Sem categoria

GOB-RJ

A liderança da maçonaria Grande Oriente do Brasil, uma das mais importantes do país, situada no Rio de Janeiro, instituiu uma homenagem a Jair Bolsonaro no calendário da sociedade.

Com o “decreto” do grão-mestre da divisão fluminense, autoridade máxima em âmbito regional, o ano de 2019 ganhou o dístico “Brasil acima de tudo, G.a.d.u. acima de todos” — versão maçônica do slogan de campanha do presidente, com “Grande Arquiteto do Universo” no lugar de “Deus”.

Assim, todas as lojas do estado ficam obrigadas a organizar, neste ano, ao menos uma “Sessão Magna Comemorativa a 2019: Brasil acima de tudo, G:.A:.D:.U:. acima de todos”.

Em janeiro, representantes do Grande Oriente no Rio compareceram à posse de Bolsonaro e declararam “apoio institucional” ao governo. A afinidade, segundo a Coluna de Lauro Jardim, em O Globo, tem ao menos um motivo: o “irmão” Hamilton Mourão, que é maçom há 20 anos e fez uma palestra na entidade durante a campanha.

Em seu site, o Grande Oriente do Brasil afirma, sobre “O que é a Maçonaria?”: “Respeita as opiniões políticas e crenças religiosas de todos os homens (…) e rechaça toda pretensão de outorgar situações de privilégio a qualquer uma delas em particular”.

https://4.bp.blogspot.com/-u3JK-i4QI-U/WZQcQnOJiUI/AAAAAAAAs8s/6_e-RiF312IBzAROD2bmETCqBqBIJCXMACLcBGAs/s1600/depol%2Bde%2Bafogados.JPG

Sete homens de uma organização criminosa responsável por homicídios, tráfico de drogas e segurança clandestina foram presos em Afogados da Ingazeira, no sertão do Estado. Com os presos, foram encontrados armas, munições e veículos, que foram apreendidos. A prisão aconteceu na manhã desta quarta-feira (06).

A ação de hoje é resultado de uma operação da Polícia Militar e teve a participação do Batalhão Especializado de Policiamento do Interior (BEPI) e seu Núcleo de Inteligência, o Grupo de Apoio Tático Itinerante (GATI), o 23ºBPM, a 1ªCIPM e a ROCAM. A organização criminosa era envolvida em diversos crimes na região, os nomes dos envolvidos não foram divulgados. Os presos e todo o material apreendido foram conduzidos até a Delegacia de Afogados da Ingazeira.

Este ano, a festa teve como tem

O dia de sábado amanheceu com chuva no Recife, mas nem isso desanimou os foliões. Em sua 42ª edição, o Galo da Madrugada saiu às ruas atraindo milhares de pessoas e regido pela temática “Frevo Mulher”. O tema homenageia não apenas a tradicional música de Zé Ramalho e as mulheres pernambucanas, como também dialoga com a bandeira levantada este ano pelos direitos femininos e contra o assédio no Carnaval. Por volta das 10h, o sol finalmente chegou e trouxe ainda mais alegria ao desfile do maior bloco de rua do mundo.

A alegoria “Pernambucana de Raça” ilustrou a história de garra e superação de Yane Marques e fez referência a atletas da Grécia Antiga. Já a alegoria “Ciranda de Lia” foi voltada para história de Lia de Itamaracá, com muita ciranda e elementos como coqueiros e jangadas. A última foi “Oh, Bela”, inspirada na canção de mesmo nome, de Capiba, e na irreverência e humor de Fabiana Karla. Também teve a alegoria “Frevo Mulher”, comandada pela cantora Amelinha, intérprete da canção Frevo Mulher. 

A festa começou às 9h, saindo da Avenida Sul, com o desfile de 30 trios elétricos. Os shows ficaram por conta de artistas como Elba Ramalho, Quinteto Violado, Fafá de Belém, Marrom Brasileiro em dueto com Lula Queiroga, Spok, André Rio, Michele Melo, Nena Queiroga, Geraldinho Lins, Silvério Pessoa e muitos outros.

Nos camarotes ou no chão, os foliões se divertiram e levaram alegria ao maior bloco de carnaval do mundo. 

Fantasias

Como de costume, os foliões investiram toda sua criatividade nas fantasias para o Galo. Entre as ideias estavam referências a cultura pop, elementos tradicionais do Carnaval pernambucano e roupas originais e muito inusitadas. Um dos temas de destaque entre as fantasias deste ano foi a política. Teve de tudo. Desde homenagens às críticas.

Os trabalhadores autônomos José Bezerra, de 60 anos, e Marco Antônio, de 40, por exemplo, tiraram do armário as mesmas roupas que usam desde 2002 e 2010, respectivamente, para imitar os ex-presidentes Lula e Dilma. A fantasia de  José, em especial, tem história: já o fez ser entrevistado por programas de TV famosos, como Jô Soares e Pânico, além de ter proporcionado um encontro pessoalmente com o próprio Lula.

Apesar da crescente rejeição enfrentada pelas figuras petistas atualmente, os dois afirmam não estarem preocupados. “Continuarei fazendo [Lula] enquanto tiver vida”, afirmou José. “Não tenho medo da rejeição, ainda temos um carinho muito grande por Dilma, apesar de tudo”, diz Marco.

Fantasias de laranjas também não faltaram, fazendo alusão às recentes suspeitas de uso de candidatos laranjas pelo PSL, partido do presidente Jair Bolsonaro. “A ideia da gente era fazer um protesto diante de tanta loucura que está esse governo. Todo mundo que passa já pergunta: ‘cadê o Queiroz? ‘”, disse o folião Fabiano de Olinda.

De Afogados da Ingazeira, mas atualmente morando em Natal (RN), veio Paulo Fernando, Paulão, como faz há vários anos, curtir o Galo da Madrugada, numa energia que só o sertanejo tem.

Até a cidade de Camaragibe, no Grande Recife, virou tema de fantasia. O vendedor Jauber Cândido, de 38 anos, decidiu utilizar uma placa com os dizeres “só vim porque mandaram. Cargo comissionado Prefeitura de Camaragibe”. A placa faz referência à polêmica envolvendo o prefeito que exigiu a presença de servidores comissionados em uma prévia carnavalesca, durante o show da noiva dele, Taty Dantas, que também é secretária de Assistência Social do município.

 

Na avaliação pessoal do presidente, ele aparece com 57,5% de aprovação / Foto: AFP

Uma porcentagem de 38,9 da população avalia o governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL) como ótimo ou bom. As informações são da pesquisa do instituto MDA encomendada pela CNT (Confederação Nacional do Transporte), divulgada nesta terça-feira (26) em Brasília.

No primeiro levantamento deste tipo realizado pelas entidades na gestão de Bolsonaro, que tomou posse em 1º de janeiro, ainda mostram outros dados:

– Os que avaliaram como regular foram 29%;

– Como ruim ou péssimo, 19%;

– Do total, 13,1% não souberam opinar sobre o tema.

Outras avaliações

Outros parâmetros também foram medidos nas entrevistas, como o desempenho individual do presidente Jair Bolsonaro, ministros, governadores e prefeitos, além de expectativas futuras.

Avaliação pessoal do presidente Jair Bolsonaro:

– Aprovam: 57,5%

– Desaprovam: 28,2%

– Não sabe/não respondeu: 14,3%

De acordo com a pesquisa, 82,7% dos entrevistados afirmaram ter votado em Jair Bolsonaro nas eleições do ano passado. Destes, 70,4% estão satisfeitos com o voto, enquanto 15,9% estão muito satisfeitos. Outros 7,6% se declararam arrependidos.

Comparado ao ex-presidente Michel Temer (MDB), na avaliação dos entrevistados, 55,4% definiram Bolsonaro como melhor que o emedebistas. Para 24,3% está sendo igual, e para 8,7%, pior.

Em relação ao governo de Dilma Rousseff (PT), 55,9% acreditam que Bolsonaro está se saindo melhor. Por outro lado, 19,4% acham que está pior, e 14,5% acham que está igual.

A pesquisa também ouviu os entrevistados sobre expectativas quanto à melhoria de vida em diversas áreas. Veja as respostas por tópico:

Emprego

– Vai melhorar: 51,3%

– Vai piorar: 17,2%

– Vai ficar igual: 28,7%

Renda mensal

– Vai aumentar: 33,8%

– Vai diminuir: 9,6%

– Vai ficar igual: 51,2%

Saúde

– Vai melhorar: 41,7%

– Vai piorar: 19,2%

– Vai ficar igual: 36%

Educação

– Vai melhorar: 47,2%

– Vai piorar: 15,6%

– Vai ficar igual: 34,8%

Segurança pública

– Vai melhorar: 53,3%

– Vai piorar: 17,5%

– Vai ficar igual: 26,3%

Questionados se Bolsonaro tem condições de unificar os brasileiros, 40,5% disseram que sim, mas 21,6% disseram acreditar que ele acirrará a separação política entre as pessoas. Para 18,1%, a atuação dele não vai alterar a situação.

Segundo os entrevistados, os principais desafios do atual governo são:

Saúde: 42,3%

Segurança: 34,3%

Educação: 31,6%

Corrupção: 29,2%

Emprego: 23,7%

Economia: 14,3%

Combate à pobreza: 13,3%

Meio Ambiente: 1,5%

Saneamento: 1%

Energia: 0,9%

Transporte: 0,8%

A pesquisa ouviu 2.002 pessoas em 137 municípios de 25 unidades federativas nas cinco regiões do país, entre os dias 21 e 23 de fevereiro. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%. Ou seja, a probabilidade de a pesquisa retratar a realidade é de 95%.

Com informações do Portal UOL.

Uma solenidade na noite da última sexta-feira (15) marcou o início dos cursos de Direito e de Engenharia Civil no Centro de Ensino Superior de Arcoverde – CESA, que integra a AESA, a autarquia de ensino do município. Os cursos tiveram seus projetos elaborados pela equipe do centro de ensino e vem se somar a outros 12 cursos oferecidos pela AESA.

Durante a solenidade, com o auditório lotado por professores, alunos e convidados, o diretor do CESA, professor Franklin Freire, destacou o papel desenvolvido pelo corpo docente e técnico da instituição no sentido de buscar implantar e atrair novos cursos para a autarquia, criando novas oportunidades e fortalecendo a AESA como vetor do desenvolvimento do município e região.

O curso de Engenharia Civil contará com a primeira turma com 50 alunos, sendo que 04 vagas ainda estão em aberto e podem ser preenchidas com a nota do Enem até o próximo dia 20 de fevereiro. De acordo com o Blog Folha das Cidades, o curso de Direito ofereceu no seu primeiro vestibular 100 vagas, todas preenchidas. 

O evento, no auditório da instituição, contou ainda com a presença da prefeita do município e vice (Madalena Britto e Wellington Araújo), do presidente da AESA (Roberto Coelho), da ESSA (Alexandre Paes) e da presidente da Câmara de Vereadores (Célia Almeida Galindo).

Atualmente, a AESA possui a oferta de cursos de graduação em Biologia, Geografia, Gestão Comercial, Educação Física, Enfermagem, Farmácia, Fisioterapia, História, Letras, Matemática, Pedagogia e Psicologia, além de especializações nos segmentos de Biologia Geral, Ensino de Matemática, Geografia e Meio Ambiente, Gestão e Coordenação Pedagógica, História e Ensino de História, Letras, Língua Portuguesa e suas Literaturas, Literatura Brasileira, Psicopedagogia Clínica e Institucional, Urgência e Emergência.

Por Ademar Rafael Ferreira (Papa)*

Ade maleu lapa-el – Todos sabem que no caminho do Mercado de Capitais existem muitas pedras escorregadias. Quem protege os investidores e pune os operadores que praticam métodos não recomendáveis?

Papa – De fato, este universo carece de regras rígidas e fiscalização. Apontamos três entidades que sob nosso ponto de vista cuidam do sistema e protegem os interesses comuns.

A primeira é a Comissão de Valores Mobiliários – CVM foi criada em 07/12/1976 pela Lei 6.385/76, seu Regimento Interno foi definido pela Portaria do Ministério da Fazenda nº. 327/77, de 11.07.1977. Tem como principal objetivo fiscalizar, normatizar, disciplinar e desenvolver o mercado de valores mobiliários no Brasil, inclusive regular o Bolsa de Valores.

”A CVM é uma entidade autárquica em regime especial, vinculada ao Ministério da Fazenda, com personalidade jurídica e patrimônio próprios, dotada de autoridade administrativa independente, ausência de subordinação hierárquica, mandato fixo e estabilidade de seus dirigentes, e autonomia financeira e orçamentária.”

Para auxiliar a CVM contamos com a Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais – ANBIMA. Ela surgiu em outubro de 2009, após uma união entre a Associação Nacional dos Bancos de Investimento (ANBID) e a Associação Nacional das Instituições do Mercado Financeiro (ANDIMA). A ANBIMA defende quatro compromissos: Informar, Representar, Autorregular e Educar. No cumprimento do papel de educadora certifica profissionais do mercado.

Soma-se as duas entidades acima a Associação Nacional das Corretoras e Distribuidores de Títulos e Valores Mobiliários, Câmbio e Mercadorias – ANCORD, órgão que reúne empresas do mercado financeiro, de capitais e todos os agentes autônomos de investimento. Tem autorização da CVM para certificar os Agentes Autônomos de Investimento – AAI.

Sem a ativa participação destas entidades o mercado de capitais seria uma seara onde os “espertos” manipulariam dados e métodos para sugar recursos dos investidores desprotegidos.

(*) – Transcrições extraídas de sites da CVM, ANBIMA, TORO, ANCORD e textos adicionais do autor com adaptações livres.  

Por meio de ofícios enviados esta semana às secretarias de Defesa Social (SDS) e Administração (SAD), bem como aos comandantes da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros, a Associação dos Cabos e Soldados de Pernambuco (ACS-PE) lembrou a necessidade de serem pagas antecipadamente as diárias do Carnaval.

No ofício encaminhado ao secretário de Defesa Social, Antônio de Pádua, o presidente da ACS-PE, Albérisson Carlos, destaca que a antecipação é prevista por lei e que os profissionais da segurança estão preocupados.

“Venho através deste manifestar o sentimento de preocupação dos policiais bombeiros militares, no tocante ao ‘pagamento’ das diárias do ‘período momesco’ que se aproxima, bem como lembrar que alguns eventos prévios acontecerão ao citado período”, escreveu.

Ainda no documento, Albérisson frisa que o atraso do pagamento das diárias dos policiais e bombeiros tem se repetido com muita frequência em Pernambuco.

https://static.congressoemfoco.uol.com.br/2019/02/Luciano-Bivar.jpg

A Câmara dos Deputados escolheu na noite desta sexta-feira (1º), a composição da sua Mesa Diretora. O PRB e o PSL ficaram com as vice-presidências, como já era esperado devido ao acordo fechado entre o presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e as legendas que o apoiaram em sua reeleição.

O presidente nacional do PRB, Marcos Pereira (SP), ficou com a 1ª vice-presidência e o presidente do PSL, partido de Jair Bolsonaro, deputado Luciano Bivar (PE) ficou com a 2ª vice. Ele teve que disputar um segundo turno com Charlles Evangelista (PSL-MG).

A deputada Soraya Santos (RJ) disputou a 1ª secretaria contra outro deputado do seu próprio partido, o PR, e venceu. Após construir uma aliança com a bancada feminina da Casa e com integrantes de outros partidos, ela derrotou o deputado Giacobo (PR), que era o nome oficial da sigla.

A 2ª secretaria ficou com o deputado Mario Heringer (PDT-MG) e a 3ª, com Fábio Faria (PSD-RN). O deputado André Fufuca (PP-MA) foi eleito para a 4ª secretaria.

As suplências dos cargos da Mesa Diretora ficaram com Rafael Motta (PSB-RN), Isnaldo Bulhões (MDB-AL), Geovania de Sá (PSDB-SC) e Assis Carvalho (PT-PI).

Por Ademar Rafael Ferreira (Papa) *

Ade maleu lapa-el – Sabendo que o IPCA é nosso principal índice de inflação gostaria de saber detalhes sobre o IGP-M, que é muito utilizado para correção de contratos.

Papa – De fato, vários contratos são corrigidos pelo IGP-M, sobre o qual podemos afirmar: “Índice Geral de Preços do Mercado (IGP-M) – Divulgado pela FGV, é calculado com base no IPA, IPC e INCC, com pesos respectivos de 60%, 30% e 10%, entre os dias 21 de um mês e 20 do mês seguinte. Foi criado para corrigir operações financeiras e atualmente também é utilizado para corrigir alguns títulos públicos, contas de consumo e contratos de aluguel”.

Para zerar as dúvidas sobre a “sopinha de letras” dos índices que formam o IGP-M, informamos: 1) “Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA) – Desde sua criação em 1947, o IPA, inicialmente batizado de Índice de Preços por Atacado e, a partir de abril de 2010, denominado Índice de Preços ao Produtor Amplo, registra variações de preços de produtos agropecuários e industriais nas transações interempresariais, isto é, nos estágios de comercialização anteriores ao consumo final. Calculado pela FGV com base nos preços do mercado atacadista, abrangendo etapas do processo produtivo que precedem o preço do varejo.” 2) “Índice de Preços ao Consumidor da FIPE (IPC-Fipe) – Índice calculado pela FIPE desde janeiro de 1939 com base nos custos de habitação, alimentação, transportes, despesas pessoais, saúde, vestuário e educação para uma faixa de renda familiar de 1 a 20 salários mínimos.” e 3) “Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) – Índice específico para o setor de construção, calculado pela primeira vez em 1950 pela FGV. Reflete a variação de preço nos materiais de construção e na mão-de-obra do setor. É utilizado para reajuste de financiamentos diretos ao consumidor”.

Como podemos observar os índices são produzidos através de informações oriundas da economia, estando expostos aos humores do “mercado” e relação “causa x efeito”.

(*) – Transcrições dos sites do IBGE e QUEROFICARRICO, textos complementares do autor.

Provas do concurso público realizado pela Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária de Pernambuco (Adagro) serão aplicadas neste domingo (03). Ao todo, 140 vagas são ofertadas no certame.

O processo seletivo será composto por uma única etapa, na qual os candidatos responderão 50 questões objetivas de múltipla escolha e de caráter eliminatório. As provas serão aplicadas pela Comissão de Concursos do Instituto de Apoio da Universidade de Pernambuco (Conupe/Iaupe) nas cidades de Recife, Nazaré da Mata, Garanhuns, Caruaru, Palmares, Arcoverde, Salgueiro e Petrolina. Os horários estão especificados nos cartões informativos dos candidatos.

Os candidatos só poderão ter acesso aos locais de provas portando, exclusivamente, caneta esferográfica preta ou azul, fabricada em material transparente, Cartão Informativo e documento de identidade original. Não será permitida a entrada de candidatos aos locais de realização de prova após o horário fixado para o fechamento dos portões. Além disso, o candidato só poderá deixar a sala de aplicação de prova após três horas do início do exame.

O gabarito preliminar será divulgado no site da Universidade de Pernambuco (UPE) após o término da aplicação das provas. O resultado final será divulgado no dia 26/02.

No dia seguinte a Folha das Cidades denunciar a reclamação dos servidores públicos municipais contratados que prestam serviços da Secretaria de Educação, a Prefeitura de Arcoverde correu para pagar os salários que devia na sexta-feira (25) a fim de evitar reclamações junto ao Ministério Público de Pernambuco, como vem ocorrendo em outras cidades.

No início da semana passada os servidores procuraram saber da Secretaria quando receberiam seus salários de dezembro e a única resposta que vinham recebendo era que seria “pra semana”. Após a informação da Folha de que a Prefeitura já havia recebido mais de R$ 5,5 milhões de transferências federais e estaduais, o governo correu para quitar o salário devido aos contratados.

Segundo alguns dos servidores, o problema é que isso está se tornando uma rotina. Lembram que o salário de novembro só foi pago no dia 18 de dezembro, salientando o fato de que esses prestadores de serviços não recebem o 13º salário. 

Em outros municípios, a exemplo de Águas Belas, o MP tem cobrado que o pagamento dos salários de servidores ativos, inativos, comissionados e contratados seja feito até o 5º dia útil do mês seguinte, o que não vem ocorrendo em Arcoverde.

Aeroclube de Caruaru completa 75 anos / Foto: divulgação/Prefeitura de Caruaru

O primeiro evento alusivo ao aniversário de 75 anos de fundação do Aeroclube de Caruaru, no Agreste de Pernambuco, foi realizado na sexta-feira (25). O objetivo foi reunir a sociedade civil, autoridades e a imprensa da região para instalação da pedra fundamental do Museu do Aeroclube de Caruaru Comandante Jaime de Souza.

O museu preserva registros importantes da trajetória dos pioneiros da aviação caruaruense e da entidade, fundada em 25 de janeiro de 1944. Além da preservação da memória dos feitos e de equipamentos aeronáuticos, o espaço integrará um grande acervo cultural, com curadoria do historiador Walmiré Dimeron.

“Queremos levar às próximas gerações a nossa história, construída com grande esforço e dedicação pelos antepassados, procurando despertar nos descendentes a vocação pelas atividades de aviação”, disse o comandante Jairo Souza, presidente do Aeroclube e um dos filhos do homenageado Jaime Souza (in memorian). O Aeroclube funciona na área do Aeroporto Oscar Laranjeiras, na Vila do Cajá, no bairro Kennedy.

Após a banda ter divulgado em suas redes sociais e alguns blogs terem repercutido, a Prefeitura de Afogados da Ingazeira informa que fechou os últimos detalhes para a presença da banda Flor de Mandacaru como atração principal do 14º Baile Municipal de Afogados. 

A banda fez, na opinião do público, um dos melhores shows nas duas últimas duas edições da Expoagro. Agora, para o Carnaval, a banda traz para o baile municipal o seu projeto “Mandacaru Elétrico”, com repertório específico para o período.  

O Baile Municipal de Afogados, festa que já se consolidou como uma das mais animadas prévias da região acontece no dia 16 de fevereiro, a partir das 9 da noite, no salão de festas do Hotel Brotas. A abertura da festa ficará por conta do talento dos músicos da Orquestra Show de Frevo, atração local.  

As mesas estão sendo vendidas ao preço de R$150 e podem ser adquiridas na Secretaria de Cultura, no Ginásio Desportivo Municipal, ou através do telefone (87) 99978 1444. 

Petrobras mantém sem alteração preço médio da gasolina nas refinarias

A Petrobras manteve sem alteração o preço médio do litro da gasolina A sem tributo nas refinarias, válido este sábado (26), em R $1,5104. Além disso, a estatal manteve sem alteração o preço do diesel, em R$ 1,9998, conforme tabela disponível no site da empresa.

Em dezembro, a Petrobras anunciou um mecanismo de proteção complementar em que ela pode alterar a frequência dos reajustes diários do preço do diesel no mercado interno em momento de elevada volatilidade, podendo mantê-lo estável por curtos períodos de tempo de até sete dias, ‘conciliando seus interesses empresariais com as demandas de seus clientes e agentes de mercado em geral’.

Já o hedge da gasolina, que passou a ser adotado em setembro, permite à empresa manter os valores estáveis nas refinarias por até 15 dias. Com informações do Estadão Conteúdo. 

https://i1.wp.com/nilljunior.com.br/wp-content/uploads/2019/01/IMG-20190125-WA0013.jpg?resize=300%2C200

Com gols de Diego Ceará e Charles na etapa de complemento o Afogados FC surpreendeu o América no Estádio Ademir Cunha, na cidade do Paulista, e alcançou seis pontos em dois jogos na classificação do Campeonato Pernambucano e está em 2º lugar.

O Central também com seis pontos lidera pelo saldo de gols. Peteca fez o tento único do time esmeraldino. Na terça feira o Afogados FC volta a campo jogando no Arruda diante do Santa Cruz. As informações foram repassadas ao PE Notícias pelo comunicador Anchieta Santos, das rádios Pajeú FM 104,9 e Cidade FM, de Tabira.