https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/0/08/Fachada_do_Minist%C3%A9rio_da_Educa%C3%A7%C3%A3o_%28MEC%29_%2815837724253%29.jpg/1200px-Fachada_do_Minist%C3%A9rio_da_Educa%C3%A7%C3%A3o_%28MEC%29_%2815837724253%29.jpg

O Ministério da Educação (MEC) anunciou a suspensão das atividades de 27 faculdades por terceirizações irregulares da oferta de educação superior e procedimentos que levam ao aproveitamento irregular dos estudos, como a oferta de cursos livres como se fossem de extensão, por exemplo. 

As faculdades terão que suspender as atividades imediatamente e por 120 dias a partir desta segunda-feira (19), quando foi divulgada a suspensão com a lista das faculdades no Diário Oficial da União. 

Investigação

A suspensão foi determinada por meio de uma medida cautelar com base na investigação realizada por uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) instalada pela Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe).  

A CPI apurou, no início deste ano, a existência de 16 faculdades irregulares em Pernambuco. A determinação do MEC inclui faculdades de diversos estados por irregularidades semelhantes às que foram apuradas na investigação da Alepe.

As instituições vendiam diplomas, usavam instalações da rede pública de forma indevida e ofertavam cursos de extensão como se fossem de graduação, o que é uma prática ilegal. As mensalidades cobradas tinham valor abaixo do mercado e ao final dos cursos contavam com instituições de outros Estados e do exterior para emitir diplomas.

Confira a íntegra da determinação do MEC no Diário Oficial da União.

Por Juliana Lima/Ascom

A Prefeitura de Serra Talhada, por meio da Secretaria de Esportes e Lazer, realizou neste domingo (18), a 6ª Corrida da Fogueira. O evento contou com a participação de mais de 600 corredores profissionais e amadores e teve o apoio do STTrans, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros.

A competição foi dividida entre as categorias geral, local e amador, com percurso de 10 km para os competidores profissionais e 5 km para os amadores. “Foi um evento muito positivo, onde conseguimos bater recorde de inscrições e superar a edição anterior, além de distribuirmos doze mil reais em premiação”, disse o secretário de Esportes e Lazer, Gin Oliveira.

Vencedor da categoria elite geral masculino, o atleta José Márcio comemorou a conquista. “Sou atleta profissional e já venci várias provas no país, e como essa é minha primeira vez em Serra Talhada e venci o percurso de dez quilômetros, estou muito feliz”, disse ele. Mesmo entusiasmo da corredora Miriam Franco, vencedora da categorial Geral Feminino. “Primeira vez em Serra Talhada e quero parabenizar pela organização e a todos que participaram da prova”, afirmou.

Maratonista profissional e segundo colocado na Maratona Internacional de São Paulo 2017, o atleta baiano Edson Amaro prestigiou o evento. “Pra mim é uma satisfação enorme, pois já tinha vindo aqui em 2006 para competir, voltei para prestigiar a corrida e fiquei muito surpreso com a organização. Foi uma grande prova e quero parabenizar a Prefeitura pela iniciativa e agradecer ao povo de Serra Talhada pelo acolhimento”, disse.

Entusiasmado também ficou o prefeito Luciano Duque. “A Corrida da Fogueira mostrou a vitalidade e o potencial de Serra Talhada para a realização de grandes eventos esportivos. Além dos nossos corredores, atraímos atletas de várias cidades do Nordeste, inclusive nomes consagrados como Edson Amaro, vencedor de grandes provas pelo Brasil. À satisfação dos participantes só reforça o nosso desejo de investir cada vez mais na prática esportiva e em ações voltadas para o bem-estar, levando mais saúde e qualidade de vida para a população.”, disse Luciano Duque. 

A relação de ganhadores será disponibilizada no site: http://serratalhada.pe.gov.br

Ministro Gilmar Mendes participa de evento do Lide Pernambuco

No Recife, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes afirmou que o Brasil "vem ganhando campeonato de instabilidade" e que o País enfrenta uma crise sem limites. O magistrado participa, na manhã desta segunda-feira (19), do seminário Lide Pernambuco "Brasil, desafios para a governabilidade", na Zona Sul da Capital. Também participam do evento o prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB), e o deputado federal Jarbas Vasconcelos (PMDB).

Em sua fala, Mendes afirmou que o tema da governabilidade é atual, tendo em vista os desafios que se colocam. Para ele, as instituições vêm dando sinais de resiliência, mas que há limites.

"As instituições devem ser fortalecidas porque devemos partir da ideia que o homem tem adotado abuso e nesse sentido as instituições têm que colocar freios", afirmou o ministro, ressaltando a Constituição de 1988.

Gilmar Mendes também disse que o sistema das eleições parlamentares subsistiu com danos, disse que o sistema eleitoral está exausto e que nas eleições passadas houve um alto número de candidatos a vereador. "Como distribuir o dinheiro público para essa massa?", questionou.

Mendes, que deu o voto de Minerva no julgamento da chapa Dilma-Temer no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), lembrou que, enquanto o Supremo julgava o mensalão e ministros "diziam de boca cheia" que era o maior escândalo de corrupção, o esquema de corrupção, conhecido por petrolão, se desenvolvia.

"O sistema tem dado sinais de exaustão", afirmou. "O Brasil vem ganhando campeonato de instabilidade", continuou, afirmando que estamos diante de uma crise sem limites, "porque se começa a fazer investigação e, em seguida, vem desdobramentos". Com informações de Anderson Bandeira, da Folha de Pernambuco

http://www.ifpe.edu.br/campus/afogados/arquivos/img_20150429_162512569.jpg/@@images/cf0ddaa4-0fdb-4043-8cf3-ed18cac9cd67.jpeg

A Direção de Ensino do IFPE – Campus Afogados da Ingazeira, informa que, devido às comemorações juninas, o calendário letivo desta semana será alterado.

Na quarta-feira (21), haverá aula apenas para o turno da manhã. À noite, toda a comunidade está convidada para o Arraial do Campus Afogados que se dará nas dependências do campus. Já na quinta-feira (22), estão programadas as aulas apenas para o turno da tarde e noite. Na sexta-feira (23), véspera de São João, haverá aula apenas no turno da manhã. 

Além disso, haverá aula no dia 08 de julho (sábado) a fim de compensar a paralisação geral realizada no dia 28 de abril.

https://i0.wp.com/www.carlosbritto.com/wp-content/uploads/2017/06/carro-de-luxo-PRF.jpg?resize=1024%2C573

Uma caminhonete e um carro de luxo foram recuperados pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), no sábado (17) e no domingo (18), em Arcoverde (PE), no Sertão do Moxotó. As ações aconteceram durante fiscalizações de combate à criminalidade na rodovia.

Na primeira ação, um homem, de 39 anos, foi detido em um veículo sedan de luxo, após ser constatado que o carro dele possuía registro de roubo. O crime foi constatado pelo Grupo de Patrulhamento Tático da PRF, a partir de uma vistoria minuciosa em que foi comprovado que as placas eram idênticas a de um veículo regularizado.

https://i2.wp.com/www.carlosbritto.com/wp-content/uploads/2017/06/carro-de-luxo-PRF2.jpg?resize=1024%2C577

No dia seguinte, o motorista de uma caminhonete, de 41 anos, foi detido no quilômetro 251 da BR-232. Após a análise dos caracteres identificadores, a equipe descobriu que o veículo havia sido roubado em junho de 2014 e portava placas de Recife. Os condutores e os veículos foram encaminhados à delegacia de Polícia Civil de Arcoverde, para as providências cabíveis.

Foto: Sérgio Bernardo / JC Imagem

Depois que o Ministério Público de Pernambuco (MPPE) ajuizou uma ação pública contra a Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase), por superlotação da unidade do Case/Cenip situada em Garanhuns, por graves irregularidades na estrutura física, falta de higiene nos alojamentos, tratamento incompatível com a dignidade dos adolescentes e insuficiência de servidores nas unidades Case/Cenip (centros de internação) e Casem (centro de semiliberdade), a fundação divulgou uma nota esclarecendo as medidas que estão sendo tomadas para solucionar os problemas das unidades.

De acordo com a Funase, atualmente, a instituição tem capacidade para abrigar 1.139 adolescentes e hoje tem 1.318. Também explicou que estão sendo construídos dois novos Cases, um no Cabo de Santo Agostinho e outro em Jaboatão dos Guararapes, além da segunda etapa do Cenip Recife. 

Segundo a fundação, todas as unidades devem ser entregues até o final do ano e irão atender a um déficit de cerca de 200 adolescentes, acabando com a superlotação. A Funase também esclareceu que atualmente trabalha na capacitação de 153 novos agentes socioeducativos recentemente convocados, provenientes da Seleção Simplificada de 2013. 

Em nota, a instituição afirmou que até o dia 27 espera a chegada de mais 151 agentes, oriundos de nova convocação. Todos eles irão trabalhar nas unidades distribuídas pela Região Metropolitana do Recife. Além disso, a instituição também lembrou que uma nova Seleção Simplificada está com inscrições abertas, oferendo 100 vagas para agentes socioeducativos, mais formação de cadastro reserva. Desse total, 60 vagas são destinadas para Garanhuns, 17 para Vitória de Santo Antão, mais 17 para Caruaru, além de 3 para Petrolina e mais 3 para Arcoverde. O resultado final da seleção será divulgado no dia 14 de agosto.

Na denúncia por causa da realidade vivida pelas unidades da Funase de Garanhuns, o MPPE requer que o Estado e a Fundação sejam compelidos a reparar pecuniariamente a coletividade em um milhão de reais, a serem revertidos para o Fundo Estadual da Criança e do Adolescente, pelos danos morais causados à sociedade no desrespeito aos direitos básicos dos adolescentes em conflito com a lei, bem como, pelas consequências nefastas e incalculáveis da conduta dos réus para com a sociedade.

Ascom

Durante os dias 15,16 e 17 do mês em curso, um grupo formado por 12 agentes da Guarda Municipal de Água Branca (PB), passou por um intenso treinamento e capacitação nas dependências da Guarda Municipal de Tabira, no Sertão pernambucano, coordenado pelo Subcomandante da Guarda Municipal – 2º Sargento da Reserva Remunerada da PMPE, Vasconcelos, que está há dois anos à frente da tropa.

O treinamento teve como objetivo capacitar e preparar os Guardas Municipais do município de Água Branca, para enfrentar a criminalidade e a violência no desempenho da profissão. A partir desse trabalho, os guardas tornam-se capacitados para agir de maneira mais atenta e de forma técnica diante de situações com um grau maior de dificuldade.

Dentre os temas abordados estão: uso progressivo da força, noções básica de direito, abordagens a pessoas, abordagem a veículos, defesa pessoal, noções básicas de primeiros socorros e noções básicas de trânsito.

O curso foi ministrado sob instruções do Comandante da Guarda Municipal de Tabira, Ferreira, Subcomandante Vasconcelos, GMs: Márcio, Jair, Wagner, Rodrigo, Daniel, Venceslau, Alex e Garcia.

Cabe ressaltar que para estar preparado para lidar com o público é muito importante ter conhecimento das ações a serem executadas, uma vez que os conflitos sociais ocorrem na mesma intensidade à evolução da sociedade.

http://imagens1.ne10.uol.com.br/ne10/imagem/noticia/2017/04/25/normal/68bf05e182a53ac87245c4c0c69142ba.jpg

Um dos eventos mais concorridos durante os festejos juninos no interior do estado, a Caminhada do Forró de Arcoverde passa a integrar o calendário cultural do município sertanejo. A sétima edição homenageará o músico Valdecir Vicente, sanfoneiro mais antigo da região.

A novidade deste ano será a parada em três pontos da cidade para saldar os santos juninos com entrega de bandeiras. Em cada um, ficará um poeta que homenageará Santo Antônio, São João e São Pedro. O cortejo seguirá até a apoteose no Centro Comercial de Arcoverde (Cecora), onde ocorre a feira no centro da cidade. O evento é promovido pelo Coletivo Cultural de Arcoverde.

A caminhada acontece no dia de São João, 24 de junho, a partir das 10h, com concentração no Bar Madeira de Lei, nas proximidades da Estação da Cultura. Nas três paradas, os poetas Diosmar Avelino, de Pesqueira; Túlio Araújo, de Sertânia; e as arcoverdenses Cléa Camelo e Márcia Moura, farão louvações aos santos juninos. Os participantes serão recepcionados por grupos culturais como Bacamarteiros, banda de pífano, brincantes de pernas de pau, bois, ursos e jaraguás, além de quadrilhas juninas. No palco, poetas, declamadores, aboiadores, atores e músicos farão performances ressaltando a defesa das tradições do ciclo junino da Região Nordeste.

Durante o dia de São João, o Cecora funcionará normalmente com estrutura montada para receber a caminhada. Segundo a organização do evento, haverá bares, barracas com comidas típicas, onde estarão sendo servidas as delícias juninas. Os participantes também contarão com esquema de segurança durante o percurso. Além do apoio da Polícia Militar, haverá paramédicos e ambulância.

A caminhada tem apoio da Prefeitura de Arcoverde, Fundarpe, Sesc, Grupo Socorristas Voluntários de Arcoverde e empresas. Toda a arte produzida para o evento foi do artista plástico Sebastião Rodrigues, que faz homenagem ao sanfoneiro Valdecir Vicente. Natural de Poção, Valdecir começou sua carreira em 1959, animando festas na Zona Rural de Pesqueira. Anos depois, foi morar e desenvolver seu trabalho em Arcoverde.

https://encrypted-tbn0.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcT-AvjzeN_JNWgr5MQkWbibDyGLhkyGuXzXHZp0vUKzjx30YdpWUQ

Da Agência Estado

Com as torneiras do financiamento de pessoas jurídicas vedadas, os empresários mineiros redobram a cautela ao avaliar a possibilidade de contribuir individualmente com os candidatos às eleições gerais de 2017. Além de afetados pela crise, não manifestam propensão a financiar candidaturas nem de repetir a velha prática do “hedge político”, operação em que, para evitar o risco eleitoral de que um candidato hostil vencesse o pleito, financiavam todos os partidos com chances de vitória.  Também manifestam aversão ao nível de exposição a que ficam sujeitos quando contribuem mesmo que legalmente, num ambiente político instável e de insegurança jurídica.

A corrupção exposta no âmbito da Operação Lava-Jato e delações posteriores envolvendo a J&F, controladora da JBS, expôs e generalizou a percepção de que a corrupção estaria em toda a classe empresarial, considera o presidente da Fiemg, Olavo Machado. “Meia dúzia de grandes empresas fizeram essa distorção que está aí. São exceções. Não o padrão de comportamento”, diz. Por tudo isso, a participação pessoal de empresários nas campanhas deve se dar, na avaliação de Machado, em outro nível. “Podemos nos engajar em causas e tentar influenciar o eleitor para votar nos candidatos com melhor proposta. Mas sem envolvimento financeiro”, considera.

A democracia, forma de governo desejada, tem um custo. Como financiar eleições justas, esta é a questão colocada. “A realidade é que hoje, individualmente, a maior parte dos empresários de porte médio e pequeno não tem dinheiro”, afirma Olavo Machado. Segundo ele, as empresas estão obrigadas a profundos cortes e ajustes para sobreviver. Além do cenário de restrição econômica, não querem se envolver com financiamento de candidatos. “Tem de ser muito amigo para se vincular, pois, com esse fascismo das delações, em que cada um fala o que quer pra se livrar, com a instabilidade das regras, é melhor não confiar ainda que sejam doações legais”, afirma Olavo Machado.

FUNDO

Candidatos dispostos a colocar o próprio patrimônio na campanha à parte – o que por seu turno gera a distorção de só ricos e famosos terem chances de entrar para a política –, atualmente os partidos políticos contam com um único pássaro para o financiamento na mão: R$ 819 milhões do Fundo Partidário – mesmo valor de 2016 – que são destinados também à manutenção e custeio das máquinas. Representam modestos 17% dos R$ 4,8 bilhões, em valores nominais, declarados à Justiça Eleitoral por todos os candidatos a presidente, governadores, senadores, deputados federais e deputados estaduais nas eleições gerais de 2014.  Trazido para valores atuais, o gasto nas campanhas de 2014 representaria R$ 5,7 bilhões, ou seja, em relação ao último pleito geral o Fundo Partidário cobriria hoje algo próximo a 15% das despesas informadas à Justiça Eleitoral.

Em repetição a um padrão histórico de comportamento do financiamento até o entendimento pelo Supremo Tribunal Federal (STF) em 2015 de que a contribuição empresarial é inconstitucional, nas eleições gerais de 2014 quase 90% das doações foram de pessoas jurídicas e 10% se distribuíram entre contribuições de pessoas e uso do Fundo Partidário. Mesmo nas eleições para prefeito em 2016, a primeira em que vigorou a proibição do financiamento de empresas, embora no geral, o uso do Fundo Partidário para pagar gastos de campanha tenha crescido no Brasil e em Minas, ainda representou participação modesta.

Continue reading

https://conteudo.imguol.com.br/blogs/128/files/2016/09/viagem.jpg

A Polícia Federal em Pernambuco (PF-PE) e a Agência Estadual do Meio Ambiente (CPRH) iniciam, na manhã desta segunda-feira, uma campanha de combate ao tráfico de animais. Cartazes alertando sobre o crime federal foram instalados no Aeroporto Internacional dos Guararapes – Gilberto Freyre.

As duas instituições estão se unindo para estimular as denúncias e reforçar o combate ao tráfico de animais silvestres. Representantes da PF e CPRH firmam a parceria esta manhã, no setor de passaporte do aeroporto.

O material de divulgação produzido pela CPRH com versões em português e inglês também será divulgado pela PF em postos do Interior e em outras áreas do Aeroporto Internacional dos Guararapes, no Recife. As denúncias sobre tráfico d animais silvestres podem ser feitas em qualquer unidade da Polícia Federal, pelo site www.pf.gov.br ou na CPRH, em ligação para a Ouvidoria Ambiental (3182-8923) ou pelo portal www.cprh.pe.gov.br, ou mesmo presencialmente, na sede da Agência, na Rua Santana, 367 – Casa Forte – Recife – PE.

MIGUEL RIOPA/AFP

Quase 2 mil bombeiros continuam combatendo o fogo, nesta segunda-feira (19), no centro Portugal, em um incêndio que já causou 62 mortes, segundo os últimos números da Defesa Civil do país.

Foi impossível controlar durante a noite o fogo, que afeta os distritos de Leiria – onde começou o incêndio no sábado (17) e onde se concentram mais meios de combate -, Coimbra e Castelo Branco, todos no centro do país.

Os últimos dados oficiais atualizaram para 62 o número de mortos e 62 os feridos, dois dos quais permanecem em estado grave.

Espera-se que ao longo da manhã cheguem mais dois aviões procedentes da Espanha, além de ajuda da França, para controlar a situação.

A causa mais provável do incêndio foi à queda de um raio em uma árvore, segundo disseram fontes da Polícia Judicial à Agência EFE.

INÉDITO : prefeito Ângelo Ferreira anuncia pagamento de junho e antecipação da primeira parcela do 13º salário

Os servidores municipais de Sertânia, no Moxotó pernambucano, receberão antecipadamente 50% do 13º salário. O anúncio foi feito pelo prefeito Ângelo Ferreira durante programa de rádio daquele município neste final de semana. A primeira parcela do 13º salário será paga a partir do dia 30 de junho até o dia 13 de julho.

Ângelo também anunciou que no dia 29 serão pagos os salários de junho.

“Mesmo com um cenário econômico adverso e a crise que afeta o país, o nosso governo vem cumprindo o compromisso de pagar o salário dentro do mês trabalhado”, disse Ângelo Ferreira.

Somando a folha de junho e a parcela do 13º terceiro, a Prefeitura de Sertânia irá injetar mais de mais de R$ 4 milhões na economia do município.

http://www.pt.org.br/wp-content/uploads/2016/09/ef_ministro-stf-gilmar-mendes-comenta-finaciamento-privado-de-campanha_30092015002-850x566elza-fiuza_agencia-brasil.jpg

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Gilmar Mendes, tem viajado o País para visitar os Tribunal Regionais Eleitorais (TREs) e discutir o rezoneamento eleitoral, um processo que envolve o remanejamento de eleitores e o fechamento de zonas eleitorais. O objetivo das viagens do presidente do TSE é avaliar as particularidades das Cortes Regionais e buscar soluções para elas dentro do rezoneamento. Em Pernambuco, o processo motivou críticas e discussões de entidades ligadas ao judiciário e ao Ministério Público. O rezoneamento, em função da crise econômica, determinou em todo o País o fechamento das zonas eleitorais, com o remanejamento e redistribuição do eleitorado.

No circuito de viagens que tem feito pelo País, hoje o ministro Gilmar Mendes vem ao TRE de Pernambuco, onde se encontrará com o presidente da Corte, desembargador Antônio Carlos Alves da Silva, para tratar do tema. Na capital, o presidente do TSE também participará de um evento no Lide Pernambuco, onde vai palestrar sobre o assunto "governabilidade". A viagem estava marcada antes mesmo do anúncio, pelos servidores da Justiça Eleitoral em Pernambuco, de uma greve de 24 horas prevista para hoje, justamente em protesto contra a redução de zonas eleitorais no Estado.

A Ordem dos Advogados do Brasil em Pernambuco (OAB-PE) e o Ministério Público Eleitoral no Estado se posicionaram contra o fechamento de zonas eleitorais em Pernambuco, bem como da Associação dos Magistrados de Pernambuco, que falam que o processo pode fechar até 51% das zonas eleitorais do Estado. Ao falar do rezoneamento, Gilmar Mendes tem afirmado que sabe das especificidades locais dos TREs e é por isso que tem viajado aos Estados – para conversar com os presidentes das Cortes Regionais.

Segundo o presidente do TSE, toda a ênfase do rezoneamento eleitoral é aprimorar o trabalho e reduzir os gastos com as zonas eleitorais, sem, contudo, causar qualquer prejuízo ao cidadão, com foco na qualidade do atendimento ao eleitor.

ENTENDA

Em 16 de março passado, o plenário do Tribunal Superior Eleitoral aprovou por unanimidade as alterações na Resolução de número 23.422, de 2014, que trata da criação e instalação de zonas eleitorais. Pela proposta, cada zona eleitoral passará para no mínimo 100 mil e no máximo 200 mil eleitores, começando pelas capitais – no Recife, de acordo com o TRE-PE, a decisão extingue três zonas eleitorais. No último dia 1º, o TSE aprovou uma resolução para ampliar o rezoneamento também para o interior dos Estados.

O presidente do TSE ressalta que o objetivo maior do rezoneamento é ajustar as distorções no quantitativo de eleitores em zonas eleitorais e racionalizar custos em um cenário de fragilidade econômica do País, sem descuidar da eficiência no atendimento à sociedade. Gilmar Mendes reforça ainda que os avanços tecnológicos atuais hoje tornam possível a gestão de uma zona eleitoral com até 200 mil eleitores.

Rodrigo Maia (Foto: Givaldo Barbosa / Agência O Globo)

Desde que o presidente Michel Temer foi absolvido no julgamento do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, diminuiu suas expectativas de chegar ao Planalto por meio de uma eleição indireta.

Aliás, Maia disse a Temer para ficar sossegado porque a Câmara, segundo ele, não autorizará o STF a investigá-lo após denúncia da Procuradoria-Geral da República. Há quem questione essa tranquilidade toda.

"Me sinto muito feliz sim em ser um travesti. Astolfo é gay e ele recebe a Rogéria, que é um personagem", disse a atriz  (Foto: Luís Lima )

Travesti precursora do teatro brasileiro, Rogéria aproveitou a Parada do Orgulho LGBT de São Paulo para criticar o momento político que o Brasil atravessa. “O Brasil está passando por uma fase terrível. Vergonha não é ser gay. Vergonha são os políticos ladrões”, disse. Ao comentar movimento “Diretas Já”, que pede a destituição do presidente Michel Temer e a convocação de eleições diretas, Rogéria fez uma analogia com o passado. “O ex-presidente Fernando Collor dizia que era rico, marajá. Achei que não fosse roubar, mas deu no que deu”.

Aos 74 anos, a também cantora disse que ser travesti hoje é mais fácil do que há 30 anos. “As travestis, hoje, podem ter nome social. Alguém pode dizer que é meu marido. Isso não podia. Naquela época, deixavam sim a gente fazer espetáculo, mas a vida em geral, casamento, não”, disse. 

Rogéria é uma das estrelas do documentário Divinas Divas, dirigido pela também atriz Leandra Leal, com data de estreia marcada para a próxima quinta-feira (22). O filme conta a trajetória das primeiras travestis do teatro brasileiro. “Me deixou muito feliz”, disse Rogéria. Em seguida, ela lembra da amiga Marquesa, também participante do filme, e que morreu em maio, aos 71 anos. “Foi muito importante. Marquesa era a mais culta de todas nós e uma das minhas melhores amigas”.