Por Giovanni Sá Filho/Farol de Notícias

O líder da oposição Antônio de Antenor abriu o verbo nesta quinta-feira (27) ao analisar as críticas do secretário de Desenvolvimento Econômico, Marcos Oliveira, que tachou os parlamentares oposicionistas de ‘aves agourentas’, após críticas ao lamaçal no dia da inauguração do Assaí Atacadista [veja aqui].

Em entrevista ao programa Frequência Democrática, na Vila Bela FM, Antenor afirmou que Marcos Oliveira, como cidadão, pode ser considerado “uma boa pessoa”, mas como gestor é “um secretariozinho meia tigela, de baixo escalão, lambuzento, arrogante e mal educado”, e que não sabe lidar com os problemas dos mais humildes.

Na visão de Antônio de Antenor, esta postura de Oliveira tem feito Luciano Duque perder cada vez mais intenções de voto junto à categoria dos vendedores ambulantes da cidade.

“Esse secretário Marcos Oliveira que na feira livre não tem um voto a favor dele, porque já demonstrou que é o pior secretário do governo, um secretário de baixo escalão, secretariozinho pequeno e está ajudando a oposição a ganhar voto ali na feira livre. Porque aquele rapaz, com aquela arrogância dele, com aquela brutalidade dele, eu não sei onde ele arrumou tanta má educação para tratar com os pobres, principalmente nessa questão dos camelôs. Como é que ele trata [os camelôs]? Ele trata como se fossem moleques, porque ele é mal educado e não tem sabedoria para lidar com essas pessoas”, disse Antenor, abrindo fogo:

“Então, o secretário Marcos, para você criticar vereadores tem que ter coerência, porque era para ter feito primeiro o seu papel e [antes da abertura do Assaí] ter feito a avenida, asfaltado para receber uma grande obra e você deixou, no dia na inauguração, o lamaçal para melar o povo que tinha de passar a pé. Uma atitude de um secretário pequeno que você é. Secretário de meia tigela. Quero dizer Marcos, que como cidadão você é gente boa, mas como secretário é o pior que Luciano tem e está acabando com votos do prefeito lá na feira. É um secretário lambuzento, igual a coruja que só gosta de estar no chão, eu não sei de onde ele quis chamar nós de agourentos, porque ele é que nem coruja que só vive no chão olhando para um lado e para o outro”.

O QUE IRRITOU

Antônio de Antenor se irritou com a nota escrita pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico [leia aqui], distribuída à imprensa após a inauguração do Assaí Atacadista, em que – além de “agourentos” – Marcos Oliveira culpava os vereadores por serem contrários ao progresso do município. Argumento que o líder da oposição fez questão de rebater, alegando que:

“Primeiramente o prefeito era para ter feito a estrutura daquela avenida [antes da inauguração do Assaí]. Ali no mínimo era para ter asfaltado, colocado faixa para tudo ficar bonitinho para receber uma grande obra. Agora vir dizer que vereadores são contra o Assaí? Isso não!”.