o saldo devedor do programa alcança R$ 11,2 bilhões, segundo o FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação), órgão do Ministério da Educação que gerencia o Fies.

Pelo Fies, os alunos fazem a faculdade em uma instituição privada, e a União paga as mensalidades. O estudante tem de começar a quitar as prestações um ano e meio depois de formado. A renegociação é voltada para estudantes que contrataram o financiamento até 2017, que não sejam alvo de ações judiciais e estejam com atrasos acima de 90 dias. As regras de renegociação foram firmadas em novembro de 2018, ainda no governo Michel Temer (MDB).

Os interessados devem pagar uma entrada de 10% do valor da dívida ou R$ 1.000 (o que for maior). A dívida vencida, acrescida de juros e demais encargos, poderá ser paga em dois anos. A parcela mínima mensal está estipulada em R$ 200. Os interessados deverão solicitar a renegociação no Banco do Brasil ou na Caixa Econômica Federal, por meio dos canais de atendimento que serão disponibilizados por cada agente financeiro.

Caroline Bittencourt

A modelo e apresentadora Caroline Bittencourt está desaparecida, segundo confirmou a mãe dela, Rosangela, em entrevista à Record TV. Carol estava junto ao marido, Walter, em um barco em Ilhabela, no litoral de São Paulo, e, após fortes chuvas na região, teria desaparecido.

Bombeiros da cidade de Ilhabela confirmaram que uma mulher está desaparecida desde domingo (28), mas não confirmaram que se trata de Carol. A assessoria da modelo não confirmou o ocorrido, mas disse que não conseguiu contato com ela desde o passeio de barco.  

http://joseliamaria.com/wp-content/uploads/2018/04/IMG_20180430_084838.jpg

As finanças estaduais estão sendo pressionadas pelo aumento de gastos com militares, considerando policiais e bombeiros. Um estudo divulgado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) nesta segunda-feira (29) mostra que a folha de pagamento dessa categoria nos estados é de quase R$ 80 bilhões.

Os gastos com militares têm afetado as finanças estaduais basicamente por dois motivos. Primeiro, é uma categoria que tradicionalmente se aposenta mais cedo do que as demais. Segundo, a quantidade de militares inativos é crescente, e os salários são maiores do que o observado entre os trabalhadores ativos.

Os militares nos estados são formados em sua maioria por praças (90%) das PMs e Corpos de Bombeiros. Os gastos com militares do Exército, Marinha e Aeronáutica são de responsabilidade da União.

Em média, o salário dos militares estaduais que estão na ativa é de R$ 5.237, a remuneração dos inativos é de R$ 7.860,62 e a de pensionistas chega a R$ 4.820,70.

Os sinais de deterioração das contas públicas a ficaram evidentes nos últimos anos. Enquanto a receita líquida dos governos estaduais cresceu 3% ao ano de 2006 a 2017, os gastos com militares aumentaram 7% ao ano no período. Passaram de R$ 39,9 bilhões para R$ 79 bilhões.

Com esse crescimento, o peso da folha de pagamento dos militares em relação ao total das receitas dos Estados cresceu de 9% para 12,5%. “A contenção da expansão da folha de pagamentos militar representa um grande desafio para os governos estaduais”, observou o Ipea.

Em alguns estados, como Minas Gerais e Rio de Janeiro, um quinto da receita da administração pública é destinada para o pagamento de militares.

Dependência

O quadro é ainda mais difícil porque, em alguns estados, a quantidade de militares inativos e pensionistas já é maior do que a de ativos, dificultando uma recuperação das finanças locais no curto prazo.

No levantamento, o Ipea calculou a razão de dependência dos militares que não estão atuando em relação aos que seguem na profissão. Em São Paulo, a razão de 1,2; no Rio Grande do Sul, chega a 1,9 – quando a taxa supera 1, significa que há mais trabalhadores inativos e pensionistas do que ativos.

Número de militares estaduais

Segundo o Ipea, existem atualmente cerca de 456,6 mil militares estaduais em atividade no Brasil, considerando os policiais e bombeiros, além de cerca de 250 mil inativos e 135 mil pensionistas. Os números não incluem o Distrito Federal, pois sua folha de pagamento é de responsabilidade constitucional da União.

“No país como um todo, há quase o mesmo número de militares ativos do que de inativos e pensionistas somados”, informou o Ipea.

De acordo com o estudo, mantendo-se as regras previdenciárias atuais nas Unidades da Federação, em pouco mais de uma década 52% do contingente de militares estaduais em atividade no Brasil (policiais militares e bombeiros) estará na inatividade.

O Ipea projeta um crescimento de mais de metade do número de inativos no prazo de 15 anos, “uma vez que as concessões de benefícios deverão ser muito superiores aos cancelamentos por morte”.

Reforma da Previdência

No fim de março, o governo apresentou uma reforma para militares. O projeto de lei que altera o regime previdenciário e prevê uma reestruturação das carreiras dos militares também vincula os policiais militares e bombeiros às novas regras.

De forma geral, a proposta de reforma do regime de aposentadoria dos militares aumenta o tempo de serviço na ativa e também a alíquota de contribuição da categoria. A economia líquida deve superar R$ 10 bilhões no período de dez anos. Com informações do G1.

http://anoticiadoceara.com.br/wp-content/uploads/2016/03/668182-high.jpeg

A força-tarefa da Operação Lava Jato solicitou à juíza Carolina Lebbos, da 12ª Vara Federal de Curitiba, que intime o ex-deputado Pedro Corrêa (PP-PE) a informar se já fez a cirurgia bariátrica, cuja necessidade havia comunicado à Justiça. O Ministério Público Federal quer saber quais são “as condições atuais de saúde” do ex-parlamentar e a possibilidade ou não de fazer seu monitoramento por tornozeleira eletrônica.

Pedro Corrêa foi condenado no mensalão e na Lava Jato. Em 2017, o ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal, homologou delação do ex-deputado na investigação sobre o esquema de corrupção, cartel e propinas instalado na Petrobras. À Lava Jato, Pedro Corrêa relatou que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva articulou esquema de corrupção na Petrobras Segundo a delação, o petista teria imposto rigorosamente a nomeação do engenheiro Paulo Roberto Costa para a Diretoria de Abastecimento da estatal petrolífera, em 2004.

O delator admitiu que recebeu propina de quase vinte órgãos do governo ao longo de sua vida política, tendo começado a captar dinheiro ilícito ainda na década de 1970, em contratos do extinto Inamps. Na manifestação à juíza Carolina Lebbos, a força-tarefa relatou que Corrêa havia retirado a tornozeleira “para realização de ressonância magnética até ulterior deliberação sobre a alta hospitalar”.

O ex-deputado deixou o hospital e voltou para casa em 9 de abril De acordo com a Lava Jato, Carolina Lebbos determinou, então, a recolocação da tornozeleira. “A defesa do executado pugnou seja autorizada a reinstalação do equipamento de monitoramento eletrônico somente após a realização e recuperação da cirurgia bariátrica a ser realizada por Pedro Corrêa, considerando os riscos do procedimento operatório, bem como o uso de perneiras pneumáticas para a prevenção de embolias”, narrou a força-tarefa.

“Pedro Corrêa recebeu alta hospitalar em 9 de abril de 2019 e, ainda que realize a cirurgia bariátrica, não há nos autos informação e sequer documentação médica informando sobre a possível data do procedimento cirúrgico e dos cuidados pré-operatório a serem realizados pelo executado. O que se colhe a partir das informações prestadas até o momento, é que não haveria impedimentos para que o executado volte a utilizar a tornozeleira eletrônica durante o período pré-operatório, tampouco no pós-operatório”.

http://s2.glbimg.com/J_-WlBFb3P2689bCfibWB1UVw3s=/620x465/s.glbimg.com/jo/g1/f/original/2017/03/25/img-20170324-wa0128.jpg

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu a segunda maior carga de cigarros contrabandeados flagrada  em Pernambuco. As 400 mil carteiras de cigarro, avaliadas em R$ 2 milhões, foram interceptadas na BR 101, no Curado, na Zona Oeste do Recife. A mercadoria tinha origem coreana e era transportada na carroceria de um caminhão. A operação que resultou no flagrante aconteceu no domingo (28). A maior apreensão do tipo no estado ocorreu em abril de 2017, quando 408 mil carteiras de cigarro foram apreendidas em São Caetano, no Agreste.

Segundo a PRF, policiais estavam realizando uma fiscalização na rodovia quando abordaram um caminhão guiado por um homem de 37 anos. Ao ser questionado sobre a carga transportada, ele declarou que o veículo estava vazio. Na vistoria, porém, os agentes encontraram centenas de caixas de cigarro.

O condutor então informou que havia sido contratado para realizar o transporte da mercadoria do Ceará até a Bahia, mas não disse quem havia carregado o veículo ou encomendado o produto. Ele foi preso em flagrante e encaminhado à Superintendência da Polícia Federal no Recife, no Cais do Apolo, área central do Recife. Ele deverá responder pelo crime de contrabando, que prevê pena de dois a cinco anos de prisão.

O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente e a Prefeitura Municipal de Serra Talhada informam que estão abertas as inscrições para a Eleição Unificada do Conselho Tutelar 2019. A eleição será realizada no dia 06 de outubro em todo o país.

As inscrições são gratuitas e estará aberta até o próximo dia 03 de maio na Secretaria Executiva dos Conselhos, que fica localizada na Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Cidadania, situada à Rua Manoel Pereira da Silva, 1059, Nossa Senhora da Penha, no horário das 08h às 13h. O edital 01/2019 com todas as informações está publicado no portal oficial da Prefeitura de Serra Talhada: www.serratalhada.pe.gov.br.

A prova escrita, de caráter eliminatório, será realizada no dia 27 de junho de 2019, com duração máxima de 3 (três) horas, em local e horário divulgado com 48 horas de antecedência. A prova constará de 38 questões, sendo 30 (trinta) questões objetivas com avaliação de 0,2 pontos cada uma, e 08 (oito) questões subjetivas com avaliação de 5,0 cada uma, totalizando 100 (cem) pontos, realizadas com base nos conteúdos ligados à infância e à adolescência, previstos no Estatuto da Criança e do Adolescente (Lei Federal nº 8.069/90), conforme Conteúdo Programático constante do Anexo I deste Edital. 9.2.

Requisitos obrigatórios

Para a candidatura e escolha dos conselheiros tutelares será exigido dos candidatos interessados o preenchimento dos seguintes requisitos de habilitação: reconhecida idoneidade moral;  idade superior a 21 (vinte e um) anos;  estar no gozo dos direitos políticos;  ter aprovação em avaliação com questões múltiplas, de caráter eliminatório de conhecimento do Estatuto da Criança e do Adolescente, com nota para aprovação igual ou superior a 6,0 (seis); comprovação de nível de escolaridade do ensino médio;  comprovação de experiência nas áreas de promoção, atendimento e defesa dos direitos da criança e do adolescente de no mínimo 02 (dois) anos, comprovada através de declaração emitida por entidade não governamental devidamente cadastradas no Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente; ter aprovação em exame psicotécnico, a ser realizado por profissional indicado pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do adolescente; e ter aprovação em prova pratica de informática, com nota para aprovação igual ou superior a 7,0 (sete).

1º de maio

Abrindo oficialmente a programação do aniversário de 168 anos de Emancipação Política de Serra Talhada, a Prefeitura Municipal realiza, nesta quarta-feira, 1º de maio, a 7ª Caminhada do Trabalhador.

O evento, que é organizado pela Secretaria de Esportes e Lazer, é totalmente gratuito e premiará com kits esportivos os 100 primeiros colocados.  A concentração será a partir das 06h30, na Academia das Cidades, do IPSEP, com destino ao bairro da Malhada.

Tecnologia, segurança e privacidade – I

Por Hugo Vitorino*

O cuidado com as senhas

Vamos começar uma sequência de colunas com foco em segurança e privacidade no mundo da tecnologia, já falamos sobre cuidados físicos com nossos aparelhos e agora vamos falar de cuidados com a segurança e a privacidade dos nossos dados, começando pelas senhas.

O mundo da tecnologia é uma maravilha quando bem entendido e bem utilizado, mas pode ser um pesadelo se perdemos nossas informações. A maneira mais comum de garantir que somente nós ou pessoas que autorizamos, tenha acesso aos nossos dados é com uma senha (também chamada palavra-chave ou palavra-passe). Hoje em dia sempre que vamos fazer algum cadastro utilizando nosso e-mail, é comum que o site, ou aplicativo no qual estamos fazendo o cadastro nos solicite uma senha forte, mas o que podemos considerar uma “senha forte”?

Para ter uma senha mais segura é recomendável que não sejam utilizados números e nomes fáceis de serem associados ao usuário, por exemplo: datas de nascimento própria, de parentes ou de ídolos dessa pessoa, números de telefone, números de documentos e muito menos nomes de pessoas. É muito recomendável que se usem caracteres especiais na senha, como @ # $ % & *, e que as senhas também contenham números e letras maiúsculas e minúsculas e pelo menos 8 caracteres.

Um dica que eu sempre dou para criar uma boa senha é seguir quatro passos simples:

1 – Imagine uma palavra que faça parte do seu dia-a-dia mas que não seja tão óbvia para todos, por exemplo, se você gosta de culinária e gosta muito de comer tapioca, então vamos elaborar uma senha a partir da palavra tapiocas.

2 – Vamos substituir algumas letras por números e caracteres especiais:

tapiocas transforma-se em t4pioc@s$ (substituímos algumas letras por números e caracteres especiais e acrescentamos caracteres especiais);

3 – Vamos transformar e deixar a senha com letras maiúsculas e minúsculas:

t4pioc@s$ transforma-se t4Pioc@S$ (veja que o “P” e o “S” agora são maiúsculos);

4 – Caso sua senha ainda tenha menos de 8 caracteres você pode inserir mais caracteres especiais, ou inserir mais caracteres apenas para deixar a senha mais forte:

t4Pioc@s$ transforma-se em %t4Pioc@S$* (Acrescentamos o sinal % no início e o * no final).

Veja que a partir de uma palavra simples, associada a algo comum no seu dia-a-dia e fácil de você lembrar, podemos criar uma senha forte e segura para os e-mails e serviços que utilizamos na internet e necessitam de senhas, da palavra tapiocas, geramos a senha %t4Pioc@S$* , que é uma senha com mais de 8 caracteres, possui números, letras maiúsculas e minúsculas e caracteres especiais. Pode parecer complicado, mas com o hábito vamos aprender a criar e memorizar senhas mais seguras, que dificilmente serão descobertas ou hackeadas, lembre-se que também é importante mudar suas senhas com frequência, seja 3 meses, 6 meses, um ano, é importante mudar suas senhas.

*Hugo Vitorino é Técnico em Tecnologia da Informação do IFPE, aluno do Curso de Administração de Empresas da UFRPE e usuário de Linux.

A possível desativação da Agência da Receita Federal de Salgueiro, já abordada na Câmara de Vereadores do município e em artigo publicado no Blog de Alvinho Patriota, desta vez será pautada em discurso do deputado federal Gonzaga Patriota (PSB) esta semana, em Brasília.

Na tribuna da Câmara dos Deputados, o socialista pretende expor argumentos que justificam a saída da Receita Federal de uma das principais cidades do Sertão pernambucano. Gonzaga apelará ao Governo Federal para manter a agência em Salgueiro ou, pelo menos, transformá-la em um posto de atendimento.

O deputado fundamentará sua fala no artigo escrito por Alvinho e postado neste blog na semana passada. Nele, o advogado alerta que a agência de Salgueiro pode ser extinta e a de Ouricuri transformada em um posto, tornando a situação difícil para quem usa os serviços da instituição em todo o perímetro.

Geraldo Julio (PSB), será o primeiro prefeito brasileiro a assumir a presidência do CLEI para a América Latina, substituindo o prefeito de Quito (Equador), Maurício Rodas. O CLEI – Governos Locais pela Sustentabilidade – é uma rede global com mais de 1,7 mil governos locais e regionais comprometida com o desenvolvimento urbano sustentável.

A informação foi transmitida pelo secretário-executivo da instituição para a América Latina, Rodrigo Perpétuo.

A posse de Geraldo Julio será no mês de junho, em Bonn, Alemanha, sede da instituição, quando ele passará a liderar o comitê que congrega 73 governos estaduais e municipais do Brasil.