https://www.proteste.org.br/institucional/-/media/lobbyandpressproteste/images/imprensa/press-release/2015/mais%20uma%20conta%20para%20o%20consumidor%20e%20a%20energia%20vai%20subir%20mais/lat_reajuste-energia.png?h=330&w=500&la=pt-BR&hash=D6DC74C0BC600139DFAD76AB312C5A89433ED3F2

O consumidor pode ir preparando o bolso. A conta de luz ficará mais cara para os pernambucanos a partir do dia 29 de abril, quando entra em vigor o reajuste da Celpe. Mas não vai parar por aí. A seca do Sudeste vai deixar a energia com o preço mais alto durante todo o segundo semestre de 2017 por causa de um número maior de térmicas que deve entrar em operação, como sinalizou ontem o ministro de Minas e Energia, Fernando Filho. O governo federal já está analisando lançar uma campanha nacional para o uso consciente da energia com a finalidade de diminuir o consumo.

"O segundo semestre de 2017 deve ser bastante difícil do ponto de vista do fornecimento hídrico, mas não energético, pois nós temos energia para poder atender à população. Por ser um fornecimento que deverá depender de maior parcela de geração térmica, deverá ter um custo adicional", disse ontem o ministro de Minas e Energia, Fernando Filho, no evento Concessões e Investimentos no Brasil: Novos Rumos, que ocorreu no Rio de Janeiro. Ele considera que o impacto da seca no custo de energia "deve ser perene" a partir de agora.

Em abril, todos os consumidores voltarão a pagar pela bandeira vermelha no patamar 1, implicando numa cobrança extra de R$ 3,00 para cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos.

O sistema de bandeiras estabelece uma cobrança extra na conta de energia já no mês seguinte, quando o custo da produção de energia fica mais alto, como quando ocorre quando as térmicas têm que produzir mais energia, substituindo as hidrelétricas que estão com os seus reservatórios em baixa. O motivo da alta é simples: as hidrelétricas produzem energia a partir da água, enquanto as térmicas utilizam o diesel ou o gás natural, que são mais caros, como matéria-prima.

A tendência é de que ocorra a cobrança da bandeira vermelha até novembro, segundo pelo menos dois diretores da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). No auge da crise hídrica de 2015, a bandeira vermelha chegou a ser cobrada no valor de R$ 5,50 no primeiro semestre daquele ano, quando entraram em operação as térmicas mais caras do sistema elétrico.

Segundo especialistas do setor, não há risco de racionamento de energia, porque as térmicas mais outros parques que foram instalados nos últimos anos, como os eólicos, dão conta do abastecimento.

AUMENTO

Além da bandeira vermelha de abril, os pernambucanos também terão o reajuste da Celpe que pode ficar em 2,35% para o cliente residencial da distribuidora, segundo números preliminares da Aneel. Os percentuais deverão ser definidos pela diretoria da agência numa reunião que vai ocorrer no próximo dia 25.

O consumidor também precisa prestar atenção na conta referente ao período de 1º a 30 de abril que deverá ter uma redução de 15,31% no preço porque será retirada, de uma única vez, uma cobrança indevida ligada à Usina Nuclear de Angra 3 que estava sendo embutida na tarifa.

Segundo uma simulação da Celpe, o valor com a tarifa reduzida de abril e mais a bandeira vermelha patamar 1 para um consumo de 100 kWh deve ficar numa cobrança de R$ 55,55 sem a taxa de iluminação pública para um consumidor residencial e com os impostos. Caso não houvesse a redução tarifária em função de Angra 3, esse valor seria de R$ 64,84.

Continue reading

Chegou à hora da indústria e do varejo da região Nordeste do Brasil conhecerem as vantagens de trabalhar com licenciamento de marcas e personagens em suas linhas de produtos. Trata-se de um mercado que faturou no ano passado – em vendas no varejo – mais de R$ 17 bilhões e 850 milhões de Reais e está em constante crescimento no País. Por isso, o evento Marcas & Personagens – O mundo do licenciamento, chega ao Recife nesta quarta-feira, 12 de abril, no Courtyard by Marriott Recife Boa Viagem.

Já imaginou ter acesso, em primeira mão, aos personagens mais queridos do consumidor, para uso em sua linha de produtos e pontos de venda?

O evento Marcas e Personagens – O mundo do licenciamento, conta com grandes companhias como Disney, Cartoon Network, Nickelodeon, Hasbro e Warner, os quais apresentarão oportunidades de negócios a um grupo seleto de executivos dos setores produtivos e do varejo.

Um auditório será montado exclusivamente para a ocasião, com conteúdo exclusivo e apresentação de portfólios, seguido de um happy hour para networking! Vagas são limitadas.

Garanta gratuitamente sua cadeira! Inscreva-se clicando aqui! Ou através do nosso site: www.marcasepersonagens.com.br     

PROGRAMAÇÃO:

14h – Boas vindas

14h30 – O potencial do mercado de licenciamento de marcas

15h – Disney

15h30 – Cartoon Network

16h – Redibra

16h30 – Nickelodeon

17h – Warner

17h30 – Coquetel + networking. 

Informações Gerais

Evento: Marcas & Personagens – O mundo do licenciamento – Edição Recife

Data: 12 de abril de 2017, das 14h às 18h.

Local: Courtyard by Marriott Recife Boa Viagem

Sala Aurora 1 e 2  –  Av. Engenheiro Domingos Ferreira, 4661, Boa Viagem, Recife – Pernambuco.

Programa garante mais produtividade a empresas  (Foto: EBC)

As mais de 3.500 empresas que se inscreveram, até 2016, no programa Brasil Mais Produtivo – coordenado pelo Ministério da Indústria e executado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) – não podem se queixar.

Elas tiveram, em média, 52,7% de aumento de produtividade, 56,5% de aumento da qualidade dos produtos, média de quatro meses para retorno do valor investido e elevação de lucro líquido de, em média, dez vezes o valor investido, de acordo com levantamento realizado.

Empresas dos setores de vestuário, calçados e alimentos foram as que mais se engajaram no programa. Elas realizam um investimento de R$ 3 mil e recebem um subsídio de R$ 15 mil para implantar o programa. A expectativa é que até o fim do ano outras 3 mil empresas embarquem no programa.

Câmara dos Deputados (Foto: EBC)

Um levantamento da Consultoria Arko Advice mostra que o PMDB, do presidente Michel Temer, foi à segunda legenda mais ausente em votações de interesse do governo em março. O índice de faltas foi de 35,01%. O partido perde apenas para o PEN (38,88%).

Pela metodologia da Arko, as faltas colocam o PMDB somente na 11ª posição na lista de fidelidades. O PRP (66,66%) e o PSDB (63,83%) são os mais fiéis. Outro dado levantado pela consultoria trata do apoio ao governo Temer, na Câmara. Caiu de 55,9%, em fevereiro, para 47,7%, em março.

A Arko Advice analisou 12 votações nominais no último mês. Março significou o segundo pior índice de apoio ao presidente desde maio de 2016. A média mais baixa foi observada em dezembro, quando chegou a 42,6%. O governo foi derrotado, por exemplo, na votação em segundo turno da PEC que permitia às universidades públicas cobrar por cursos de pós-graduação lato sensu. Eram necessários 308 votos para aprovar a medida, e o governo conseguiu apenas 304.

Mesmo vitorioso, o governo tomou um susto com o reduzido apoio ao projeto de lei sobre terceirização. Foram 231 votos a favor e 188 contrários.

Inovação em Igaci (AL)

Folha de S.Paulo

Igaci é uma pacata cidade no interior alagoano, a 150 km de Maceió, onde as deficiências do sistema público não são novidade. Melhor, não eram. Desde que Aerton Lessa assumiu a Secretaria da Saúde do município, há pouco mais de um ano, ele tem voltado os esforços para a inovação tecnológica.

Michael Kapps, cofundador da Tá.Na.Hora e finalista do Prêmio Empreendedor Social de Futuro 2016, foi pela primeira vez ao município e viu de perto o trabalho de implantação das tecnologias, inclusive do serviço de SMS oferecido por sua startup, que monitora pacientes da saúde básica.

 "Aerton é diferente dos outros secretários que conheci, já que ele não é médico. Veio da área de Tecnologia da Informação", conta. Além da melhora já conquistada, os planos são ambiciosos. "A ideia é criar a primeira "Sala de Situação" do Nordeste –imagine a sala de controle do Star Trek, mas para saúde pública", afirma o empreendedor.

Leia o depoimento Michael Kapps à Folha de S.Paulo.

Visitei Alagoas pela primeira vez mês passado. Em vez de aproveitar as famosas praias brancas e piscinas naturais do litoral, fui diretamente para o interior conhecer uma pequena cidade do sertão nordestino: Igaci. A cidade tem cerca de 25 mil habitantes e está a 150 km da capital, Maceió. É um lugar calmo, com ruas de terra, onde carroças se veem a todo momento, assim como pequenas fazendas repletas de cactos.

Mas o que eu, um russo-canadense, do Vale do Silício, empreendedor de tecnologia, tinha para fazer por lá? Considerada a terceira cidade mais "pobre" de Alagoas, Igaci não tem muitos recursos, mas, ainda assim, consegue inovar na gestão de saúde, já sendo referência para o Brasil inteiro. Queria saber o que eles estavam fazendo.

Logo que cheguei, encontrei Aerton Lessa, secretário de Saúde do município. Reservado e amigável, Aerton é diferente dos outros secretários que conheci, já que ele não é médico. Veio da área de Tecnologia da Informação. Adora tecnologia e busca a gestão eficiente que ela proporciona. Ele me contou que, ao ser nomeado, a primeira deficiência identificada foi a falta de informação sobre a saúde de sua população.

Como a maioria das prefeituras, Igaci coletava os dados de saúde usando agentes comunitários que passavam nas casas dos cidadãos e anotavam as informações de cada visita em papéis –coletar dados é obrigatório pelo Ministério da Saúde. Não é difícil enxergar os problemas acarretados por esse método com formulários físicos. Além de ser pouco eficiente, demandava muitas horas de digitação, altos custos de impressão e com papel – incluindo aí a questão ambiental.

Além disso, pela demora de todo o processo, o secretário continuava encontrando dificuldades para entender melhor a saúde da população. Sua primeira atitude foi contratar uma empresa para fornecer tablets simples e baratos para os 74 agentes comunitários da Prefeitura. Usando um aplicativo, os agentes conseguiam digitar os dados sobre as famílias mesmo sem internet. Eles também tiravam fotos e identificavam o local usando GPS. Quando voltavam para o posto de saúde, o tablet sincronizava os dados automaticamente.

Horas de trabalho foram eliminadas assim como gastos com papel. Atualmente, o secretário e a sua equipe conseguem ver todas as informações sobre a saúde de sua população com atualizações diárias e em um só lugar: pelo computador. Onde estão gestantes e hipertensos, quais lugares têm focos do mosquito Aedes e como os agentes estão atuando, tudo isso é visível em um mapa virtual.

SEGUNDO DESAFIO

Com os dados em mãos, Aerton teve outro problema: não existiam recursos físicos suficientes para tratar a saúde de todo mundo. A solução foi trabalhar na prevenção em saúde básica, tentando eliminar os problemas antes que eles acontecessem. Mas com poucos agentes e enfermeiras – e ainda menos médicos–, o que poderia ser feito? Bom, o secretário decidiu contratar um robô.

Ele entrou em contato com a minha empresa, a Tá.Na.Hora, e nós criamos um "amigo virtual" que envia mensagens de texto sobre saúde e bem-estar. As pessoas cadastradas em nosso sistema conseguem responder as mensagens e relatar seus problemas. Quando uma interação acontece, nosso robozinho responde automaticamente e alerta enfermeiras e agentes comunitários para a ocorrência, antes mesmo de o cidadão ir ao pronto-socorro.

Continue reading

Congresso

Estado de S.Paulo

Depois do corte de R$ 5,4 bilhões nas despesas com emendas parlamentares obrigatórias no fim de março, o governo decidiu antecipar para abril e maio o desembolso de R$ 1,8 bilhão do volume que sobrou. A liberação ocorre num momento de intensa negociação para aprovação da Reforma da Previdência na Câmara. O projeto enviado pelo governo está em discussão na comissão especial e a previsão é de que o relatório do deputado Arthur Maia (PPS-BA) seja divulgado dia 18.

A Portaria n.º 163 do Ministério da Fazenda publicada nesta segunda-feira (10), no Diário Oficial da União remanejou recursos para emendas impositivas individuais que estavam programados para serem liberados apenas em outubro, novembro e dezembro. Com isso, R$ 1 bilhão serão liberados para projetos de parlamentares neste mês e R$ 800 milhões em maio.

Por meio de nota, o Tesouro Nacional confirmou que a antecipação de verbas ocorreu a pedido da Secretaria de Governo da Presidência da República. O titular da pasta, ministro Antonio Imbassahy, é o responsável pela articulação do Planalto com o Congresso Nacional.

O Tesouro respondeu ainda que o remanejamento não afeta o cumprimento da meta de resultado primário deste ano e “está em consonância com a programação financeira” do governo.

Para tentar cumprir a meta de déficit primário de R$ 139 bilhões neste ano, a equipe econômica contingenciou R$ 42,1 bilhões do Orçamento, incluindo R$ 5,4 bilhões em emendas parlamentares, o que desagradou parte da base do governo no Congresso.

A antecipação da liberação dos valores que não foram cortados pode ajudar o governo a reverter o placar desfavorável para a votação da Reforma da Previdência na Câmara. Maia deve apresentar seu parecer na Comissão Especial da matéria na próxima semana. São necessários 308 votos para a aprovação em cada um dos dois turnos de votação no Plenário, mas o Placar da Previdência – elaborado pelo Estadão – mostra que o governo tem só 100 votos favoráveis, enquanto 273 deputados já se manifestaram contrários.

Marcelo Odebrecht - Rodolfo Buhrer/Reuters

O interrogatório do empresário Marcelo Odebrecht, que deveria ficar sob o mais rigoroso sigilo por ordem judicial, foi ‘transmitido online’ pelo site O Antagonista nesta segunda-feira (10). Os detalhes mais importantes do relato do delator – ouvido pelo juiz federal Sérgio Moro, da Operação Lava Jato -, inclusive sobre suposto repasse de R$ 13 milhões para o ex-presidente Lula, foram levados em tempo real aos leitores do site.

O feito do Antagonista provocou um tumulto ainda na sala de audiências do Fórum Federal de Curitiba, base de Moro e da Lava Jato, quando o criminalista José Roberto Batochio, defensor do ex-ministro Antônio Palocci (Fazenda-Casa Civil/Governos Lula e Dilma) – réu no processo ao lado de Odebrecht por corrupção e lavagem de dinheiro -, alertou o magistrado sobre o vazamento online.

“Após rápida checagem do site, o Juízo constatou que de fato teria reprodução de afirmações do depoente Marcelo Odebrecht que só poderiam ter saído desta sala”, assinalou Moro no Termo de Audiência. Em meio a um clima de desconfiança geral, os advogados dos acusados, os representantes do Ministério Público Federal e os policiais federais que estavam na sala se dispuseram, "por iniciativa própria", a mostrar seus aparelhos celulares para demonstrar que não seriam os responsáveis pelo vazamento.

Moro anotou que não caberia a ele exigir a apresentação dos celulares, por envolver questões relativas a sigilo profissional, mas se dispôs a examinar rapidamente aqueles que se dispusessem a mostrá-los, "sem porém exigir a apresentação". Voluntariamente, mostraram os aparelhos celulares e outros aparelhos eletrônicos "e por sua própria iniciativa" os policiais federais, que faziam a escolta de Odebrecht, os procuradores da República, e 24 advogados de todos os réus na ação – além de Odebrecht e Palocci, outros 13 acusados por corrupção e lavagem de dinheiro.

Os advogados que entregaram seus celulares são: Antonio Nabor Areias Bulhões, Maria Francisca Sofia Nedeff Santos, Alexanáre Knoptholz, Carlos da Silva Fontes Filho, Rafael Souto Monteagudo, Marta Pacheco Kramer, José Roberto Batochio, Guilherme Otávio Batochio, Juliano Campeio Prestes, Elaine Angel, Carlos Chammas Filho, Philippe Alves do Nascimento, Valdeque Borges Santos, Paula Sion de Souza Naves, Bruno Salles Pereira Ribeiro, Thiago Tibinka Neuwert,

Giulianne Macedo Goedert, Ricardo Mathias Lamers, Vicente Bomfim, Eduardo Sanz de Oliveira e Silva, Bruno Augusto Gonçalves Vianna, Diogo Uehbe Lima, Juliana Fonseca de Azevedo e Joana Paula Gonçalves Menezes Batista. “Nada foi constatado pelo julgador”, registrou Moro. “Não foi necessária à apresentação dos aparelhos daqueles que chegaram depois do depoimento de Marcelo Odebrecht e fica consignado que os defensores Luiz Guilherme Costa Pellizzaro e Rodolfo Herold Martins saíram antes do término do depoimento de Marcelo Odebrecht e da produção do trecho vazado”.

O juiz acrescentou que ele próprio não estava de posse de seu celular. “Fica ainda registrado que nem a servidora que acompanhou a audiência, nem o julgador, estão na posse de aparelho celular na audiência e ainda que haveria uma impossibilidade física de vazamento, já que ocupados com a audiência”.

“Quanto ao episódio do vazamento de trechos pontuais, é de se lamentar o ocorrido”, observou o magistrado da Lava Jato. “Apesar da voluntariedade da providência acima, nada foi elucidado. Querendo providências, caberão às partes requerer o que entenderem pertinentes em três dias”.

Os 11 anos do Blog do Magno, comandado pelo jornalista Magno Martins, foram comemorados, nesta segunda-feira (10), em Reunião Solene na Assembleia Legislativa de Pernambuco. A iniciativa, proposta pelo deputado Sílvio Costa Filho (PRB), enalteceu a importância do canal eletrônico de notícias, que se especializou na publicação de conteúdo político e econômico.

Magno Martins tem 30 anos de carreira e já atuou em veículos como O Globo, Correio Braziliense, Jornal de Brasília, Diário de Pernambuco e Folha de Pernambuco. Em 1999, fundou a Agência Nordeste, em sociedade com o Grupo Folha de Pernambuco. O jornalista também foi secretário de Imprensa de Pernambuco e presidiu o Comitê de Imprensa da Câmara dos Deputados.

Atualmente, Martins é diretor-presidente do Blog do Magno e comanda o programa de rádio Frente a Frente (Rádio Folha), além de atuar como colunista do Portal Leia Já.  Ele é autor dos livros O Nordeste que deu certo, O lixo do poder, A derrota não anunciada, Reféns da seca e Perto do coração.

http://www.alepe.pe.gov.br/wp-content/uploads/2017/04/04.10-SOLENE-HG-114-1-300x200.jpg

O presidente da Assembleia, deputado Guilherme Uchoa (PDT), presidiu a reunião, destacando que o blog está entre os mais acessados do Estado. “O veículo procura levar ao internauta comentários, análises e interpretações dos fatos”, salientou.

Segundo Sílvio Costa Filho, Magno Martins tem tido a oportunidade de trazer informações em primeira mão. “O grande valor do blog é a publicação de textos diferenciados, que estão em sintonia com o que acontece no Estado e no País”, frisou.

O jornalista recebeu uma placa comemorativa da Alepe. Ele agradeceu a homenagem, lembrando que ama a sua profissão e aprendeu a ser um “operário da palavra”. “Meu trabalho não me cansa. É uma distração”, salientou.

O presidente da Compesa, Roberto Tavares, negou nessa segunda-feira (10), por meio de nota, notícia que está circulando nas redes sociais segundo a qual a empresa teria marcado a realização de concurso público para o preenchimento de 235 vagas.

Segundo ele, todo  concurso público da empresa é convocado por meio edital publicado no Diário Oficial do Estado e em jornal de grande circulação, bem como nos canais de informação da própria Compesa.

A empresa disse também que nunca contratou a Fundação de Apoio à Educação e ao Desenvolvimento Tecnológico do Rio Grande do Norte para aplicar as provas do concurso, como consta na postagem feita nas redes sociais.

A companhia lembra ainda que a publicação está com a antiga logomarca, o que é uma prova mais de que a notícia é falsa.

Segundo Tavares, a Compesa pretende fazer um novo concurso público ainda este ano, mas após receber autorização da Secretaria de Administração.

A companhia já solicitou propostas de preço à Fundação Getúlio Vargas, Fundação Carlos Chagas e Cesgranrio, todas com expertise nessa área. A previsão da Compesa é divulgar o edital até o final do mês de junho.

O bispo da Diocese de Pesqueira (PE), Dom José Luiz Ferreira Sales (foto), irá nesta terça-feira (11) à cidade de Sertânia conhecer as obras de transposição das águas do rio São Francisco.

Sertânia é o último município pernambucano beneficiado pelo Eixo Leste da transposição antes de águas despejarem no leito seco do rio Paraíba, à altura do município de Monteiro (PB), trecho que foi inaugurado no último mês de março pelo presidente Michel Temer e logo depois visitado pelos ex-presidentes Lula e Dilma Rousseff.

Dom José Luiz convidou para viajar em sua companhia os prefeitos dos 13 municípios da área de sua Diocese, a saber: Alagoinha, Arcoverde, Belo Jardim, Brejo da Madre de Deus, Buíque, Jataúba, Pedra, Pesqueira, Poção, Sanharó, Sertânia, Tupanatinga e Venturosa.

O bispo está particularmente interessado na conclusão das obras da Adutora do Agreste e por isso deseja o apoio dos prefeitos para pressionar a Compesa a entregar esta obra ainda este ano.

Semana passada, o governador Paulo Câmara tratou deste assunto com o presidente Michel Temer e na ocasião ficou sabendo que são necessários apenas, R$ 680 milhões para o término desta obra, que vai favorecer 69 localidades do Agreste pernambucano.

Francisco Dirceu e Paulo Câmara (Foto: Roberto Pereira/Divulgação)

A nova gestão do Ministério Público do Estado (MPPE) indeferiu um pleito dos promotores e procuradores, de receber cinco anos de retroativo do auxílio-moradia, em um valor de cerca de 262 mil reais para cada membro. O ato, negando a “gastança” com recursos públicos, foi publicado no Diário Oficial deste sábado (08), de forma discreta.

O auxílio-moradia (no valor de R$ 4.377,00) é uma verba criada pelo Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), para indenizar os promotores que não tenham residência oficial. Os juízes também têm verba idêntica, por ordem do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Um “pequeno” detalhe é que não há desconto do imposto de renda. É um valor líquido no contracheque dos promotores e procuradores do MPPE.

Os promotores e procuradores do MPPE recebem o auxílio mesmo que tenham casa própria. A Associação de Membros do MPPE (AMPPE) apresentou o requerimento para que os promotores e procuradores recebessem o dinheiro cinco anos antes do Conselho Nacional ter autorizado os pagamentos. Segundo a associação dos promotores, seria um prazo não prescrito, que os membros do MPPE teriam direito ao pagamento retroativo.

http://imagens3.ne10.uol.com.br/blogsne10/jamildo/uploads//2017/04/unnamed-4.jpg

A procuradora Maria Helena da Fonte Carvalho, por delegação do procurador geral Francisco Dirceu Barros, indeferiu o pedido, dizendo que os promotores e procuradores só tinham direto ao auxílio a partir da data em que fizeram os requerimentos. O indeferimento de mais este gasto “extraordinário” veio poucos meses após um membro do governo Paulo Câmara (PSB) fazer ao Blog de Jamildo, sob reserva, duras críticas aos gastos com “penduricalhos” no MPPE.

“O problema (do MPPE) é o auxílio moradia. Há casas de promotores abandonadas no interior. Muitos desistem de pagar de R$ 1 mil a R$ 2 mil de aluguel para receber os R$ 4,6 mil de moradia. Nos últimos três anos, o MPPE pagou R$ 30 milhões em auxílio-moradia. Só no ano passado, foram R$ 9 milhões. Em 2015, com atrasados, houve um aumento de R$ 17 milhões com auxílio moradia. Não houve corte (no orçamento)”, explicou o membro de alto escalão do Governo, em 27 de janeiro.

No ano passado, viralizou nacionalmente um áudio do procurador geral Dirceu Barros em uma rede social. Na gravação, Dirceu Barros defendia junto a companheiros uma articulação para preservar os valores do auxílio-moradia, transferidos para outro “penduricalho” (auxílio-saúde), ante o receio de que fossem objeto de contestação no plano nacional (no STF).  Na época, Dirceu Barros estava em campanha eleitoral para o cargo de procurador geral. Mesmo ficando em segundo lugar, foi nomeado pelo governador, como permite a Constituição.

Jerry Adriani / Foto: Reprodução

O cantor Jerry Adriani foi diagnosticado com câncer e está internado para o tratamento da doença no Hospital Vitória, no Rio de Janeiro. A informação foi confirmada pela família do músico nas redes sociais. "Jerry está começando tratamento para controle desta patologia. Pedimos a todos que independentemente de seus credos solicitem força e pronto restabelecimento ao querido amigo e cantor", diz a postagem, que não especifica de qual câncer se trata.

O câncer foi descoberto após uma série de exames que começou no início do mês passado, quando Adriani foi internado pela primeira vez. No dia 3 de março, o cantor deu entrada no hospital por conta de uma trombose venosa profunda na perna direita. Duas semanas após receber alta, o músico voltou ao hospital devido a complicações.

O estado de saúde de Adriani comoveu os fãs nas redes sociais. Após a primeira internação, ele postou um vídeo em sua página do Facebook gravado em seu quarto no hospital, com intuito de acalmar o público e evitar boatos. "Para que não se criem falsas verdades, a gente está dizendo que está tudo sob controle e logo estamos fora daqui para cantar de novo para vocês. Não vai demorar se Deus quiser", disse.

Há duas semanas, Jerry, já debilitado, mas de volta para casa, postou outro vídeo justificando o cancelamento de um show devido a uma forte gripe. Na última sexta-feira (07), ele foi internado novamente e não tem previsão de alta.

A já exitosa parceria da Prefeitura de Afogados da Ingazeira com as instituições SEBRAE e SENAC, traz para o município uma série de cursos de qualificação profissional para quem deseja estar bem preparado para enfrentar o competitivo mercado de trabalho.

Nesta nova etapa está sendo oferecidos cursos de Excel (básico), Excel (avançado), informática básica, multimídia na educação, manutenção preventiva de computadores, Google: ferramentas colaborativas, liderança coaching e culinária regional.

As inscrições, assim como todas as informações pertinentes aos diversos cursos (carga horária, valores da inscrição, modalidades de pagamento, data e horário) podem ser obtidas na Secretaria Municipal de Administração, na Rua Dr. Roberto Nogueira Lima, 165 – Centro; ou na Sala do Empreendedor, na Secretaria de Assistência Social, Rua Senador Paulo Guerra, no prédio do antigo Fórum.

“É mais uma excelente oportunidade de qualificação para quem quer superar a crise inovando e buscando novos horizontes para a sua vida profissional,” avaliou a secretária de Administração, Flaviana Rosa. O valor da inscrição varia de acordo com o curso e serve para custear o material didático utilizado e o deslocamento dos professores.

A viabilidade da construção de um presídio federal em Pernambuco pautou, na manhã desta segunda-feira (10), uma reunião entre o secretário de Justiça e Direitos Humanos, Pedro Eurico, e representantes do Departamento Penitenciário Nacional (Depen), no Recife. Pernambuco foi um dos primeiros estados a se habilitar, junto ao Ministério da Justiça, para receber o estabelecimento prisional, após o anúncio do Plano Nacional de Segurança Pública, feito pelo presidente Michel Temer no último mês de janeiro.

Para o secretário Pedro Eurico, toda iniciativa que fortaleça o combate e a redução dos padrões de violência é importante. “O Governo do Estado quer um presídio federal em Pernambuco. Nós temos um crescimento vertiginoso da criminalidade em todo o país. E em função disso, a nossa decisão é de trazer esse presídio. O novo espaço permitirá a permuta de presos de alta periculosidade entre estados. Isolando chefes de núcleos criminosos altamente danosos à sociedade”, explica.

Durante a reunião foram avaliadas as áreas e as formas de implantação da unidade. Em Pernambuco, quatro espaços foram apresentados ao Depen. No interior do estado, Petrolina e Serra Talhada, visto que a prioridade é para os municípios que possuam aeroportos. Já na Região Metropolitana do Recife (RMR), foram apresentadas outras duas cidades: Itaquitinga e Araçoiaba. Ambas contam com a construção – em andamento – de complexos prisionais e possuem áreas extensas e de propriedade do Governo do Estado.

Um presídio federal tem em média 400 vagas, possui celas individuais de isolamento e custam cerca de R$ 40 a R$ 45 milhões. Atualmente, todo o Nordeste conta apenas com um presídio federal, localizado em Mossoró, no Rio Grande do Norte.

“Na reunião ficou decidida a preferência da União pela instalação de um presídio federal em Pernambuco e o desejo do governador Paulo Câmara do estado ser contemplado”, finaliza Eurico.

Após o encontro, engenheiros, diretores de presídios federais, membros do serviço de inteligência nacional e representantes do Depen, seguiram para visitar as áreas disponibilizadas pelo Governo do Estado. Os profissionais ficam em Pernambuco até o próximo dia 13, a fim de definir a questão.

O radialista e editor do InformePE, Paulo Fernando, foi eleito no último sábado (08), presidente da Associação dos Blogueiros de Pernambuco (AblogPE). O evento foi realizado na sede do órgão, no centro do Recife, e reuniu a blogosfera pernambucana. Além de eleger o novo representante, os blogueiros aprovaram mudanças no edital, discutiram questões de interesses da categoria e escolheram os componentes da diretoria para o biênio 2017-2019.

Paulo Fernando é natural da Cidade do Paulista, nascido em agosto de 1989, é blogueiro há 8 anos, o mesmo é Diretor dos Blogs InformePE e Aqui Vagas. Paulo ao longo da sua trajetória tem sempre aprimorando o seu currículo profissional, o mesmo é Técnico em Rádio/TV, Palestrante, Comentarista Político, foi chefe de gabinete na Câmara Municipal de Igarassu, Diretor de Imprensa na Prefeitura de Itapissuma, Assessor Político na Assembleia Legislativa (ALEPE) e em 2014 foi eleito secretário de imprensa da AblogPE. 

“Quero dar continuidade aos trabalhos realizados por Lissandro Nascimento, serei um soldado nessa nova jornada, iremos criar mecanismo para cada vez mais fortalecer o nome da instituição e agradeço a confiança mim depositada pelos blogueiros” disse o novo presidente.

Veja como ficou a nova diretoria:

CARGO: Presidente
NOME: Paulo Fernando Oliveira Santana Lemos Martins

CARGO: Vice-presidente
NOME: Cristiano de Melo Vasconcelos Barros

CARGO: Diretor Executivo
NOME: Wagner Wilker Lopes Brainer

CARGO: Diretor Financeiro 
NOME: Lissandro Antonio do Nascimento

CARGO: Secretário Geral
NOME: Manuel Mariano da Silva

CARGO: Diretora de Imprensa
NOME: Amanda Maciel de Lemos Vasconcelos Ferraz

CARGO: Diretor de Relações Institucionais
NOME: Paulo Xavier de Brito Junior

CARGO: Suplente 
NOME: Amannda do Amaral Oliveira

CARGO: Suplente 
NOME: José Alberto Pereira da Silva 
CARGO: Suplente 
NOME: Alexandre de Souza Acioli

Continue reading