Os cortes de 30% nos recursos para Universidades Federais e Institutos Federais levaram milhares de pessoas às ruas de todo o Brasil. Em Afogados da Ingazeira não foi diferente. Professores, estudantes, gestores escolares, representantes de sindicatos e associações de classe, foram às ruas nesta quarta-feira (15), protestar contra os cortes anunciados pelo governo Bolsonaro.

Por sua histórica ligação com a cultura, à educação e o conhecimento, o vice-prefeito de Afogados da Ingazeira, Alessandro Palmeira, foi prestar solidariedade à justa manifestação.

“Estou aqui com vocês para demonstrar a minha preocupação com esse enorme retrocesso. Uma nação justa, solidária, só se constrói com maciços investimentos em educação. Foi e é assim em todos os países com alto grau de desenvolvimento”, avaliou Alessandro Palmeira, que ainda destacou a preocupação específica com o IFPE – campus Afogados, caso os cortes venham paralisar as atividades do Instituto.