Policial

A Operação está sendo coordenada pela 19ª Delegacia Seccional de Arcoverde  / Foto: Divulgação/Polícia Civil

A 47ª Operação de Repressão Qualificada do ano, denominada “Colossus”, foi deflagrada pela Polícia Civil, na manhã desta sexta-feira, para desarticular uma organização criminosa em Arcoverde, no Sertão de Pernambuco. Ao todo, estão sendo cumpridas 11 ordens judiciais.

Investigação

Segundo as informações da Polícia Civil, as investigações sobre os integrantes da quadrilha foram iniciadas no mês de julho deste ano. Foram expedidos cinco mandados de prisão e quatro mandados de busca e apreensão domiciliar, além de dois mandados de busca e apreensão contra dois adolescentes.

A Operação está sendo coordenada pela 19ª Delegacia Seccional de Arcoverde e o Delegado Marcos Virgínio, da 156º Circunscrição Policial de Arcoverde, é o responsável pelo cumprimento das ordens judiciais. Com informações do JC Online.

Durante agosto, foram registrados 2,8 mil roubos a celulares em Pernambuco — Foto: Marcelo Brandt/G1

Pernambuco registrou 7.222 Crimes Violentos contra o Patrimônio (CVPs) em agosto de 2018, segundo dados da Secretaria de Defesa Social (SDS) divulgados nesta quarta-feira (12). O número representa uma média diária de 232,9 casos como roubo de carros, celulares e assaltos a pessoas.

De acordo com a SDS, as estatísticas de agosto diminuíram 32,9% em relação ao mesmo mês de 2017, quando foram registrados 10.773 crimes do tipo. No acumulado do ano, foram registradas 65.326 ocorrências de CVPs, uma redução de 23,5%, se forem levados em conta os 85.428 registros feitos entre janeiro e agosto de 2017.

No Recife, o mês de agosto foi fechado com 2.586 crimes violentos contra o patrimônio. Isso quer dizer que, em um mês, houve registro de, em média, 83 crimes como assaltos a ônibus, roubos de celulares, assaltos a bancos e roubos de veículos na capital pernambucana. Em agosto de 2017, foram contabilizadas pela SDS 3.087 ocorrências do tipo.

Em todo o estado, durante agosto, a secretaria registrou 2.864 roubos de celulares. No mesmo período, 598 aparelhos roubados foram recuperados com a ajuda doPrograma Alerta Celular, que identifica os donos por meio do cadastro do Imei.

Em relação aos roubos de bancos, a SDS contabilizou uma ocorrência durante todo o mês. Em agosto de 2017, foram 12 casos do tipo registrados pelo órgão.

A SDS também registrou 105 assaltos a ônibus em Pernambuco. Segundo o órgão, isso representa uma diminuição de 32% em relação aos 155 casos contabilizados no mesmo período do ano passado.

Ainda em agosto, houve registro de 1.142 roubos de veículos e cargas, o que resulta, em média, em 36 ocorrências do tipo por dia em Pernambuco. Em 2017, o mesmo mês teve 1.722 registros do mesmo tipo de crime.  

https://jconlineimagem.ne10.uol.com.br/imagem/home-portal/normal/cfc93c38e60ddd35e5278777586f4186.jpg

Um cabo da Polícia Militar de Pernambuco foi expulso da corporação pela Secretaria de Defesa Social (SDS) em portaria publicada nesta quarta-feira (05) pelo Diário Oficial do Estado. O policial está preso desde quando foi alvo da Operação Trevo, deflagrada pela Polícia Federal em 2014.

Na época, o cabo foi acusado de ser proprietário de estabelecimentos de jogo de azar em diversos bairros do Recife. Segundo a portaria da SDS, Também foi comprovada a participação dele em um grupo criminoso que cuidava dos espaços e impedia a organização de ações da polícia nesses locais, deixando de exercer a prática do seu ofício como policial na repressão das práticas de jogos ilícitos.

A SDS informou que o policial feriu preceitos éticos impostos à corporação, já que o ele exercia atividade comercial e, mesmo de licença médica, estava presente em um pagode na época da operação da PF, quando foi chamado para ser ouvido em uma sindicância da PM.

Por isso, de acordo com informações divulgadas pela portaria, o cabo foi expulso por não demonstrar ter condições éticas de permanecer na Polícia Militar.

Operação Trevo

A Operação Trevo foi deflagrada pela Polícia Federal no dia 11 de novembro de 2014, quando desarticulou supostas organizações criminosas especializadas em fraudes com títulos de capitalização popular, jogos de azar, lavagem de dinheiro e crimes contra o sistema financeiro e a economia popular. Na ocasião, foram cumpridos diversos mandados de prisão, busca e apreensão, além de determinação de bloqueio de valores.

Também durante a mesma operação, os donos do Pernambuco dá Sorte foram presos sob a acusação de comandarem o esquema, que alcançava 13 estados.

Na primeira fase da operação, diversos mandados de prisão e de busca e apreensão foram cumpridos, muitos deles no Recife. Altas quantias em dinheiro e artigos de luxo, como carros importados, foram encontrados e retidos pela PF.

Divulgação/PMPE

Um proprietário de posto de gasolina foi preso por guardar uma grande quantidade de armas e munições no escritório do seu estabelecimento, na BR-423, em Garanhuns, Agreste de Pernambuco. O suspeito chegou a fugir quando notou a aproximação da polícia.

Segundo a Polícia Militar (PM), a ocorrência teve início na noite da segunda-feira (3) e só foi concluída no início da manhã desta terça-feira (04). A apreensão ocorreu após a prisão de um suspeito de comprar uma moto roubada de um funcionário do posto de combustível.

Chegando ao local, os policiais notaram que uma pessoa no local fugiu e deixou a porta do escritório aberta, com o arsenal no interior. Pouco depois, o suspeito foi abordado e confessou ser proprietário do posto de combustível e do armamento.

O dono do posto foi conduzido à Delegacia de Polícia Civil de Garanhuns e autuado por porte ilegal de arma de fogo e munições. Foram apreendidos com ele: duas espingardas calibre 12, uma espingarda calibre 22, duas carabinas calibre .44, um fuzil calibre 7,62, um revólver calibre 38, uma réplica de fuzil, uma réplica de pistola, 28 silenciadores, 50 munições de calibre .44, 24 munições calibre 22, três munições calibre .635, 37 munições calibre 12, 58 munições calibre 38, três cartuchos calibre 38 (deflagrados), 107 munições de calibre .357, uma munição calibre .45, uma munição calibre 9 mm, uma balança de precisão, um par de algemas de dedo, uma luneta, uma lanterna LED, um alicate de pressão, uma toca ninja, R$ 35.319,10 em espécie, R$ 13.497,00 em cheques e um talão de cheques com 16 folhas em branco.

O prefeito de Afogados da Ingazeira, José Patriota, concedeu uma entrevista ao PE Notícias, dizendo ele ser exclusiva, que também foi disponibilizada por intermédio deste blog para o Blog de Nill Junior, e voltou a defender a reeleição de Paulo Câmara, afirmado que sua política fiscal e equilíbrio nas contas ajudaram o estado.

Patriota falou também de outros temas e tentou esfriar a polêmica envolvendo a declaração do ex-prefeito Totonho Valadares, que cobrou uma visita do governador candidato com a frase de efeito “se ele quiser meu voto tem que vir pedir em minha casa”.

Leia trechos da conversa:

Armando x Câmara

Fui secretario na administração Eduardo, compartilhei o modelo de gestão e tento replicar de maneira mais modesta e simples, mas a natureza é a mesma. Eduardo foi eleito nos 8 anos o melhor governador do Brasil e ao escolher Paulo Câmara candidato fiquei querendo entender. Avizinhava-se uma grande crise econômica. Precisávamos ter profissionais de gestão pública em cargos de comando. Ao Brasil entrar em crise, estados e municípios tem repercussão imediata e Paulo Câmara é muito mais técnico, teve a capacidade de fazer o equilíbrio fiscal. Assegurou o pagamento dos servidores em dia, à manutenção dos grandes avanços que Pernambuco deu no período de Eduardo, como a guinada da educação, o programa Ganhe o Mundo, a manutenção das UPAS 100% bancadas com recursos do tesouro, os avanços na área de segurança, os concursos. Toda cidade hoje tem Delegado, teve incremento nas policias militar, civil, salários, equipamentos. Não é fácil, além dos hospitais que Eduardo fez manter esses avanços apesar da queda da receita.

Segurança

Pernambuco tem uma grande diferença inaugurada por Eduardo e existe em outros poucos estados. Existe o que chamamos de subnotificação em muitos deles.  Não há transparência de registros de homicídios em outros estados. Em Pernambuco tudo é feito, registrado e publicado, mesmo quando a violência cresceu. Agora que efetivamente caiu o estado não tem que publicar? Apesar de desemprego, fatores que aumentam a violência, as medidas e o Pacto Pela vida tem um impacto positivo. Violência é gerada por um conjunto de fatores que tem a ver com emprego, com educação. Mas a repressão, a ação integrada com o Sistema de Justiça, a inteligência tem sido importantes. Mesmo as ações contra bancos, com profissionais de quadrilhas como o Comando Vermelho e até internacionais, em números têm caído. Os outros não foram testados. Mas Paulo tem feito. Não dá pra trocar o certo pelo duvidoso.

Educação e promessa de duplicar salário dos professores

O governador teve a intenção de investir na educação porque Eduardo assim fez. O estado no Brasil que tem o maior número de escolas. Para ser professor, professora da escola integral tem significativo aumento de salário com metas integradas. Quando o governador colocou a intenção de não dobrar, não saiu porque os números não foram suficientes. Não se sabe se nos próximos quatro anos a crise se debela para investir mais. A educação tem caminhado. Enquanto no Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Minas Gerais, tem governador dividindo em três, quatro vezes o salário sem cumprir, pagando com cesta básica, Pernambuco tem pago em dia e ainda tem a qualificação dos profissionais. E tem programas como o Ganhe o Mundo. Isso é ter resultados.

Política hídrica

A gestão investiu muito em água, abastecimento. O governo está fazendo a Adutora do Agreste, a partir da Transposição, um mega investimento. Muitas cidades foram tiradas do racionamento e outras estão próximas. Na agricultura familiar a quantidade de cisternas tem sido enormes. Em Afogados um dos maiores sistemas beneficia São João e Lajedo, quase 350 famílias, um projeto de R$ 1,5 milhão. Ele fez no Agreste Sertão. Investiu no fornecimento de equipamentos, materiais, forrageiras, além da s cadeias produtivas como na região do São Francisco, na cadeia do leite no Agreste, apesar da seca. O Idepe ajudou muito com tecnologia. Houve distribuição de sementes, Seguro Safra que Pernambuco tem feito o aporte em dia, o PAA que o IPA faz levou a vários lugares. Há muitas iniciativas. Em Tabira temos o maior entreposto de mel do Nordeste regularizado, com possibilidade de exportação. Isso teve aporte e apoio do Governo do Estado.

O Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) realizou, na manhã desta quarta-feira (29), uma apreensão de quase mil celulares roubados na BR-232, próximo ao posto de combustíveis Pixilau, no bairro de Vila Rica, em Jaboatão dos Guararapes. Houve reação no momento da abordagem e os suspeitos aproveitaram a troca de tiros para fugir por um matagal, deixando para trás 975 aparelhos de vários modelos.

Uma equipe de batedores do Batalhão estava em deslocamento pela rodovia quando percebeu um Ônix preto saindo de uma viela no meio do matagal. A Polícia tentou parar o veículo suspeito, mas o condutor acelerou ao notar que seria alcançado pelo efetivo, que estava de motocicleta. Então, os suspeitos pararam e começaram a atirar. Neste momento, os dois suspeitos fugiram entrando no matagal. 

O efetivo foi até o veículo, apreendendo a carga irregular. Após consulta no sistema, foi constatado, ainda, que o carro usado pelos suspeitos era clonado. Dessa forma, todo o material apreendido foi levado para a sede do Depatri, da Polícia Civil, que vai investigar a procedência dos celulares.

Presídio Frei Damião de Bozzano, no Complexo do Curado (Foto: Bruno Lafaiete/TV Globo)

Três detentos foram baleados após uma briga dentro do Presídio Frei Damião de Bozzano, que faz parte do Complexo do Curado, na Zona Oeste do Recife. Os homens foram socorridos para unidades de saúde. A confusão aconteceu na terça-feira (28).

A Secretaria Executiva de Ressocialização (Seres) informou, nesta quarta-feira (29), que os detentos feridos foram identificados como Eudes Martiniano Ferreira, 20 anos, José Mário Bonfim de Azevedo, 32, e Gedenis Douglas Barbosa da Silva, 31.

A secretaria apontou ainda que arma de fogo utilizada apreendida e os envolvidos encaminhados à Central de Flagrantes para providências cabíveis, mas não detalhou quantas pessoas estavam envolvidas na confusão.

Segundo o posto policial do Hospital da Restauração, dois homens deram entrada na unidade de saúde vindos do Complexo do Curado. Um havia sido baleado no rosto, enquanto o outro foi alvejado no rosto, na cabeça e na perna.

O Complexo do Curado tem três unidades e um histórico de problemas, tendo sido alvo de uma denúncia à Corte Interamericana de Direitos Humanos. A superlotação foi um dos problemas constatados durante a visita da comitiva da Organização dos Estados Americanos (OEA), em junho de 2016.

Em julho deste ano, outro preso morreu após uma confusão registrada em outra unidade do Complexo Prisional. Em março, um detento morreu e outro ficou ferido durante uma confusão após a transferência de presos do PFDB para outras unidades prisionais.

Do Ronda JC

O sentimento de impunidade para quem é vítima de roubo ou furto de carros em Pernambuco pode ser traduzido em números. Segundo a Secretaria de Defesa Social (SDS), 19.605 veículos foram alvos de criminosos em 2017. Desse total, até agora, a Polícia Civil só conseguiu concluir 491 investigações. Ou seja, menos de 3% dos inquéritos foram bem-sucedidos e conseguiram descobrir os autores dos assaltos.

Na capital pernambucana, esses números são ainda mais preocupantes. Oficialmente, 3.802 veículos foram roubados em 2017. Mas só oito inquéritos foram concluídos até julho deste ano. A taxa de resolução é inferior a 1%. Vale lembrar que no Recife há uma delegacia especializada para investigar exclusivamente esse tipo de crime.

E a situação fica mais crítica se forem analisadas as estatísticas dos outros municípios do Estado. Abreu e Lima, por exemplo, registrou 213 roubos em 2017. Até agora, nenhuma investigação foi concluída. No Cabo de Santo Agostinho, também na Região Metropolitana, 449 carros foram alvos de criminosos, mas só quatro inquéritos concluídos. Em Olinda, 664 roubos, e só seis investigações encerradas com sucesso.

No Interior de Pernambuco, apesar de o número de assaltos dessa modalidade ser menor, a taxa de resolução dos casos também é pífia. Municípios como Águas Pretas, Águas Belas, Barreiros, Chá de Alegria e Altinho registraram dezenas de roubos de veículos no ano passado, mas nenhuma investigação foi concluída até agora. Um reflexo da falta de efetivo policial, como inúmeras vezes já foi denunciado pelo Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco (Sinpol-PE).

Os dados da reportagem foram obtidos por meio da Lei de Acesso à Informação. Os números foram atualizados em julho deste ano.

POLÍCIA NÃO COMENTA

Na manhã da quinta-feira (23), o Ronda JC solicitou à assessoria da Polícia Civil de Pernambuco uma entrevista com o delegado de Roubos e Furtos de Veículos para repercutir as estatísticas e saber quais os entraves nesse tipo de investigação. A assessoria, no entanto, informou que o delegado só poderia dar entrevista na próxima semana. O blog solicitou, então, que a assessoria da Polícia Civil respondesse aos questionamentos, mas nenhum posicionamento foi dado.

As aves serão encaminhados para reabilitação e, em breve, devolvidos à natureza / Foto: Divulgação/CPRH

Uma trabalho entre as Polícias Militar e Civil apreendeu 89 aves em situação de cativeiro nos municípios de Caruaru e Garanhuns, no Agreste de Pernambuco. Os pássaros, entre eles três seriemas, um papagaio-verdadeiro e um aracuã, serão levados ao Centro de Triagem de Animais Silvestres de Pernambuco (Cetas Tangara) da Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH). As aves serão encaminhados para reabilitação e, em breve, devolvidos à natureza.

Todos os animais iriam, provavelmente, para pontos de comercialização do tráfico. De acordo com a CPRH, a maior apreensão aconteceu em Garanhuns, totalizando 77 aves, numa residência do bairro da Boa Vista. Do total de animais, foram apreendidos 14 galos de campina, 11 tico-ticos, oito cardeais (sendo um cardeal-amarelo, exótico, com ocorrência na Argentina e no Uruguai), seis azulões, dois canários-da-terra, um papagaio-verdadeiro, um aracuã e as três seriemas. O responsável será autuado e receberá multa de aproximadamente R$ 50 mil.

Caruaru

Já em Caruaru, no bairro de Indianópolis, foram apreendidas doze aves, sendo dois salta-caminhos, dois galos-de-campina, dois azulões, um sábia, um mané-mago, um caboclinho, um papa-capim, uma patativa e um fuscão-preto. Todos os animais foram encontrados em gaiola individual, indicativo que estariam prontas para serem comercializadas. O casal responsável foi levado à Delegacia e vai responder a um Termo Circunstancial de Ocorrência (TAC).

Crime aconteceu na cidade de Triunfo, no Sertão / Foto: divulgação/PE de A a Z

Um homem foi detido nessa quinta-feira (16) suspeito de estuprar uma criança de cinco anos no bairro Liberdade, em Triunfo, no Sertão de Pernambuco.

De acordo com a Polícia Militar, testemunhas disseram que presenciaram o homem de 25 anos exibindo as partes íntimas para a criança. Ainda segundo a polícia, o suspeito chegou a filmar o momento do crime. O abuso teria acontecido em outras ocasiões.

O homem tentou fugir mas foi encontrado pela polícia em casa e levado para a Delegacia de Serra Talhada, onde foi autuado em flagrante. Ele foi encaminhado a audiência de custódia.

Um dos dois homens que deram entrada Hospital da Restauração, no Derby, área central do Recife, após serem queimados, morreu, na madrugada desta quarta-feira (15). Iago Estevão da Silva, de 19 anos, e José Carlos da Silva Santos, de 44 anos, foram encaminhados do município de Tabira, no Sertão de Pernambuco, para a unidade.

A informação inicial, segundo a polícia, era de que, na noite dessa segunda-feira (13), Iago teria recebido a ligação de um conhecido, marcando um encontro, e ido ao local junto com José Carlos. Ao chegar ao lugar, eles teriam sido surpreendidos por dois homens em uma moto, que jogaram gasolina e atearam fogo nos dois.

Denúncia

No entanto, antes de morrer, José Carlos da Silva Santos contou para a família que Iago Estevão o levou ao local, dizendo que era para o encontro, e ao chegar lá, o jovem teria ateado fogo nele. Em chamas, José Carlos teria abraçado o suspeito, que acabou ficando com 40% do corpo queimado.

Segundo a nora de José Carlos, a mãe dele informou que em Tabira já foi identificado o posto onde foi comprada a gasolina supostamente usada no crime, e que vídeos mostram essa aquisição, por parte de Iago.

Iago Estevão da Silva segue internado no Hospital da Restauração, e o caso está sendo investigado pela Delegacia de Tabira. José Carlos da Silva Santos será enterrado na tarde desta quarta-feira (15), no município. Com informações do NE10.

http://1.bp.blogspot.com/_Mpe8fAz7U_0/TIQ__rsEVLI/AAAAAAAA-XM/kpLRq5gFBuo/s1600/kombeiros_php.jpg

Mais de 15 anos após o crime, o Caso Serrambi segue sem desfecho na justiça. No dia último dia 10, o ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Reynaldo Soares da Fonseca, negou o recurso especial que pedia a anulação do júri popular, realizado em 2010, que terminou com absolvição dos irmãos Marcelo e Valfrido Lira. A dupla, considerada suspeita do assassinato das adolescentes Maria Eduarda Dourado e Tarsila Gusmão, em 2003, foi considerada inocente, e absolvidas por quatro votos a três da acusação de tentativa de estupro e homicídio duplamente qualificado. A acusação pretende recorrer à decisão do ministro, tão logo seja publicada.

A publicação da decisão está prevista para a próxima quarta-feira (15). O advogado Bruno Lacerda, da acusação, classificou a decisão como “monocrática” e aponta dois fundamentos para a anulação do júri anterior. Um deles é o fato de um dos advogados dos irmãos Marcelo e Valfrido ter trabalhando anteriormente, na acusação, na assistência do Ministério Público. “Não há a possibilidade de um advogado atuar, em uma mesma causa, em polos distintos. Trouxe prejuízo para a acusação”, avalia Lacerda. E ele acrescenta que o advogado em questão teria proporcionado vantagem para a defesa dos acusados, pois, “em tese, ele teve acesso à estratégia da acusação, causando prejuízo inclusive para o júri”.

O outro ponto seria em relação ao fato de uma das juradas, supostamente, ter vínculo com os acusados. De acordo com Lacerda, no encerramento do júri, uma das juradas teria cumprimentado os acusados e sinalizado uma “manifestação efusiva”. “Foi registrado pela mídia”, diz o advogado sobre as evidências do ocorrido. O responsável pela acusação afirma que a maioria mínima dos votos foi alcançada graças ao voto dessa jurada, que poderia, também, ter “contaminado” outros jurados.

Bruno Lacerda também declara que a acusação não trabalha com a hipótese de os crimes terem sido cometidos por outras pessoas. “Não há a menor dúvida, para a acusação, que eles (Marcelo e Valfrido) são responsáveis”, diz. “Há uma convicção clara, desde o primeiro inquérito, que investigou todas as linhas possíveis, de todas as versões que se criaram. Todas as averiguações culminaram sempre neles”, ressalta. “Eles somente obtiveram esse êxito por não haver um júri neutro”, avalia.

Encarregado da defesa dos irmãos Marcelo e Valfrido Lira, o advogado Jorge Wellington afirma que “recorrer é um direito, faz parte do princípio democrático”, mas ressalta: “de modo que nós entendemos, não há mais o que se discutir. Era uma decisão já esperada, encaro com muita naturalidade, não há nenhuma surpresa, essa decisão já foi confirmada pelo Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) em segunda instância”, acrescenta Wellington. “Infelizmente, o verdadeiro ou os verdadeiros culpados estão livres. Não foram os irmãos, isso a justiça confirmou, em três instâncias”, finaliza.  

O CASO

As adolescentes Maria Eduarda Gusmão e Tarsila Gusmão, ambas com 16 anos, foram vistas com vida pela última vez no dia 3 de maio de 2003. Dez dias após o desaparecimento, o corpo das duas foi encontrado em um canavial em Camela, distrito de Ipojuca, no Litoral Sul de Pernambuco. Conhecido como Caso Serrambi, em referência à praia Sul onde as duas estavam hospedadas, o crime teve uma investigação longa e conturbada, que envolveu as polícias Civil e Federal. 

O empresário e ex-candidato a prefeito de Araçoiaba, Elias Ulysses, foi um dos presos

Uma quadrilha suspeita de corrupção ativa e passiva, fraudes em licitações, lavagem de dinheiro e peculato – crime de abuso de confiança pública – é o alvo da Operação Chaminé, deflagrada pela Polícia Civil de Pernambuco nesta sexta-feira (10). Entre os investigados, um ex-vereador do Paulista, cidade da Região Metropolitana do Recife (RMR), o empresário e ex-candidato a prefeito de Araçoiaba, também na RMR, Elias Ulysses, e uma advogada funcionária da Câmara de Vereadores do Paulista.

Foram cumpridos cinco mandados de prisão e dez mandados de busca e apreensão domiciliar na Câmara de Vereadores, em Araçoiaba e em residências. O depósito de água E. U. S. Serviços LTDA., localizado em Cruz de Rebouças, em Igarassu, também na RMR, servia de empresa de fachada para a quadrilha. “A Câmara contratava serviços para reforma do prédio e era feito um desvio de verbas que, a princípio, é de R$ 700 mil, mas pode chegar a até R$ 5 milhões”, detalhou o delegado da Diretoria Integrada Metropolitana (DIM), Sérgio Ricardo. “A empresa executava parte do serviço e repassava para terceiros fraudando a licitação”, acrescentou.

Os presos e os materiais apreendidos foram levados para a sede do Grupo de Operações Especiais (GOE), no bairro do Cordeiro, na Zona Oeste do Recife. “Apreendemos documentos, pendrives, CPUs, arquivos virtuais, agendas, celulares e objetos para subsidiar a investigação”, explicou o delegado. As investigações da operação tiveram início em abril deste ano e foram presididas pelo delegado da DIM Diego Pinheiro.

Ao todo, 70 policiais civis – entre delegados, agentes e escrivães – participaram da execução desta que é a 32ª operação de repressão qualificada do ano. Mais detalhes sobre a operação serão divulgados na próxima segunda-feira (13) pela Polícia Civil. As informações são do Blog da Folha.

As ações desse grupo já estava sob investigação desde janeiro deste ano pela Polícia Civil / Foto: Reprodução/Polícia Civil

A 31° Operação de Repressão Qualificada, denominada de Ponto Cego, foi desencadeada na manhã desta sexta-feira (03) com o objetivo de desarticular uma organização criminosa voltada aos crimes de estelionato, corrupção ativa e passiva, lavagem de dinheiro, advocacia administrativa, quando um funcionário público exerce a função de advogado sem autorização, e furto qualificado em Pernambuco. Nela, estão sendo cumpridos 19 mandados de prisão preventiva e 16 de busca e apreensão domiciliar.

De acordo com a Polícia Civil, dos mandados de prisão, dois serão transferidos para o Regime Disciplinar Diferenciado (RDD). Todos os mandados foram expedidos pelo gabinete do Desembargador do Tribunal de Justiça de Pernambuco.

As ações desse grupo criminoso já estavam sob investigação desde janeiro deste ano pela Polícia Civil. Até o momento, uma mulher e um ex-PM já foram apreendidos.

Foram acionados 100 policiais civis, entre agentes e escrivães, além da OAB e uma equipe da Companhia Energética de Pernambuco (Celpe). A operação está sendo coordenada pela Diretoria Integrada Especializada (DIRESP) e supervisionada pela Chefia da Polícia Civil.

Todos os detalhes sobre a Ponto Cego serão divulgados ainda na manhã desta sexta-feira na sede do Departamento de Repressão aos Crimes Patrimoniais (DEPATRI), em Afogados, na Zona Oeste do Recife.

Foto: Guga Matos/JC Imagem

O presidente Temer visita a cidade de Salgueiro, nesta sexta-feira, para vistoriar obras da transposição do São Francisco, mas não contará com a presença do governador do Estado, Paulo Câmara.

O governador vai ficar no Recife cuidando de detalhes da pré-campanha, na véspera da convenção do PSB.

Como o vice-governador Raul Henry, do MDB, está afastado do cargo por conta das eleições também, o governo do Estado então escalou então o secretário de Planeamento do Estado, Marcos Baptista, ligado ao MDB.

Curiosamente, amanhã também será a Convenção do MDB de Pernambuco, das 9h às 13h, na sede do partido, bairro do Recife. Raul e Jarbas Vasconcelos devem falar no final do evento.