Foto: Jailton Júnior/JC Imagem

As inscrições para a seleção simplificada da Fundação de Hematologia e Hemoterapia de Pernambuco (Hemope) foram prorrogadas até a próxima sexta-feira (29). A informação consta no Diário Oficial do Estado desta quarta (27).

O objetivo da seleção é a contratação temporária de 142 profissionais, de níveis fundamental, médio e superior, para atuação no Hemope em diversos municípios do estado.

As inscrições devem ser realizadas no https://ead.saude.pe.gov.br/ até a próxima sexta (29).

O resultado final será divulgado no dia 11 de fevereiro no mesmo site e também no Diário Oficial do Estado. O processo seletivo será realizado em etapa única, de caráter classificatório e eliminatório, e consistirá em análise curricular.

O edital foi publicado na quinta-feira (21) no Diário Oficial do Estado (DOE) e modificado nesta quarta-feira (27) e também está disponível no https://ead.saude.pe.gov.br/.

Vagas

Os profissionais irão atuar nas unidades do Hemope nos municípios de Recife (108), Caruaru (16), Garanhuns (6), Petrolina (2), Serra Talhada (4), Salgueiro (2), Ouricuri (2) e Arcoverde (2). Continue lendo

Após a divulgação, pelo portal Metrópoles, do que seria uma planilha dos gastos do governo federal com alimentos e bebidas em 2020, usuários de redes sociais passaram a comentar os valores. E surgiu, nas redes sociais, o boato de que o presidente Jair Bolsonaro seria o responsável por gastar, sozinho, R$ 15 milhões em leite condensado.

A informação, no entanto, é falsa, já que o valor equivale aos gastos com o produto de todos os órgãos do Poder Executivo no ano passado.

De acordo com o veículo, o governo federal gastou R$ 1,8 bilhão na compra de mantimentos, o que representaria um aumento de 20% na comparação com 2019. Além disso, o veículo deu exemplos dos produtos, entre eles os R$ 15,6 milhões em leite condensado.

https://static.cdn.pleno.news/2021/01/LeiteCondensado.jpg

Do valor total, R$ 14,2 milhões foram gastos do Ministério da Defesa e utilizados na alimentação do efetivo de todas as Forças Armadas. De acordo com a Pasta, são cerca de 370 mil pessoas.

Já o restante dos valores utilizados na compra de leite condensado veio dos ministérios da Educação (R$ 1 milhão), da Justiça (R$ 327 mil) e da Saúde (R$ 61 mil). As informações são do site Pleno.News.

Aumento nas refinarias será de 5,05%

A Petrobras promoveu um novo reajuste nos valores da gasolina e do diesel vendidos às refinarias. A partir desta quarta-feira (27), a gasolina ficará 5,05% mais cara, e o diesel, 4,4%. Na prática, isso equivale a um aumento, respectivamente, de R$ 0,10 e de R$ 0,09.

“A partir de 27/01/2021 o preço médio de gasolina da Petrobras passa a ser de R$ 2,08 por litro e o preço médio de diesel R$ 2,12 por litro”, informou a Petrobras, em nota. Esse é o segundo aumento no preço da gasolina somente neste ano. Em 19 de janeiro, o combustível sofrera alta de 7,6%.

A estatal ressaltou também que os preços têm como referência os valores de paridade de importação e, dessa maneira, acompanham as variações do valor do produto no mercado internacional e da taxa de câmbio.

Importante ressaltar também que os preços da gasolina e do diesel vendidos na bomba dos postos revendedores é diferente do valor cobrado nas refinarias pela Petrobras.

Até chegar ao consumidor são acrescidos tributos federais e estaduais, custos para aquisição e mistura obrigatória de biocombustíveis pelas distribuidoras, além das margens brutas das companhias distribuidoras e dos próprios postos revendedores de combustíveis.

https://i1.wp.com/hojepe.com.br/wp-content/uploads/2020/09/33674/luciano-torres-confirma-que-oposicao-de-ingazeira-propos-indicar-o-vice-e-retirar-a-chapa.jpg?fit=1024%2C683&ssl=1

Tornar realidade a instalação do SAMU da 3ª Macro Região, será a grande prioridade novo comando do Consorcio de Prefeitos do Pajeú. Presidente recém-eleito do Cimpajeú, Luciano Torres (PSB), prefeito de Ingazeira declarou ontem a Rádio Cidade FM que de imediato a nova diretoria, tratará do tema em reunião com o MP através do Dr. Lucio Luiz de Almeida.

Em seguida a ideia é sentar-se com o Ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, em Brasília, e definir com o governo federal uma agenda propositiva para o SAMU. Luciano adiantou que apenas a folha de Pessoal do SAMU atinge R$ 1 milhão de reais, recurso que somente será repassado após 30 dias, coisa que os 36 municípios atendidos não poderão esperar.

O presidente do Cimpajeú demonstrou preocupação também com a situação das ambulâncias recebidas pelos municípios em março de 2014 onde algumas precisarão de total reforma, até mesmo se for para serem devolvidas.

Falando sobre a eleição do Consórcio, Torres informou que ao ser convocado por grande numero de prefeitos, os outros dois candidatos existentes retiraram os nomes. “Não estava nos meus planos presidir o Cimpajeú, mas tive que me curvar ao chamamento dos colegas prefeitos. Agora espero corresponder”.  

As informações foram repassadas ao Blog PE Notícias pelo comunicados Anchieta Santos, das rádios Pajeú FM, e Cidade FM, de Tabira.

O programa Caminhos da Cidadania, de pavimentação de ruas nos bairros, foi um dos compromissos de campanha do prefeito Alessandro Palmeira. Nesta terça-feira, acompanhado do vice-prefeito Daniel Valadares e do secretário de Infraestrutura, Silvano Brito, o prefeito vistoriou diversas obras de pavimentação nos bairros São Francisco, São Cristóvão e Sobreira.

No Sobreira, mais especificamente no Residencial Dom Francisco, Alessandro Palmeira visitou o local onde será atendida uma antiga reivindicação da comunidade: a pavimentação do trecho que falta da Rua do UBS Sobreira, subindo em direção ao residencial. “Essa era uma reivindicação constante dos moradores. Quando chovia, a água trazia lama e terra lá de cima aqui para baixo, para esse trecho da rua já pavimentada, em frente à UBS, provocando transtornos,” informou o secretário de Infraestrutura.

“Durante a campanha assumimos o compromisso de priorizar as ações nos bairros de nossa cidade. O programa Caminhos da Cidadania vai levar mais dignidade para o nosso povo com a pavimentação de ruas. Fico feliz em, já no primeiro mês de governo, poder colocar em prática esse compromisso,” avaliou o prefeito.

A equipe também vistoriou as obras de proteção do guarda-corpo da ponte que liga o centro da cidade ao bairro do São Francisco, onde foram instalados grades de proteção para quem trafega no local. “Essa ponte leva o nome do saudoso ex-prefeito João Alves Filho (Joãozinho Alves), e tinha as laterais muito baixas, o que era um risco. A obra foi iniciada pelo ex-prefeito José Patriota e nós estamos concluindo para entregar à população,” informou o vice, Daniel Valadares.

TABIRA

O Departamento de Limpeza Urbana da Secretaria de Obras e Urbanismo iniciou um mutirão ‘Limpa Tabira’ nos bairros da Jureminha e São Pedro.

“Dá gosto de ver a equipe de Limpeza Urbana trabalhando de forma obstinada em prol de uma cidade limpa e organizada”, disse um morador da Jureminha.

Já o departamento de Iluminação Publica continua trabalhando para iluminar os caminhos dos tabirenses, e realizou manutenção e reparos na iluminação pública nos bairros: Jureminha, Bairros das Missões, Riacho do Gado e Cohab.

“Estamos realizando manutenção e reparos em toda rede municipal. A Prefeita Nicinha Melo tem se preocupado com nossa cidade buscando solucionar os problemas do dia-a-dia”, disse o diretor Remo Soares.

ALUÍSIO MOREIRA/SEI

Por Fernando Castilho/JC

O governador Paulo Câmara anunciou, nesta terça-feira (26), o pagamento do 13º salário às pessoas inscritas no Bolsa Família em Pernambuco. Será o segundo pagamento de uma de suas mais fortes promessas de campanha, impactando quase 1,2 milhão de famílias.

É um investimento importante, porque significa uma transferência de renda de R$ 154 milhões, em três meses, num momento em que o fim do Auxílio Emergencial do governo federal foi suspenso.

Sem o auxilio federal deste ano, essas famílias voltaram ao recebimento de valores médios de R$ 150, bem abaixo dos R$ 600 a partir de maio do ano passado e dos R$ 300 entre outubro e dezembro.

Em 2020, o programa pernambucano pagou R$ 154.606.815,27 para 1.190.295 famílias, que receberam as parcelas extras, também em três etapas, mas a crise da covid-19 fez com que o benefício estadual quase não fosse percebido.

Este ano, com a parcela extra que pode chegar até R$ 150 sendo paga entre fevereiro e abril, o impacto certamente vai ser mais visível.

Destinar R$ 150 milhões para famílias de baixa renda é importante. Mas é bom lembrar que graças à Lei Federal que proibiu reajustes aos servidores até 31 de dezembro, foi possível ter um refresco nas contas do Estado que –  pela volta das atividades a partir de agosto -, acabou sendo um dos que mais foi beneficiado pela ajuda do governo federal. Continue lendo

ARNALDO CARVALHO/ACERVO JC IMAGEM

A histórica cidade de Olinda é homenageada, nesta quarta-feira, como a capital de Pernambuco e do Brasil. Palco de importantes acontecimentos desde sua fundação, em 1535, a Marim dos Caetés recebe o título oficial todos os anos no dia 27 de janeiro, por causa do aniversário da Restauração Pernambucana, movimento que contribuiu para o fim de 24 anos de ocupação holandesa no Nordeste brasileiro em 1654.

O município ganhou o status de capital simbólica de Pernambuco desde 2003, graças à Lei nº 12.500, de autoria da deputada estadual Teresa Leitão (PT). Já o título de capital do Brasil foi concedido em 2010 pelo então presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Além disso, em 13 de julho de 2010, Lula sancionou a Lei nº 12.286. Assim, de acordo com as duas determinações, a cada 50 anos, durante as comemorações da Restauração Pernambucana e Nordestina, o Prefeito e a Câmara de Vereadores da cidade são considerados prefeito e Câmara Mor de Pernambuco e do Brasil.

Restauração Pernambucana

Em 2021, a Restauração Pernambucana completa 367 anos. O movimento é considerado o primeiro passo de afirmação do sentimento da nacionalidade brasileira, consistindo no marco inaugural da consolidação da identidade nacional.

Segundo registros da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), durante a permanência dos holandeses no Nordeste, as elites política e a população de Olinda tomaram consciência de que nossas terras tinham construído uma nação que não era Portugal, Espanha, nem Holanda; era Brasil. Continue lendo

A gripezinha veio para ficar e continua cada dia mais forte

Por Danizete Siqueira de Lima

Daqui a pouco, entre o final de fevereiro e começo de março, a maldita pandemia faz um ano que nos atormenta sem mostrar qualquer sinal de alívio, a não ser quando completarmos as etapas da vacinação, que se arrasta morosamente com a liberação da Oxford da Pfizer e Coronavac, produzida entre a China e o Instituto Butantan.

O Brasil até aqui não tem o que comemorar, pois já conta com aproximadamente 220.000 mortos, vê sua economia estagnada com empresas fechando as portas e gerando mais desemprego, a máquina administrativa emperrada e o governo federal mais perdido do que cachorro em comício. Pelo que nos consta as ajudas financeiras por parte do governo, no socorro aos estados e municípios, além dos abonos emergenciais e algumas linhas de crédito para as pequenas e médias empresas, a exemplo do PRONAMPE, apesar de minimizar os efeitos da crise foram insuficientes e o governo não tem mais onde buscar recursos para socorrer a nossa combalida economia.

O presidente Bolsonaro, tem sido muito criticado pela imprensa local e/ou mundial por não ter até o presente correspondido as expectativas da população, no que diz respeito ao tratamento da pandemia. De olho numa reeleição demonstra está mais preocupado com a eleição para presidência das duas casas (Congresso e Senado) do que com o coronavírus, virando as costas para a cruel situação e deixando de dar à devida atenção as questões maiores quando se trata de salvar vidas.

Com isso passa a perder capital político para 2022, vendo pesquisas e mais pesquisas em seu desfavor, além de assistir panelaços com movimentos de Fora Bolsonaro e pressão política de alguns partidos que torcem por um possível impeachment.

A propósito lemos uma matéria escrita por Gerson Camarotti, comentarista político da GloboNews, do Bom dia Brasil, na TV Globo, e colunista do G1 desde 2012, que diz o seguinte: Com elevada reprovação da população na condução da pandemia de Covid-19, o presidente Jair Bolsonaro tem se escudado no ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, para evitar um desgaste de imagem ainda maior. Segundo pesquisa Datafolha realizada nos dias 20 e 21 de janeiro, subiu de 42% para 48% o índice dos que acham o desempenho de Bolsonaro ruim ou péssimo no campo da pandemia, em relação ao levantamento de dezembro. Sua rejeição geral, no mesmo período, subiu de 32% para 40%. Esse desgaste fica evidenciado em outro ponto da pesquisa: para 46% dos entrevistados, o governador João Doria (PSDB-SP) fez mais contra a pandemia do que Bolsonaro. Já 28% apontam o presidente como político mais empenhado na tarefa do que o tucano.

Há o reconhecimento no núcleo do Palácio do Planalto de que a demora na aquisição das vacinas por parte do governo federal e o colapso em Manaus e em outras cidades da região Norte evidenciaram na população a falta de ação na gestão da saúde. Por isso, neste momento, a estratégia é tentar colocar Pazuello na linha de frente. No último final de semana, ele foi para Manaus sem previsão de volta, segundo informou o próprio Ministério da Saúde.

Em suma: urge que se faça algo diferente pois os empresários e apoiadores do presidente passaram a reclamar de sua conduta na crise sanitária de Covid-19 diretamente ao Palácio

do Planalto, fazendo acender a luz amarela dentro do governo. Segundo assessores presidenciais, as queixas começaram a ser feitas com maior intensidade nas últimas semanas e chegaram ao presidente.

No empresariado, as reclamações estão sendo feitas tanto por empresários que não são bolsonaristas, mas apoiam a agenda econômica do governo, quanto pelos bolsonaristas. Eles estão se queixando principalmente da lentidão do programa de vacinação e do risco de falta de vacinas. Avaliam que o presidente Bolsonaro tem responsabilidade no agravamento da crise e pedem correções de rumo.

Outros grupos de apoiadores como os evangélicos também estão reclamando diretamente ao Palácio do Planalto pelo agravamento da crise. Líderes de igrejas evangélicas avaliam que o governo precisa se empenhar mais para resolver o problema da falta de vacinas, principalmente nas negociações com a China para liberação dos princípios ativos que vão permitir a fabricação de vacinas no país pelo Instituto Butantan e Fiocruz.

A situação é caótica e a lentidão nos procedimentos só faz piorar. Resta-nos, como bons cristãos, orar muito e pedir a Deus que olhe para nós; caso contrário, a situação se tornará insustentável.

(*) O colaborador Danizete Siqueira de Lima entra no início do mês de fevereiro nas merecidas férias, e o Blog PE Notícias durante as férias do cronista irá reeditar crônicas passadas até a sua volta em 3º de março. Ao nosso amigo e colaborador desejamos um bom descanso.

Vacina contra a Covid-19 começou a ser aplicada no Recife, na noite desta segunda (18) — Foto: Pedro Alves/G1

Os prefeitos e secretários de saúde dos 184 municípios de Pernambuco devem assegurar a transparência nas informações sobre a vacinação contra a Covid-19, evitando, assim os “fura-fila”. Uma nova nota técnica do Ministério Público (MPPE) aponta que é preciso divulgar, diariamente, os dados na internet “de forma clara e objetiva”.

Essas práticas estão contidas na Recomendação PGJ n.º 02/2021, expedida nesta terça-feira (26), pelo procurador-geral de Justiça, Paulo Augusto Freitas, a promotores de Justiça de todo o estado.

No texto, está prevista a orientação para que os integrantes do MPPE cobrem dos administradores que tornem público o acesso à lista de pessoas que estão sendo vacinadas, bem como o atendimento aos critérios do Plano Nacional de Imunização.

De acordo com a recomendação, as prefeituras devem divulgar as informações “em site específico, ou mesmo em aba do site oficial do município”, garantindo, assim “a compreensão da população”.

Essa recomendação é destinada aos promotores de Justiça com atuação na Defesa do Patrimônio Público e da Moralidade Administrativa, sem caráter vinculativo.

Ainda de acordo com o MPPE, “os prefeitos devem disponibilizar informações como o nome e grupo prioritário a que pertencem, nomes das pessoas já vacinadas, data da vacinação, número de lote da vacina aplicada e nome do responsável pela aplicação da vacina, com alimentação diária das informações”. Continue lendo

Da Assessoria

Por determinação do prefeito Alessandro Palmeira, a Secretaria de Agricultura de Afogados da Ingazeira vem intensificando o trabalho de recuperação de estradas na zona rural do município, sobretudo as que fazem a interligação de duas ou mais comunidades.  

Nos últimos dias, as máquinas da Prefeitura concluíram os serviços de recuperação nos trechos mais críticos das estradas que ligam as comunidades de Pau Ferro a Dois Riachos, Vaca Morta a Queimadas, além das estradas das comunidades de Corvoadas, Corisco, Tamboril e em parte do Nazaré.  

“Em Corvoadas tínhamos seis famílias que estavam sem poder receber água porque o caminhão-pipa não conseguia trafegar, para se ter uma ideia de como a estrada estava ruim. Nós recuperamos o trecho e agora as famílias podem receber a água fornecida pelo pipa,” informou o secretário de Agricultura, Rivélton Santos.  

Ainda segundo Alessandro Palmeira, a recuperação das estradas na zona rural será uma das prioridades de sua gestão, compromisso assumido, inclusive, no seu Programa de Governo apresentado à sociedade. “Esse trabalho será permanente, ouvindo e dialogando com as comunidades, e garantindo o direito de ir e vir das pessoas que residem na zona rural”, destacou o prefeito. Adiantando que toda a equipe de governo está empenhada na elaboração de um programa integrado de ações voltadas tanto para a zona rural quanto para os bairros de Afogados da Ingazeira, envolvendo todas as secretarias do município. 

Em tempos que clamam por bons tempos, a música, a poesia e a força dos artistas podem trazer extremo conforto, especialmente em períodos em que a solidão parece tão recorrente. Por isso, como declama os versos da canção Bilha, que diz “quem quiser na vida ser feliz, tem que dividir seu sonho” do músico pernambucano Zé Renato Silva Filho, que traz toda a sua bela poesia para o público nesta quarta-feira (dia 27), em live a partir das 20h, em seu canal do YouTube: https://youtu.be/1xC6j0hJiQU. “Esta é a melhor maneira de celebrar o meu aniversário, nesta data específica, com esse grande projeto contemplado pela Secult/PE/Lei Aldir Blanc. Serão apresentadas 20 músicas autorais e convidei mais 3 artistas para dividirem o palco comigo, no estúdio Oráculo, que fica no Palácio do Frevo no Recife Antigo”, destaca Zé Renato.

Mais do que embalar o público com grandes sucessos como “Nossos Momentos” e “Frevo Chorado”, a noite marca o lançamento do novo trabalho do artista “O Amor em Canções”. A apresentação virtual contemplará 20 músicas autorais e a participação de mais de três convidados, entre expoentes da cena musical nacional como o cantor e compositor Rui Ribeiro, a cantora Beth Coelho e a cantora e compositora Haidée Camelo. “Reuni músicos talentosos para formar a banda que acompanhará a apresentação. Tenho aproveitado minha experiência e conexões para fazer essa integração com nomes que sintetizam a qualidade musical, nesse processo único de trabalho que mostrará a riqueza da nossa culturalnacional”, diz Zé Renato.

Com apoio de Romero Medeiros (teclado), Ledo Ivo (contrabaixo acústico), Carlos Lima (bateria) e Percy Marques (arranjos e violão 7 cordas), o músico tem agregado na sua trajetória um trabalho repleto de poesia e versos, em composições realizadas com algumas das importantes parcerias. O desenrolar dessa trajetória de Zé Renato conta com diversos acertos musicais com destaque para a Fundação do “Grupo Manifesto” e sua atuação junto a nomes como a dupla “Sá e Guarabyra”, Tibério Gaspar, Tavito, Antonio Villeroy, artistas locais André Rio, Vates e Viola, Nena Queiroga, Racine e Ravel, Paulinho Leite, Isabela Moraes, Luciano Magno entre outros.

Um encontro realizado entre o ex-senador Armando Monteiro (sem partido) e a deputada federal Marília Arraes (PT), na tarde de ontem (26), movimentou os bastidores políticos no Estado. Em conversas reservadas, há quem diga que a deputada “está fazendo alianças visando 2022”. Por outro lado, o ex-senador nega a possibilidade de uma aliança no momento. Armando negou o que aliados haviam prenunciado sobre assumir comando do PSDB.

“É bom ficar atento aos movimentos que ela (Marília) vem fazendo”, disse uma fonte próxima sobre o encontro entre o ex-parlamentar e a deputada federal. Uma outra fonte petista prenunciou: “Aos poucos, isso pode sinalizar alguma mudança nos planos de 2022”.

O ex-senador negou que tenha sido sobre a eleição de 2022 e informou que a visita que Marília (PT) fez foi “meramente cordialidade”. Segundo ele, o assunto não deve ser pautado agora. Questionado sobre a possibilidade de encabeçar uma chapa com a petista, Monteiro assinalou: “(O encontro) Não teve nenhum caráter de discutir essa questão (de aliança) partidária. Falamos da oposição aqui no estado e na cidade. Não falamos nada sobre (aliança)”.

O ex-parlamentar salientou que, diante do espectro político e da conversa que ele teve com Marília (PT): “Ela vai ficar e continua no partido dela” – referindo-se ao PT. Embora tenha negado e afirmado que Marília (PT) tenha interesse em ficar no Partido dos Trabalhadores, há quem reforce a tese de saída da petista e diga que “isso de Armando é apenas uma cortina de fumaça para disfarçar o jogo”. Continue lendo

ACM Neto, presidente do DEM, e Rodrigo Maia (DEM-RJ), presidente da Câmara, conversam no plenário da Casa

O racha no DEM, partido do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (RJ), expôs uma crise na candidatura do seu apadrinhado, Baleia Rossi (MDB-SP), ao comando da Casa. Enquanto isso, seu principal rival, o líder do centrão, Arthur Lira (PP-AL), amplia sua base de apoio após dissidências.

Em uma reunião fechada ocorrida nesta terça-feira (26), Maia manifestou insatisfação com o presidente nacional do DEM, o ex-prefeito de Salvador ACM Neto, em um reflexo da dificuldade interna da legenda de se unir em torno de Baleia.

Maia chegou a dizer que o DEM corre o risco de ganhar um apelido dado ao PT no passado, o de “partido da boquinha”.

A reunião ocorreu pela manhã, no Palácio da Cidade, sede da Prefeitura do Rio de Janeiro, e teve a presença do prefeito Eduardo Paes (DEM) e de deputados federais de vários partidos, da esquerda e da direita.

Maia tenta emplacar Baleia como seu sucessor, mas enfrenta o favoritismo, até agora, de Lira, candidato chancelado pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e que vem conseguindo apoio público inclusive de deputados do DEM.

A eleição para a renovação do comando da Câmara ocorrerá na próxima segunda-feira (1º), às 22h. Continue lendo

Folha de S.Paulo

A paralisia dos trabalhos no Congresso, que travou a análise do Orçamento deste ano, pode deixar sem salário militares ativos e inativos das Forças Armadas. Os recursos disponíveis são suficientes para pagamentos até abril.

O gargalo, que colocou em alerta consultores de Orçamento e a equipe econômica, está na chamada regra de ouro, que impede o governo de se endividar para pagar despesas correntes, como salários, Previdência e benefícios assistenciais. Para não descumprir a norma, o governo condicionou uma série de gastos à autorização do Congresso.

Neste ano, 75% da verba destinada à remuneração dos militares dependem do aval dos deputados e senadores. Dos R$ 56,7 bilhões previstos para essa conta em 2021, apenas R$ 14,2 bilhões estão efetivamente liberados.

Para pedir autorização desses pagamentos, o governo tem de esperar a aprovação do Orçamento deste ano, que está parado no Congresso. É alto o risco de que o dinheiro acabe antes da análise pelo Legislativo.

“Os recursos disponíveis para pagamento de pessoal, não dependentes da aprovação do projeto de lei da regra de ouro, vão até o mês de abril de 2021”, afirmou o Ministério da Defesa.

Procurado, o Ministério da Economia disse que trabalha com a perspectiva de aprovação do crédito no momento adequado e, por isso, “não é possível antever falta de recursos orçamentários para qualquer despesa prevista ou política pública governamental”. Continue lendo

Resultados individuais do Enem saem no dia 29 de março Foto: Cadu Rolim / Agência O Globo

O gabarito oficial da versão impressa do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 será divulgado nesta quarta-feira (27) no site do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). A pasta ainda não definiu o horário da divulgação.

Embora já possa ter acesso ao gabarito, o estudante só saberá sua nota final no dia 29 de março, quando os resultados finais das provas objetivas e da redação serão divulgadas pelo Inep. Os resultados de quem for fazer a prova de reaplicação do Enem, nos dias 23 e 24 de fevereiro, também sairão nesta data.

Devido ao uso do sistema de correção da Teoria de Resposta ao Item (TRI) no exame, que detecta a coerência nas respostas e no desempenho do estudante, não há como calcular a nota final com base apenas no número de acertos de questões. Ao contrário da correção tradicional, que vai de 0 a 10 e dá um ponto cheio a cada acerto, o TRI trabalha com pesos diferentes entre as questões, média nacional e com o comportamento das respostas do candidato.

O exame, cuja versão impressa foi aplicada nos dias 17 e 24 de janeiro, bateu recorde de abstenção neste ano após ser adiado devido à pandemia da Covid-19. No primeiro domingo de Enem 51,5% dos candidatos faltaram à prova — a maior abstenção desde a criação do processo seletivo, em 1998. No segundo dia de provas, a abstenção superou o recorde anterior, chegando a 55,3%.