Ônibus parados durante protesto na Ponte Duarte Coelho, na região central do Recife, nesta quinta-feira (5) — Foto: Reprodução/TV Globo

Motoristas e cobradores paralisaram ônibus para protestar, na manhã desta quinta-feira (05), na região central do Recife. Os coletivos foram estacionados nas avenidas Conde da Boa Vista e Guararapes, além das ruas do Sol, Aurora, Gervásio Pires e Dom Bosco, de acordo com a Autarquia de Trânsito e Transporte e Urbano (CTTU).

Passageiros tiveram de descer dos veículos e seguir a pé. Com faixas, o grupo protestou contra a dupla função dos motoristas, que passaram a atuar também como cobradores em parte das linhas que circulam pelo Grande Recife.

Segundo a CTTU, os coletivos começaram a ser estacionados por volta das 7h30. Agentes de trânsito foram deslocados para acompanhar o ato.

A nova direção do Sindicato dos Rodoviários, que foi eleita, mas ainda não assumiu, realizou nas últimas semanas uma série de protestos contra a extinção do cargo de cobrador. Foram registrados protestos em bairros como Torre e Ibura, no Recife, e também no Terminal Integrado Xambá, em Olinda.

No dia 29 de novembro, ônibus foram paralisados e estacionados nas ruas José Bonifácio e Real da Torre, no bairro da Torre, na Zona Oeste do Recife. Pelo mesmo motivo, no dia 28 de novembro, moradores das proximidades, cobradores e motoristas iniciaram o ato no cruzamento da Avenida Dois Rios com a Rua Rio Xingu, no Ibura, Zona Sul do Recife, por volta das 8h, deixando o trânsito complicado.