Fotos: Hélia Scheppa/Divulgação

O governo Paulo Câmara anunciou que o Corpo de Bombeiros Militar de Pernambuco e a Corregedoria Geral da SDS terão mudanças no comando.

Em ato do governador Paulo Câmara, a ser publicado na edição desta sexta-feira, dia 1º de novembro, no Diário Oficial, o coronel Manoel Cunha, comandante geral do CBMPE desde julho de 2014, será substituído pelo coronel Rogério Coutinho, que vinha ocupando a Diretoria de Finanças da corporação.

Na Corregedoria, a delegada federal Carla Patrícia Cunha, à frente do órgão desde junho de 2017, retorna à PF por convocação do diretor-geral da PF, Maurício Valeixo. Interinamente, assumirá atual corregedor-adjunto, o coronel do CBMPE Clóvis Ramalho.

“Quero agradecer, em nome da segurança e também da população, pelos inestimáveis serviços prestados por esses dois compromissados e competentes servidores públicos. Coronel Cunha foi fundamental para a expansão do Corpo de Bombeiros no território Pernambuco, a implantação do programa Bar Seguro e o comando seguro da tropa, que respondeu com resultados significativos na prevenção de acidentes, aumento de resgates e fiscalizações”, afirmou o secretário Antonio de Pádua.

“Carla Patrícia, que retorna à PF por convocação, teve uma atuação notável na maior aproximação com as quatro operativas de segurança, na normatização de procedimentos, modernização dos sistemas de informação, além de ter colocado seus 20 anos de experiência profissional em favor da construção do Departamento de Combate à Corrupção e ao Crime Organizado (Dracco)”, acrescentou.

TRANSMISSÃO

Com 31 anos de CBMPE, o coronel Cunha irá para a reserva.

“Cumpri minha missão e agradeço imensamente a todos os que colaboraram nessa caminhada. Desejo todo sucesso ao amigo Rogério Coutinho, um excelente quadro e que colaborará muito com a corporação”, disse Cunha.

Coutinho, o sucessor do Comando Geral, está servindo à corporação desde 1991. É formado em Ciências Econômicas pela UFPE e especialista em Economia e Gestão Empresarial pela Universidade Estácio de Sá.

Em seu histórico profissional, comandou o Grupamento de Bombeiros de Atendimento Pré-Hospitalar (GBAPH), que tem uma função estratégica dentro do Pacto pela Vida, ao possibilitar a assistência imediata e remoção de vítimas de violência.

Ele ocupou, nessa trajetória, outras funções de comando e diretoria dentro da corporação.

A transmissão de cargo está prevista para a próxima quarta-feira (dia 6/11), na sede do CBMPE.

RETORNO À PF

Segundo o governo estadual, ao retornar à PF, Carla Patrícia Cunha fica à disposição da Superintendência do órgão em Pernambuco.

Em ofício encaminhado ao secretário de Defesa Social, o diretor-geral Maurício Valeixo destacou a necessidade de poder “contar com a capacidade técnica da servidora para a gestão do Planejamento Estratégico da Unidade”.

“Agradeço a todos, em especial ao secretário Antonio de Pádua, pela oportunidade de ter colaborado com a Corregedoria. Encontrei aqui pessoas maravilhosas, profissionais e policiais de excelência”, destacou, em nota oficial da SDS.