A população de Afogados da Ingazeira é realmente um exemplo de solidariedade. Em menos de um mês, e atendendo a um apelo da Prefeitura e de diversas entidades da sociedade civil e de instituições religiosas, o município encaminha o segundo caminhão com donativos para os desabrigados pelas enchentes na zona da mata e agreste do Estado.

Segundo a secretária de Assistência Social, Joana Darc, o município destinatário das doações foi Barra de Guabiraba, na Mata Sul do Estado. “Atendemos a uma orientação da Secretaria Estadual de Planejamento, que indica municípios onde tem chegado menos ajuda. Esse é um trabalho para orientar a ajuda e evitar que alguns municípios recebam mais ajuda do que outros,” destacou Joana, que tem coordenado à campanha de arrecadação de donativos.

Foram 3,5 toneladas de alimentos embarcados na tarde desta terça-feira (20), além de muitos colchões e lençóis. Esse quantitativo foi arrecadado nas últimas semanas e ainda não inclui o que começou a ser arrecadado desde a última segunda, com a troca de um quilo de alimento não perecível por uma senha solidária que dará direito à entrada para os shows do dia 30 de Junho, durante a 13ª Expoagro. Postos de arrecadação e troca estão instalados nas secretarias municipais e nas rádios Pajeú AM e Afogados FM. As informações foram repassadas ao PE Notícias pela Assessoria de Imprensa da Prefeitura Municipal.

http://blog.vestcon.com.br/wp-content/uploads/2017/05/ba-.jpg

O Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) divulgou, nesta quarta-feira (21), o edital de concurso com 41 vagas para as carreiras de analista e técnico judiciário nos níveis médio e superior, com salários que variam de R$ 6.167 a R$ 10.119.

Na função de analista, há oportunidades nas áreas administrativa, judiciária e apoio especializado. Já para os candidatos a técnico judiciário as vagas são para a área administrativa, apoio especializado e serviços gerais. Os candidatos selecionados serão lotados de acordo com as vagas disponíveis nos cartórios eleitorais de todo o Estado da Bahia e na Secretaria do TRE, em Salvador. 

A seleção dos candidatos será feita através de provas objetivas, discursivas e de capacidade física. A previsão de realização da primeira etapa é o dia 20 de agosto e a validade do concurso é de dois anos, podendo ser renovado uma vez por igual período.

As inscrições terão início às 10h do dia 6 de julho e se encerram às 18h do dia 24 de julho, no site da banca organizadora do concurso. A taxa de inscrição custa R$ 85 para Analistas e de R$ 70 para Técnicos. Para mais detalhes, acesse o edital do concurso, divulgado no Diário Oficial da União.

Diante da possibilidade iminente de bloqueio do repasse referente ao segundo decêndio do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) de 137 municípios, a Confederação Nacional de Municípios (CNM) orienta os gestores sobre os procedimentos que precisam ser adotados pelos gestores para a solução deste problema. As explicações para regularizar a situação dos Entes com pendências junto à Secretaria do Tesouro Nacional (STN) estão disponíveis em uma Nota Técnica elaborada pela Confederação.

O anúncio do bloqueio aos municípios que estiverem em situação irregular foi informado pela STN. Diante disso, a CNM esclarece que o parágrafo único do artigo 160 da Constituição Federal, permite que a União condicione a entrega dos recursos à regularização de débitos do ente federativo junto ao governo federal e suas autarquias. Um exemplo são os atrasos no pagamento de guias relativos ao Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (PASEP).

A Confederação também lembra que para solucionar os problemas decorrentes do bloqueio do FPM é necessário que o gestor identifique as possíveis pendências, faça a regularização e apresente as guias quitadas na delegacia da Receita Federal do Brasil (RFB) de jurisdição do município. Depois disso, deve solicitar que o desbloqueio seja realizado no sistema conhecido como Fundo de Participação de Estados e Municípios (FPEM). 

Nota técnica

A Nota Técnica 5/2017 elaborada pela CNM traz especificações sobre os bloqueios e detalha os procedimentos a serem seguidos pelos municípios que estão na lista de pendências junto à RFB. O acesso ao conteúdo é restrito aos municípios contribuintes.  

Clique aqui e veja a íntegra da Nota técnica.

O prefeito José Anchieta Gomes Patriota, de Carnaíba, no Sertão pernambucano, e seu vice, José Junior Gomes Tenório, conhecido como “Junior de Mocinha”, ambos do PSB, sofreram nova derrota no Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE), nesta terça-feira (20), no (processo RE Nº 0000242-17.2016.6.17.0098 – Recurso Eleitoral). 

O Recurso Ordinário interposto, contra a sentença do ex-juiz de Carnaíba Dr. José Carvalho de Aragão Neto, favorável a Coligação do atual prefeito Anchieta Patriota, foi anulada por unanimidade, pelos sete desembargadores do Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco, que determinaram o retorno de todo o processo da ação de investigação judicial eleitoral, por abuso de poder econômico e gastos ilícitos na campanha de 2016.

 Mesmo tendo pleno conhecimento da decisão unanime do Tribunal Regional Eleitoral, quanto à anulação da sentença, o atual prefeito e seu vice, interpuseram novo Recurso Ordinário, para apreciação pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em Brasília. Ocorre que o recurso ordinário interposto, não era o adequado e nem preenchia os requisitos previsto nas alíneas “a” e “b” do inciso II do artigo 276 do Código Eleitoral, portanto, foi rejeitado pelo presidente do TRE-PE.

O prefeito e vice-prefeito, simplesmente, aceitaram a decisão monocrática do presidente do Tribunal Regional Eleitoral e não agravaram da decisão publicada em 08 de junho de 2017, perdendo o prazo e deixando transitar em julgado a decisão. Como diz o ditado popular: “quem cala consente”. Agora, segundo o Blog de Cauê Rodrigues, a batalha jurídica volta para a justiça eleitoral de Carnaíba, mas com peso da nulidade da sentença do Dr. Aragão e derrota do Recurso, interposto no Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco.

ENTENDA O CASO:

O ex-Juiz de Carnaíba, Dr. Aragão aprovou as prestações de contas da campanha de Anchieta Patriota e Júnior de Mocinha, mesmo elas estando totalmente irregulares. Com isso a coligação que teve Didi da Felicidade, candidato a prefeito e Luiz Alberto como candidato a vice, moveram ação contra a decisão do referido magistrado, levando ao conhecimento do TRE-PE e posteriormente ao TSE em Brasília, onde na primeira, o TRE anulou a decisão do Juiz de Carnaíba, à época, entendendo de fato as irregularidades e abuso de poder do prefeito e vice eleitos. Caso não provem o contrário da decisão do TRE-PE, Anchieta Patriota e Junior de Mocinha poderão ter o seus mandatos cassados.  

Imagem ilustrativa

A região Nordeste poderá ‘perder’ a produção de mandioca por conta do aumento de temperatura causado pelas mudanças climáticas, segundo projeção de especialistas que participaram de um estudo inédito promovido pela Empresa Brasileira de Agropecuária (Embrapa) e o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA).

Segundo o estudo, a concentração de gás carbônico na atmosfera, antes de 2050, pode vir a favorecer a produção de mandioca na região Nordeste já que a planta é resistente aos efeitos de mudanças climáticas do planeta, mas até certo ponto.

“Nas simulações que fizemos, a mandioca fica com alta vulnerabilidade na região do Semiárido [até 2050]. Portanto, ela tende a se deslocar para regiões onde há mais água, mesmo com temperaturas elevadas”, disse o pesquisador da Embrapa Informática Agropecuária (SP) Eduardo Assad.

Porém, o pesquisador também afirmou que existe a possibilidade de que o Nordeste permaneça com a cultura da mandioca com uma nova técnica descoberta.

“Existe a possibilidade de a mandioca migrar para essas regiões para substituir parte da área daquelas culturas. No entanto, há a possibilidade de que a área de mandioca não seja reduzida no Nordeste, porque, como mostra o trabalho, a elevação no gás carbônico compensará, ainda que parcialmente, a redução da precipitação”, contou o pesquisador da Embrapa Mandioca e Fruticultura (BA) Jailson Lopes Cruz.

Nova técnica

O estudo também mostra que a elevação de gás carbônico atmosférico faz com que a produtividade das plantas de mandioca sem água (que não recebem irrigação normalmente, como nas regiões mais secas do Nordeste) cresça proporcionalmente mais em relação às que contam com água sob as mesmas condições.

Continue reading

G1

O governo de Pernambuco publicou no Diário Oficial desta quarta-feira (21) autorização de pagamento de auxílio-moradia para famílias desabrigadas ou desalojadas pelas chuvas e enchentes ocorridas no fim de maio deste ano. De acordo com a Lei 16.077, de 20 de junho, serão beneficiadas pessoas de 27 cidades em situação de emergência decretada pelo estado e reconhecida pelo Governo Federal.

São elas:

Água Preta

Amaraji

Barra de Guabiraba

Barreiros

Belém de Maria

Catende

Cortês

Gameleira

Jaqueira

Maraial

Palmares

Ribeirão

Rio Formoso

São Benedito do Sul

Caruaru

Ipojuca

Joaquim Nabuco

Jurema

Lagoa dos Gatos

Primavera

Quipapá

Sirinhaém

Tamandaré

Xexéu

Bonito

Escada

São José da Coroa Grande.

De acordo com o governo, o auxílio-moradia é um benefício transitório. Será concedida uma ajuda de parcelas mensais de R$ 200, cada uma. O prazo fixado é de 180 dias, que pode ser prorrogado até que a pessoa encontre nova residência. Ele pode ser cancelado antecipadamente, caso a família beneficiária deixe de preencher as regras.

O decreto determina que poderão ser contempladas as pessoas que se enquadrarem nos seguintes requisitos: É preciso ser residente nas áreas informadas nos Formulários de Identificação de Desastres (Fide), elaborado pela Coordenadoria de Defesa Civil do Estado de Pernambuco (Codecipe). O dinheiro será repassado para quem não tem outro imóvel.

Os beneficiários serão identificados por meio de cadastro socioeconômico realizado pela Companhia Estadual de Habitação e Obras (Cehab). O auxílio deverá ser utilizado, exclusivamente, para pagamento de aluguel de imóvel residencial, não coletivo, de propriedade particular, localizado no Estado de Pernambuco.

O pagamento do auxílio será efetuado diretamente pelo Poder Executivo, na forma estabelecida em regulamento, com recursos financeiros do Tesouro Estadual. A lei entrou em vigor na data de publicação, retroagindo seus efeitos a 28 de maio de 2017.

Perfil

Segundo a lei, família desabrigada é caracterizada da seguinte forma: é uma unidade nuclear, eventualmente ampliada por outros indivíduos que com ela possuam laços de parentesco ou de afinidade, que forme um grupo doméstico, vivendo sob o mesmo teto e que se mantém pela contribuição de seus membros. A habitação deve ter sido afetada por dano ou ameaça de dano e que necessita de abrigo oferecido pelo Poder Público.

Continue reading

Polícia apreendeu sacolas com dinheiro e ferramentas utilizadas em arrombamento / Foto: Divulgação/Polícia Militar

Policiais militares capturaram, na madrugada desta quarta-feira (21), por volta das 3h, uma dupla que teria arrombado uma casa lotérica no Centro de Custódia, momentos antes. Os suspeitos, sendo um adulto e um menor de idade, de 39 e 15 anos, respectivamente, confessaram o crime e estavam de posse de quatro sacolas com moedas, uma com notas de R$ 2 e ainda uma marreta e uma ponteira.

Os PMs desconfiaram do comportamento da dupla, que conduzia uma moto, durante ronda realizada na Avenida Vereador Joaquim Pereira, área próxima a um posto de gasolina, e resolveram fazer a abordagem. Ao serem questionados, confessaram ter cometido o arrombamento. Eles, que são tio e sobrinho, são conhecidos do efetivo por praticar outros furtos e foram encaminhados, junto com o material apreendido, para a Delegacia de Polícia Civil da cidade.

Foram imunizadas 2.362.651 pessoas, sendo mais de 1,9 milhão dos grupos prioritários / Foto: Agência Brasil

Pernambuco atingiu a meta de vacinação contra a Influenza. Foram imunizadas 2.362.651 pessoas, sendo mais de 1,9 milhão dos grupos formados por crianças, idosos, trabalhadores de saúde, gestantes puérperas, indígenas e professores, que formam o grupo prioritário. Os demais representam pessoas com comorbidades, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas, privados de liberdade e funcionários do sistema prisional. Além do Estado, Amapá, Alagoas e Pará também atingiram a meta. 

"Esse resultado é importante, pois destaca que conseguimos imunizar a maior parte da população que tem risco de agravar para as doenças provocadas pelos três vírus da influenza contidos na vacina. Os números também mostram o esforço de todos os setores estaduais e municipais ligados ao processo para que a meta fosse atingida, sendo necessário também um agradecimento a todos envolvidos nessa campanha", afirma a coordenadora do Programa Estadual de Imunização da Secretaria Estadual de Saúde (SES/PE), Ana Catarina de Melo.

A coordenadora ainda ressalta que os postos de saúde que ainda contam com vacinas continuam recebendo aqueles que ainda não foram imunizados. "Nossa principal chamada é para os pais ou responsáveis de crianças entre 6 meses e menores de 5 anos que ainda não as levaram até um posto de saúde. Esse é um ato importante e que vai trazer prevenção para esses pequenos cidadãos", esclarece.

Até o dia 03 de junho, Pernambuco registrou 950 casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), com 59 casos com resultado laboratorial positivo para influenza A (H3N2), sendo 29 (49,2%) em crianças menores de 4 anos e 17 (28,8%) em idosos, grupos contemplados pela vacina. Também foram confirmados 15 casos para influenza B.

O total de casos de SRAG deste ano representa um aumento de 8,2% em relação a 2016, com 878 registros. Em 2016, foram confirmados 63 para influenza A (H1N1) e 3 para influenza B. Até o momento, foram confirmados 2 óbitos para influenza A (H3N2).

Período chuvoso coincide com inverno em parte da PB

Do Portal Correio

O inverno começa nesta quarta-feira (21) e cidades da Paraíba podem registrar frio de até 15º C. De acordo com a meteorologista Marle Bandeira, da Agência Executiva de Gestão das Águas (Aesa), o mês em que devem ocorrer as menores temperaturas é agosto. Agreste, Brejo e Cariri são as regiões contempladas com frio mais forte.

A menor temperatura deve ser registrada em cidades do Cariri, região cuja temperatura mínima fica em torno de 15º C. No Brejo, os termômetros podem cair para 16º C, enquanto no Agreste a marca deve ser 17º C. As temperaturas máximas nessas regiões devem ser 28º C, 25º C e 26º C.

Ainda conforme Marle Bandeira, as temperaturas mais amenas normalmente são registradas durante as madrugadas. No Litoral e Sertão, elas também devem ficar mais frias, mas dificilmente abaixo da marca de 21º C no termômetro.

A meteorologista destaca ainda que o inverno deste ano não deve fugir da normalidade na Paraíba. “Em 2016, tivemos ocorrência do El Niño, que contribuiu para que a estação ficasse mais quente e com menos chuvas. Mas neste ano não há previsão de interferência do fenômeno, então neste ano deve prevalecer a neutralidade”, aponta.

Chuvas

Marle Bandeira destaca que o inverno é a estação mais fria do ano, não necessariamente a mais chuvosa. “É muito comum essa confusão”, observa. “Porém, no Agreste, Brejo e Litoral o período chuvoso coincide com o inverno”, pondera. A faixa litorânea deve registrar o maior acumulado de chuvas.

Para esta quarta-feira, a previsão para Agreste e Brejo é de tempo oscilando entre parcialmente nublado e nublado com chuvas esparsas. No Litoral, o céu fica parcialmente nublado, com chuvas ocasionais.

https://i2.wp.com/wallysou.com/wp-content/uploads/2012/07/procura-perdido.jpg?resize=300%2C300O questionamento vem de um Conselheiro Tutelar de uma cidade do Pajeú: “Ou os conselheiros tutelares de Afogados da Ingazeira já sabem tudo e não precisam de capacitação ou eles não se interessam pelo que fazem”. A afirmação se deu durante o Encontro de Conselheiros na 1ª Caminhada de Fortalecimento realizado na última 2ª feira em Arcoverde.

Tinha conselheiros de quase todas as cidades do Sertão, mas ninguém de Afogados. O mesmo conselheiro informou que na semana passada foi à Tabira para a Caminhada Regional do Pajeú e também não tinha ninguém de Afogados da Ingazeira.

Dez cidades das 17 do Pajeú enviaram representantes. Ele disse que nos diversos encontros nas cidades do estado, nunca vê os colegas afogadenses. As informações são do comunicador Anchieta Santos ao PE Noticias.

https://i2.wp.com/www.carlosbritto.com/wp-content/uploads/2016/10/energia-heliotermica.jpg?resize=648%2C314

A Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf) vai implantar a sua primeira planta de energia solar experimental em Petrolina, no Sertão de Pernambuco. Esse projeto vem sendo discutido desde 2012. O presidente da Chesf, Sinval Zaidan Gama, e o ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho, vão participar hoje da cerimônia de lançamento do empreendimento o qual vai demandar um investimento de R$ 54,3 milhões. O local vai receber no futuro mais duas plantas heliotérmica: uma solar de pirâmide (com espelhos no formato de pirâmide) e uma solar cilíndrica. A implantação de ambas totalizará cerca de R$ 100 milhões a mais a serem investidos no mesmo local.

Cada uma das três usinas terá uma potência instalada para gerar três megawatts (MW). A construção da primeira planta vai começar de imediato, segundo Sinval. Ela foi dividida em duas partes. A primeira fase terá uma capacidade instalada para gerar 2,5 MW – sendo batizada de planta básica – e deve ficar pronta no segundo semestre deste ano. A segunda etapa, que vai gerar 0,5 MW, será chamada de Tecnológica e é nela que as pesquisas serão realizadas. A previsão é de que essa segunda etapa seja concluída no primeiro semestre de 2018.

Já a segunda planta a se instalar no local deverá ser a usina solar de pirâmide que vai usar espelhos na vertical para captar a radiação solar. Ela será implantada dentro do programa de Pesquisa & Desenvolvimento (P&D) da Chesf assim como a primeira. Essa última ainda não tem previsão de quando será iniciada.

A terceira unidade a ser instalada no local é a usina solar cilíndrica, fruto de uma parceria entre o governo do Estado e o Centro de Pesquisa de Energia Elétrica (Cepel) que pertence à Eletrobras, a dona da Chesf. "A nossa intenção é ter um Centro de Referência em Energia Solar em Petrolina (Cresp), voltado ao desenvolvimento do conhecimento científico e tecnológico, monitorando todas as condições que influenciam a geração dessa energia", conta Sinval.

O Cresp também vai monitorar o desempenho da Planta Fotovoltaica Flutuante, no Lago de Sobradinho, na Bahia, que receberá investimentos de R$ 57 milhões. Embora tenha sido iniciado no ano passado, esse projeto estava paralisado e deve ser retomado no segundo semestre deste ano. Com esse monitoramento, a estatal pretende ver qual a forma de geração solar mais competitiva e usar esse conhecimento quando a empresa for fazer um grande projeto de geração solar.

http://www.redebrasilatual.com.br/ambiente/2017/03/transposicao-com-temer-chamando-obra-de-sua-aguas-do-rio-sao-francisco-chegam-a-paraiba/transposicao-rio-sao-francisco/image_large

O governo desistiu da ideia de criar uma estatal federal para administrar as águas e operações da Transposição do São Francisco. A ideia é que o empreendimento iniciado há dez anos seja administrado pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), que já atua no projeto, enquanto o BNDES não termina o estudo que prevê a viabilidade de uma gestão privada para o projeto. Ontem, o Ministério da Integração Nacional conseguiu autorização do Supremo Tribunal Federal (STF) para tocar as obras de um trecho de 146 quilômetros, última etapa que falta para concluir o projeto.

Segundo entrevista do ministro Helder Barbalho ao jornal Estado de S. Paulo, o governo tem planos de criar uma Parceria Público-Privada (PPP) para tocar o empreendimento, que é a maior obra de infraestrutura hídrica do País, com 477 quilômetros de extensão, e vai levar segurança hídrica a 12 milhões de pessoas em 390 municípios de Pernambuco, Ceará, Rio Grande do Norte e Paraíba.

"O BNDES está na fase de contratação de estudo. Hoje vamos usar a Codevasf, que já tem uma estrutura pronta, capaz e já atua no projeto", afirmou o ministro.

Sobre a autorização da retomada das obras do Eixo Norte, Barbalho disse que a expectativa é ter trabalhadores em campo já na primeira semana de julho. "Pelo cronograma, essa obra deve ser concluída em até 12 meses, mas vamos trabalhar para que ela possa ser concluída até o fim deste ano".

A decisão da ministra Cármen Lúcia atendeu a um pedido apresentado pelo Ministério da Integração por meio da Advocacia-Geral da União. Cármen Lúcia decidiu suspender uma liminar dada em abril pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1), que paralisava a licitação para contratação das obras, atendendo a alegações de uma das concorrentes na disputa.

A obra de 146 quilômetros inclui a construção de estação de bombeamento de água e reservatório. O contrato assinado com a concessionária Emsa-Siton é de R$ 516 milhões. A expectativa é de que 2 mil trabalhadores estejam em campo no pico das obras.

O último trecho da transposição tinha previsão de ser entregue em setembro deste ano, mas acabou paralisado por sucessivos questionamentos judiciais em seu processo licitatório.

Em abril, o primeiro colocado na disputa, um consórcio formado pelas empresas Passarelli, Construcap e PB Engenharia, foi desclassificado por critérios técnicos, embora tivesse apresentado a melhor proposta, de R$ 441,8 milhões, um deságio de 23% em relação ao valor estabelecido pelo governo, de R$ 574 milhões. O segundo colocado, formado por Marquise, Ivaí Engenharia e EIT, foi inabilitado pelo mesmo motivo.

O Ministério da Integração Nacional passou a negociar, então, com o terceiro colocado, o consórcio Emsa-Siton, com o qual acabou fechando a proposta. A conclusão do trecho vai levar água até o Ceará.

Os 146 quilômetros de canais entre as cidades de Cabrobó (PE) e Jati (CE) se localizam exatamente no trecho de tomada de água do São Francisco. As obras foram vencidas no passado pela construtora Mendes Júnior, mas a empreiteira abandonou a obra, após envolvimento nas investigações da Operação Lava Jato. 

https://lh6.googleusercontent.com/CLEt8iOGyXCuXX7zdpHvpJYiXPhhMgl9zmz7UohBmO0=w878-h583

Principal polo de exportação de frutas do Brasil, o Vale do São Francisco ainda não sabe como proceder à suspensão de captação de água no Velho Chico que acontecerá todas as quartas-feiras até o fim do mês de novembro. A medida foi determinada pela Agência Nacional de Água (ANA) e começa a valer hoje. Diariamente, cerca de 26% do volume de água drenado do São Francisco em Pernambuco se destina à irrigação.

De acordo com a ANA, caso o racionamento não seja realizado, o volume útil do líquido no rio chegará a zero antes do ano terminar. Em Pernambuco, mais de 30 municípios sertanejos são abastecidos com a água retirada do São Francisco. Os recursos hídricos são responsáveis, ainda, por irrigar os cultivos de fruticultura em localidades como Petrolina, Santa Maria da Boa Vista e Petrolândia.

A captação de água continuará sendo permitida para o abastecimento humano e de animais, conforme prevê a Política Nacional de Recursos Hídricos (Lei 9.433/97), que considera esses casos prioritários quando há escassez de água. Os produtores da região do Vale do São Francisco, por outro lado, estão de mãos atadas.

"Nós precisamos de água diariamente e, até o momento, não fomos procurados para debater quais serão as alternativas para os produtores locais. Porque não podemos aumentar a captação de água nos outros dias para criar reservatórios, então ainda não sabemos o que poderemos fazer e estamos aguardando um posicionamento. Hoje, não haverá água para irrigar as culturas de frutas", comenta o presidente da Valexport, José Gualberto Almeida.

Diariamente, Pernambuco consome 81,6 metros cúbicos por segundo da área que vai de Sobradinho até o reservatório de Itaparica. De acordo com o superintendente adjunto de fiscalização da ANA, Alan Vaz Lopes, 80% do consumo da bacia está ligado à irrigação. "Estamos reduzindo paulatinamente a vazão porque chegou em um nível crítico. Se não fizermos nada, em meados de outubro ou novembro, todo o volume útil do São Francisco estará esgotado. Os cultivos são os mais prejudicados, seguido dos setores de indústria e mineração", aponta. Ainda de acordo com Lopes, a suspensão foi negociada com o Comitê Hidrográfico do São Francisco e representantes dos Estados de Pernambuco, Bahia, Sergipe, Alagoas e Minas Gerais.

Para a ANA, a única saída é reduzir o desperdício de água e racionar, já que não serão permitidas captações extras nos outros dias da semana. "Pedimos aos produtores que planejem melhor a irrigação para evitar desperdícios. Mesmo com a redução do consumo, será possível continuar as atividades normalmente", diz o superintendente adjunto da instituição.

A fiscalização para saber se a suspensão está sendo respeitada será realizada por meio do monitoramento do gasto energético dos consumidores e com a colaboração dos próprios usuários.

ENERGIA

De acordo com o presidente da Chesf, Sinval Zaidan Gama, a geração de energia elétrica não será prejudicada, já que a vazão de Sobradinho continua a mesma, de 600 metros cúbicos por segundo. O patamar é o menor da história. 

Ascom

O Centro de Atendimento Psicossocial de Afogados da Ingazeira promove, por mês, 700 atendimentos com a equipe multidisciplinar que atua na unidade. São dois psiquiatras (Dr. Esron Maia e Dr. Jorlândio Vasconcelos), psicóloga, assistentes sociais, terapeuta ocupacional, enfermeira e um educador físico do núcleo de apoio à saúde da família (NASF).

Atualmente o serviço funciona das 7h30 às 16h, atendendo a pacientes com diversos tipos de transtornos mentais. Nesta terça-feira (20), durante o arraial promovido na unidade, com pacientes, familiares e profissionais de saúde, o secretário Municipal de Saúde, Artur Amorim, informou que o CAPS passará, em breve, a atender em regime de plantão 24h, de domingo a domingo.

“Será uma ampliação dos atendimentos que ofertamos, onde passaremos também a atender as demandas de outros municípios,” destacou Artur Amorim. Segundo o coordenador da unidade, Fabrício Melo, os pacientes tem todo o apoio especializado necessário e ainda contam com lanche e almoço gratuito diariamente.

O arraial junino aconteceu no espaço Olga Cajueiro, próximo ao CAPS, e contou com forró pé de serra, danças e comidas típicas desse período e serviu também para aliviar a difícil rotina de pacientes e profissionais de saúde.

https://ogimg.infoglobo.com.br/in/20046849-819-b12/FT1086A/rodrigo-maia.jpg

O presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia (DEM-RJ), ora substituindo Michel Temer (que está na Rússia) na Presidência da República, resolveu deixar suas “digitais” nas obras de transposição do rio São Francisco.

Maia assinou nesta terça-feira (20) a ordem de serviço para o início das obras do Eixo Norte da transposição do Rio São Francisco. Essas obras vão permitir que as águas do “velho Chico” cheguem ao Estado do Ceará.

A assinatura, segundo o Blog de Inaldo Sampaio, foi feita no gabinete do presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB), que é cearense.

O peemedebista aproveitou a ocasião para agradecer à presidente do STF, ministra Carmem Lúcia, por ter autorizado o reinício das obras, que estão paradas há vários meses.

Disse ele: “Quero aqui agradecer à ministra Carmen Lúcia que, analisando todo o processo licitatório, teve a sensibilidade de permitir o reinício dessa importante obra para o Ceará, para a Paraíba, para o Rio Grande do Norte e para Pernambuco”, disse o presidente do Senado.

O Eixo Leste da transposição, que leva água de Pernambuco para a Paraíba, já está concluído.