O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello Foto: SERGIO LIMA / AFP

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, disse nesta quarta-feira, em Manaus (AM), que o governo irá enviar avião à Índia para pegar 2 milhões de doses prontas que devem ser entregues pelo Serum Institute, um dos centros vinculados à AstraZeneca para produção da vacina de Oxford. Pazuello garantiu que a vacinação no país começa em janeiro.

–  Vamos vacinar em janeiro – completando: – Hoje decola o avião para buscar os 2 milhões de doses na Índia, afirmou o ministro.

Pazuello voltou a reafirmar que  Brasil está preparado para iniciar a vacinação contra a Covid-19 assim que houver o aval da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Segundo o ministro, todos os estados receberão as doses ao mesmo tempo, Manaus.

 – Nós temos duas vacinas para janeiro muito promissoras. São 8 milhões de doses já em janeiro. Quando a Anvisa  concluir suas análise, três, quatro dias depois estaremos distribuindo a vacina, disse o ministro .

A Anvisa informou ontem  que decidirá no domingo, em reunião da diretoria colegiada,  sobre a autorização de uso emergencial das vacinas submetidas à agência. A data é o penúltimo dia do prazo estabelecido pelo órgão para avaliação dos pedidos.