Esporte

https://s2.glbimg.com/CacR_dF8pfrBVu6IKOixS4Qo_l8=/0x0:1105x668/984x0/smart/filters:strip_icc()/i.s3.glbimg.com/v1/AUTH_bc8228b6673f488aa253bbcb03c80ec5/internal_photos/bs/2018/m/k/k3Am6ySFS7XytEZgNXaw/sergio-china.png

Eliminado da Copa do Nordeste e derrotado em casa pelo Afogados FC na disputa pelo 3ᵒ lugar do Pernambucano e vaga na Copa do Brasil, o Salgueiro Atlético Clube resolveu demitir o técnico Sérgio China nessa segunda-feira (15). De acordo com o blog de Alvinho Patriota, a diretoria publicou no Instagram o comunicado de dispensa e nota de agradecimento ao treinador.

“O Salgueiro Atlético Clube vem a público informar que em comum acordo, Sérgio China não mais seguirá no comando técnico da equipe do Salgueiro Atlético Clube, agradecemos pelo trabalho sério, honesto, pelo profissionalismo e dedicação a nossa equipe durante este período de trabalho, desejamos sucesso e felicidade nos futuros trabalhos”, diz o texto.

Dessa vez, China estava no comando do Carcará do Sertão desde 2018. Na temporada de 2015, ele levou o time à final da competição, mas perdeu o título para o Santa Cruz.

O Afogados FC fez história no Cornélio de Barros na noite deste sábado (13). Em uma disputa de terceiro lugar eletrizante, a Coruja venceu o Salgueiro fora de casa por 3 a 2 e se garantiu na Copa do Brasil 2020. Diego Ceará, Madson e Grafite fizeram para a Coruja e Tarcísio e Muller descontaram para o Carcará.

Além da terceira colocação, o Afogados conquista o título simbólico de campeão do interior e se garante pela primeira vez na Copa do Brasil.

A Coruja do Sertão chega pela primeira vez ao terceiro lugar do Campeonato Pernambucano consequentemente a uma competição nacional, com uma vaga garantida na Copa do Brasil em 2020.

O jogo

A primeira etapa foi agitada. As duas equipes começaram o duelo pressionando. Aos 17 minutos, a Coruja abriu o placar com Diego Ceará. O Salgueiro foi pra cima e virou a partida. Aos 33, Tarcísio recebeu de Muller e empatou. Logo em seguida, aos 35, Muller virou para os donos da casa. Mas, não deu tempo de comemorar. Um minuto depois, Madson arriscou de longe e empatou de novo o duelo.

A segunda etapa começou nervosa, com os donos da casa partindo pra cima. Mas, o gol do Salgueiro não saiu. A partida mudou aos 14 minutos com a entrada de Grafite. Aos 41 minutos, ele recebeu na área e chutou rasteiro para garantir o Afogados na Copa do Brasil.

Público e Renda

Público: 928 torcedores

Renda: R$ 5.420

http://www.joaoalberto.com/wp-content/uploads/2017/08/24/Yane-Marques-3-Copy.jpg

Foi publicada no Diário Oficial do Recife, a Lei 18.565/2019, que prevê a criação de um Conselho Municipal de Esportes da Cidade do Recife (CMER). O órgão deverá atuar em caráter consultivo e fiscalizatório, ajudando a desenvolver o desporto na cidade. O Conselho será composto por 12 membros titulares e 12 suplentes. Serão representantes não só Secretaria Executiva de Esportes, mas de várias pastas da gestão municipal. Estarão incluídos, por exemplo, gestores das áreas de Saúde, Educação e de Desenvolvimento Social.

Entre os integrantes mais técnicos da área, haverá representantes de atletas e paratletas, do Conselho Regional de Educação Física, das federações e dos clubes. Cada membro terá mandato de dois anos, podendo ser reconduzido a mais um período, e não será remunerado pela função. O CMER será presidido pelo secretário executivo de Esportes em exercício, cargo atualmente ocupado pela ex-atleta do pentatlo moderno, Yane Marques.

Em paralelo, serão criadas as comissões dos atletas e dos paratletas, cada uma com cinco integrantes. Os candidatos a compor essas comissões serão indicados pelas federações e, posteriormente, haverá uma votação para escolher os cinco representantes dos atletas e os cinco dos paratletas. Desses, sairão os titulares e os suplentes de ambos os grupos, que serão os interlocutores junto à Prefeitura.

“A criação do Conselho era algo buscado já há um tempo. A gente fez ele com caráter consultivo, sem muito poder para chegar e dizer que vai mudar tudo, que está tudo certo ou errado, mas é um segmento que precisamos consultar quando vamos tomar decisões relacionadas a políticas públicas voltadas para eles”, explicou Yane. “Demorou pra sair, mas ficou bem bonitinho. E a ideia é essa, gastar energia com o que realmente os representantes acharem que a gente deve gastar energia. Ganhar tempo e encurtar os caminhos para acertar mais”, completou a secretária executiva de Esportes da Cidade. Segundo ela, não há previsão exata para o início do trabalho do Conselho de fato. No momento, a pasta está agilizando a composição do mesmo.

Por Franklin Portugal*

Em fim tá chegando o momento que alimentou tantas dúvidas e perguntas ao longo de semanas. Quando a bola rolou pela primeira vez no Campeonato Pernambucano de 2019, o imaginário do torcedor já cogitava confrontos decisivos na cabeça, já projetava esse ou aquele clube se aproximando do momento de glória. E eis que no próximo domingo (14), será a primeira das duas partidas da final entre Náutico x Sport. A primeira partida será nos Aflitos. A volta será na Ilha do Retiro. E veja só, o ano de 2019 reservou uma final entre grandes, diferente do ano passado quando a decisão foi entre Náutico e Central.

E tudo pode ocorrer, de repente o Náutico que não foi bem contra o Leão em rodadas passadas, dá uma guinada nesse confronto, já que não perde há 18 jogos e vem num embalo de encher de confiança a torcida do Timbu.

Nessa reta final de Estadual há uma outra partida agendada para o próximo sábado no Estádio Cornélio de Barros, em Salgueiro. Decisão de terceiro lugar, Salgueiro eliminado pelo Sport e Afogados pelo Náutico. E se alguém pensa que o jogo é sem importância, se engana. Como Náutico e Sport são finalistas já garantiram duas vagas para Pernambuco na Copa do Brasil do ano que vem. Ainda há uma terceira vaga, justamente pra ser preenchida por Salgueiro ou Afogados.

Muito bom mesmo o duelo, a Copa do Brasil injeta cifras gordas só na primeira fase, passando dos 500 mil reais, o que já dá uma receita e tanto. O Afogados FC já está na série D do ano que vem, inédito em sua história, imagine se papa também pela primeira vez uma oportunidade de disputar uma Copa do Brasil? Esse feito em se concretizando viria a cidade com o mesmo nome, parar para receber a equipe em carro aberto, e desfilar pelas principais ruas da cidade, que já vive momentos de glória pela conquista da série D.

*Franklin Portugal é repórter da TV Asa Branca – Afiliada Globo em Caruaru – e colabora semanalmente com crônicas esportivas para o Blog PE Notícias.

https://i.ytimg.com/vi/oUe_PdNlbqk/hqdefault.jpg

A três semanas do início da Série B do Campeonato Brasileiro, a CBF divulgou nesta sexta-feira (05) a tabela detalhada das oito primeiras rodadas do torneio. A competição começará no dia 26, uma sexta-feira, com quatro jogos. A grande novidade nesta edição são jogos às 11 horas de sábado. E duas das oito primeiras rodadas terão compromissos às 16h de domingo, algo raro em temporadas recentes.

De acordo com a nota divulgada pela CBF, a ideia é repetir na Série B o “sucesso de público” dos jogos às 11 horas de domingo da Série A. O Botafogo (SP) estreia esse novo horário no dia 27 contra o Vitória no estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto.

Na sexta-feira, serão dois jogos às 19h15. O Bragantino viaja até Pelotas para enfrentar o Brasil no estádio Bento Freitas e o Operário recebe o América-MG no Germano Kruger, em Ponta Grossa (PR). No mesmo dia, às 21h30, o São Bento jogará contra o Atlético (GO), no estádio Walter Ribeiro, em Sorocaba, e o Oeste viajará até Recife para enfrentar o Sport, na Ilha do Retiro.

Ao contrário do que acontecerá na Série A, a segunda divisão nacional terá todos os jogos televisionados pelo Grupo Globo, entre SporTV e Première.

Confira a tabela detalhada da primeira rodada da Série B:

26/04

19h15 – Brasil (RS) x Bragantino

19h15 – Operário (PR) x América (MG)

21h30 – São Bento x Atlético (GO)

21h30 – São Bento x Oeste

27/04

11h – Botafogo (SP) x Vitória

16h30 – Guarani x Figueirense

16h30 – Criciúma x Cuiabá

16h30 – CRB x Londrina

21h – Vila Nova x Paraná

29/04

20h – Curitiba x Ponte Preta

Pelé e Kylian Mbappé

Pelé, de 78 anos, passa por uma bateria de exames nesta quarta-feira (03), em Paris, segundo informações de sua assessoria de imprensa para o site do “Globo Esporte”.

O Rei do Futebol se sentiu mal após o evento de terça, com Mbappé, na capital francesa. Resfriado, Pelé chegou a ser medicado no hotel, mas como acordou ainda com febre, sua equipe achou por bem levá-lo a um hospital, diz o site.

Pelé deve ser liberado ainda hoje, pois já está sem febre, informa sua assessoria. Como seu estado de saúde não preocupa, ele deve continuar normalmente a agenda de viagens.

https://imagens3.ne10.uol.com.br/blogsne10/torcedor/uploads//2019/03/AG-afogados-rodrigo.jpg

O primeiro finalista do Campeonato Pernambucano será conhecido hoje. No estádio dos Aflitos, às 19h15, o Náutico defende uma invencibilidade de 16 partidas, maior série invicta de um time no futebol brasileiro no ano, enquanto o Afogados FC, depois de chegar à inédita semifinal ao eliminar o Santa Cruz dentro do Arruda, tenta fazer história com apenas cinco anos de fundação.

O Náutico vai em busca do bicampeonato. Para o confronto, o técnico Márcio Goiano revelou que a principal dúvida no time titular é em relação ao atacante Robinho. O jogador desfalcou a equipe no último duelo contra o Vitória, sábado, pela Copa do Nordeste, por causa de um desconforto no joelho direito. Caso o jogador ainda não reúna condições de jogo, o veterano Jorge Henrique deverá ser novamente acionado.

Já a briga pela camisa 9 alvirrubra, parece estar cada vez mais acirrada. Nos últimos nove jogos, o atacante Odilávio, formado nas categorias de base do clube, foi titular da equipe e marcou três gols. Enquanto Wallace Pernambucano, artilheiro do time no ano com oito gols, se recuperou de uma lesão no joelho, mas mesmo assim, ficou no banco de reservas nas últimas quatro partidas.

AFOGADOS

Depois de eliminar o Santa Cruz em pleno estádio do Arruda, os holofotes se viraram para o Afogados FC, comandado pelo experiente técnico Pedro Manta. Com o sinal de alerta ligado, o treinador Márcio Goiano elogiou o time sertanejo. “É um jogo difícil, enfrentamos essa equipe uma vez no campeonato, é um time que muda pouco, que trabalha bem a bola e jogou muito bem a última partida”, analisou .

A Coruja do Sertão tem no atacante Diego Ceará a grande esperança de gols no confronto de hoje. O jogador é o vice-artilheiro do Campeonato Pernambucano com cinco gols marcados. Outro destaque do Afogados no campeonato é o goleiro Wallef. O arqueiro fez boas intervenções durante o jogo e ainda defendeu dois pênaltis na decisão contra o Santa Cruz, na semana passada, no estádio do Arruda. 

Por Franklin Portugal*

Estamos para ver e acompanhar os últimos minutos deste Campeonato Pernambucano de 2019. Há algumas colunas atrás eu alternei em análises e estimativas. Falei em possíveis surpresas do interior, do nosso interior. Mas eis que o Central não vingou. O Salgueiro já tem costume de chegar até aqui e em decisão. E acabou surgindo um candidato a mais que calou a boca de milhares de tricolores por todo Estado: o Afogados FC ao eliminar o Santa Cruz e se garantir nas semifinais.

Agora temos formado o confronto Náutico x Afogados para esta quarta, às 19:15h nos Aflitos. A outra semi será no próximo domingo entre Sport x Salgueiro, Ilha do Retiro, 16h.

Podemos pincelar um pouco de cada.

O Náutico tem peso na camisa, começou mal das pernas, mas foi conseguindo fazer ajustes devidos e soube se aproveitar da fragilidade dos “pequenos” na competição. O Afogados não foi pontuando e demonstrando com clareza que tinha combustível para fazer o que já fez. Mas, como futebol e trabalho combinados sempre dão resultado, está na semi para pegar o Timbu de quem perdeu na sexta rodada da primeira fase em Afogados da Ingazeira.

O Sport foi se encontrando melhor depois, pegando conjunto, velocidade, eficiência. Fez o que deve ser feito por um time de folha de milionária. O Salgueiro é o que tardiamente me impressionou muito, pela segurança na defesa, e o rolo compressor que sabe impor aos adversários. Jogando em casa injeta uma potência máxima, fora consegue manter também certa intensidade.

O certo é que as semifinais alimentam toda expectativa. Muitos olhares estarão voltados para cada batalha.

*Franklin Portugal é repórter da TV Asa Branca – Afiliada Globo em Caruaru – e colabora semanalmente com crônicas esportivas para o Blog PE Notícias.

https://imagens1.ne10.uol.com.br/blogsne10/torcedor/uploads//2019/03/AG-afogados-rodrigo.jpg

Os semifinalistas do Campeonato Pernambucano de 2019 já sabem as datas dos seus confrontos. A Federação Pernambucana de Futebol (FPF) confirmou ontem (31), que o primeiro embate será na quarta-feira (03), entre Náutico e Afogados, às 19h15, nos Aflitos. Já a segunda partida será no domingo (07), entre Sport e Salgueiro, às 16h, na Ilha do Retiro. Capital e Sertão em duelos diretos para definir a final do Estadual deste ano que pode, inclusive, ser inédita.

A primeira partida, de quarta-feira, vai colocar frente a frente duas equipes que vem surpreendendo, em níveis diferentes. Embalado pela impressionante sequência de 16 jogos de invencibilidade e a recente classificação para as quartas de final da Copa do Nordeste, o Náutico é só confiança. Ainda mais com o retorno de atletas importantes como Wallace Pernambucano e Jorge Henrique, que voltaram de lesões e deram um gás extra ao Timbu.

O ataque alvirrubro, inclusive, vem despontando como um dos mais eficientes do país na atual temporada. O Náutico foi o vice-líder da primeira fase do Pernambucano com 19 pontos (6 vitórias, 1 empate e 2 derrotas) e conquistou a vaga na semifinal com a vitória por 3×0 diante do Vitória, nos Aflitos. 

O Afogados, por sua vez, foi o sexto colocado na primeira fase com 12 pontos (3 vitórias, 3 empates e 3 derrotas) e surpreendeu ao despachar o Santa Cruz, em pleno Arruda, nos pênaltis, após empate em 1×1 no tempo normal. Em seu terceiro ano consecutivo na elite do futebol pernambucano, a Coruja vai para a sua primeira semifinal da história e já tem vaga para a Série D de 2020, outro feito inédito do clube.

Já a partida de domingo vai colocar frente a frente os times que disputaram a polêmica final do Estadual de 2017. O Sport terminou a fase classificatória como líder isolado com 21 pontos (7 vitórias e 2 derrotas) e nas quartas de final goleou o Petrolina por 4×0, na Ilha do Retiro. Como só disputa o Estadual é naturalmente pressionado para passar de fase. Do outro lado tem o Salgueiro que foi o quarto lugar com 16 pontos (5 vitórias, 1 empate e 3 derrotas) e eliminou o Central após vencer por 2×1, no Cornélio de Barros. No último sábado, o Carcará foi eliminado da Copa do Nordeste. 

Yane (D) participou do JC Esporte10, da Rádio Jornal. / Foto: Leonardo Vasconcelos/Especial para o JC

Torcedora ilustre do Náutico, a medalhista olímpica e agora secretária executiva de esportes do Recife Yane Marques tem o coração dividido na semifinal do Campeonato Pernambucano 2019. Isso porque o Timbu mede forças por uma vaga na decisão com o time do Afogados da Ingazeira, justamente a cidade natal da ex-pentatleta.

“Quase 50/50. Eu sou alvirrubra. O Afogados começou com esse time. Uma história muito bonita do time. Pessoal de Afogados se junta para pagar os atletas, tem gente que tem prédio, cede para ser alojamento. Uma coisa tão bacana, tão bonita”, disse a secretária, durante entrevista na Rádio Jornal.

As conquistas do Afogados até agora no Estadual, como a classificação para o Campeonato Brasileiro da Série D e a permanência na Série A1 do Pernambucano, fazendo com que 2020 seja o terceiro ano seguido do time na elite estadual, foram exaltadas pela pentatleta. Recentemente, o técnico Pedro Manta afirmou que o time cumpriu sua missão. Agora, buscar alçar voos mais altos.

“Acredito que o time está muito satisfeito com os resultados. Fizeram uma carreata lá em Afogados quando se classificaram para a Série D. Se o Afogados perder, nós afogadenses não vamos ficar muito tristes, porque já estamos muito felizes com a temporada. Já se o Náutico perder acredito que a tristeza vai ser maior”, ponderou.

Uma coisa é certa, durante a semifinal nos Aflitos, Yane Marques vai chamar a atenção. “Vou ser uma das poucas pessoas no estádio, se for gol de um lado eu comemoro, do outro comemoro também. Vai ser um jogo fácil para mim. Que faça por onde merecer. São meninos bem humildes, bem simples. Eu fico orgulhosa. Minha final podia ser fácil Náutico e Afogados”, completou.

Por Maria Lúcia de Araújo Nogueira*

O jogo entre o Afogados e o Santa Cruz tinha tudo para ser a derrocada do pequeno time, sem história e que poderia ser atropelado pela cobra, todavia nada os preparou para a grande virada. A começar pela chuva que veio a banhar os sertanejos e arrancar de suas gargantas o berro de louca vontade de vencer e fazer acontecer, como o Salgueiro no ano passado.

E haja coração para aguentar ver a bola correndo de um lado para o outro, esquentando os pés daqueles bravos jogadores que pisam a terra batida do Sertão pernambucano. A realidade que estava se estampando aos eufóricos jogadores era a concretização de um sonho acalentado ao longo dos anos.

A Coruja saiu à noite, abriu espaço e foi se metendo na defesa da Cobra Coral, que não levantou a cabeça para morder e nem saltar das investidas certeiras das unhas da heroica Coruja, que firme e astuciosa, como mais ferrenho gladiador fez defesas espetaculares, com esquerdas miraculosas.

Para os jogadores do Afogados era uma noite memorável e, dentro de uma torcida hostil eles soltaram seu grito, na espetacular virada, quando foram aos pênaltis e quais canhões certeiros, desmontaram a euforia da torcida e dos jogadores, que se quedaram sob o domínio da Coruja, que com seu uniforme branco, azul e vermelho fez a felicidade de uma cidade da qual tem o nome – Afogados da Ingazeira.

Os jogadores foram heróis natos, com garra e determinação desmistificaram o estigma de que só os times da capital vencem. Com estratégia simples e pouco dinheiro em caixa, tiveram o desejo de mudar a sorte e a sorte mudou de lugar e foi iluminar a Coruja no nome de Wallef e Rodrigo, João Nogueira de Lima, presidente do time e demais jogadores. Afogaram a Cobra.

*Maria Lúcia de Araújo Nogueira é advogada, poetisa, escritora – natural de Afogados da Ingazeira, mas residente no Recife, com crônica especial para o Blog PE Notícias.

Confronto entre capital e Sertão marca a semifinal do Campeonato Pernambucano 2019 / Léo Motta/JC Imagem, Alexandre Gondim/JC Imagem, Brenda Alcântara/JC Imagem e Léo Motta/JC Imagem

A quinta-feira (28), amanheceu com os torcedores conhecendo por completo como ficarão as semifinais do Campeonato Pernambucano. O Afogados bateu o Santa Cruz nos pênaltis, ontem à noite no Arruda, e enfrentará o Náutico. Enquanto isso, a outra chave já estava definida, entre Sport x Salgueiro. Os duelos estão, a princípio, marcados para a próxima quarta-feira, 3 de abril. Porém, como serão dois jogos no Recife, um deles deve ser deslocado para a quinta-feira. O confronto entre capital e Sertão está presente nas duas semifinais, deixando a possibilidade de haver uma final inédita. Confira como chegam os clubes para os duelos.

NÁUTICO X AFOGADOS

A surpresa positiva, e bastante grata, é a classificação do Afogados. O time sertanejo chega à sua primeira semifinal da competição. No seu terceiro ano consecutivo na primeira divisão do estado, a Coruja alcançou a classificação para a Série D de 2020, outro feito inédito na história do clube. O Tricolor do Pajeú está em euforia, mas não tira os pés do chão para alcançar novos objetivos no torneio.

O Náutico, adversário Afogados, deverá dar mais trabalho ainda ao time sertanejo. São 15 jogos de invencibilidade, desempenho crescente e moral alta. Além disso, atletas importantes voltaram de contusão neste momento importante da temporada. Ou seja, o reforço de Wallace Pernambucano e Jorge Henrique qualificam mais ainda o poderoso ataque Timbu. Um dos mais eficientes do Brasil na temporada.

Números das duas equipes no Campeonato Pernambucano 2019:

Náutico: 10 jogos, sete vitórias, um empate e duas derrotas. 21 gols marcados e oito sofridos. Aproveitamento de 73,3%. Nas quartas de final, venceu o Vitória por 3 a 0, nos Aflitos.

Afogados: 10 jogos, três vitórias, quatro empates e três derrotas. 14 gols marcados e 13 sofridos. Aproveitamento de 43,3%. Nas quartas de final, empatou com o Santa Cruz em 1 a 1, no Arruda e venceu nos pênaltis por 3 a 1.

Confronto anterior entre os times: Afogados 1 x 3 Náutico, no estádio Vianão, em Afogados da Ingazeira.

SPORT X SALGUEIRO

O Sport passa por um momento de calmaria, após o começo de ano turbulento. Primeiro pelas questões remanescentes de 2018, depois a eliminação na Copa do Brasil. O comando foi trocado e, com Guto Ferreira, o Leão tem apresentado um futebol mais convincente, com um bom funcionamento do seu ataque. Franco favorito pela vaga na final, o Leão tem respeitado a força do Salgueiro e sabe das dificuldades que terá.

O Carcará vem em bom momento no Estadual. Venceu o Central de virada no Cornélio de Barros, em jogo emocionante, e outra vez consegue ficar entre os quatro melhores do torneio. Após bater na trave duas vezes na final, o time sertanejo visa alcançar sua terceira final em cinco anos. Feito que demonstra o crescimento e a força do Salgueiro em nível estadual, que tem incomodado os clubes grandes.

Números das duas equipes no Campeonato Pernambucano 2019:

Sport: 10 jogos, oito vitórias e duas derrotas. 25 gols marcados e sete sofridos. Aproveitamento de 80%. Nas quartas de final, goleou o Petrolina por 4 a 0, na Ilha do Retiro.

Salgueiro: 10 jogos, seis vitórias, um empate e três derrotas. 23 gols marcados e 16 sofridos. Aproveitamento de 63,3%. Nas quartas de final, venceu o Central por 2 a 1, no Cornélio de Barros.

Confronto anterior entre os times: Sport 4 x 0 Salgueiro, na Ilha do Retiro.

O que parecia só um jogo para fechar a tabela do Campeonato Pernambucano de 2019 para o Afogados FC, o que muitos achavam impossível, terminou numa noite de consagração para o time do Sertão do Pajeú. O Santa Cruz foi quem sofreu o baque na temporada.

A equipe Tricolor não conseguiu impor a superioridade técnica perante o time do Afogados FC mesmo jogando no Arruda, tendo buscado o empate no segundo tempo, a equipe saiu derrotada nas penalidades máximas e, pela segunda vez na década, novamente estará fora dos quatro melhores do Campeonato Pernambucano – a outra foi no ano passado, após ser eliminado pelo Sport.

A Coruja do Sertão abriu o placar com Rodrigo ainda no primeiro tempo, e sofreu o empate através de Allan Dias, mas segurou o placar e levou o jogo para os pênaltis. Nas penalidades, o goleiro Wallef foi o herói e ajudou a levar a equipe sertaneja às semifinais do Estadual, com vitória por 3×1. Agora, o Afogados FC se prepara para enfrentar o Náutico, em jogo que deve acontecer na próxima quarta-feira (03), nos Aflitos.

Por Franklin Portugal*

Muitos estão se perguntando: será que o desenho será o mais comum? O mais óbvio? Aquilo que representa uma lógica? Lógica tão batida e revirada que é um dos grandes da capital fazer festa e levantar a Taça do Estadual. É, pensava-se que 2019 poderiam trazer surpresas – e quem sabe ainda não traz? Mas, depois da performance do Central de Caruaru no ano passado em que por pouco não sai Campeão, ficou com o vice diante do Náutico, a decepção pairou com a equipe carta fora do baralho, caindo diante do Salgueiro.

Outros foram acompanhando a Patativa nesse jogo de empurrar o primeiro dominó e ver os demais caírem em fila. Dos pequenos também o Vitória deu adeus ao Campeonato ao ser eliminado pelo Náutico. O Petrolina foi goleado e pegou voo de volta da Ilha do Retiro, a viagem foi só de ida, porque também deu um até breve pro Estadual, favor concedido pelo Sport.

Ainda há de se depositar esperanças no interior através do bravo Afogados FC, que enfrenta o Santa Cruz nesta quarta-feira (27) no Arruda, às 19h15. Quem sabe o fora da lógica não desponta?

O Afogados FC chega embalado para o duelo. Isso porque a sexta colocação na fase classificatória além, é claro, da vaga nas quartas de final, também garantiu o time da bela Afogados da Ingazeira, na Série D do Campeonato Brasileiro de 2020. 

Como adversário do Santa Cruz por uma vaga na semifinal do Campeonato Pernambucano, o Afogados mesmo embalado, sabe que não terá vida fácil. Pelo menos é o que garante o técnico da Coruja, o experiente Pedro Manta. Segundo ele, será um duelo entre “Davi e Golias”.

De resto, ainda teremos o Salgueiro, acostumado a chegar em fases agudas e decisivas. Se a bola rolar certo, e que o apito não entregue de bandeja a vaga ou consagração para aqueles já mais que habituados à Taça, por vezes merecedores que são pelo mais alto nível técnico, por vezes ajudado sim, pela FPF, que prefere achar que Campeonato Pernambucano só deve premiar apenas 3, em detrimento de muitos outros.

*Franklin Portugal é repórter da TV Asa Branca – Afiliada Globo em Caruaru – e toda as terças-feiras colabora com crônicas esportivas para o Blog PE Notícias.

Evandro Carvalho revelou que Flamengo contratou o mesmo advogado da Feeração / Acervo JC Imagem

A situação do Flamengo de Arcoverde no Campeonato Pernambucano ainda não está definida. O clube, que foi punido com a perda de 13 pontos por escalação irregular do atacante Júnior Silva, entrou com recurso no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) para recuperar os pontos e voltar ao Estadual e disputar as quartas de final contra o Sport, no próximo domingo. O presidente da Federação Pernambucana de Futebol (FPF), Evandro Carvalho, explicou que a entidade ainda não foi notificada pelo STJD sobre a situação.

PROFISSIONALMENTE

“A Federação age profissionalmente. A Federação cumpriu a regra do TJD.  Agora o Flamengo tem o direito e é dever do presidente defender os interesses do clube. Por isso, contratou um advogado de direitos esportivos, que inclusive é o nosso advogado da Federação e, na minha opinião, é o melhor advogado do Brasil. Existe uma medida em curso no STJD no Rio, que pode direcionar em dois caminhos: suspender a realização do jogo ou a retomada dos pontos. O relator vai apresentar a decisão e Federação deve acatar. A Federação não é parte do processo, não atua e não poderia atuar. O que o tribunal decidir vamos dar seguimento”, esclareceu o dirigente.

Por enquanto o cenário aponta para a seguinte situação: Flamengo encerrou o Pernambucano na 10º colocação, com -5 pontos. Além da lanterna, o clube foi rebaixado para a Série A2. O Petrolina, classificado na oitava colocação, disputará as quartas de final com o Sport, no próximo domingo, na Ilha do Retiro. Se o STJD  aceitar o recurso da Fera Sertaneja, os pontos são recuperados e o clube disputará o mata-mata do Estadual. Nesse caso, o Petrolina será rebaixado. O julgamento ainda não tem data para ser realizado.