O presidente da Câmara de Vereadores de Salgueiro, Agaeudes Sampaio, divulgou uma nota referente a uma publicação feita por um blog da cidade nessa terça-feira (12), o acusando de ter deixado pendências na Fachusc. No texto, ele lembra que deixou a AEDS, mantenedora da faculdade, ainda no primeiro semestre de 2020 e, portanto, não estava mais como ordenador de despesas da instituição.

Confira a nota na íntegra:

Nota de esclarecimento e repúdio

O professor Agaeudes, vereador eleito e atual presidente da Câmara de Vereadores de Salgueiro vem a público esclarecer e, sobretudo, repudiar a publicação feita hoje (12/01/2021) no Blog Sertão Central e no Facebook de Luiz Lidian, administrador do referido blog, que de forma leviana, açodada, politiqueira e, acima de tudo, irresponsável, atribui ao vereador a responsabilidade pelo atraso do pagamento dos vencimentos dos professores da FACHUSC, sendo certo que Agaeudes não mais fazia parte da gestão da AEDS desde o mês de abril de 2020, quando fora, por decisão própria, exonerado do cargo de presidente da AEDS, conforme Portaria de Exoneração nº 282/2020 da Prefeitura Municipal de Salgueiro datada de 01/04/2020.

Além de ter sido exonerado do Cargo de Presidente da Autarquia, ele também, conforme Portaria nº 077/2020 da AEDS, de 13/08/2020, fora afastado do Cargo de Diretor da FACHUSC, para concorrer às eleições municipais. A publicação quer fazer acreditar que houve irresponsabilidade do vereador, colocando em cheque a gestão a frente da Casa Epitácio Alencar para o biênio 2021-2022.

É realmente lamentável que no momento de grande pesar que vivemos no mundo inteiro, sobretudo em nossa cidade, temos que rebater acusações eminentemente baixas e falsas, de cunho absolutamente maldoso, a fim de confundir a população salgueirense. Entretanto, cremos que a verdade prevalecerá e as medidas judiciais serão oportunamente tomadas no intuito de restabelecer a veracidade dos fatos.