Pedro Araújo

As informações que informam as verdades dos fatos, sem ferir ou denegrir pessoas ou imagens. Como também, nunca procurando agradar aos maus feitores.

A estimativa do governo do estado é receber dois milhões de turistas em Pernambuco no carnaval deste ano. No ano passado, passaram pelo estado 1,7 milhão de turistas. “Temos o carnaval de rua legítimo, mais democrático do país. Com nossa roupa, nosso sotaque, nosso jeito”, afirmou Rodrigo Novaes, presidente da Empetur. O carro-chefe da ação de promoção do destino Pernambuco teve como mote a celebração do centenário do boneco gigante Zé Pereira, que deixou sua cidade natal, Belém de São Francisco, para celebrar o carnaval no Recife. Ele chegou à capital na quarta-feira, com a companheira, a boneca Vitalina.

Segundo cálculos do governo, entre os brasileiros que curtiram a festa em Pernambuco no ano passado, os paulistas foram maioria, sendo 27,52% do total de visitantes. Entre os estrangeiros, os argentinos foram líderes, com 39,19% do total. O gasto médio individual diário foi de R$ 231,37. O tempo médio de permanência foi de quatro dias. A taxa de ocupação nos equipamentos hoteleiros dos municípios ficou em 89,83%.

Ontem (27), o Ministério Público de Pernambuco recomendou ao comando geral da Polícia Militar uma série de medidas ao efetivo que vai atuar no policiamento ostensivo no período do carnaval. Entre as medidas, aplicar o uso da força policial com base nos princípios da legalidade, necessidade, razoabilidade e proporcionalidade, além de uso de identificação nas fardas. Foi destacada, ainda, a necessidade de assegurar o direito à livre manifestação dos jovens da periferia ao se expressarem por meio da música e dança. Questionado sobre excessos policiais no período de carnaval e o estrago que podem causar à imagem do turismo do estado, Novaes disse que não poderia falar pela pasta de segurança, mas, ao mesmo tempo, ressaltou a queda no número de homicídios em Pernambuco.

Imagem do Palácio da Justiça com o céu azul ao fundo

O Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) funciona em regime de plantão entre os dias 1º e 6 de março. As atividades judiciais ficarão suspensas, funcionando em regime de plantão para atender às demandas urgentes de caráter cível e criminal, como habeas corpus, mandados de segurança e medidas cautelares, entre outras. 

O Plantão Judiciário do 1º Grau na Capital acontece no Fórum Desembargador Rodolfo Aureliano, na Ilha Joana Bezerra, das 13h às 17h. Os plantões do 1º Grau serão realizados também em 14 unidades judiciárias da Região Metropolitana do Recife (RMR) e do Interior.

Já o Plantão Judiciário do 2º Grau será realizado no Núcleo de Distribuição e Informação Processual, localizado no térreo do Palácio da Justiça, no bairro de Santo Antônio. O horário de funcionamento também é das 13h às 17h.

Juizado do Folião

No sábado (02), durante o desfile do Galo da Madrugada, o Juizado do Folião do TJPE atende ocorrências que envolvam crimes de menor potencial ofensivo. São dois polos de apoio à população, onde os cidadãos poderão fazer o registro de ocorrências: no térreo do Fórum Thomaz de Aquino, na Avenida Martins de Barros, 593, bairro de Santo Antônio; e na Estação Central do Metrô do Recife, situada na Rua Floriano Peixoto, no bairro de São José. O serviço vai funcionar das 13h às 21h.

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) instaurou inquérito para investigar a ausência de informações obrigatórias que deveriam estar publicadas no site do Portal da Transparência da Secretaria de Defesa Social (SDS). Denúncias encaminhadas à Promotoria de Defesa da Cidadania da Capital apontam que informações básicas, como detalhes de contratos firmados com empresas privadas e dados sobre os servidores que fazem parte da pasta estadual, não são encontradas no site.

A falta de informações é considerada uma violação aos princípios da administração pública e pode acarretar, inclusive, em processo contra gestores por improbidade administrativa.

A Lei de Transparência foi sancionada em 2009, pelo governo federal, obrigando a União, estados e municípios a divulgar, em tempo real, os gastos com dinheiro público. Dois anos mais tarde, também foi sancionada a Lei de Acesso à Informação, que obriga o Poder Público a fornecer dados solicitados pelos cidadãos.

A investigação sobre a suposta omissão da SDS em relação à divulgação dos dados está sob a responsabilidade da promotora de Justiça Maria Aparecida da Silva.

POLÍCIA CIVIL

Não é de hoje que a imprensa questiona a falta de transparência na segurança pública de Pernambuco. Os números de homicídios, que no governo Eduardo Campos eram publicados no site diariamente (assim como nomes e idades das vítimas), passaram a ser divulgados apenas uma vez por mês. E sem as informações básicas, gerando questionamentos sobre a realidade dos números.

A atual gestão da Polícia Civil, subordinada à SDS, também proibiu delegados e peritos de darem entrevistas sobre determinados casos sob investigações. Não só isso. Repórteres que publicam reportagens com críticas à atual gestão estão sendo proibidos pela assessoria da Polícia Civil de participarem do grupo de WhatsApp onde são divulgadas informações e fotos oficiais de prisões efetuadas pelo órgão – num claro ato de censura. O caso foi denunciado ao Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Pernambuco.

Os números dos privilégios dos aposentados no setor público são chocantes, quando comparados àqueles do setor privado. O valor médio de aposentadoria no Poder Judiciário, por exemplo, chega a R$27 mil mensais, mas quem acha isso um escândalo precisa saber que no Legislativo a média passa os R$28 mil. Enquanto isso, 66,5% dos aposentados, que totalizam 23,3 milhões de brasileiros inativos do setor privado, recebem proventos de até um salário mínimo por mês.

Os aposentados do Legislativo recebem o equivalente a vinte vezes o valor médio da aposentadoria dos trabalhadores do setor privado.

Os números apurados pela equipe que elaborou o projeto de reforma apontam para a mais completa desorganização da Previdência.

O rombo da Previdência, que totaliza cerca de R$185 bilhões por ano, impede o governo de investir em projetos que geram renda e emprego.

Os 2,8 milhões de servidores aposentados custam aos cofres públicos, basicamente, o mesmo que 30 milhões de inativos do setor privado. As informações são do Diário do Poder.

Com o tema “Participação, inclusão, autonomia e funcionalidade da pessoa com deficiência intelectual”, a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) de Serra Talhada realiza o II Congresso Interdisciplinar de Atendimento à Pessoa com Deficiência (II CIAPED) nos dias 29, 30 e 31 de março.

O evento busca compartilhar com a sociedade os desafios das pessoas deficientes no campo técnico-científico entre professores, estudantes, trabalhadores da saúde e população em geral. Profissionais de vários setores serão envolvidos numa abordagem interdisciplinar, no intuito de interligar diferentes olhares, conseguindo discussões amplas e bem fundamentadas.

Outro objetivo é apresentar à sociedade os trabalhos desenvolvidos na APAE Serra Talhada, visando incentivar as escolas do município a submeterem trabalhos e dialogarem sobre os problemas dos portadores de necessidades especiais. 

Ascom

A abertura oficial do Carnaval “Tradição dos Tabaqueiros” será no sábado (02). Apesar disso, a folia de momo começa já nesta sexta-feira (1º), em Afogados da Ingazeira. Os últimos detalhes da programação foram fechados e a programação promete manter o Carnaval de Afogados como um dos mais animados do interior do Estado, ancorado na tradição desse personagem que já é uma marca do nosso Carnaval: O Tabaqueiro. 

“Valorizar a tradição é potencializar a divulgação do nosso carnaval no que ele tem de mais autêntico, de mais genuíno, de diferente de todos os outros carnavais. Essa tem sido uma política implantada desde o início de nossa gestão e que tem se mostrado acertada tendo em visto o sucesso de público e crítica que tem sido o nosso Carnaval de Afogados. Que a nossa festa seja mais uma vez marcada pela alegria, pela animação e pela paz”, destacou o vice-prefeito Alessandro Palmeira. 

Confira a programação, já a partir desta sexta-feira (1º): 

Sexta, 1º de março

15h – BLOCO DO POVÃO, concentração no Polo do Nascente (Campo do Nascente)

19h – BLOCO BANDO DE LOUCOS, concentração no 1º canteiro da Avenida Rio Branco, com descida para a Praça de Alimentação. Kleiton Mota e Júnior Barão serão as atrações.

19h – BLOCO COZINHANDO O GALO, concentração no Polo dos Tabaqueiros (Rua Prof. Vera Cruz), com descida para Praça de Alimentação.

 Sábado, 02 de março

 11h – BLOCO ASA NO FREVO, concentração no Bar do Pilão.

Atrações: Quinteto do Samba e Orquestra Show de Frevo

13h – ESQUENTA DAS VIRGENS, concentração na Rua Antônio Rafael de Freitas, nº 327, com descida para o Bloco das Virgens na Rua Pedro Pires. Percurso: Rua Mestre Quitério, Rua Gustavo Fittipaldi, Rua Quinze de Novembro, Rua Professor Vera Cruz, seguindo em direção à Rua Pedro Pires.

15h – BLOCO DAS VIRGENS, concentração no ateliê de Luciano Pires – Rua Pedro Pires, saindo em arrastão às 18hs em direção à Praça de Alimentação.

16h- BLOCO CASA DE EMERGÊNCIA GIZA SIMÕES, concentração na Rua José de Sá Maranhão com desfile pela Rua 07 de Setembro (Bairro São Francisco). Atrações: paredão de Rona, Kleiton Mota e Swing Ponto Com.  

18h – ABERTURA OFICIAL DO CARNAVAL DE AFOGADOS DA INGAZEIRA

Concentração no Polo do Frevo (Praça de Alimentação), com a participação de todos os estandartes de Blocos e Troças, Rei e Rainha do Carnaval 2019, Príncipe e Princesa, Tabaqueiros, Virgens, Passistas, Orquestra de Frevo e Foliões. 

20h – POLO DO FREVO (Praça de Alimentação), com apresentação da Orquestra Show de Frevo

21h – POLO NASCENTE – descida do Bloco A Onda. Atração: Igor Kannário

Domingo, 03 de março 

09h – BLOCO DO SAL, concentração na Rua Décio Campos (ao lado da Secretaria de Administração). Atração: Paulo Márcio

09h – VILA PITOMBEIRA, concentração na Rua Cândida de Andrade de Lima, com som automotivo e banho de bica.

10h – JOGO DAS VIRGENS DO SOBREIRA/ COHAB, concentração na Rua Berta Celi e em seguida desfile pelas ruas da cidade até o campo do Cohabão, no Bairro Cohab. Atração: Banda Blackout

10h – BLOCO LEÃO DO NORTE, concentração na Rua Henrique Dias.

Atração: Marcos e Pavão em ritmo de Carnaval

10h – BLOCO ENCHENDO E DERRAMANDO, concentração na Rua 07 de Setembro (Bairro São Francisco), com desfile pelas principais Ruas do Bairro.

11h – BLOCO NEM COM UMA FLOR, na Serra Vermelha, Zona Rural de Afogados da Ingazeira

12h – BLOCO JEGUE ELÉTRICO, concentração na Rua Gustavo Fittipaldi. Percurso: Praça Monsenhor de Arruda Câmara, Av. Rio Branco, Travessa João Da Cruz voltando para o local de concentração.

12h – POLO AABB Atração: Gustavo Pinheiro

12h – POLO CLUBE CAMPESTRE Atração: Genival e Grupo Versátil

14h – POLO DOS TABAQUEIROS (Rua Prof. Vera Cruz).

14h – BLOCO CAZÁ CAZÁ, concentração no Polo dos Tabaqueiros (Rua Prof. Vera Cruz). Atração: Orquestra Show de Frevo

15h – BLOCO DO POVÃO, concentração no Polo Nascente.

15h – POLO NASCENTE – Bloco A Onda. Atração: Ramon Schneider

18h – BLOCO JEGUE ELÉTRICO (2ª parte) – Concentração na Avenida Rio Branco, com descida para o Bairro São Sebastião. Atrações: Gustavo Pinheiro e Vinícius Vacila Samba

19h – Desfile de Fantasia Infantil – Polo do Frevo (Praça de Alimentação)

19h – BLOCO OS PULA FORA, concentração na Av. Rio Branco

20h – POLO DO FREVO (Praça de Alimentação), Orquestra Show de Frevo

21h – BLOCO PERERECAS EM CHAMA, concentração no Barchef

Segunda, 04 de março  

09h – VILA PITOMBEIRA, concentração na Rua Cândida de Andrade de Lima, com som automotivo e banho de bica.

11h – BLOCO OS GRILADOS, concentração no Bar do Grilinho, com apresentação da Orquestra Show de Frevo.

12h – BLOCO MELA-MELA, concentração na Rua 7 de Setembro (Bairro São Francisco), com desfile pelas principais Ruas do Bairro com Trio Elétrico e carro-pipa. Atração: Wellington Estilo e Banda

14h – BLOCO AFOGADOS ORDINÁRIO, concentração no Polo do Nascente.

14h – BLOCO O BICHO, concentração no Polo dos Tabaqueiros (Rua Prof. Vera Cruz). Atrações:  Vinícius do Vacila Samba, Genival e Grupo Versátil

14h – BLOCO COZINHANDO O GALO, concentração na Praça Alfredo de Arruda Câmara (próximo à loja Água de Cheiro)

14h – BLOCO TÔ NA FOLIA, concentração no Bar de Dona Diná, com descida até a Av. Rio Branco.

15h – BLOCO DO POVÃO, concentração no Polo do Nascente

17h – BLOCO PERERECAS EM CHAMA, concentração no Barchef

19h – Concurso de Tabaqueiros – Polo do Frevo (Praça de Alimentação)

20h – POLO DO FREVO (Praça de Alimentação) – Orquestra Show de Frevo

21h – POLO NASCENTE – Bloco A Onda. Atração: Aldair Play Boy

Terça, 05 de março 

09h – VILA PITOMBEIRA, concentração na Rua Cândida de Andrade de Lima, com som automotivo e banho de bica.

09h – POLO NASCENTE – Bloco A Onda. Atração: Gabriel Diniz

09h – BLOCO DOS LISOS, concentração na Av. Severino Pedro de Carvalho, com descida atrás do Trio Elétrico

09h – BLOCO DO POVÃO, concentração no Polo do Nascente.

12h – POLO AABB – BLOCO ASA NO FREVO. Atração: Orquestra Show de Frevo

12h30 – POLO CAMPESTRE. Atração: Paulo Márcio

14h – BLOCO A COBRA VAI SUBIR, concentração no Bar de Dona Diná, com descida às 16hs pelas Avenidas Arthur Padilha e Rio Branco com a Orquestra Show de Frevo.

15h – BLOCO FLOR DE MANDACARU, concentração no Semáforo da Av. Rio Branco, saindo às 17hs, acompanhando o Bloco Unidunitê

15h- BLOCO UNIDUNITÊ, concentração em frente à Secretaria da Fazenda, na Avenida Rio Branco, com desfile até a Praça de Alimentação.

18h – POLO DOS TABAQUEIROS (Rua Prof. Vera Cruz) – BLOCO A COBRA VAI SUBIR. Atrações: Banda Vizzu, Gustavo Pinheiro e Banda

19h – DESFILE DAS VIRGENS – Polo do Frevo (Praça de Alimentação)

20h – BLOCO PERERECAS EM CHAMA, concentração no Polo do Nascente

20h – POLO DO FREVO (Praça de Alimentação)- Orquestra Show de Frevo.

http://4.bp.blogspot.com/-kVHc8f5J1-A/VbZ_qX0VvQI/AAAAAAAAnTg/Y17uyk9QNoM/s1600/11751403_717901038315538_6264085964753311444_n.jpg

O Carnaval está chegando, e o Ministério Público de Pernambuco está atento aos agentes de segurança pública durante a folia. Para garantir o respeito à liberdade individual e coibir excessos no uso da força, o órgão emitiu uma série de recomendações ao comandante-geral da Polícia Militar de Pernambuco, coronel Vanildo Maranhão Neto, que deverá ser seguida pelo efetivo que vai atuar no policiamento ostensivo do período.

O comandante deverá determinar que os policiais usem adequadamente os cadarços de identificação nas peças do uniforme e nos coletes balísticos. O uso da força policial também deverá seguir com base nos princípios da legalidade, necessidade, razoabilidade e proporcionalidade durante o carnaval. No caso de detenções ou dispersão de manifestantes, o MPPE recomenda que a Polícia Militar evite a utilização de métodos que provoquem sofrimento desnecessário, não sendo tolerado o emprego inadequado de armas ou de instrumentos de menor potencial ofensivo.

“Os agentes de segurança pública somente podem exercer o poder de polícia quando pautados pela legalidade, devendo o interesse público prevalecer sobre o interesse particular”, salientaram as Promotorias de Justiça de Defesa da Cidadania de Recife, Olinda e Jaboatão dos Guararapes.

No documento, o MPPE também alerta que o Brasil é signatário de tratados internacionais que garantem a proteção ao direito dos cidadãos e livre participação na vida cultural e artística, devendo ser assegurada também a livre manifestação dos jovens da periferia, principalmente negros, ao se expressarem por meio de música e dança de funk, brega, brega-funk e demais ritmos de matrizes africana e indígena.

Todas as orientações devem ser repassadas à tropa mediante afixação da recomendação nos quadros de aviso das unidades policiais e divulgação do texto pelo boletim geral da corporação.

Investigação de abusos

Ainda de acordo com o Ministério Público, os eventuais casos de abuso no uso da força e violação dos princípios da legalidade, necessidade, razoabilidade e proporcionalidade deverão ser investigados a fim de permitir a apuração dos fatos e a responsabilização administrativa, civil e criminal dos envolvidos.

23º BPM

Acertadamente o 23º Batalhão da Polícia Militar, sediado em Afogados da Ingazeira, vem realizando a Operação Madrugada Segura. O trabalho se desenvolve no apoio conjunto de viaturas, e dessa maneira conseguem um resultado mais efetivo no sentido de evitar ações de quadrilhas. As equipes fazem rondas e abordagens no combate aos homicídios e assaltos durante as madrugadas em dias alternados da semana nas cidades que compreende o 23º BPM.

Por Naldinho Rodrigues*

Na semana que antecede o Carnaval, vamos falar de Orlando Garcia da Silva, ou simplesmente Orlando Silva, o cantor das multidões. Que nasceu no dia 03 de outubro de 1915, no bairro de Engenho de Dentro, no Rio de Janeiro, tendo falecido em 07 de agosto de 1978 aos 62 anos, vítima de Acidente Vascular Cerebral.

Orlando Silva tinha um clube de coração: o Clube de Regatas Flamengo. Foi um dos mais importantes e famosos cantores brasileiros da primeira metade do século XX.

Filho de Balbina Garcia e José Celestino da Silva, antes da fama, foi sapateiro, vendedor de tecidos, mensageiro e office boy.

Francisco Alves, o rei da voz, foi o seu padrinho, abrindo-lhe as portas para o sucesso, para muitos, Nelson Gonçalves foi considerado o sucessor de Orlando Silva. Ainda garoto, ao saltar de um bonde quando se dirigia para entregar uma encomenda, sofreu um acidente, tendo um de seus pés parcialmente amputado.

Um dos grandes admiradores do cantor Orlando Silva foi o presidente Getúlio Vargas. O auge de sua trajetória se deu entre 1937 e 1942, quando tornou-se o maior vendedor de discos e o mais alto cachê entre as estrelas da época.

O seu primeiro sucesso foi ‘Lábios que Beijei’ em 1940, o cantor iniciou um romance com a atriz Zezé Fonseca que durou cerca de três anos e terminou de forma traumática. Muitos creem que o turbulento relacionamento foi o grande responsável por levá-lo a se entregar a bebida e ao uso da morfina, (determinada droga).

Orlando Silva também foi chamado de Frank Sinatra brasileiro, gravando musicas inesquecíveis como: Carinhoso, Rosa, Sertaneja, Sempre no meu Coração, Aos pés da Cruz e o grande sucesso carnavalesco: Jardineira.

*Naldinho Rodrigues é locutor de Rádio, e aos domingos, das 5 às 7 da manhã, comanda juntamente com o comunicador José Tenório, o Programa Tocando o Passado, na Rádio Afogados FM.

Para muitos que viveram grandes carnavais, este ano está sendo considerado um Carnaval sem prestígio e fora do circuito das Cidades Polos do Carnaval de Pernambuco. O Carnaval Folia dos Bois de Arcoverde 2019 divulgou uma das mais fracas programações dos últimos 10 anos. O evento que acontece entre os dias 2 e 5 de março terá entre as atrações principais a cantora Lia de Itamaracá, que de acordo com o Folha das Cidades, neste ano está completando 75 anos de vida. 

O Carnaval de Arcoverde começa neste sábado (02), a partir das 19h, com o Bloco do Zé Pereira. O bloco sai do São Geraldo em cortejo até a Praça da Bandeira, seguindo uma tradição de décadas. 

O show de Lia de Itamaracá acontece na segunda-feira, às 20h, na Praça da Bandeira. A programação, sem grandes novidades, conta com orquestras de frevo; bonecos gigantes; cortejos de grupos e agremiações culturais do carnaval de Pernambuco; apresentação de mestres do coco com a participação de Cícero Gomes, do Coco Trupé; shows diários tanto no Polo da Praça da Bandeira, quanto no Polo Emília em Folia, na Boa Vista; além do tradicional desfile de bois, ursos e similares da cidade.

A expectativa é saber quantos turistas virão brincar o Carnaval de Arcoverde de acordo com a Secretaria de Turismo. Em 2018 exageram na dose em relação aos números. 

Confira a programação completa:

Sábado (02)

Local: Do São Geraldo a Praça da Bandeira

19h – Bloco do Zé Pereira, com Orquestras de Frevo, Boneco de Seu Malaquias (Patrimônio Vivo de Pernambuco), Os Bonecandos e Bonecos Gigantes, Cobra da Bexiga Lixa, Cavalhada Tamboril, Boi Maracatu e troças de bois, ursos e similares.

Local: Polo Praça da Bandeira

21h – Orquestra de Frevo Sertão Folia

22h – Banda Tok Molek

Domingo (03)

Local: Polo Emília em Folia – Boa Vista

14h – Banda Patrões na Farra

Local: Polo Praça da Bandeira

16h – Banda Capital do sol

18h – Kako Bala & Oh Sakode

20h – Desfiles Folia dos Ursos

21h – Desfiles Grupo de Acesso da Folia dos Bois

Segunda-feira (04)

Local: Polo Emília em Folia – Boa Vista

14h – Banda Pankada de Luxo

Local: Praça da Bandeira

17h – Cortejos de Grupos e Agremiações Culturais do Carnaval de Pernambuco. Povo de Ogunté (Afoxé) e Tribo Indígena de Carijós

18h30 – Mestres do Coco de Pernambuco com a participação de Cícero Gomes do Coco Trupé

20h – Lia de Itamaracá

Terça-feira (05)

Local: Polo Emília em Folia – Boa Vista

14h – Banda Vai D´Black

Local: Polo Praça da Bandeira

16h – Marreta You Planeta

18h – Banda Twister

20h – Desfiles Grupo Especial da Folia dos Bois e apresentação Hors Concours do Boi Maracatu.

http://robertajungmann.com.br/wp-content/uploads/2019/02/Bonecos_Belem_Tratado04.jpg

Um time de gigantes se reuniu na tarde desta quarta-feira (27), no Cais do Sertão, Recife Antigo, para recepcionar o primeiro boneco carnavalesco do Brasil, no seu centésimo aniversário. Zé Pereira chegou acompanhado da esposa Vitalina, de catamarã, no ancoradouro do museu. Os dois viajaram cerca de 500 quilômetros de Belém do São Francisco, no Sertão do Estado, até o Recife, para conhecer o Carnaval da capital pernambucana e a tradição dos bonecos da cidade irmã, Olinda. 

“Existe uma expressão muito forte do Carnaval em Pernambuco que é a figura do boneco gigante. O primeiro deles surgiu em um município pequeno. No ano do seu centenário, entendemos como importante exaltar a nossa cultura trazendo-o para cá. Assim, Zé Pereira vai brincar o Carnaval do Recife e ser homenageado por seus descendentes, os bonecos de Olinda. Estamos fazendo a ligação entre as tradições do Carnaval do nosso Sertão e a beleza da festa na Região Metropolitana”, destacou o secretário de Turismo e Lazer de Pernambuco, Rodrigo Novaes.

Natural de Belém do São Francisco, a aposentada Ivana Caribé, 54 anos, estava no Recife e não perdeu a oportunidade de ver novamente os bonecos da sua terra. “Todos os anos acompanhamos a saída de Zé Pereira. Na nossa cidade, ele é presença confirmada com sua banda em todos os eventos do município. É uma emoção e um reconhecimento muito grande ter o nosso boneco, o primeiro do Brasil, aqui no Carnaval do Recife. Então, viemos prestigiar”, comemorou. A funcionária pública Andreia Campos, 39, levou a filha Luisa, 6, para ver os bonecos. “É nossa cultura que está sendo mostrada aqui. Ela gosta muito”.

Além dos 25 gigantes, o casal foi recebido por caiporas, caretas, papangus, caboclos de lança e passistas de frevo. Após o encontro, Zé Pereira e Vitelina se juntaram aos demais bonecos em um cortejo pelas ruas do Bairro do Recife, que terminou na Praça do Arsenal.

Cinco operações da Polícia Civil estão sendo realizadas ao mesmo tempo para procurar suspeitos de envolvimento em crimes de homicídios, tráfico de drogas, associação para o tráfico e roubo na cidade de Garanhuns, no Agreste de Pernambuco, na manhã desta quinta-feira (28).

As operações, intituladas “Columinho”, “Ipiranga”, “Monte Sinai”, “Magano” e “Quilombo”, formam uma megaoperação presidida pelo delegado Eric Costa. As investigações começaram em novembro de 2017.

São 56 mandados de prisão, 44 mandados de busca e apreensão e um mandado de busca e apreensão de adolescente. Os presos estão sendo levados para a sede da 22ª Delegacia de Homicídios de Garanhuns.

As operações estão sendo coordenadas pela Dinter 1 e supervisionadas pela Chefia de Polícia. As investigações foram assessoradas pela Diretoria de Inteligência da Polícia Civil (Dintel)

Veja as informações de cada operação:

“Columinho”

Estão sendo cumpridos 24 mandados de prisão, 16 de busca e apreensão e um de busca e apreensão de adolescente. Participam da operação 90 policiais civis, entre delegados, agentes, escrivães, três peritos papiloscopistas e uma equipe da corregedoria.

“Ipiranga”

Estão sendo cumpridos 12 mandados de prisão e nove mandados de busca e apreensão domiciliar. Na execução, foram empregados 50 policiais civis, entre delegados, agentes e escrivães, três peritos papiloscopistas e uma equipe da corregedoria.

“Monte Sinai”

Estão sendo cumpridos oito mandados de prisão e cinco mandados de busca e apreensão domiciliar. Participam 45 policiais civis, entre delegados, agentes e escrivães, três peritos e uma equipe da corregedoria.

“Magano”

A operação cumpre quatro mandados de prisão e sete de busca e apreensão domiciliar. Na execução da operação, foram empregados 45 policiais civis, entre delegados, agentes e escrivães, três peritos papiloscopistas e uma equipe da corregedoria.

“Quilombo”

Estão sendo cumpridos oito mandados de prisão e sete mandados de busca e apreensão domiciliar. Na execução, foram empregados 60 policiais civis, entre delegados, agentes e escrivães, três peritos papiloscopistas e uma equipe da corregedoria.

A Prefeitura de Serra Talhada, por meio das secretarias de Saúde e Obras e Infraestrutura, realizou a inauguração de dois novos equipamentos na tarde desta quarta-feira (27), no Bairro Bom Jesus.

Seguindo o cronograma de inaugurações montado neste mês de fevereiro, o governo municipal entregou à população do bairro a Unidade de Saúde da Família Bom Jesus I, que homenageia a Professora Yolanda Romão de Medeiros, e a Praça Antônio Nunes de Menezes, localizada ao lado da USF. O investimento nas duas obras é de cerca de meio milhão de reais.

A Unidade de Saúde da Família Bom Jesus I é a 18ª USF inaugurada pela gestão municipal, possuindo 215,42 metros quadrados de área construída e contendo recepção, sala de espera, sala de nebulização, arquivo, sala de vacina, farmácia, sala de observação e procedimentos, sala de curativo, consultório médico e odontológico, sala dos ACS, sala de digitação, consultório de enfermagem, DML, copa e banheiros com acessibilidade. Enquanto a Praça Antônio Nunes de Menezes representa um espaço de lazer para a comunidade, com área arborizada e bancos para jogos.

O prefeito Luciano Duque destacou os investimentos no Bom Jesus. “Entregamos mais dois equipamentos grandiosos ao bairro, que é um dos principais bairros da nossa cidade, onde já investimos mais de oito milhões de reais em obras importantes, como a Escola Neto Pereirinha, a unidade Bom Jesus II, o Centro de Convivência e a creche municipal, além de ginásio coberto, cozinha comunitária, CREAS, saneamento e pavimentação de diversas ruas”, afirmou.

O gestor lembrou também os investimentos realizados na construção e melhoria de praças na cidade. “Estamos concluindo um grande plano de entrega de praças na cidade, onde já concluímos a Barão do Pajeú, que era um sonho antigo da população, entregamos a praça do CEU na Caxixola, a praça do Mutirão, vamos entregar a praça da AABB e da Cohab, iniciamos a requalificação da Sérgio Magalhães e já temos recursos assegurados  para mais uma praça no IPSEP, o que para mim é um orgulho enorme podermos proporcionar espaços de convivência às pessoas”, completou.

A secretária de Saúde, Márcia Conrado, comentou a inauguração da décima oitava unidade de saúde no município. “É com muita gratidão que inauguramos mais uma unidade de saúde no Bom Jesus, a décima oitava entregue pela atual gestão, onde vamos atender em média quatro mil pessoas em uma estrutura ampla, onde podemos oferecer mais qualidade e humanização ao atendimento. Estamos também ampliando o atendimento nas comunidades rurais e temos um planejamento para daqui a poucos meses ampliarmos o atendimento noturno, uma experiência que vem dando certo e que pretendemos levar para outras comunidades”, disse.

Além do prefeito Luciano Duque e da secretária Márcia Conrado, participaram do evento a primeira-dama Karina Rodrigues; a deputada federal Marília Arraes; o secretário de Obras e Infraestrutura, Cristiano Menezes; o empresário João Duque; o presidente da Câmara, Manoel Enfermeiro; e os vereadores Nailson Gomes, Paulo Melo, Agenor de Melo, Alice Conrado, Vera Gama, Zé Raimundo, Rosimério de Cuca e Ronaldo de Dja. Com informações da Assessoria de Imprensa do Município.

https://i2.wp.com/giro.matanorte.com/wp-content/uploads/2018/08/08.08-REUNIAO-PLENARIA-PRISCILA-KRAUSE-JA-3-1-e1533744296144-620x453.jpg?zoom=2.625&resize=368%2C269&ssl=1

Depois de ter trazido à tona, em dezembro de 2018, a venda antecipada da operacionalização da folha de pagamento dos servidores pelo governo de Pernambuco, a deputada estadual Priscila Krause (DEM/foto) entrou com pedido de investigação no Tribunal de Contas de Pernambuco (TCE-PE) e no Ministério Público de Contas de Pernambuco (MPCO), nesta quarta-feira (27), para a apuração do que classificou como “manobra fiscal e administrativa” adotada pelo governador Paulo Câmara (PSB) para fechar as contas de 2018.

O Banco Bradesco S/A venceu o leilão para obter o direito de operar a folha do Estado em 2015, quando assinou com o governo estadual o Contrato nº 080/2015 pelo valor de R$ 696 milhões e com vigência de fevereiro de 2016 a fevereiro de 2021. Um termo aditivo, firmado em 7 de dezembro de 2018, antecipou em 24 meses a venda por mais um ano após o fim do contrato. Com isso, o Bradesco fez a transferência de R$ 139,2 milhões aos cofres do Estado no início de dezembro.

Segundo Priscila Krause, a receita obtida com o novo leilão deveria estar prevista no Orçamento de 2020, o que seria mais vantajoso considerando fatores como a reposição monetária e reajustes salariais. “São sinais que mostram que esse tão falado equilíbrio do Estado de Pernambuco é muito frágil, para não dizer que ele não existe”, disparou a oposicionista na tribuna da Alepe. 

Outra irregularidade, de acordo com ela, é que a prorrogação do contrato vai de encontro à Lei de Licitações, que estabelece um prazo máximo de cinco anos para contratos dessa natureza. É possível prorrogá-lo por um ano caso seja justificado caráter excepcional. No termo aditivo, estão indicadas novas obrigações por parte do banco, como a adaptação do sistema de pagamento de pessoal do Estado e dos softwares aos requisitos exigidos pelo e-Social, instituído pelo Decreto nº 8373/2014. A adequação teria sido a justificativa para a prorrogação, segundo resposta do Estado a um pedido de informação enviado por Priscila. “Não há uma relação lógica entre as adaptações do e-Social e a venda da folha por um ano com tanto tempo de antecedência. Até porque o próprio contrato assinado em 2015 já prevê essa necessidade da contratada se adaptar”, alega a parlamentar. 

Por nota, o governo do Estado afirmou que não há ilegalidade na prorrogação do contrato. “Diferentemente do alegado em manifestações açodadas e distanciadas dos fatos, a formalização do aditivo contratual não tem nenhuma relação com o encerramento do ano contábil, tampouco tratou-se de manobra fiscal ou administrativa, mas decisão decorrente de cuidadoso estudo e que obedeceu a todos os princípios da Administração, inclusive o da eficiência”, diz. Questionada se o valor obtido com o aditivo teria sido usado para o pagamento do 13º salário, a assessoria de comunicação informou que ele entrou nas receitas gerais do Estado.

O TCE-PE informou que não seria possível verificar o andamento do pedido, devido ao fim do expediente dessa quarta-feira (27). A procuradora-geral do MPCO, Germana Laureano, afirmou que não poderia comentar o caso, pois ainda não examinou o teor da manifestação. 

O aumento das passagens dos ônibus que circulam na Região Metropolitana do Recife será votado nesta quinta-feira (28), às vésperas do Carnaval, durante reunião do Conselho Superior de Transporte Metropolitano (CSTM), colegiado que decide sobre toda e qualquer mudança no sistema de transporte. O aumento é certo, apesar de a reunião ter sido adiada duas vezes por decisões judiciais. O encontro acontece na sede da Secretaria de Desenvolvimento Urbano, na Iputinga, Zona Oeste do Recife, a partir das 8h30. A expectativa é que seja aprovado um aumento de 7,07%, percentual defendido pelo governo de Pernambuco, via Grande Recife Consórcio de Transporte (GRCT), gestor do sistema de transporte.

Sendo aprovado esse reajuste, o anel A (utilizado por 80% dos passageiros) passará de R$ 3,20 para R$ 3,45; o anel B de R$ 4,40 para R$ 4,70, e o anel G (pouco utilizado) de R$ 2,10 para R$ 2,25. Pela proposta do governo, o anel D seria extinto e as quatro linhas que hoje o utilizam passariam a integrar o anel A. Nos bastidores é praticamente certo que a proposta dos empresários de ônibus não deverá passar para felicidade dos 1,8 milhão de passageiros que utilizam o sistema diariamente. O setor, representado pelo Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros de Pernambuco (Urbana-PE), defende uma majoração de 16,18% nas tarifas. Caso fosse aprovada, a passagem do anel A subiria para R$ 3,70, do anel B iria para R$ 5,10, o anel D (hoje de R$ 4,35) chegaria a R$ 4 e o anel G passaria para R$ 2,45.

https://imagens2.ne10.uol.com.br/blogsjconline/movecidade//2019/02/JC-CID0125_PASSAGEM-1-1.jpg

A convocação da reunião do CSTM foi feita pelo presidente do colegiado e secretário de Desenvolvimento Urbano do Estado, Marcelo Bruto. Na pauta, o reequilíbrio econômico-financeiro do Sistema de Transporte Público de Passageiros da Região Metropolitana do Recife (STPP), como os gestores costumam chamar os aumentos das passagens. A posse dos conselheiros que não compareceram à reunião do dia 25 de janeiro, a divulgação das reuniões ordinárias do CSTM e a análise da proposta apresentada pelos representantes da sociedade civil solicitando a redução do valor da tarifa para R$ 2.90 também estão na previsão de pauta.

JUSTIÇA

Não se sabe ainda, entretanto, se o aumento das passagens – caso seja aprovado – poderá entrar em vigor na data escolhida pelo governo do Estado ou se dependerá de uma decisão judicial, já que uma ação civil pública corre na Justiça, impetrada pela Articulação Recife Pelo Transporte em janeiro. A ação estava na 4ª Vara da Fazenda Pública da Capital, sob análise do juiz Djalma Andrelino, mas o governo do Estado solicitou que fosse transferida para a 6ª Vara da Fazenda da Capital, que tem o magistrado Paulo Onofre à frente e onde já corre uma outra ação relacionada a outros reajustes tarifários.

A reportagem tentou, por dois dias, conversar com o juiz Paulo Onofre, mas não conseguiu. O objetivo era questionar se o aumento poderá entrar em vigor, já que foi suspenso pelo titular da 4ª Vara. Pela assessoria de imprensa, o juiz Paulo Onofre disse que “não anteciparia qualquer decisão porque está analisando o processo e que a imprensa teria acesso às informações a partir do momento em que a sentença for publicada no processo.” Sendo assim, a dúvida permanece no ar. Com informações do JC Online.

Hamilton Mourão

O vice-presidente da República, Hamilton Mourão, afirmou que “tudo é negociável” nas discussões sobre o novo regime previdenciário das Forças Armadas. Entretanto, destacou a importância da integralidade e da paridade, afirmando que a categoria, além de ser mal remunerada se comparada a outras carreiras de Estado, também sofre com o “trauma” de uma medida provisória de 2001 (MP 2215/2001) que eliminou benefícios sem uma regra de transição.

“O pessoal mais novo, que está ativa hoje, olha (e pensa) ‘será que vamos perder tudo de novo'”?, disse, em entrevista à GloboNews na noite desta quarta-feira (27).

Ainda de acordo com Mourão, o projeto dos militares vai mexer em cinco leis, como as que estabelecem as promoções de oficiais e praças. “Os militares vão aumentar o tempo de serviço na ativa, haverá um pagamento das pensionistas, dos cadetes, dos soldados que são engajados e não pagam, e vai haver aumento progressivo da alíquota que é descontada hoje para pensão dos militares”, acrescentou.

Sobre a reforma geral da Previdência, o vice-presidente afirmou que o governo federal precisa realizar esforços de comunicação para convencer tanto o Legislativo quanto a sociedade da necessidade do projeto. Perguntado se, em prol da reforma da Previdência, o presidente Jair Bolsonaro deveria fazer nova declaração pública de que não pretende disputar uma reeleição, Mourão respondeu: “Vamos ver como ele vai reagir”.