Pedro Araújo

As informações que traduzem as verdades dos fatos, sem ferir ou denegrir pessoas ou imagens. Como também, nunca procurando agradar aos maus feitores.

A Câmara de Vereadores de Sertânia, no Sertão de Pernambuco, fez um repasse de R$ 1.450,00 (um milhão, quatrocentos e cinquenta mil reais) para a Prefeitura do município. Os recursos são oriundos do duodécimo não utilizado pelo legislativo municipal.

De acordo com o presidente da Casa José Severo de Melo, vereador Antônio Henrique, (Fiapo/PSB), o objetivo da devolução do dinheiro é ajudar a Prefeitura na melhoria dos serviços prestados à população e na infraestrutura da cidade.

“Mais uma vez estamos devolvendo recursos do duodécimo para a Prefeitura de Sertânia. Em 2020, o dinheiro devolvido foi utilizado no combate ao covid-19. Agora, os recursos serão usados para que o prefeito Ângelo Ferreira continue melhorando os serviços prestados à população sertaniense e também invista na infraestrutura do município”, disse o parlamentar.

Fiapo sugeriu que parte do dinheiro fosse utilizado na compra de um mamógrafo para o hospital Maria Alice Gomes Lafayette. Desde 2018, a Câmara de Vereadores já repassou mais de três milhões de reais para o governo municipal.   

O prefeito Ângelo Ferreira (PSB), afirmou que além da aquisição do mamógrafo, a Prefeitura vai utilizar o restante do valor na construção de calçamentos. “Com o dinheiro recebido da Câmara de Vereadores vamos comprar um mamógrafo para o hospital de Sertânia, e o restante, a Prefeitura vai utilizar na construção de calçamentos”, afirmou Ângelo. Continue lendo

FOTO: EDMAR MELO/ACERVO JC IMAGEM

A Justiça Estadual determinou que a Prefeitura de Caruaru, no Agreste do Estado, abra um novo concurso público para atender às necessidades da Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos (SDSDH) da cidade, que estão sendo supridas temporariamente por meio de seleção simplificada. A decisão, que obriga a gestão municipal a prever em seu orçamento de 2022 a realização do certame, acatou um pedido do Ministério Público de Pernambuco (MPPE).

Segundo o juiz José Adelmo Barbosa da Costa Pereira, autor da decisão, fica liberada a contratação temporária dos respectivos selecionados na seleção simplificadas apenas até o dia 30 de junho de 2022, devendo o município realizar concurso público para o preenchimento dos respectivos cargos no primeiro semestre do ano de 2022. A partir de 1º de julho de 2022, a Prefeitura de Caruaru fica proibida de realizar contratações temporárias para esses cargos, devendo dar início à nomeação e posse dos servidores concursados.

Poucos servidores efetivos

Na Ação Civil Pública ajuizada em conjunto pelas 2ª, 5ª e 6ª Promotorias de Justiça de Defesa da Cidadania de Caruaru, os membros apontaram que “apenas 2% dos servidores da SDSDH possuem vínculo efetivo, o que prejudica a continuidade do serviço socioassistencial” e requereu a anulação da seleção simplificada aberta pelo município, postulando ainda a imediata realização de concurso público para o provimento desses cargos. Continue lendo

O vereador Flavinho Barros (PSD) usou suas redes sociais para uma manifestação contrária à abertura de uma licitação pela Prefeitura de Salgueiro, visando à aquisição de quatro veículos por quase R$ 500 mil. Segundo o Blog de Alvinho Patriota, ele pediu que o governo municipal cancelasse a compra e invista os R$ 422.912,50 em outras áreas mais prioritárias.

 

“Como exemplo: na realização de políticas públicas de assistência social, na concessão de benefícios fiscais para o setor do comércio de serviços não essenciais, na realização de ações para os moradores da zona rural, entre outros”, sugeriu.

No texto o vereador ainda afirma que é contraditório o prefeito decretar “Estado de Calamidade Administrativa e Financeira” e abrir licitação para comprar quatro veículos, com recursos próprios, sendo um para o seu próprio gabinete.

Pessoas assistem lançamento do foguete Longa Marcha 8 Y-1 em Hainan, na China

Os Estados Unidos estão acompanhando o trajeto de um foguete chinês descontrolado que deve reentrar na atmosfera da Terra no fim de semana. Há receio de onde alguns dos destroços poderão cair.

O foguete chinês foi utilizado no lançamento de um módulo que marca o início do plano de Pequim, de construção de uma estação espacial que deve ficar completa no fim de 2022.

O módulo foi lançado em um dos maiores foguetes de transporte que a China tem, precisamente o mesmo que está agora em queda descontrolada, de acordo com o Pentágono.

O local exato de reentrada do equipamento só pode ser determinado algumas horas antes de ocorrer, de acordo com o Esquadrão de Controle Espacial norte-americano.

Apesar de a maior parte dos destroços acabar por se incendiar na entrada na atmosfera, o tamanho do foguete, de 22 toneladas, cria o receio de que algumas partes podem não se desintegrar e eventualmente atingir áreas da Terra.

Apesar de tudo, o risco é pequeno. Jonathan McDowell, astrofísico da Universidade de Harvard, disse que a situação não deve criar grandes problemas. “Acho que as pessoas podem ficar descansadas. O risco de atingir alguma coisa ou alguém é muito pequeno. Pode acontecer, mas não perderia o meu sono por causa dessa possibilidade tão pequena”. 

O astrofísico diz ainda que a melhor aposta sobre onde os destroços vão cair é no oceano Pacífico, simplesmente “porque ocupa o maior espaço da Terra”.

Ascom

Nesta quinta-feira, 6 de maio, o embaixador de Israel no Brasil, Shmulik Bass, e o especialista em agricultura da embaixada, Ari Fischer, estarão em Petrolina, no Sertão de Pernambuco, para conhecer projetos públicos de irrigação implantados pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) e atividades correlacionadas, que promovem desenvolvimento na região. Parcerias em recursos hídricos e agricultura serão discutidas durante a visita. A Assessoria de Comunicação da Codevasf enviará à imprensa release, fotografias e registros audiovisuais da agenda.

Após reunião na sede da 3ª Superintendência Regional da Codevasf, a comitiva israelense estará à disposição, durante 20 minutos, para responder questões da imprensa, às 11h40. Em atenção a protocolos sanitários, somente será permitida a participação de profissionais de comunicação cuja presença estiver previamente acordada com a Assessoria de Comunicação da Companhia. 

Solicitamos aos veículos de comunicação interessados em entrevistar a comitiva resposta a este e-mail, com dados completos de identificação e de contato dos profissionais escalados (nome completo, número de documento de identificação, nome do veículo, e-mail e telefones).

Informações:

  • Agenda: Visita do Embaixador de Israel no Brasil à Codevasf / Atendimento à imprensa
  • Data: Quinta-feira, 6 de maio de 2021
  • Horário: 11h40 — favor comparecer com antecedência mínima de 30 minutos, para identificação e acesso
  • Local: 3ª Superintendência Regional da Codevasf | Rua Presidente Dutra, 160, Centro — Petrolina (PE)

Foto: Diego Nigro/JC Imagem

A prisão de um homem suspeito de estuprar de pelo menos 14 mulheres – incluindo adolescentes – na Região Metropolitana do Recife, nesta terça-feira, mostra que a violência sexual continua presente e com altos números em Pernambuco. De acordo com a Secretaria de Defesa Social (SDS), 585 pessoas foram vítimas de estupro apenas no primeiro trimestre deste ano. Em 69,57% dos casos, as vítimas têm até 17 anos de idade. 

Os dados mostram que 193 dos abusos contabilizados no Estado foram praticados contra meninos e meninas de até 11 anos. Já 214 foram contra adolescentes de 12 a 17 anos. 

Na semana passada, uma adolescente de 16 anos afirmou, por meio das redes sociais, que foi vítima de estupro coletivo praticado por oito homens na praia de Candeias, em Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana do Recife. A Polícia Civil está investigando o caso. 

No recorte por faixa etária, as vítimas do sexo feminino lideram: 514, ou seja, 87,86% do total de casos. Já 65 (11,11%) são do sexo masculino. E seis casos estão indefinidos, segundo a SDS. 

COMO DENUNCIAR

Denúncias de abusos sexuais podem ser feitas pelo número 190, da Polícia Militar, ou na delegacia mais próxima. Vale reforçar que em algumas cidades, e exemplo do Recife e de Paulista, há delegacias especializadas. Na capital, a Delegacia de Polícia de Crimes Contra a Criança e o Adolescente funciona na Rua Benfica, 1008, na Madalena. O contato é: 3184-3593. 

Placa do Mercosul

Uma manobra na Câmara dos Deputados tenta implementar um sistema de identificação de veículos por meio de mais uma troca das placas veiculares, o que geraria novos gastos para todos os motoristas e lucro milionário para as empresas envolvidas.

A ideia é incluir a mudança em um projeto de lei já aprovado no Senado para obrigar os motoristas a se adequarem à nova tecnologia proposta para criação de um sistema de “pedágio free flow”.

A pretexto de fazer cobrança por distância percorrida, alegando ser “mais justo”, abre-se a brecha para monitorar por onde o motorista trafega.

O relator, deputado Gutemberg Reis (MDB-RJ), confirmou a proposta do novo sistema, mas alega que caberia ao Contran a regulamentação.

Depois de uma morosa e ainda incompleta implantação das placas do Mercosul, o lobby tem atuado forte para garantir outra bolada bilionária.

Na Câmara, atribui-se o forte lobby às entidades de empresas de emplacadores e também à empresa austríaca dona da tecnologia. As informações são do Diário do Poder.

A Prefeitura de Sertânia iniciou na última semana de abril a recuperação asfáltica de mais três vias no município. A ação, desenvolvida pela Secretaria de Infraestrutura e Projetos Especiais, tem o objetivo de promover melhorias nas ruas e avenidas desgastadas pelo tempo e assim favorecer o tráfego de veículos e pedestres, garantindo mais segurança à população.

Estão sendo contempladas vias com pavimentação asfáltica danificada. A ideia é recuperar a infraestrutura do pavimento. Já foram feitos aproximadamente 10.000m². Os serviços começaram no fim de dezembro de 2020, na Av. Presidente Vargas, e nos últimos dias de abril foram contempladas a Av. Joaquim Nabuco, um trecho da Rua Cícero Pereira Lacerda e um trecho da Av. Agamenon Magalhães.

O recape é feito com asfalto tipo PMF, que está sendo preparado com matérias primas de qualidade, no Parque de Exposições Renato Morais. A administração municipal já está providenciando a compra de insumos para a fabricação de mais asfalto e dentro de alguns dias esse serviço será retomado e a Prefeitura irá finalizar as ruas onde os trabalhos foram iniciados e começar o processo em outras. 

O trabalho está sendo possível graças à compra da Usina de Asfalto a frio feita pela prefeitura em 2020 e integra o conjunto de ações do Governo Municipal para melhorar a mobilidade urbana em Sertânia, como o calçamento de mais de 70 ruas, atendendo a um anseio da comunidade sertaniense.

A Polícia Federal (PF) em Pernambuco deflagrou, na manhã desta quarta-feira (05), a Operação Background. A ação é referente ao Grupo João Santos – Cimento Nassau, do Nordeste, com atuação em âmbito nacional.

Segundo as investigações iniciais, as fraudes do grupo somam R$ 8,64 bilhões, um prejuízo para os cofres públicos e para os trabalhadores da empresa.

A operação indica a prática de crimes tributários, financeiros, contra a organização de trabalho, de fraude à execução, de lavagem de dinheiro e de constituição de organização criminosa.

Foram expedidos 53 mandados de busca e apreensão e sequestro e bloqueio de bens e valores de investigados.

As ordens judiciais, emitidas pela 4ª Vara da Justiça Federal em Pernambuco, são cumpridas por 240 policiais federais em Pernambuco, São Paulo, Amazonas, Pará e Distrito Federal.

Nota oficial

A Polícia Federal em Pernambuco deflagrou, na manhã de hoje, a Operação Background com a finalidade de dar cumprimento a 53 (cinquenta e três) mandados de busca e apreensão, além do sequestro e bloqueio de bens e valores de investigados, todas as ordens determinadas pelo Juízo da 4ª Vara da Justiça Federal em Pernambuco.

Ao todo, mais de 240 Policiais Federais cumprem as medidas judiciais nos Estados de Pernambuco, São Paulo, Amazonas, Pará e Distrito Federal.

A investigação, que conta com o apoio da Receita Federal do Brasil e da Procuradoria Regional da Fazenda Nacional – 5ª Região, apura a prática de crimes tributários (art. 1º, I, e art. 2º, II, da Lei nº 8.137/90), financeiros (art. 16 da Lei nº 7.492/86), de fraude à execução (art. 179 do Código Penal), contra a organização do trabalho (art. 203 do Código Penal), de organização criminosa (art. 2º da lei 12.850/2013) e de lavagem de dinheiro (artigo 1º da Lei 9.613/98), por parte de integrantes de um dos maiores Grupos Empresariais do Nordeste, com atuação em âmbito nacional. Continue lendo

Hildo Rocha exige soluções para obras inacabadas do Ministério da Educação

A Resolução n° 03/2021, aprovada pelo Conselho Deliberativo do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (CD/FNDE), abre prazo para que estados, municípios e o Distrito Federal solicitem a retomada de obras inacabadas de infraestrutura educacional. Os entes federativos têm até dia 30 de setembro deste ano para encaminhar os pedidos ao FNDE para a repactuação de termos de compromisso com vistas à conclusão dessas construções.

“Sairmos da inércia e retomarmos obras paralisadas, oriundas de gestões anteriores, foi um pedido feito pelo presidente Bolsonaro e que, em parceria com o FNDE, estamos conquistando. Um amplo trabalho de localização destas obras e capacitação dos gestores municipais está em andamento e permitirá frutos ainda melhores no futuro”, afirma o ministro da Educação, Milton Ribeiro.

A área técnica da autarquia estima que mais de 1.200 obras podem ser beneficiadas pela iniciativa. “O mais importante é poder entregar à população brasileira construções relevantes para a educação básica pública. São escolas, creches e outros espaços educativos que não podem ficar pela metade. Precisamos fazer um esforço para concluir essas obras, que vão aprimorar a infraestrutura educacional de estados e municípios, contribuindo assim para a melhoria da educação brasileira”, comenta o presidente do FNDE, Marcelo Ponte.

Cabe esclarecer que as obras inacabadas são aquelas que tiveram início, mas não foram finalizadas até o fim da vigência do instrumento pactuado com o FNDE. Com o vencimento, os entes federativos não podem mais receber recursos do governo federal para terminar essas edificações. Agora, abre-se a possibilidade de se firmar novos termos de compromisso para garantir a conclusão das obras. Continue lendo

O prefeito Irlando Parabólicas não para de trabalhar pela sua cidade Santa Cruz da Baixa Verde, no Sertão pernambucano. Dando continuidade na sua agenda pelo Recife, o prefeito foi recebido pelo secretário de Educação de Pernambuco, Marcelo Barros. O prefeito apresentou várias demandas ao secretário, a mais importante e emblemática é a introdução da rapadura na merenda escolar do Estado. Santa Cruz da Baixa Verde é conhecida como a Capital Nacional da Rapadura, diversas fornalhas e engenhos podem ser encontrados na cidade e diversos empregos são gerados diretamente e indiretamente através do fabrico da iguaria.

Fonte de energia, carboidrato, minerais como ferro, cálcio, potássio, fósforo e magnésio, e vitaminas do complexo B como – Tiamina, Riboflavina e Niacina, a Rapadura será uma rica proteína alimentar a ser agregada na merenda escolar do Estado “Deste muito tempo venho tentando colocar nossa Rapadura como um ingrediente na merenda escolar estadual, deste os tempos do ex-governador Eduardo Campos (in-memorian). Hoje temos um passo importante para que isso aconteça”, disse Irlando.

A decisão não cabe apenas ao secretário de educação, mas o mesmo achou pertinente a iniciativa “Acho pertinente à inclusão da Rapadura na nossa merenda, mais essas decisão não depende só de mim e sim de um grupo de trabalho. A rapadura é uma iguaria rica em nutrientes e é um item fabricado em nosso estado. Vamos iniciar o processo e ver o que vem pela frente”, afirmou Barros. Continue lendo

Quase 15 milhões mais cara, obra em Fernando de Noronha pode ser investigada

O deputado Waldemar Borges (PSB), presidente da Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), protocolou, nesta terça-feira (04), uma representação no Tribunal de Contas da União (TCU). O parlamentar solicitou uma investigação sobre os custos da obra de manutenção da BR-363, em Fernando de Noronha.

O serviço é de responsabilidade do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit). Iniciada em 2017, a obra está sendo feita na rodovia da ilha, que tem 7,5 quilômetros de extensão.

A manutenção, inicialmente orçada em R$ 9,9 milhões, teve prorrogação de prazo e valor reajustado para R$ 24,7 milhões.

“O serviço foi contratado por aproximadamente R$ 10 milhões para ser executado em dois anos. Ele já vai consumindo mais de R$ 15 milhões e encontra-se no quarto ano de execução, não tendo prazo previsto para ser encerrado, embora já tenha definido novo valor para o contrato, que consumirá quase R$ 25 milhões. Isso tudo vinculado a uma rodovia que tem 7,5 quilômetros de extensão”, detalhou o deputado, no documento.

Em função desses fatos, o parlamentar solicitou ao TCU uma auditoria específica nos serviços de manutenção e conservação na rodovia federal.

“A auditoria vai apurar a eventual existência de descumprimentos de obrigações contratuais e infrações legais, especialmente no tocante a possíveis prejuízos ao erário, em face do elevado alongamento do prazo de execução e da elevação dos valores contratuais”, justificou Borges. Continue lendo

Um vídeo gravado pela deputada federal Alê Silva (PSL-MG), na sexta-feira (30) virou um dos principais assuntos nas redes sociais, nesta terça-feira (04). Nas imagens, a congressista faz a “dancinha do carpinteiro” no Salão Verde, acompanhada de dois assessores.

As discussões em torno do vídeo começaram depois de uma publicação no Twitter, feita pela também deputada Perpétua Almeida (PCdoB-AC), que criticou a colega. “A deputada bolsonarista, Alê Silva, não tem mesmo o que fazer na Câmara?! O Brasil com mais de 400 mil mortes e essa criatura usa as dependências da Câmara p/ fazer dancinha?!!”, questionou.

Depois das críticas, Alê Silva se pronunciou em seu perfil oficial no Twitter. Ela disse que o vídeo “foi feito para uma seguidora que sofre de depressão profunda, que está passando por um momento crítico”. 

Com pouco mais de 120 dias de gestão, a prefeita Márcia Conrado já consegue imprimir um legado em Serra Talhada, a prova é uma aprovação de 80% em sua gestão, superando a capital pernambucana e Petrolina.

Nesta terça-feira (04), em reunião para o lançamento do Maio Amarelo, a gestora comemorou a conquista e fez elogios aos agentes de trânsito, que tem trabalhado de forma intensa.

Profissional da área de saúde, Márcia saiu na frente na batalha contra a pandemia do coronavírus. Conseguiu com muita responsabilidade melhorar o desenvolvimento econômico na cidade, pautada na qualidade de vida da população.

Como consequência, Serra Talhada tem se transformado numa potência do Sertão.

FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM

JC

A Coluna Mobilidade, na série de reportagens JC nas Estradas, está percorrendo alguns dos principais eixos rodoviários da Região Metropolitana do Recife. A proposta é mostrar os gargalos viários, o impacto da transformação de muitas dessas estradas em avenidas urbanas para a população, e dentro do possível, fazer sugestões que possam melhorar a infraestrutura.

Para validar as visitas, conta com a parceria de engenheiros do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea-PE). Na Estrada da Curcurana, a participação foi do vice-presidente do Crea-PE, Stênio Cuentro, e do consultor em pavimentação e professor do Instituto Federal da Paraíba (IFPB), Sidiclei Magalhães.

ESTREITA, SEM SEGURANÇA E COM CONFLITOS CONSTANTES

Quem conhece a história da Estrada da Curcurana, em Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana do Recife, há de concordar que ela já foi muito, muito pior do que está atualmente. Os trabalhos de recapeamento e drenagem que a Prefeitura de Jaboatão finalizou ainda no fim de 2020, de fato, melhoraram a situação da via, mas ela segue perigosa e necessitando de um projeto que minimize os conflitos entre os veículos e os ciclistas. Protagonista em toda a extensão da Curcurana, a bicicleta é o lado mais frágil do trânsito local.

Andamos com muito, muito medo. Precisamos usar a bicicleta porque o custo é menor e porque para circular no bairro ela é fundamental. Mas é arriscado demais. “A via é muito estreita e os carros não aliviam para a gente”, relata a vendedora autônoma Kelly Santana, que desafia a Curcurana diariamente pedalando e ainda levando a filha na cadeirinha. Continue lendo