Interior

Caretas, papangus, caboclos de lança fazem a folia no interior — Foto: Reprodução/JN

G1

O “Concursos dos Papangus” do carnaval de Bezerros, no Agreste de Pernambuco, vai pagar mais de R$ 24 mil reais para os vencedores deste ano.

De acordo com a assessoria de imprensa, os interessados vão poder se inscrever nas categorias adulto com modalidades individual, dupla e grupos; e nas categoria infantil e infanto-juvenil.

As inscrições serão feitas no dia do concurso, que é realizado no domingo, dia 23 de fevereiro, às 9h, no palco da Praça Centenária. Mais informações podem ser obtidas na Secretaria de Turismo, que fica na Rua 15 de Novembro, no Centro, ou pelo telefone (81) 3728-6706.

Noite da segunda-feira e madrugada desta terça-feira (21), de chuva em algumas cidades e zona rural do Sertão do Pajeú.

Em Afogados da Ingazeira foram 7 mm, Quixaba, nos distritos de Jabitacá e Ibitiranga e em Monteiro, no vizinho estado da Paraíba. Na zona rural de Afogados da Ingazeira a chuva foi bem distribuída e ouvintes do programa Rádio Vivo, da Pajeú FM, informaram a ocorrência dela no Baixio de Carapuça, Curral Velho dos Pedros, Silvestre (PB), Monte Alegre, Capim Grosso 7 mm, Antonico, Santo Antônio, Caiçara, Pintada, Dalmópolis, Pedra, Poço de Pedra, Matinha, Pau Ferro, Umburana, Riacho Fundo, Serrinha, Mato Grosso, Lage do Gato, Serra Vermelha, Santiago, Coqueiro Alto, Marcela, Poço da Volta, Cabelo, Serra Branca, Rosilho, Serra Branca, Serra do Zuza e no Povoado da Itã.

Para hoje a previsão é de 86% para chover no município à tarde e a noite. As informações foram repassadas ao Blog PE Notícias pelo comunicador Anchieta Santos, das rádios Pajeú FM, e Cidade FM, de Tabira.

Enquanto prefeitos de outras cidades vem editando decretos para pagar já agora em janeiro o novo Piso Nacional do Magistério, definido em R$ 2.886,15, a prefeita de Arcoverde, Madalena Britto (PSB), que é professora, ainda não definiu se paga já no salário deste mês o valor definido em lei. Recentemente, a prefeita de Itaíba, Regina Cunha, baixou decreto para pagar o piso já agora nos salários de janeiro.

Em Arcoverde, as primeiras informações vindas da Secretaria de Educação e do Gabinete da Prefeita, é de que o piso dos professores só será pago após a Câmara de Vereadores votar um Projeto de Lei que ainda será enviado à casa legislativa e os meses passados, como janeiro e fevereiro, deverão ser pagos de forma parcelada.

Até o momento não se tem nenhum pronunciamento oficial do sindicato dos servidores, mas é de se estranhar que cidades menores, como Itaíba e Tupanatinga estejam já depositando este mês, nas contas dos professores, segundo o Portal Folha das Cidades, o novo piso nacional do magistério e Arcoverde, que fechou 2019 recebendo mais de R$ 2 milhões do pré-sal não o faça.

O reajuste do Piso Nacional do Magistério foi definido pelo Ministério da Educação em 12,84% e é válido desde o dia 1º de janeiro em todo o País. Nos últimos anos, os professores de Arcoverde tem sido obrigados a aceitarem o parcelamento dos meses retroativos, já que a prefeita de Arcoverde nunca cumpre a lei ao pé da letra e só paga o novo piso com 02 ou 3 meses de atraso.

O IFPE – campus Afogados da Ingazeira lançou o edital do Processo Seletivo Simplificado para preenchimento de vagas remanescentes do Vestibular 2020.1. Estão sendo ofertadas 58 vagas na modalidade Subsequente, voltada para quem já concluiu o Ensino Médio, para os cursos técnicos de Agroindústria, Eletroeletrônica e Saneamento. As inscrições já começaram e seguem até o dia 22 de janeiro, e serão feitas presencialmente na Coordenação de Registro Acadêmico do campus.

As vagas serão preenchidas considerando-se exclusivamente o coeficiente de rendimento do(a) candidato(a) nos componentes curriculares constantes na Ficha Modelo 19 (Histórico Escolar de Conclusão do Ensino Médio), obtida em estabelecimento de ensino reconhecido por Secretaria de Educação Estadual ou pelo MEC. Para efetuar a inscrição, os candidatos devem entregar a documentação adequada dentro do prazo estabelecido. Não haverá cobrança de taxa de inscrição e nem realização de prova. Em conformidade com a lei, partes das vagas serão reservadas ao Sistema de Cotas.

A divulgação do resultado da seleção está prevista para o dia 26 de janeiro. Mais informações sobre o processo seletivo, como documentação exigida e anexos, podem ser acessadas por meio do edital, disponível em nosso site: www.ifpe.edu.br/afogados 

Dúvidas podem ser esclarecidas pelo e-mail: cgra@afogados.ifpe.edu.br ou pelo telefone: 87.3211.1217.

Evento será realizado no Campus Ciências Agrárias da Univasf — Foto: Reprodução / TV Grande Rio

Será realizado neste terça-feira (21), no Centro de Conservação e Manejo da Caatinga (Cemafauna Caatinga), da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), em Petrolina, no Sertão de Pernambuco, o Workshop Abelhas e Produção Agrícola: a Bioeconomia do Vale do São Francisco. O evento vai reunir criadores de abelha, produtores de mel, agricultores, extensionistas e pesquisadores para discutir as próximas etapas da pesquisa que investigará a sensibilidade das abelhas aos pesticidas comumente utilizados na região.

O workshop será realizado das 8h às 17h, no auditório do Museu de Fauna da Caatinga, no Cemafauna, no Campus Ciências Agrárias (CCA). Este será o primeiro workshop a ser realizado durante os dois próximos anos, período de execução do estudo que está sendo desenvolvido na Univasf em parceria com a Universidade de Cardiff, do País de Gales, no Reino Unido, e colaboração do Centro Interdisciplinar de Investigação Marinha e Ambiental (CIIMAR), de Portugal; e da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), de Campinas.

O estudo sobre os problemas associados às interações entre as abelhas e a polinização dos cultivos agrícolas na região teve início em 2019, quando se verificou, por meio de laudo técnico, a presença de resíduos de pesticidas na cutícula (pele) de exemplares desses insetos coletados na região. A pesquisa entra agora numa segunda fase, na qual será feita uma análise da sensibilidade das espécies de abelhas nativas e não ativas a tipos específicos de pesticidas utilizados nas práticas agrícolas.

A pesquisa prevê a realização de um workshop a cada seis meses até maio de 2022, quando deverá ser concluída. O objetivo destes eventos é possibilitar o compartilhamento de informações sobre a pesquisa com a comunidade e contribuir para o planejamento das ações a cada nova etapa. Outras informações sobre o workshop estão disponíveis no site da Univasf.

Tânia Maria, de Brejinho, desistiu e vai apoiar um correligionário

Da Folha de Pernambuco

A pouco mais de nove meses das eleições municipais, alguns prefeitos pernambucanos que poderiam disputar a reeleição passarão longe do crivo dos eleitores nas urnas. Entre os gestores entrevistados pela reportagem da Folha de Pernambuco, os motivos estão centrados em dois pontos principais: a frustração diante das dificuldades administrativas presentes nos pequenos municípios e os alinhamentos partidários que os fazem abrir espaço para que os seus antecessores retornem ao poder.

Em Triunfo, o prefeito João Batista (PL) lamenta a dificuldade financeira e aponta ela como uma das razões da desistência. “O gestor tem hoje muita dificuldade, principalmente na questão do custeio da Previdência, que está inviabilizando a questão municipal. Todo mês, a prefeitura tem um déficit de R$ 350 mil, o município está praticamente inviabilizado”, argumenta.

De acordo com Batista, mesmo com os convênios com outras esferas do poder público, Triunfo está “quase sem possibilidade de investimento”. “Ser gestor público hoje é complicado, extremamente difícil. Amo minha cidade, mas virei um pagador de salário”, diz o prefeito, que acrescenta uma questão profissional como outro fator para desistir da reeleição. “Sou advogado e ficar oito anos fora do mercado é algo muito complicado”.

Para a professora de Ciência Política da Faculdade de Ciências Humanas de Olinda (FACHO), Priscila Lapa, a tendência é que outros nomes decidam não disputar o segundo mandato consecutivo. “Se o Governo Federal sinalizar novos investimentos em vez de retração, isso pode mudar. Caso não mude, é de se esperar que mais gestores ‘joguem a toalha’. É preciso ter uma capacidade de gestão muito grande para ter coragem de prometer algo em uma disputa com essa realidade”, afirma.

Nas últimas eleições, em 2016, de acordo com dados de levantamento realizado pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM) e pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), 14 prefeitos aptos para a disputa da reeleição em municípios pernambucanos escolheram não disputar.

Em 2019, a prefeita de Brejinho, Tânia Maria (PSB/foto), desistiu de tentar a reeleição neste ano para apoiar o ex-prefeito José Wanderley, também socialista. “Tem outra pessoa, que é do mesmo grupo e eu vou apoiar”, resumiu. Em Ingazeira, o cenário também se resume ao PSB. O prefeito socialista Lino Olegário de Morais cogita abrir mão da reeleição, também em nome do ex-prefeito Luciano Torres. “A administração está equilibrada, o que vai definir a escolha do nome é o tempo ideal de lançar a candidatura. Temos um bom relacionamento, o ex-prefeito e eu, estamos aguardando”.

Fora da disputa, João Batista também apoiará seu antecessor, Luciano Bonfim (Avante). “Em Triunfo sou aliado do ex-prefeito, vou apoiar ele. Temos maioria na Câmara, acredito que temos boa chance de vencer”, afirmou.

Para Priscila Lapa, o cenário apresentado é pouco usual. “É normal o prefeito antecessor querer o espaço, não é normal o atual ceder esse espaço. Afinal de contas, ocupar um espaço político, um cargo de gestão, é uma forma de se capitalizar politicamente. Geralmente, essas mudanças são realizadas sob disputa, não é normal que seja feito de forma consensual”, afirma a cientista política, frisando que podem ter ocorrido acordos que não são revelados pelos políticos em questão.

Suspeito estava com a arma supostamente utilizada no crime

Um homem de Belo Jardim, no Agreste pernambucano, foi baleado após marcar um encontro com uma mulher nas redes sociais na madrugada do sábado (18). Segundo informações da Polícia Civil, o homem deu entrada em um hospital de Garanhuns, também no Agreste do estado, ferido na nuca e no abdômen.

Ele contou aos policiais que foi para Garanhuns após marcar um encontro com uma mulher que conheceu através das redes sociais. Ao chegar no local combinado, dois homens se aproximaram dele e o colocaram dentro de um veículo. A vítima foi levada para um local desconhecido, onde atiraram contra ele.

A moto que o homem usou para ir à Garanhuns foi levada e também todos os pertences dele. A Polícia Civil está investigando o caso. Ainda não se sabe a identidade dos suspeitos. O estado de saúde do homem não foi divulgado.

De acordo com a polícia, um caso semelhante ocorreu no dia 10 de janeiro, em que um homem também foi baleado de maneira semelhante após marcar um encontro com uma mulher.

O ciclo biométrico do município será encerrado na próxima sexta-feira (24) e 1.189 eleitores ainda não realizaram o cadastro biométrico.

Para facilitar a vida do eleitor de Brejinho (ZE099) que ainda não realizou a biometria, o Posto de Atendimento Biométrico do município funcionará normalmente durante o feriado municipal da Festa de São Sebastião, nos dias 20 e 21 de janeiro.

Os eleitores de Brejinho devem estar atentos ao prazo final do ciclo biométrico obrigatório no município que se encerra na próxima sexta-feira, dia 24 de janeiro. Mesmo com o prazo final se aproximando, 1189 eleitores ainda não realizaram o cadastro biométrico.

É importante lembrar que após a data, aqueles que não informarem seus dados biométricos à Justiça Eleitoral, terão seus títulos cancelados e estarão sujeitos a diversas sanções administrativas, como: 

  • não poder votar nas próximas eleições;
  • não poder se inscrever em concurso ou prova para cargo ou função pública, investir-se ou empossar-se neles;
  • não receber vencimentos, remuneração, salário ou proventos de função ou emprego público;
  • não obter passaporte ou carteira de identidade;
  • não receber Bolsa Família/benefício/aposentadoria;
  • não fazer empréstimos em bancos oficiais;
  • não renovar matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo;
  • não obter certidão de quitação eleitoral, conforme disciplina a Res.-TSE nº 21.823/2004.

Para evitar maiores transtornos, é recomendado que o eleitor realize o agendamento prévio através do site do TRE-PE (http://www.tre-pe.jus.br/eleitor/solicitar-agendamento).

Para realizar o serviço de cadastro ou revisão biométrica é necessário comparecer ao local no horário agendado munido do documento de identificação oficial (com foto), comprovante de residência atual e o título de eleitor (se tiver). Homens com mais de 18 anos (até os 45 anos) que, além de fazerem a biometria, vão solicitar o primeiro título de eleitor, precisam levar também um documento que comprove o alistamento militar obrigatório.

http://www.geraldojose.com.br/ckfinder/userfiles/images/chapeudepalhapesaca.jpg

O cadastramento do Chapéu de Palha começa nesta segunda-feira (20) em sete municípios do Sertão pernambucano. O benefício é destinado a todos os trabalhadores da fruticultura irrigada e pescadores artesanais dos municípios de Petrolina, Lagoa Grande, Santa Maria da Boa Vista, Cabrobó, Orocó, Belém do São Francisco e Petrolândia.

A expectativa é cadastrar em torno de 8.500 trabalhadores da região do São Francisco. “Esse programa é para os trabalhadores e pescadores que estão na entressafra da produção. Os produtos tem oito meses de duração e quatro meses os trabalhadores ficam sem dinheiro. Os pescadores por conta do período de inverno, chuvoso, eles não podem pescar, a reprodução, então eles acabam ficando sem o sem salário. Com isso, o estado entra com a bolsa do chapéu de palha”, explicou a coordenadora do programa Chapéu de Palha, Maria Oliveira.

Segundo a coordenadora, este ano não serão aceitas pendências de documentos no ato do cadastramento. “O cadastro será feito em torno de 2 minutos. O trabalhador tem que levar os originais e as cópias desses originais, de toda a lista documental”, destacou.

O cadastro segue um cronograma (abaixo) que encerra dia 7 de fevereiro, com o cadastro em Petrolina. Continue reading

https://scontent.ffor9-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/82419355_2742186219391989_2488528068759519232_n.jpg?_nc_cat=111&_nc_ohc=-OtRiHrOzWsAX8txoxO&_nc_ht=scontent.ffor9-1.fna&oh=ab982a747667b10902cde9515a40e88d&oe=5E927EF6

Mesmo com o bloco governista já tendo iniciado as discussões da majoritária para substituir o prefeito Sebastião Dias (PTB), o Partido dos Trabalhadores vai atuar inicialmente na composição de sua chapa de vereadores.

A informação foi passada pelo deputado federal Carlos Veras durante entrevista a Rádio Cidade FM.

Uma vez que a nova legislação eleitoral veta a coligação proporcional, cada partido vai ter que apresentar uma chapa forte para a Câmara Municipal e é isso que o PT vai fazer, disse Carlos Veras.

O parlamentar defendeu a unidade entre os partidos que formam o palanque governista para definir a chapa majoritária em Tabira. Ele disse que o PT apresentará um nome, mas o partido não fecha questão e poderá votar em um candidato de outra sigla que integre o bloco governista. As informações foram repassadas ao Blog PE Notícias pelo comunicador Anchieta Santos, das rádios Pajeú FM, e Cidade FM, de Tabira.

https://www.gp1.com.br/media/images/2019/10/29/banda-araketu.jpg

A edição de 2020 do baile municipal de Afogados da Ingazeira promete ser uma das mais animadas e concorridas dos últimos anos. Na programação musical, estão previstas atrações do porte da banda Araketu (foto), a animação contagiante de Patusco e a tradição do frevo com a renomada orquestra afogadense, Show de Frevo.

O baile, mais uma vez, acontecerá no espaço Wilton Britto, no Hotel Brotas, no próximo dia 08 de Fevereiro, com previsão de início para 21hs. Informações sobre mesas e ingressos, pelo telefone (87) 99958 0056. Mais uma vez a Prefeitura buscou apoio na iniciativa privada para realizar o baile, gastando o mínimo possível de recurso público para realização dessa que tem se consolidado como uma das maiores e mais animadas prévias do Carnaval no Sertão Pernambucano. 

Do Blog:

Ontem (19), ao procurar o secretário-adjunto de Cultura de Afogados da Ingazeira, Cesar Tenório, tivemos informações de que todas as mesas deste evento estavam vendidas, restando apenas 200 entradas individuais. Tenório disse que devido à procura, a perspectiva seria de que as entradas sejam vendidas já no decorrer desta semana. O espaço ficou pequeno para um evento tão esperado.

Quase um terço das cidades de Pernambuco é afetado pela estiagem — Foto: Marlon Costa/Pernambuco Press

O governo estadual decretou situação de emergência em 61 cidades de Pernambuco afetadas pela estiagem, o que equivale a quase um terço dos 185 municípios do estado. O decreto publicado no Diário Oficial de sábado (18) determina que elas sejam mantidas no Sistema Nacional de Proteção e Defesa Civil pelo período de 180 dias.

Assinado pelo governador Paulo Câmara (PSB), o decreto leva em consideração “a preservação do bem-estar da população e das atividades socioeconômicas das regiões atingidas por eventos adversos, bem como a adoção imediata das medidas que se fizerem necessárias para, em regime de cooperação, enfrentar situações emergenciais”.

Além disso, a falta de chuva nas regiões afetadas causou a redução das reservas hídricas, “provocada pela má distribuição pluviométrica na região”, ocasionando impactos na agropecuária, especialmente do Agreste.

No decreto, o governador também disse que os habitantes dos municípios afetados “não têm condições satisfatórias de superar os danos e prejuízos provocados” pela estiagem.

Assim como os profissionais que trabalham nos hospitais e em postos de saúde de Petrolina, os médicos e outros colaboradores do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) precisam superar momentos de violência no exercício da profissão. Em um desses casos, por volta das 15h da sexta-feira (17), uma equipe do serviço viveu uma situação de risco durante um atendimento.

Tudo começou com uma ligação para o número 192, já em tom agressivo por parte dos solicitantes. No questionamento de rotina feito pela equipe do SAMU, os familiares da pessoa que aguardava atendimento destrataram os profissionais e não repassaram os detalhes solicitados, mesmo assim, uma Unidade de Suporte Avançado (USA) foi encaminhada ao local, no bairro Jardim São Paulo. Quando a equipe chegou à residência encontrou a paciente sentada, consciente e orientada – situação diferente do que havia sido relatado por telefone.  Quando o médico foi conversar com os familiares da paciente para orientá-los sobre os serviços do SAMU, um familiar começou a agredi-lo verbalmente e o tom da conversa gerou risco de violência iminente, precisando a equipe defender o profissional. O caso foi parar na delegacia, onde a equipe médica registrou Boletim de Ocorrência (BO).

Apesar dos trabalhos de conscientização realizados pela prefeitura, a secretária executiva de Atenção à Saúde, Ana Carolina Freire, afirma que casos como esse são comuns na cidade. “Esses episódios são rotineiros em Petrolina, inclusive com ameaça de morte, deixando nossas equipes vulneráveis em situações de violência. É importante que, no momento do atendimento por telefone, as pessoas falem a real situação do paciente, pois a prioridade é prestar o atendimento à vítima no menor tempo possível, inclusive com o envio de médicos conforme a gravidade do caso”, destaca.

Apoio

Ana Carolina pede a colaboração dos petrolinenses na utilização do serviço e frisa que é preciso, também, a população entender que o SAMU só realiza atendimento pré-hospitalar, ou seja, assistência prestada em um primeiro nível de atenção. “A gente pede a colaboração da população no sentido de nos ajudar nesse trabalho, que é tão essencial. É preciso um processo de educação muito intenso, porque algumas pessoas às vezes manipulam as informações, pra dar maior gravidade ao caso, e ocupam desnecessariamente o serviço. Enquanto esse tipo de coisa acontece, pessoas estão sendo prejudicadas pela falta do atendimento”, finaliza a secretária executiva.

https://s2.glbimg.com/zHbKUfdbBA7MF1__imjKbNMIzq4=/0x0:1600x942/984x0/smart/filters:strip_icc()/i.s3.glbimg.com/v1/AUTH_59edd422c0c84a879bd37670ae4f538a/internal_photos/bs/2017/5/I/7KvIlKTGytyP04uMEqpQ/israel-leao.jpeg

A Casa das Juventudes de Arcoverde, Sertão de Pernambuco, está com inscrições abertas para o curso gratuito de informática avançada. As aulas terão início na segunda-feira (27) e serão realizadas das 19h às 21h, com duração de duas horas por semana.

É necessário que o interessado tenha conhecimentos básicos em informática. As inscrições, que são preenchidas por ordem de chegada, devem ser realizadas presencialmente, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, na sede da Casa das Juventudes, que fica localizada na Rua Manoel Soares de Melo, n° 167, no bairro do São Miguel.

Entre os conteúdos que serão abordados, estão Sistemas Operacionais, Virtualização, Iniciação ao Linux e Shell Script.

Por André Luis/Blog de Nill Junior

O ex-prefeito e pré-candidato a Prefeitura de Afogados da Ingazeira, Totonho Valadares (MDB), recebeu a reportagem do blog do Nill na quinta-feira (17), em sua fazenda onde falou sobre o aceno feito pelo vice-prefeito do município, Alessandro Palmeira, o Sandrinho (Rede), para que o Partido dos Trabalhadores (PT), voltasse a compor o conjunto de forças da Frente Popular.

O aceno aconteceu durante discurso na posse da nova diretoria do PT de Afogados, no último sábado (11), que passou a ser presidido por Mônica Solto e confirmada posteriormente em entrevista ao blog no dia seguinte.

O ex-prefeito também comentou sobre a fala do vice-prefeito, que “Afogados não pode ser governada por um bolsonarista”.

Sobre o aceno ao PT, Totonho, que ainda faz parte da Frente Popular, disse que Sandrinho não tem representatividade para falar em nome do grupo. “Porque o partido que ele pertence, que é a Rede, não tem há muito tempo esse protagonismo dentro da Frente Popular” e completou: “se, por exemplo, tivesse fazendo isso o prefeito José Patriota, ou outras lideranças mais experientes até que me deixava preocupado”.

Para o ex-prefeito, o aceno e a maneira que Palmeira acenou para a nova junção de forças entre PT e o PSB, vai de encontro ao que ele considera “um dos mais importantes acontecimentos na política pernambucana e talvez brasileira”, disse se referindo a entrevista dada pelo publicitário Edson Barbosa (Edinho), ao jornalista Magno Martins no último dia 15 de janeiro.

Para Totonho a entrevista de “Edinho mostra, por exemplo, que os ‘coveiros’ da eleição que foi perdida nacionalmente, teve exatamente como os grandes responsáveis o PT e o PSB. O impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, foi o PSB o grande protagonista”.

O emedebista lembrou o caso da petista Marília Arraes. “Foi uma negociata, tiraram uma moça neta de Miguel Arraes, sacaram essa menina. Golpe é isso! Quer dizer, ela tinha todas as chances de aparecer e ser a candidata a governadora. Tinha mais de 30% de intenções de voto”, disse Totonho, se referindo às eleições de 2018, quando o PT rifou a candidatura de Marília para apoiar o PSB e a reeleição do governador Paulo Câmara.

“Então o próprio PT e o PSB fizeram uma organização de suas lideranças e frustraram, aniquilaram, impediram que tanto a Marília aqui em Pernambuco, como Márcio Lacerda lá em Minas Gerais, pudessem ser vitoriosos naquelas campanhas. Isso fica provado que o caminho que o vice-prefeito está tomando. Primeiro, o de protagonista, que ele não tem a qualificação, nem a experiência e nem o conteúdo pra ser… o Patriota tem. Tem e tem demonstrado!”, alfinetou.

Ainda alfinetando o vice-prefeito, Totonho disse que Sandrinho está querendo dividir o protagonismo da política afogadense com o prefeito José Patriota. “Esse negócio de gestão compartilhada é coisa da cabeça dele.” Questionado se não seria com o aval do prefeito Patriota, ele disse não acreditar que seja. “Pode até ser, mas não acredito”, disse.

Como resposta a fala do vice-prefeito que “Afogados não pode ser governada por um bolsonarista”, Totonho leu um texto supostamente escrito por um internauta de nome Paulo Vinicius Duarte que foi publicado no blog do Itamar França.

No texto o suposto internauta critica a fala do vice-prefeito chegando a chama-lo de ‘despreparado’ o que segundo Totonho representa o sentimento de parte da  população de Afogados em relação ao vice-prefeito Alessandro Palmeira.

“Então quando a população sente isso, que o cara é despreparado que tá fazendo determinadas coisas que não estão alinhadas e que não tem protagonismo, não tem estatura política para esse tipo de coisa… Se eu estivesse vendo isso do prefeito José Patriota, tudo bem, mas não. Estou vendo de uma pessoa que poderá ser o seu candidato, como eu também poderei ser o candidato. Porque eu faço parte da Frente Popular e tenho estrutura dentro do grupo”, pontuou o ex-prefeito.