Ademar Rafael Ferreira (Papa)

Ade maleu lapa-el – Já trocamos ideias sobre a história, alguns fundamentos e a importância das pessoas nas organizações. Gostaria de ouvir sua opinião sobre Planejamento.

Papa – Permita-me antes de expressar minha opinião sobre o tema citar três frases com seus respectivos autores, segundo registros extraídos do livro “Manual do Líder”, de Gerson Gabrielli. “A ordem entre as ideias vale mais que as próprias ideias.” – Tomás de Aquino; “Se pudéssemos primeiramente saber onde estamos e para onde vamos, saberíamos o que devemos fazer e como fazê-lo.” – Abraham Lincoln e “Os planos são apenas boas intenções, salvo quando degeneram imediatamente em trabalho duro.” – Peter Drucker.

Isto posto posso manifestar meu pensamento sobre o assunto que ora debatemos. “Está equivocado quem pensa que Planejamento é somente para grandes negócios, está sendo míope aquele que enxerga o planejamento como perda de tempo uma vez que as coisas mudam rapidamente e está na escuridão o que confia no improviso para superar os desafios em uma organização.” Afirmo categoricamente que em todas as vezes que planejei alcancei os resultados antes e com menos esforços. Planejamento é crucial, não dar para seguir sem ele.

Escolhi as frases acima para demonstrar que o Planejamento exige certa hierarquia, não pode ser feito sem um ordenamento. Cabe a quem planeja inicialmente ordenar as ideias, depois identificar o ponto onde está e definir o ponto aonde quer chegar, quais as ferramentas, os recursos e as habilidades que dispõe e agir, trabalhar com afinco.

Na condição de executivo no Banco do Brasil vi muitos exemplos de Planejamento em todos os níveis. Um grande empresário rural no Oeste da Bahia antes de trocar toda sua frota de máquinas agrícolas negociou com a nova marca um curso para todos seus tratoristas e mecânicos com utilização dos novos equipamentos. Obteve ganhos crescentes nas safras seguintes com o melhor aproveitamento na colheita, economia em manutenção e satisfação dos funcionários. Em outra oportunidade um pequeno serralheiro deu-me uma lição de Planejamento ao provar que antes de apresentar um orçamento verificava nas sobras de material, ordenadas por tamanho. Com este posicionamento ganhava competitividade e evitava desperdícios.

Portanto, planejar não é fazer “livros” ricamente encadernados. É, antes de tudo, definir o futuro dos seus negócios. Com um olhar alcançando o que narramos sobre o 5W2H. A riqueza de detalhes fica por conta do grau de complexidade dos negócios. Diferente do ditado popular, em Planejamento o “Pau que bate em Chico, não bate em Francisco”.