Divulgação/IFPE

O Instituto Federal de Pernambuco (IFPE), junto com o Porto Digital, firmaram um acordo de cooperação técnica para ofertar os cursos de análise e desenvolvimento de sistemas e computação gráfica nos campi de Recife, Olinda e Jaboatão. Essa parceria visa formar pessoas para ocupar as vagas em aberto no Porto Digital, que ficará responsável pela parte prática das qualificações.

A prática é chamada de “Residência”, que garantirá aos estudantes desafios e atividades nas empresas parceiras que estão embarcadas no parque tecnológico. De acordo com o Porto Digital, as atividades ocorrerão, inicialmente, de forma virtual e passarão a ser presenciais, assim que as condições de segurança em relação à Covid-19 permitirem.

Além disso, a parceria ainda prevê a incubação de empresas juniores e startups, buscando fomentar o empreendedorismo e a criação de novos negócios. “Estou muito feliz com essa parceria, pois vamos promover empreendedorismo entre os estudantes do IFPE. Por meio desse programa, possibilitaremos a criação de novas empresas e valores, fundamentais para renovação de ecossistemas de inovação como o Porto Digital”, declarou o presidente do Conselho do Porto Digital, Silvio Meira, conforme informações da assessoria de comunicação do IFPE.

De acordo com o parque tecnológico, só entre suas empresas, existe uma carência de cerca de 3 mil vagas na área de Tecnologia da Informação. “Temos uma meta de recrutar 20 mil pessoas até 2025”, declarou o diretor presidente do Porto Digital, Pierre Lucena. O cronograma das aulas deverá ser divulgado em breve, assim como as regras de seleção.