Jair Bolsonaro e Michelle Bolsonaro Foto: Marcos Corrêa/Presidência

Antes de ser revogado por Jair Bolsonaro para que sua mulher, Michelle Bolsonaro, apadrinhasse o Pátria Voluntária, o prêmio Viva Voluntário, que era capitaneado por Marcela Temer, só deu uma premiação.

Em 2017, Marcela Temer lançou o Viva Voluntário, que previa até desempate em concursos para voluntários. O programa só começou a rodar em 2018.

Também foi instituído o Prêmio Nacional do Voluntariado, que seria entregue todos os anos, mas só aconteceu uma vez.

Na versão Bolsonaro, o prêmio passou a se chamar Prêmio Nacional de Incentivo ao Voluntariado.

E, para não restar dúvida, o Palácio do Planalto apagou todas as páginas do Viva Voluntário de seu site.