Botes infláveis foram usados pelos policiais durante a operação no Sertão — Foto: Divulgação/ Polícia Federal

A Polícia Federal divulgou nesta quinta-feira (20) o balanço da Operação Muçambê I, que promoveu ações de identificação e erradicação de plantios de maconha no Sertão pernambucano. De 4 a 18 de fevereiro, cerca de 90 mil pés de maconha foram erradicados e destruídas, além de 51 plantios, 30 mil mudas da planta. Houve ainda a apreensão de 1.120Kg de maconha pronta para o consumo.

Os plantios foram localizados em algumas ilhas dos Rio São Francisco e na região das cidades pernambucanas de Orocó, Cabrobó, Belém do São Francisco, Santa Maria da Boa Vista. Além de áreas de caatinga de Salgueiro, Parnamirim, Carnaubeira da Penha, Serra Talhada, Betânia, Ibó e Floresta.

Os policiais federais trabalharam com incursões terrestres, aéreas e fluviais, com uso de duas aeronaves, botes infláveis e uma ambulância para realização de pronto atendimento.

Cerca de 90 mil pés de maconha foram erradicados e destruídas, além de 51 plantios, 30 mil mudas da planta. — Foto: Divulgação/ Polícia Federal

De acordo com a PF, caso os 90 mil pés de maconha fossem colhidos, prensados e colocados no mercado consumidor daria para se fazer 30 toneladas de maconha. Com operações consecutivas, a Polícia Federal contribui significativamente para o desabastecimento dos pontos de venda de droga no estado.  

Cerca de 90 mil pés de maconha foram erradicados e destruídas, além de 51 plantios, 30 mil mudas da planta. Com informações do G1.

 
bove=""