Lançamento do Cartão Reforma, no fim de 2016

Foi publicado nesta sexta-feira (14), no Diário Oficial da União, o decreto que detalha os valores que serão pagos aos beneficiários do Cartão Reforma, do governo federal. O programa visa a melhorar as condições de vida de famílias com renda mensal de até R$ 2.811, por meio da reforma, ampliação ou conclusão das moradias, sem necessidade de devolução posterior do valor.

O auxílio varia conforme a categoria de obra planejada e a composição da família. Obras para fazer o sistema de esgoto sanitário poderão ser favorecidas com, no máximo, R$ 1.645,88. Já as famílias que quiserem ampliar moradias com mais de três moradores por dormitório receberão até R$ 8.048,18. Residências sem banheiro de uso exclusivo serão custeadas com até R$ 5.009,84 e domicílios com cobertura inadequada, com até R$ 4.594,59.

Caso o objetivo seja concluir a construção, a família poderá obter um auxílio de R$ 7.000,21. Esse valor poderá ser destinado à complementação de instalações elétricas e hidrossanitárias, a revestimentos internos ou externos, incluindo pintura, e a forros e reforma da cobertura. Nessa classe, também são englobadas a instalação de pisos e esquadrias e a adaptação do imóvel para acessibilidade.

Critérios para adesão

O beneficiário deverá residir no local da reforma. Ele fica responsável por fornecer mão de obra, equipamentos e ferramentas para a execução dos serviços, mas contará com assistência técnica de profissionais da área, que farão visitas periódicas. A contribuição poderá ser concedida mais de uma vez à família, desde que não ultrapasse R$ 9.646,07.

Poderão aderir ao programa maiores de 18 anos ou emancipados. Outro pré-requisito é possuir um celular habilitado para receber SMS. É necessário que o imóvel seja o único da família e esteja em área regularizada. Imóveis em precariedade extrema, como aqueles formados por taipa não revestida, madeira aproveitada e palha, não são abrangidos pelo programa.

A publicação complementa o decreto publicado no final de junho, que determinava as condições para recebimento do subsídio. Ela esclarecia ainda que o cartão tem validade de um ano e que o valor disponibilizado é parcelado.

A meta do Ministério das Cidades é de 170 mil famílias beneficiadas até o término de 2018. A pasta ainda definirá os limites de subvenção distribuída a cada estado e município, com base no Censo 2010 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Os interessados, vendedores de materiais de construção e entes apoiadores podem consultar mais informações no site oficial do programa.

O prazo máximo para saque dos valores é até 31 de julho / Foto: Agência Brasil

A Caixa Econômica Federal pagou mais de R$ 41,8 bilhões a 24,8 milhões de trabalhadores com direito ao saque das contas inativas do FGTS. O valor pago, até o dia 12 de julho, equivale a 96% do total disponível para saque (R$ 43,6 bilhões). O número de trabalhadores que sacaram os recursos das contas do Fundo de Garantia representa 82% das 30,2 milhões de pessoas beneficiadas pela medida.

Os recursos sacados das contas inativas do FGTS superaram a previsão inicial do banco, de R$ 35 bilhões. Quatro etapas do calendário montado pelo governo já foram cumpridas. O último lote liberado foi para os trabalhadores que nasceram no mês de dezembro, no último sábado, dia 8. O prazo máximo para saque dos valores é até 31 de julho.

Dívidas

Segundo pesquisa feita pela Boa Vista SCPC, com o dinheiro do saldo inativo do FGTS em mãos, 21% dos trabalhadores priorizaram, especificamente, o pagamento da fatura do cartão de crédito em atraso. Outros 16% optaram por pagar as contas de concessionárias, como água, luz, gás. Um décimo arcou com o pagamento de empréstimo pessoal e consignado, assim como outros 10% que quitaram dívidas com o cartão de loja.

Entre os entrevistados com direito ao benefício, 57% tinham em mente, antes do saque, o pagamento de dívidas como o principal destino do recurso extra do Fundo de Garantia. Outros 17% pretendiam guardar o dinheiro e 11% antecipar o pagamento de contas e outras dívidas não atrasadas.

Na prática, não só os que afirmaram que pagariam dívidas, mas também os que disseram que fariam algo diferente, como fazer compras, poupar ou antecipar o pagamento das contas não atrasadas, usaram o recurso extra para quitar dívidas já vencidas (91%). Outros 3% pouparam; 2% anteciparam contas não atrasadas e 3% se dividiram entre compras de produtos e serviços, entre outras finalidades.

Mesmo com a intenção de pagar as contas atrasadas, como a maioria fez apenas 14% dos trabalhadores conseguiram quitar todas as dívidas em atraso usando o saldo inativo do FGTS. Das contas que ficaram pendentes, o cartão de crédito representa 25%, empréstimo pessoal/consignado (12%), cartão de loja (10%), crediário (9%), contas de concessionárias (8%) e cheque especial (8%).

Feito o saque e o pagamento das dívidas atrasadas, 74% dos consumidores entrevistados pela Boa Vista conseguiram reassumir em parte ou totalmente o controle das finanças, em função do saque providencial do recurso inativo do FGTS. Para 26%, entretanto, o valor sacado não foi suficiente para que pudessem ficar com as finanças pessoais em dia.

A pesquisa foi realizada online, entre 12 e 23 de junho, com 2 880 respondentes, de um universo aproximado de 80 mil consumidores. Dos entrevistados, 51% são homens e 49% mulheres. 37% têm entre 31 e 40 anos e 20% entre 41 e 50 anos. 45% são casados, e 89% estão economicamente ativos. 95% são das classes C, D e E.

http://1.bp.blogspot.com/-W7a0bumGoso/Twt4lc9BxHI/AAAAAAAACGk/dIcglC4wkPQ/s1600/arqvalenca.jpg

O município de Buíque firmou termo de ajustamento de conduta (TAC) perante o Ministério Público de Pernambuco (MPPE) com a finalidade de realizar seleção pública simplificada a fim de suprir a necessidade de pessoal do município.

A opção pela seleção simplificada decorre da anulação do concurso público deflagrado pelo Edital nº001/2016, que visava preencher 300 vagas distribuídas em 40 cargos e foi anulado por meio do Decreto Municipal nº009/2017. O promotor de Justiça Henrique Souto Maior informou que, para manter os serviços públicos, a gestão realizou contratações temporárias de forma direta, sem o devido processo seletivo, que deve observar os princípios da moralidade administrativa e da impessoalidade.

Com a celebração do TAC, o prefeito de Buíque, Arquimedes Valença (foto), se comprometeu a apresentar a relação completa de todos os contratados no quadro funcional do município, indicando os nomes e lotações, além de apresentar a justificativa das contratações excepcionalmente da necessidade, bem como informar da impossibilidade de nomear os aprovados no concurso público.

A gestão municipal realizará estudo para embasar a proposta de processo seletivo simplificado. Caso o estudo sustente a necessidade de contratações temporárias, o município deverá publicar, no prazo de 20 dias contados da entrega do estudo, o edital do processo seletivo simplificado, dando ampla publicidade ao ato administrativo.

O edital deverá cumprir o prazo máximo de 90 dias para sua homologação final, de modo que todos os contratos não contemplados no edital serão imediatamente desfeitos e tornados sem efeitos. A medida visa assegurar que não ocorra a interrupção dos serviços públicos

O município também se comprometeu a apresentar, no prazo de 45 dias, estudo completo sobre o concurso público vigente, com informações conclusivas acerca do número de cargos a serem providos, bem como se necessário, a abertura de um novo concurso ou criação de novos cargos. No caso de novas contratações irregulares, a administração municipal deverá pagar multa no valor de R$ 5.000,00 para cada contrato.

O Termo de Ajustamento de Conduta foi publicado no Diário Oficial do dia 14 de julho de 2017.

Paulo Câmara durante rodada do Pernambuco em Ação, em Petrolina

Durante mais uma rodada do programa Pernambuco em Ação do Sertão do São Francisco, o governador Paulo Câmara (PSB) anunciou, nesta sexta-feira (14), em Petrolina, a construção de duas Escolas Técnicas Estaduais (ETE) em municípios da região. As unidades serão construídas em Cabrobó e em Petrolina e vão contar com um aporte de R$ 13 milhões cada.

"Pernambuco tinha seis escolas técnicas em 2007, e hoje já temos 37 ETEs funcionando nas diversas regiões do nosso Estado. Temos quatro em construção e mais duas em processo licitatório. Inclusive, a de Cabrobó. Hoje, também, assinamos o termo de doação do terreno para a construção de uma unidade aqui, em Petrolina. E tudo isso é fruto de um planejamento pensado pelo ex-governador Eduardo Campos, lá atrás, que fizemos questão de dar continuidade", frisou o chefe do Executivo estadual.

A ETE de Petrolina será construída no bairro de Pedra Linda, em uma área de 22 mil metros quadrados. O processo licitatório da unidade está previsto para este segundo semestre e a ordem de serviço deverá ser autorizada no início de 2018.

"Nós já iniciamos as tratativas com o Ministério da Educação e com o Fundo Nacional do Desenvolvimento da Educação (FNDE) para a liberação de parte dos recursos e para que possamos iniciar, o mais breve possível, a construção das unidades", explicou o secretário estadual de Educação em exercício, João Charamba. Do valor total a ser investido, 60% é repassado pelo governo federal e 40% pelo Estado.

Já a licitação para a implantação da unidade de Cabrobó está em fase de finalização e a ordem de serviço deve ser dada em um prazo de 90 dias. A estrutura vai atender, inicialmente, 720 alunos, podendo chegar a até 1.200. O espaço contará com salas de aula, secretaria, arquivo, almoxarifado, hall de acesso, diretoria, coordenação, banheiros, biblioteca, sala dos professores, laboratórios de informática, ciências, física/matemática, cozinha, despensa, recreio coberto/refeitório e quadra coberta com vestiário.

Ganhe o Mundo

Na oportunidade, o governador entregou certificados de participação a três alunos do Programa Ganhe o Mundo. Foram eles: Bruna Carvalho Santos (Nova Zelândia), Ester Hadassa Lima (Canadá) e Erica Loranne Amorim (Nova Zelândia).

Um carro da Prefeitura de Ingazeira, no Sertão pernambucano, foi flagrado transportando carne de forma irregular e sem condições de higiene para o escritório do IPA do município, que tem como responsável a vereadora e técnica do IPA, Diolanda Carvalho.

Ela é esposa do secretário de Ação Social, Vinícius Machado. O veículo é da Secretaria de Ação Social, gerida por Machado e foi adquirido com recursos próprios.

Segundo o blog de Nill apurou, através de um Internauta Repórter, a carne transportada seria do projeto Programa de Aquisição de Alimentos da Agricultura Familiar (PAA), sendo uma parceria do IPA com a Prefeitura Municipal da Ingazeira.

Ela é utilizada para cozinha Comunitária e também para a merenda escolar dos alunos da Rede municipal.

O irônico é que a Secretaria de Saúde do município está localizada em frente ao escritório do IPA e a Vigilância Sanitária de Ingazeira aparentemente sequer fez uma inspeção.

Esse flagrante foi feito por populares que passavam em frente ao escritório do IPA na Rua Albino Feitosa próximo à Casa de Saúde de Ingazeira.

Um absurdo, pois o risco de contaminação é enorme pela forma como foram transportadas. As fotos estão circulando nas redes sociais.

Foto: Aluísio Moreira/Divulgação

Depois de uma pausa, Paulo Câmara (PSB) retoma o projeto Pernambuco em Ação. Hoje, ele e a comitiva estadual vão a Petrolina, no Sertão, para fazer o que os governistas chamam de "programa de prestação de contas". O encontro ocorrerá na Escola Estadual Professora Adelina Almeida, no bairro de Areia Branca.

Petrolina é administrada pelo prefeito Miguel Coelho (PSB), filho do senador Fernando Bezerra Coelho (PSB), e irmão do ministro de Minas e Energia, Fernando Filho (PSB). Crescem a cada dia as especulações de que os Coelhos estão de saída do PSB para formar um novo partido junto ao presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia (DEM), e ao ministro da Educação, Mendonça Filho (DEM).

Também é comum a leitura de que há sempre uma disputa entre Fernando Bezerra e Paulo Câmara. Como já fez em outras ocasiões, o governador procurou mostrar que não há problema entre os dois. "Não ouvi Fernando defender fusão do PSB com o DEM. Ele tem nos ajudado e a gente vai estar juntos em Petrolina amanhã (hoje)", garantiu.

Vice-presidente nacional do PSB, Paulo negou racha por causa da eleição para presidente em outubro. "O partido está unido e mostrará unidade", assegurou.

LULA

O governador evitou se comprometer sobre a condenação do ex-presidente Lula (PT) pelo juiz Sérgio Moro. "É um julgamento no âmbito do Judiciário, que respeita o estado democrático de direito, mas cabe recurso. A gente não pode prejulgar ainda porque há transito a ser cumprido na órbita judiciária. Temos que ter serenidade", declarou.

https://blogpontodevista.com/wp-content/uploads/2017/06/Cleiton-Collins-2.jpg

O PP de Pernambuco está insatisfeito. A sigla é a segunda bancada da Assembleia. O deputado federal Eduardo da Fonte, à frente do PP-PE, liderou a votação estadual em 2014 para a Câmara, com 283 mil votos, e o Pastor Cleiton Collins liderou a votação para a Assembleia, com 216 mil votos. Em 2016, a sigla teve os mais votados vereadores do Recife, Michele Collins, e de Jaboatão, Sandro de Andrade, o "Toto Junto com o Povo".

Ao comparar os seis deputados na Assembleia e sua votação aos números de outras legendas, o PP diz estar insatisfeito com o governo Paulo Câmara (PSB), que empossou ontem seu novo secretário de Habitação, Kaio Maniçoba (PMDB), e abriu uma vaga para o suplente Luciano Bivar (PSL). A sigla hoje comanda o Porto do Recife, o Instituto de Pesos e Medidas e o Lafepe, mas não uma secretaria. O PP observa gestos de Paulo para o PMDB e legendas como PR e PSD. Cogita independência rumo a 2018 e almeja uma vaga ao Senado, seja na base ou oposição. Paulo já guardou uma vaga para o deputado Jarbas Vasconcelos (PMDB).

Em 2014, o PP até anunciou Michele Collins para governadora – e depois recuou. Era pressão por espaço. Hoje com mais poder de fogo, renova a pressão, agora rumo a 2018.

Para disputar a Assembleia Legislativa, ano que vem, o PP já conta com 37 pré-candidatos filiados ao partido. Já no que tange à disposição que a legenda, nos bastidores, diz ter para concorrer a uma vaga ao Senado, não esclarece se o nome seria Eduardo da Fonte (foto), Cleiton ou Michele Collins.

Outra sigla que almeja ter vaga ao Senado é o PDT – e o nome seria o ex-prefeito de Caruaru José Queiroz. Faltam opções para ele e seu filho, o deputado federal Wolney Queiroz. Não há como eleger os dois à Câmara Federal.

Foto: Aluísio Moreira/Divulgação

Do lado de dentro do Palácio do Campo das Princesas, um salão lotado e elogios do governador Paulo Câmara (PSB). Do lado de fora, protesto de moradores de uma comunidade mantidos a distância por uma grade e cobranças. Foi assim que ficou marcada a posse do deputado federal Kaio Maniçoba (PMDB) como secretário estadual de Habitação ontem. Aos 33 anos, ele é o mais jovem integrante do primeiro escalão da gestão socialista.

"A gente vai dar prioridade à reconstrução na Mata Sul", disse Kaio Maniçoba, referindo-se à região que atingida por temporais entre o fim de maio e o início de junho. O secretário também informou que se adiantou à posse e, quando ainda era deputado federal, teve conversas com integrantes do Ministério das Cidades e da Caixa Econômica Federal para tratar de ações na área habitacional.

Ainda segundo o secretário, ele dará atenção aos movimentos sociais. No entanto, até o fechamento desta edição, a informação que o JC teve é de que a comitiva do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto que protestava nas proximidades do Palácio não conseguiu se reunir com Kaio Maniçoba. "Estamos tentando um diálogo sobre a ocupação Carolina de Jesus, no Barro (Zona Oeste do Recife). Queremos conversar porque não sabemos a linha desse secretário", declarou Jô Cavalcanti, da coordenação estadual do movimento.

Antes de conseguir falar com a integrante do movimento, a reportagem foi intimidada por um dos seguranças do Palácio. Embora o protesto ocorresse em via pública, o agente policial disse que o repórter não estava autorizado a ficar na área e filmar o protesto.

ELOGIOS

Ao discursar, Paulo Câmara elogiou a atuação de Kaio Maniçoba na Câmara Federal e disse que ele tinha um trabalho respeitado pelos colegas deputados. O governador também afirmou que o fato do secretário ser novo ajudará a oxigenar as ações na área habitacional. De acordo com o socialista, em dois anos e meio de gestão, foram entregues cerca de oito mil casas. A meta até 2018 é de alcançar 20 mil residências.

O governador fez referências elogios a Rorró Maniçoba (PSB), mãe de Kaio e prefeita de Floresta, no Sertão, até o ano passado, e a Bruno Lisboa, que tinha o posto de secretário de Habitação. "Você que, vem de uma experiência sertaneja, viu sua mãe ser uma grande prefeita, traz no DNA o compromisso de trabalhar pelos que mais precisam", afirmou, dirigindo-se a Kaio Maniçoba. 

http://www.feteccn.com.br/media/CACHE/images/media_noticias/downloa_tuN8dPO/1789e7517ba107d7122e0073373ba8c6.jpg

Motivado pela compra da operação brasileira do HSBC, o Bradesco vai fazer o primeiro programa de demissão voluntária (PDV) de sua história. O banco espera que a adesão à iniciativa alcance pelo menos 5 mil colaboradores. No entanto, o corte poderá chegar a 10 mil funcionários, em estimativa que considera um interesse mais amplo.

O programa começa segunda-feira (17) e vai até 31 de agosto. Funcionários de todo o conglomerado podem aderir ao PDV, desde que tenham pelo menos dez anos de casa. Alguns departamentos, no entanto, devem ser excluídos, de acordo com fontes.

O objetivo da instituição, explicam as fontes, é aprofundar as sinergias após a integração do HSBC, que adicionou cerca de 20 mil funcionários ao banco. O objetivo do PDV é dar eficiência à operação. Em 31 de março de 2017, o Bradesco contabilizava 106.644 funcionários, um crescimento de 16,68% em 12 meses. A remuneração dos empregados somada a encargos e benefícios totalizou, no primeiro trimestre do ano, R$ 4,244 bilhões, segundo o balanço do banco. Em março do ano passado, o HSBC ainda não aparecia nas demonstrações do Bradesco, pois a incorporação de fato se deu em julho de 2016.

Na visão do banco Credit Suisse, a notícia, a despeito dos poucos detalhes que o Bradesco deu ao mercado, é positiva para as ações, uma vez que reforça o compromisso da gestão de melhorar a eficiência após a aquisição do HSBC.

"É uma ação mais ousada e acelerada para corte de custos, considerando que a administração indicou originalmente que a redução do número de funcionários deveria ocorrer em linha com o ‘turnover’ natural", diz relatório da instituição.

Segundo o documento, o PDV anunciado pelo Bradesco deve aumentar a confiança do mercado na execução da gestão para alcançar a estimativa de sinergias de custos de R$ 2,7 bilhões – número que, na opinião dos analistas do Credit, não está totalmente precificado.

No momento, o banco está focado em aumentar as sinergias e ainda melhorar a sua rentabilidade, impactada pela integração do banco inglês. No fim de março, o indicador estava em 18,3%. O banco quer mantê-lo no intervalo de 18% a 20%.

Procurado, o Bradesco não quis comentar o primeiro PDV de sua história. Em comunicado ao mercado, divulgado na manhã de ontem, a instituição informou que apenas poderão aderir ao PDV os funcionários que preencherem os requisitos estabelecidos no regulamento. O banco disse ainda que a iniciativa não afetará a qualidade dos serviços prestados aos clientes e usuários.

CAIXA

Além do Bradesco, a Caixa Econômica Federal estuda fazer um novo programa de demissões ainda este ano, com a meta de atingir 5 mil colaboradores. Na última vez que fez movimento semelhante, a adesão foi de 4.645 colaboradores, abaixo da expectativa de alcançar 10 mil pessoas num contingente de 30 mil empregados elegíveis.

Fotos: Marcos Studart/Governo do Ceará

A Azul finalmente anunciou o início da operação do voo direto entre Recife e Jericoacoara nesta quinta-feira (13). Será a partir do dia 28 de julho.

Até 11 de agosto, os voos serão sempre nas sextas-feiras e domingos, saindo às 13h11 do Recife e às 15h10 de Jericoacoara. A partir desse dia haverá também nas quartas-feiras. Segundo a empresa, o valor médio será de a partir de R$ 229,80, valor que pode ser alterado. Do Recife, ainda será possível fazer conexão para Belo Horizonte, Curitiba e Porto Alegre. 

A Secretaria de Turismo do Ceará espera que no primeiro ano de funcionamento do Aeroporto de Jericoacoara o número de turistas aumente 7% e, nos próximos três anos, chegue a um incremento de 20%, passando a receber cerca de 10 mil visitantes por mês.

A construção do aeroporto custou R$ 90,4 milhões, sendo R$ 80 milhões do Governo do Ceará e R$ 14,4 milhões da Secretaria da Aviação Civil, do governo federal.

Antes, só era possível chegar do Recife a Jericoacoara a partir de Fortaleza, uma viagem que leva pelo menos quatro horas. O governador do Ceará, Camilo Santana (PT), chegou a anunciar que o primeiro voo seria no último dia 16, mas a Azul não confirmou.

Diante da fragilidade política do governo e a importância da reforma da Previdência para equilibrar as contas públicas, grupos organizados da sociedade estão se articulando no Congresso em defesa da proposta. O movimento está sendo puxado pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM), que promete apoio dos prefeitos aos deputados que votarem a favor da reforma, nas eleições no ano que vem, nos respectivos redutos eleitorais. O medo de não serem reeleitos é a principal preocupação dos deputados. Também apoiam a iniciativa o Centro de Liderança Pública (CLP), o Movimento Brasil Livre (MBL) e confederações patronais, dos setores de indústria e comércio, de olho na retomada da economia.

Com a conclusão da votação da reforma trabalhista no Congresso, as entidades prometem intensificar a atuação junto aos parlamentares. Segundo o presidente da CNM, Paulo Ziulkoski, os prefeitos têm muito interesse na reforma em busca de uma folga no orçamento dos municípios. O texto foi aprovado pela comissão especial em maio.

— Nós apoiamos a reforma e vamos trabalhar muito pela sua aprovação, porque não há outra saída. A reforma pode desagradar aos cidadãos, mas ela é fundamental para os gestores públicos, disse Ziulkoski.

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, disse que espera aprovar a reforma neste ano e, se possível, pautar o texto aprovado na comissão especial que tratou do tema de forma ampla. Mas admite, nos bastidores, que as chances de aprovar o texto da comissão são pequenas. A opinião é dividida com líderes do governo.

PROPOSTA 'LIPOASPIRADA'

Nas palavras de consultores legislativos e parlamentares, a reforma passará por uma “lipoaspiração”. A ideia é aproveitar o relatório aprovado na comissão e preservar a espinha dorsal: idade mínima de 65 anos (homem) e 62 anos (mulheres), com a transição e pedágio de 30% (sobre o tempo que falta para aposentar pelas regras atuais) para todos os trabalhadores.

Durante a viagem à reunião do G-20, na Alemanha, na semana passada, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, foi alertado por integrantes da base que estavam na comitiva que a reforma da Previdência não passa no Congresso do jeito que está. Segundo interlocutores, foi pedido a Meirelles “autorização” para negociar uma reforma mais enxuta com os parlamentares, com apenas idade mínima, deixando de fora trabalhadores rurais, Loas e aumento do tempo de contribuição de 15 para 25 anos. Ou ainda fatiar a proposta e fazer alterações pontuais no INSS via projeto de lei ou medida provisória — mais fáceis de aprovar que uma emenda constitucional. O Planalto pretende dar encaminhamento à reforma nas próximas semanas.

Gretchen quebrou a internet com o clipe de Swish Swish (Foto: Reprodução)

Gretchen quebrou a internet no início do mês, quando numa das mais inesperadas parcerias do showbizz estrelou o clipe da música 'Swish Swish', de Katy Perry. Com suas caras e bocas ao som da canção a brasileira bateu um recorde: nas primeiras 24 horas no canal oficial de Katy o lyric vídeo recebeu mais de 6 milhões de visualizações. Além disso, foram mais de 400 mil curtidas e o clipe se tornou o mais visualizado de uma artista feminina nas primeiras 24 horas.

 Gretchen agora colhe os louros pela repercussão do trabalho. Se antes contratá-la para uma apresentação de pouco mais de uma hora custava cerca de R$ 8 mil, agora esse valor não sai por menos de R$ 25 mil. "Não falo de valores. O que posso dizer é que ao gravar o clipe sabia que ele ia fazer algum barulho, mas não esperava tamanho sucesso", diz ela.

Após a estreia do clipe de Swish Swish, Gretchen também passou a bombar nas redes sociais e, desde o dia 2, quando o vídeo foi lançado, até agora, viu seu número de seguidores no Instagram aumentar em cerca de 50 mil pessoas. "O bacana disso tudo é que toda uma geração que não me conhecia, agora tem me abordado nas ruas e está querendo saber mais sobre o meu trabalho", finaliza ela.

Carteira de trabalho

A Lei nº 13.467, que altera a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), aprovada pelo Decreto-Lei no 5.452, de 1º de maio de 1943, também chamada de Lei de Modernização Trabalhista, está publicada na edição de hoje (14) do Diário Oficial da União.

A Lei foi sancionada ontem (13) pelo presidente da República, Michel Temer, que, em cerimônia no Palácio do Planalto, na presença de ministros e parlamentares, entre outras autoridades, disse que os direitos dos trabalhadores estão sendo preservados.

“Este projeto de Lei é a síntese de como esse governo age. Como eu tenho dito, o diálogo é essencial, mas também a responsabilidade social. Estamos preservando todos os direitos dos trabalhadores. A Constituição Federal assim determina”.

A aprovação da reforma, tida pelo governo como uma de suas prioridades, divide opiniões. Mas o presidente e sua equipe garantem que a modernização da CLT vai aumentar a geração de empregos e dar segurança jurídica tanto para empregados quanto para empregadores.

“O que fizemos foi avançar. Contratos que antes não comportavam carteira assinada hoje estão previstos expressamente. Nossa consolidação, que foi na época um grande avanço, é de 1943. É claro que o mundo não é mais de 1943, é do século 21. E fizemos a adaptação ao século 21. Hoje há uma igualdade na concepção. As pessoas são capazes de fazer um acordo, de um lado os empregados, de outro, os empregadores”, frisou Temer.

Pontos polêmicos

Alguns pontos da lei, no entanto, serão alterados após diálogo com o Congresso. O governo enviou aos parlamentares uma minuta com os pontos da medida provisória (MP) com a qual pretende alterar a reforma trabalhista. A minuta toca em dez pontos da reforma, entre eles temas polêmicos que foram discutidos durante a tramitação, como o trabalho intermitente, a jornada 12 por 36 horas e o trabalho em condições insalubres das gestantes e lactantes.

Segundo o líder do governo senador Romero Jucá, relator da reforma na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), não há prazo definido para a conclusão da MP e há tempo para sua edição. “Encaminhei hoje [a MP] para vários parlamentares os pontos que são objeto do acordo no Senado para serem discutidos. Na hora que estiverem amadurecidos, a MP será editada. Não tem previsão. É importante dizer que esta lei só vale daqui a 120 dias. Para ter uma medida provisória que modifique a lei, ela tem que ocorrer antes de 119 dias. Então nós temos um prazo razoável”, disse.

https://1.bp.blogspot.com/-w2bI58AiuFU/V7pmd4brkoI/AAAAAAAACbg/iWPAyr-CO0IK7hvipHb_tgMH9TLF_N1NgCLcB/s1600/ms4xi4e2.jpgMesmo em início de gestão, a administração do prefeito Zeinha Torres (foto), já conquistou emendas que serão transformadas em obras para o município de Iguarací.

A revelação foi feita ontem pelo secretário de Administração, Marcos Melo, ao falar ao programa Institucional transmitido pelas Rádios Pajeú e Cidade FM de Tabira.  R$ 1,275 milhão em emendas serão utilizadas em melhoria no Hospital Municipal, Postos de Saúde, obras hídricas e construção de calçamentos, completou o secretário. As informações foram repassadas ao PE Notícias pelo comunicador Anchieta Santos.

O período de inscrições para o esperado concurso do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) começa no dia 24 de julho e segue até o dia 24 de agosto. Serão oferecidas 199 vagas no total, sendo 60 para nível médio e 49 para analistas de nível superior. O valor para participar será de R$55 para os cargos de nível médio e R$63 para superior. O edital do certame será divulgado nesta sexta-feira (14).

Quem pretende solicitar a isenção do pagamento da taxa terá o período de 24 a 27 de julho para fazê-lo através do site www.ibfc.org.br. Do total de vagas, Cinco por cento delas serão destinadas a pessoas com deficiência e 20% para negras respeitadas as condições do edital.

As provas estão previstas para o dia 15 de outubro, com questões de múltipla escolha e discursiva para os cargos de técnico judiciário e oficial de justiça serão realizadas em turno distinto às do cargo de analista judiciário. Os candidatos terão quatro horas para realizar o exame.

Para as vagas de nível médio o edital do concurso prevê funções nas áreas de informática, rede de computadores, manutenção e suporte em informática, sistemas de computação, telecomunicações ou sistema de transmissão. Já as vagas de nível superior contemplam formados em direito, serviço social, pedagogia, psicologia, contabilidade, informática e engenharias física ou mecânica com pós-graduação na área de informática. Os salários variam de R$4.222,45 (médio) a R$5.502,12 (superior).