O novo bafômetro será utilizado na operação Proclamação da República, nas rodovias federais de Pernambuco / Foto: Divulgação/PRF

Pela primeira vez em Pernambuco, o novo bafômetro, chamado de etilômetro passivo, será utilizado na fiscalização dos condutores. A ocasião será a operação Proclamação da República, realizada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), que tem início nesta quinta-feira (14) e segue até o próximo domingo (17). O equipamento é capaz de detectar se o condutor fez uso ou não de bebida alcoólica por aproximação, em apenas alguns segundos.

Diferentemente do bafômetro tradicional, o aparelho não necessita da utilização de bocal, que custa aproximadamente R$ 1,50. O etilômetro passivo funciona da seguinte maneira: o condutor, após ser abordado pelo policial, deve falar em frente ao equipamento. Se o resultado for uma luz verde, o motorista é liberado. Se for vermelha, a pessoa deverá realizar o teste no bafômetro tradicional.

Segundo a PRF, o etilômetro servirá como uma triagem, visto que o teste com ele dura de 5 a 10 segundos, enquanto o bafômetro tradicional demora cerca de dois minutos. O novo aparelho, no entanto, não detecta a quantidade de álcool ingerido, apenas a presença ou não da substância no organismo. 

Multa por embriaguez na direção

O motorista que for flagrado dirigindo depois de ter feito uso de bebida alcoólica estará sujeito à multa no valor de R$ 2.934, suspensão do direito de dirigir por 12 meses e poderá ser levado para a delegacia, dependendo da quantidade de álcool ingerida. A PRF ainda destaca que, durante a operação Proclamação da República ainda serão feitas verificações de documentação pessoal e do veículo, o uso do cinto de segurança, entre outros pontos de fiscalização. O órgão também vai realizar ações educativas. No ano passado, durante o mesmo período, foram registrados 61 acidentes nas rodovias federais, com 59 feridos e cinco mortes.

Novos bafômetros

Os novos equipamentos começaram a ser distribuídos no Brasil em julho deste ano. O primeiro Estado a receber os etilômetros passivos foi o Rio de Janeiro. Diferentemente do bafômetro comum, o passivo não indica a quantidade da substância no organismo do condutor, apenas a presença ou ausência. Por isto a necessidade do motorista passar pelo bafômetro antigo após um teste positivo para ingestão de álcool no novo aparelho.  

Luciano Meirelles/Flickr

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) assinou na segunda-feira (11), medida provisória que extingue o Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre (DPVAT), conhecido como “seguro obrigatório”, usado para indenizar vítimas de acidentes de trânsito no País. Mas você sabe o que é o DPVAT e como ele funciona?

Veja abaixo perguntas e respostas sobre o DPVAT e tire suas dúvidas:

O que é DPVAT?

Criado em 1974, o Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre (DPVAT), mais conhecido como “seguro obrigatório”, é um seguro de caráter social que indeniza vítimas de acidentes de trânsito em todo o território brasileiro, independentemente de quem for culpado.

Como funciona o DPVAT?

A indenização é paga em casos de morte, invalidez permanente total ou parcial e para o reembolso de despesas de assistência médica e suplementares (DAMS) por danos físicos causados por acidentes com veículos automotores de via terrestre ou por suas cargas. São considerados os acidentes de trânsito que envolve carros, motos, caminhões, caminhonetes, ônibus e tratos – veículos sujeitos ao licenciamento do Departamento Estadual de Trânsito (Detran).

O que o DPVAT não cobre? Continue reading

A Secretaria de Educação de Sertânia entregou na última sexta-feira o Currículo de Pernambuco da Educação Fundamental e Educação Infantil. O material foi disponibilizado para os gestores e educadores de apoio das 30 escolas municipais da Princesa do Moxotó.

O currículo servirá como base para o processo de ensino e aprendizagem e busca orientar as práticas pedagógicas em sala de aula, com o objetivo de melhorar o desempenho dos alunos, permitindo que esses conquistem aprendizados satisfatórios.

Nesta terça-feira, as escolas de Sertânia receberam os Almanaques do Programa Criança Alfabetizada, voltados para as turmas dos 1° e 2° anos do Ensino Fundamental I, que compõem o Ciclo de Alfabetização. O material foi ofertado pelo Governo do Estado de Pernambuco. 

São livros que devem ser utilizados pelos professores com o intuito de ajudar no processo de fluência em leitura e escrita. A ferramenta trabalha com gêneros textuais na perspectiva do letramento. Além disso, o almanaque articula a alfabetização com as demais áreas do conhecimento, como matemática, história, ciências, música, geografia, entre outras.

A entrega contou com a presença do prefeito Ângelo Ferreira; da Secretária de Educação, Valdilene Góis; da técnica da Gerência Regional de Educação (GRE), Jussara Alves, entre outros profissionais da Secretaria de Educação Municipal.

As duas ações são fruto da parceria entre a Prefeitura de Sertânia e o Governo do Estado de Pernambuco. A união tem como proposta fortalecer a educação do município, por meio da valorização e estímulo da prática docente para consequentemente avançar no processo de alfabetização.

O presidente Jair Bolsonaro durante reunião comdeputados Foto: Carolina Antunes/PR

O presidente Jair Bolsonaro anunciou nesta terça-feira a deputados do PSL que vai deixar o partido. Mas, pelo menos por enquanto, não deve conseguir arrastar muitos quadros da legenda com ele. Além do senador Flávio Bolsonaro, que se desfiliou nesta tarde, apenas o prefeito de Mirandópolis (SP), Éverton Sodário, disse que vai pedir sua desfiliação para acompanhar o presidente, entre todos os oito pesselistas eleitos para cargos do sistema majoritário, isto é, aqueles que podem deixar o partido e mesmo assim manter seu mandato.

Além de prefeitos, podem sair de seus partidos sem perder o mandato governadores, senadores e presidentes da República. Nessa categoria eleitoral, o PSL tem também entre seus quadros o prefeito de Pimenta Bueno (RO), Delegado Araújo, os governadores Carlos Moisés (SC), Marcos Rocha (RO) e Antonio Denarium (RR), e os senadores Flávio Bolsonaro (RJ), Major Olimpio (SP) e Soraya Thronicke (MS).

Três deles, o governador Moisés e os senadores Olimpio e Thronicke, já anunciaram que vão ficar no PSL, independentemente da saída de Bolsonaro. Eles são considerados moderados, uma vez que não endossam a agenda considerada radical da “ala ideológica”, liderada por Eduardo Bolsonaro no Congresso.

Já os governadores Rocha e Denarium e o prefeito Araújo não responderam se devem ou não sair. Denarium afirmou que vai se reunir com o presidente Bolsonaro nos próximos dias para definir a situação. Continue reading

https://jconlineimagem.ne10.uol.com.br/imagem/galeria/2019/08/22/dodia/normal/f71d62eb4ea81ec091eb47efa4e627d8.jpg

Os alvos da operação “Outline”, deflagrada nesta quarta-feira (13), são gestores e funcionários do Departamento de Estradas de Rodagem de Pernambuco (DER-PE). A ação investiga o desvio de recursos de obras de requalificação da BR-101, no trecho do contorno viário da Região Metropolitana do Recife. De acordo com a Polícia Federal, as investigações estão em fase intermediária e foram inicialmente provocadas por relatórios de auditorias que indicaram a baixa qualidade do material utilizado na rodovia. 

Ainda de acordo com a PF, mais de R$ 190 milhões foram empregados para a execução das obras. Desses recursos, a maior parte foi destinada pelo Governo Federal ao Estado de Pernambuco, sob a gestão do Departamento de Estradas de Rodagem (DER-PE).

“As diligências que estão sendo realizadas neste momento tem o escopo de angariar mais evidências da autoria e provas da materialidade dos crimes que estão sendo apurados. Até o momento estamos recebendo relatórios de auditoria dos Tribunais de Contas do Estado e também da União, com elementos que implicam em constatações de que a qualidade do material empregado nessa rodovia é de baixa qualidade e compromete a durabilidade dessa rodovia”, explicou o delegado federal Daniel Silvestre. 

DER se posiciona

Por meio de nota, o Departamento de Estradas de Rodagem do Estado de Pernambuco (DER) informou que “desde o primeiro momento, a diretoria do órgão disponibilizou o acesso e a documentação solicitada pela Polícia Federal, que cumpriu mandatos de busca e apreensão de documentos relativos a prestação de contas de obras na BR 101.”

Ainda segundo o órgão “as obras da BR – 101 são realizadas em Regime de Contratação Diferenciada, resultante de um termo de compromisso firmado entre o Governo Federal, através do DNIT, e o Governo de Pernambuco, através do DER, em 2017, com percentuais de participação financeira de 20% para o Estado de Pernambuco e 80% do Governo Federal”.

O DER também informou, em nota, que a obra conta com uma fiscalização própria, supervisionada por uma empresa contratada, além de uma gerenciadora de obras e outra ambiental. O órgão também disse que o Tribunal de Contas do Estado acompanha a fiscalização dos serviços e que está à disposição das autoridades para prestar esclarecimentos.

Flavio Bolsonaro (PSL-RJ) durante entrevista Foto: Daniel Marenco 02/07/2019 / Agência O Globo

O senador Flávio Bolsonaro (PSL -RJ) pode ganhar o comando do novo partido político que está sendo criado pelo pai, o presidente Jair Bolsonaro. Ele é a segunda opção para assumir a presidência do “Aliança do Brasil”, caso o presidente Bolsonaro, que é a expectativa da maioria dos apoiadores, decida não ocupar a liderança formal da sigla que está sendo gestada para aglutinar apoiadores do bolsonarismo.

Investigado no caso envolvendo a atuação de seu ex-assessor Fabrício Queiroz, Flávio se tornou o nome da família viável para o cargo. Isso porque o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), considerado entre os filhos uma liderança política mais ativa entre os apoiadores, não pode se desfiliar da legenda sob o risco de perder o mandato do Legislativo.

O senador, conforme publicou a coluna de Berenice Seara, do Extra, já entregou seu pedido de desfiliação ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). De acordo com aliados, o presidente ainda não assinou a sua saída.  Por terem concorrido em uma eleição majoritária, ambos não correm o risco de perder o mandato, diferentemente de deputados. O PSL, porém, ainda não recebeu as cartas de desfiliação de Bolsonaro e do senador Flávio.

O presidente oficial do “Aliança do Brasil” tem de ser apresentado até convenção da nova sigla no dia 21 de novembro, em Brasília. A executiva terá 15 pessoas.

A estratégia que vem sendo discutida na criação do “Aliança pelo Brasil” é Bolsonaro assumir a presidência de seu novo partido e, imediatamente, se licenciar, passando o comando para Flávio. Bolsonaro, então, seguiria como uma espécie de presidente de honra. Continue reading

Aqueles dias inteiros e cansativos para ser atendidos em cartórios chegarão ao fim em Pernambuco. Iniciativa do deputado Wanderson Florêncio (PSC), a Lei 16.691/2019, promulgada nesta terça-feira (12), estabelece o tempo máximo de 30 minutos para que se inicie o atendimento nos cartórios extrajudiciais aqui no estado.

Os cartórios de Notas, de Registro Civil de Pessoas Naturais, de Registro Civil de Pessoas Jurídicas, de Registro de Títulos e Documentos, de Registro de Imóveis e de Protesto de Títulos estão sujeitos a Lei e também são obrigados a fixarem um cartaz no respectivo estabelecimento informando obrigatoriedade desse limite de tempo. Quem não cumprir a lei poderá receber multa entre R$ 1 mil e R$ 10 mil. Em caso de reincidência o valor aplicado pode dobrar.

“Só quem enfrentou essa maratona nos cartórios sabe o quanto é cansativo e desgastante e a população não tem esse tempo todo para ser desperdiçado. Precisamos de um serviço célere, que atenda as necessidades da nossa sociedade”, declarou Wanderson Florêncio.

A Lei estabelece que a contagem do tempo começa quando a pessoa entra no cartório e se encerra a partir do momento que é chamada para o atendimento. Ela entra em vigor em 90 dias.

A Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe) promove em duas edições, sendo no dia 19 de novembro, em Recife e dia 21 em Afogados da Ingazeira, o 3° Encontro das Assessorias de Comunicação das Prefeituras Pernambucanas: Comunicar e Democratizar a Gestão Pública. O evento é gratuito e está voltado para assessores de comunicação e imprensa das prefeituras de Pernambuco e o público interessado.

O objetivo do evento é contribuir para que a comunicação seja um mecanismo impulsionador de participação e democratização das gestões públicas. Pela parte da manhã, será ministrada uma mesa redonda que trará como tema o papel das assessorias em tempos de notícias falsas. A ideia é refletir sobre o atual cenário de relativização dos fatos e da ascensão das mentiras, e como as assessorias municipais devem lidar com esse fenômeno.

Estarão reunidos para discutir o assunto, profissionais de diversas áreas de comunicação do Estado, entre eles o jornalista Aldo Vilela, âncora da Rádio Transamérica, apresentador do Roda Viva Pernambuco, da TV Nova, filiada da Rede Cultura no Estado e professor universitário. O diretor-presidente e o diretor vice-presidente da Empresa Pernambuco de Comunicação (EPC), Gustavo Almeida e Felipe Calheiros, respectivamente, também estão confirmados. A pesquisadora, doutora em comunicação e professora universitária, Nataly Queiroz; o presidente da Asserpe, radialista e blogueiro Nill Júnior, da região do Sertão do Pajeú. Além de Adriano Oliveira, cientista político, professor da UFPE e sócio da Cenário Inteligência que vai comandar a palestra O Controle Social e as Mídias.

A parte da tarde será exclusiva para os assessores das prefeituras e terá oficina gratuita oferecida pelo Projeto Gestão Cidadã, da Amupe com apoio financeiro da União Europeia, que tem por missão aprimorar a transparência e a prestação de serviços públicos de melhor qualidade. O Consultor da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), Marco Rodrigo será o ministrante da oficina que terá como tema a comunicação para democratização da gestão pública, destinada para assessores de comunicação pré-inscritos.

Corpo de mulher precisou ser identificado

Uma criança de cinco anos morreu atropelada por um caminhão na tarde dessa terça-feira (12) em Custódia, no Sertão pernambucano. Segundo informações da Polícia Militar, a criança estava de carona na cabine de um caminhão quando, após uma manobra, a porta abriu, o menino caiu e foi atropelado pelo veículo.

Ainda de acordo com a polícia, o motorista parou e tentou ajudar a vítima, mas, quando a polícia chegou, ele não estava mais no local. Ele ainda não foi identificado pela polícia. O menino foi socorrido, mas morreu no hospital. O corpo da vítima foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Caruaru.

O caso está sendo investigado pela Polícia Civil.

O governo de Jair Bolsonaro decidiu acabar com a exclusividade da Caixa e do Banco do Brasil no pagamento do seguro-desemprego e do abono salarial. A decisão consta da Medida Provisória 905/2019, que criou o Contrato de Trabalho Verde e Amarelo, com incentivos a empresas que derem o primeiro emprego a jovens de 18 a 29 anos de idade.

Pela legislação anterior, esses pagamentos eram privativos aos bancos oficiais. A MP, no entanto, abre o serviço para bancos privados. “Os pagamentos dos benefícios do programa seguro-desemprego e do abono salarial serão realizados por meio de instituições financeiras, conforme regulamento editado pela Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia”, diz a medida.

O Contrato de Trabalho Verde Amarelo foi lançado pelo governo na segunda-feira e formalizado ontem em medida provisória. Dentre os vários pontos da MP, o governo resolveu taxar o seguro-desemprego para bancar os custos do novo tipo de contrato de trabalho. Na prática, os desempregados vão arcar com o programa.

Segundo o secretário de Previdência e Trabalho, Rogério Marinho, o custo para reduzir os impostos às empresas que contratarem dentro do ‘Verde Amarelo’ é de R$ 10 bilhões ao longo de cinco anos. Para compensar a redução de encargos para as empresas, o governo, então, resolveu cobrar 7,5% do seguro-desemprego de quem está sem emprego e recebendo o benefício. Com isso, a expectativa é de arrecadação de R$ 11 bilhões a R$ 12 bilhões no período de cinco anos.

O processo seletivo 2020 para ingresso nos cursos técnicos do IF Sertão-PE campus Floresta está cheio de novidades. Uma delas é que os jovens que forem aprovados para os cursos de Ensino Médio Integrado ao técnico em informática e agropecuária farão parte das primeiras turmas com 03 anos de duração. Até o último processo seletivo os cursos tinham 04 anos.

Os cursos de Ensino Médio Integrado ao Técnico são voltados para os alunos que estão concluindo o nono ano e desejam cursar o Ensino Médio junto a um curso técnico, e assim concluir o ensino básico com uma profissão. Nesta modalidade são oferecidas 100 vagas, sendo 30 para Informática, 35 para Agropecuária (turma 1), e outras 35 para Agropecuária (turma 2). Em 2020 todas as turmas serão matutinas com início das aulas no primeiro semestre.

Para quem já terminou o Ensino Médio e deseja uma formação técnica pensando no mundo do trabalho, o curso Técnico Subsequente em Agropecuária é a opção oferecida pelo campus Floresta. São 35 vagas para entrada no 1º semestre, com aulas no período matutino; e mais 35 vagas para entrada no 2º semestre com aulas no período vespertino. O curso tem duração de 1 ano e meio.

Na modalidade PROEJA, o campus Floresta oferece o curso de Ensino Médio Integrado ao Técnico em Administração, no qual jovens e adultos acima de 18 anos tem a oportunidade de cursar o Ensino Médio, junto ao curso técnico, no período noturno. Para essa turma são oferecidas 35 vagas, no primeiro semestre de 2020, e o curso tem duração de 03 anos.

Outra novidade é que para ingressar os candidatos não precisam realizar prova, o processo seletivo se dará por meio de análise das notas do histórico escolar. Quem se inscrever para os cursos do Ensino Médio Integrado ao Técnico, deverá inserir notas das disciplinas de Português, Matemática, História e Geografia do 6º, 7º e 8º ano do Ensino Fundamental. Já quem concorrer a uma vaga nos cursos Técnicos Subsequentes, deverá apresentar as notas das disciplinas de Português e Matemática, relativas ao 1º e 2º anos no Ensino Médio, ou ainda a nota do Enem. Para o Proeja, as notas necessárias serão as de Português e Matemática do 6º e 7º ano do Ensino Fundamental ou 3ª fase da Educação de Jovens e Adultos ou equivalente. Em todos os cursos e modalidades será necessário anexar o histórico escolar ou documento equivalente. Continue reading

Por Xico Graziano*

A petulância de Lula e Zé Dirceu, exposta logo ao saírem da prisão, mostrou a deformidade de suas mentes malignas. Surpreenderam-me totalmente, pois pensei que seriam circunspectos, maliciosos, ao deixar o xilindró. Confesso que senti medo.

Lula pisou para fora atirando contra Sergio Moro, atacando o “lado podre” da Polícia Federal, do Ministério Público, da Receita. Só poupou, óbvio, o STF. Gilmar Mendes, de quem já falara horrores por considerar seu pior algoz, virou seu maior herói.

Zé Dirceu, o estrategista mor, mal deixou as grades e já foi esclarecendo que o objetivo, agora, é retomar o governo. E firmou o DNA puro-sangue da tropa: “nós somos petistas, de esquerda, e socialistas”.

Pobre socialismo: com Fourier nasceu utópico, passou a histórico com Marx, tornou-se sanguinário com Stalin, e finalmente se depravou com a esquerda lulopetista e latino-americana. Acabou refúgio de bandidos.

Aprendi na vida que existem 2 tipos de criminosos: aqueles que, por ira, esquentam a cabeça e cometem delitos, matam pessoas, queimam casas; e aqueles calculistas, frios, que premeditam maldades, organizam assassinatos. Continue reading

Fundação Nilo Coelho em Petrolina — Foto: Reprodução/ Fundação Nilo Coelho

G1

Estão abertas as inscrições para a Semana da Música em Petrolina, no Sertão de Pernambuco. O evento será realizado, entre os dias 21 e 22 de novembro, na Fundação Nilo Coelho. As inscrições para as oficinas devem ser feitas, presencialmente, no prédio da Fundação Nilo Coelho.

De acordo com a programação, haverá oficina de violino com o professor da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Ronedilk Cavalcante Dantas. Será disponibilizada também uma oficina de sopro com o professor de Música da Escola, EETI – Caicó (RN), e outra com o Saxofonista da Philarmônica 21 de Setembro, Phablo Henrique de Melo França.

Para marcar o encerramento da semana, será realizado um concerto e a entrega de Troféus aos alunos compositores da Orquestra Novos talentos.

  • Master Class de Cordas- Violino

Ronedilk Cavalcante Dantas- Professor de violino da UFRN.

Dias 21 e 22, das 8h às 11h30 e 14h às 17h30

Daniel Victor Silva de Freitas Lima – Professor de Música da Escola EETI – Caicó -RN

Dias 21 e 22 das 08h às 11h30 e 14h às 16h30

  • Master Class de Sopro – Madeira

Phablo Henrique de Melo França – Saxofonista da Philarmônica 21 de Setembro.

Dias 21 e 22 das 08h às 11h30 e 14h às 16h30

Concerto de Encerramento e entrega de Troféus aos alunos compositores da Orquestra Novos talentos.

Aberto ao público.

Complexo de Polícia Científica tem sinais de abandono

As obras do Complexo de Polícia Científica de Caruaru, no Agreste de Pernambuco, começaram em 2011 e o equipamento já deveria ter sido entregue à população há anos. Porém, próximo do fim de 2019, o que se vê é que o espaço está abandonado.

A estrutura que já havia começado a ser construída está com diversas infiltrações e parte da cobertura das salas caiu. Janelas que estavam instaladas foram quebradas. Ao redor do prédio, o mato está alto e até os tapumes caíram.

O complexo deveria abrigar o Instituto de Criminalística, o Instituto de Medicina Legal e o Identificação Tavares Buril (IITB). A obra é orçada em mais de R$ 4 milhões.

“É um complexo que era para ter sido entregue em 2012. Nós estamos em 2019 e faltando pouco para ele ser entregue, o Estado continua dizendo que vai renovar, vai fazer uma nova licitação para fazer isso, e até agora nada”, disparou o vice-presidente do Sindicato dos Policiais Civis (Sinpol), Rafael Cavalcanti, que denuncia a negligência do Estado.

Divulgação/Ministério da Integração Nacional

O Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) informou, em nota, que o governo federal está destinando R$ 144 milhões para assegurar a execução de serviços do Projeto de Integração do Rio São Francisco e outras obras que garantirão o abastecimento da população nos estados de Pernambuco, do Ceará, da Paraíba e de Alagoas. Com esses recursos, os investimentos em projetos para reforçar o abastecimento de água no Nordeste somam R$ 1,4 bilhão em 2019.

O montante contabiliza investimentos para operação e manutenção da transposição do Rio São Francisco nos dois eixos do projeto (Norte e Leste), a recuperação de reservatórios considerados estratégicos e outras obras para ampliar a oferta de água na região. As primeiras obras da transposição foram iniciadas em 2007 pelo Exército.

O Eixo Norte é um canal de 400 quilômetros que faz a captação de águas próximo à cidade de Cabrobó (oeste de Pernambuco) para alimentação dos rios Salgado e Jaguaribe, com a finalidade de levar água a reservatórios no Ceará, no Rio Grande do Norte e na Paraíba. No Eixo Leste, o canal, que tem mais de 200 quilômetros, leva água ao Rio Paraíba para abastecer reservatórios em Pernambuco e na Paraíba.

Além de viabilizar o fornecimento de água, a execução das obras gera emprego na região. Em Pernambuco, foram aplicados R$ 24,2 milhões no Ramal do Agreste (Eixo Leste), que emprega 2,6 mil trabalhadores. Só no estado, a obra leva águas do São Francisco “a mais 2,2 milhões de pessoas em 68 municípios”, informa o MDR. Continue reading