Por Franklin Portugal*

Quem nunca teve esta dura sensação por qualquer motivo? O coração doer…? Aperto lancinante… Ansiedade insistente? Pronto, todas essas ideias convergem para o que estava sentindo o torcedor do Sport, olhe, pode colocar meses nessa aflição. Isso quanto ao temor do rebaixamento. Eu digo meses porque o torcedor mais sincero já notava que essa era a única parte do Leão a buscar da metade pro fim do Brasileirão. E eis que o escape do rebaixamento, finalmente, veio na rodada passada, a penúltima, 37ª, e o adeus à degola calhou bem mesmo com o Sport perdendo em casa para o Atlético Mineiro, por 3 x 2 no último domingo.

O rubro-negro ficou fora da zona de rebaixamento com 42 pontos, atualmente na 14ª posição, e não pode mais ser alcançado por quem queria abocanhá-lo no abismo. Fato que gerou muita festa dos torcedores rubro-negros, como uma conquista de vaga de libertadores ou sei lá o quê. 

Agora o foco do Sport se encontra com os nossos demais pernambucanos. A estreia dele no Estadual 2021 será amanhã (24), na Arena de Pernambuco, contra o Vera Cruz, às 19h. Mas nesta quarta-feira também teremos Salgueiro x Afogados, 20h, no Cornélio de Barros. E Santa Cruz x Vitória, 21h30, no Arruda.

Depois, no sábado (27), Náutico x Central nos Aflitos, e domingo (28) Retrô x Sete de Setembro, na Arena de Pernambuco.

O calendário 2021 se descortina mais. Isso porque também tem a Copa do Nordeste começando e no próximo sábado o Santa Cruz visita o Vitória da Bahia, no Barradão, às 16h. Já o Salgueiro receberá o Bahia, no Cornélio de Barros, no domingo às 18h. E cabe ao Sport, livre do fantasma do rebaixamento da Série A, desbravar os primeiros jogos de temporada nova, pegando na Ilha do Retiro, no domingo, o Sampaio Corrêa, do Maranhão, às 20h.

Como se vê, há muito o que acompanhar. 

*Franklin Portugal é repórter da TV Asa Branca – Afiliada Globo em Caruaru – e colabora semanalmente com crônicas esportivas para o Blog PE Notícias.